Honda apresenta oficialmente o Accord reestilizado, primeiro eletrificado da marca no país


A Honda apresentou oficialmente o seu primeiro carro eletrificado no mercado brasileiro. O Accord e:HEV deve ser o primeiro carro híbrido da Honda à venda em nosso mercado. O sedã topo de linha da japonesa deve contar com um design renovado e um motor híbrido que substitui o conjunto 2.0 Turbo. Chamado de e:Technology, o Accord e:HEV conta com motor 2.0 16v aspirado com dois motores elétricos inseridos em uma transmissão CVT. Ele possui um motor 2.0 16v de ciclo Atkinson que deve desenvolver 145cv e 17,8kgfm, mas combinado com o motor elétrico de 184cv e 32,1kgfm deve trazer uma força maior. A Honda disse que não tem como mensurar o desempenho combinado dos dois motores (lá fora ele desenvolve 215cv e 32kgfm), mas o sedã terá um consumo de combustível que chega a 17,6km/l na cidade e 17,1km/l na estrada, segundo dados do InMetro. O câmbio é um E-CVT, que possui 2 motores elétricos, poucas engrenagens e uma embreagem hidráulica, algo até que simples diante da complexidade de outros sistemas. Ele terá uma bateria instalada sob o banco traseiro, de 1,3kWh, que possui energia para gerar o motor elétrico, que está no câmbio E-CVT. Este segundo motor elétrico gera energia alimentado pelas desacelerações e pelo motor 2.0 aspirado, ou seja, o motor 2.0 serve como um gerador de energia que alimenta o motor de propulsão e não há a possibilidade de recarga externa. Em velocidades mais altas, o motor 2.0 assume puramente a força do Accord, acionado por uma embreagem hidráulica, funcionando como um OverDrive. Ele não possui uma relação com a primeira marcha, apesar de não ser direta entre motor e diferencial. O Accord deve contar com três modos se condução: EV Drive, puramente elétrico, Hybrid Drive, com o conjunto híbrido e a operação dos dois motores, e o Engine Drive, quando apenas o 2.0 16v atua. 



Há ainda quatro modos de regeneração de energia para a bateria: entre eles, o Econ e o Sport. Entre as novidades do Accord 2021, o sedã passa a contar com uma grade mais larga (que ganham três frisos cromados, horizontais), luzes de neblina ganharam nova moldura e o dispositivo onde ficar o radar ficou mais integrado ao desenho do carro. A Honda ainda otimizou os faróis, com novas luzes que oferecem uma autonomia mais ampla. O para-choque dianteiro ainda ganhou novidades, como o novo nicho dos faróis de neblina, que ficaram maiores e possuem acabamento em preto brilhante. Os faróis de neblina passam a ser de LED. Ele conta com um prolongamento para o fim da peça. Nas laterais, as novidades ficam por conta de novas rodas de 19 polegadas, além do sedã contar com um novo logotipo na tampa traseira, o E:HEV. Ainda na traseira, as novidades ficam por conta do novo para-choque traseiro, que passa a contar com um novo acabamento na parte inferior, que possui um detalhe cromado e uma peça preta que interliga esses dois. No interior do sedã, as mudanças ficam por conta de uma nova central multimídia com tela de 8 polegadas com conectividade com Apple CarPlay e Android Auto, que passa a ser padrão. Há ainda novas entradas USB frontais, que foram reposicionadas para a base do console central, com carregador por indução mais potente, com 15W, e 2 portas USB para os ocupantes traseiros. Na lista de equipamentos de série, o Accord 2022 deve ser equipado com o pacote Honda Sensing. Esse pacote adiciona frenagem automática em baixas velocidades (Low Speed Braking Control) e manobras, além de recalibração do assistente de faixa e do piloto automático adaptativo, mais precisos. Há ainda alerta de presença no banco traseiro, evitando esquecer crianças ou objetos ao trancar o carro. O lançamento oficial deve ocorrer no segundo semestre, quando os preços devem ser revelados.



Accord Touring

De série, ele deve ser equipado com oito airbags, alerta de colisão, frenagem autônoma de emergência, ESP e TCS, alerta de uso do banco traseiro, Honda Sensing (que oferece sistema de frenagem de atenuação de colisão, CMBS, aviso de mudança de faixa e correção, controle de cruzeiro adaptativo com seguimento de baixa velocidade e novo reconhecimento de sinal de trânsito, sensor de ponto cego, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, monitor de tráfego cruzado e monitor de fadiga e visão traseira de ângulo múltiplo com diretrizes dinâmicas), ABS com EBD, TPMS, etc. Outros itens são bolsas infláveis de joelhos (motorista e passageiro dianteiro), laterais e de cortina, câmeras traseira e no retrovisor direito, faróis com LEDs em ambos os fachos, projeção de informações no para-brisa, ar-condicionado automático de duas zonas, chave presencial, central de áudio com tela de 8 polegadas compatível com Apple CarPlay e Android Auto sem a necessidade de fios, por conexão Bluetooth. Além disso, o carregador por indução no console central está mais potente, com 15 Watts, permitindo mais comodidade aos ocupantes, teto solar elétrico, freio de estacionamento elétrico e rodas de alumínio de 17 polegadas e outros.



Preço

  • Honda Accord e:HEV 2.0 Hybrid CVT – de R$250.000 a R$300.000 (estimado)





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Stellantis confirma que quer triplicar a venda de eletrificados e aposta em hidrogênio

Mercedes-Benz apresenta oficialmente o EQB no Salão do Automóvel de Xangai, na China

Prestes a ganhar irmão quase gêmeo, Chery Tiggo2 ganha versão Smile AT por R$80.650