Toyota Corolla Cross tem fila de espera de 4 mil unidades, acima do esperado pela Toyota


A Toyota comemorou o sucesso inicial que o Corolla Cross está causando. Apesar do início das vendas ter sido morno, o SUV recém começou a sua campanha publicitária e deve engatar nas vendas nas próximas semanas. Isso porque a Toyota confirmou que o utilitário esportivo está com uma fila de espera de 4.000 unidades, confirmadas apenas pela internet. A Toyota, que tinha meta de vender 3.500 unidades mensais, já superou este número. De acordo com os dados preliminares da marca, 40% das vendas respondem pelas versões XRV e XRX, equipadas com motor 1.8 Hybrid Flex, tabeladas em R$172.990 e R$179.990. No entanto, 60% das vendas estão nas versões equipadas com motor 2.0 16v Flex, XR e XRE, tabeladas em R$139.990 e R$149.990. A Toyota confirmou que deve produzir cerca de 55.000 unidades ao ano, já incluindo as unidades de exportação, de acordo com a capacidade da fábrica de Sorocaba (SP). Do total, cerca de 13 mil unidades devem ser destinadas aos países vizinhos por ano, ou seja, a Toyota tem como meta vender 42 mil unidades do Corolla Cross no Brasil. Desenvolvido sobre a mesma plataforma modular TNGA-C do Corolla, ele conta com 4,460 metros de comprimento, 2,640 metros entre os eixos, 1,825 metro de largura e 1,615 metro de altura. O porta-malas será de 440 litros de capacidade. O tanque de combustível é de 47 litros no Flex e de 36 litros no Hybrid. Visualmente ele possui frente alta e com uma ampla grade dianteira, que lembra o do RAV4. Ele possui ainda faróis horizontais compridos, conectados à grade dianteira. Os faróis ainda são de LED com luzes diurnas e com um detalhe em azul, com lentes mais fluídas. O para-choque conta com linhas proeminentes e com dois pequenos faróis de neblina próximos a entrada de ar inferior. Ele ainda conta com um acabamento plástico preto na base inferior, que conecta a grade dianteira com a parte inferior do para-choque. Com os para-choques dianteiros abaulados, ele conta com um design robusto, que em nada lembra o nosso Corolla. Visto de lateral, o SUV conta com colunas C largas e com vigias traseiras. Ele ainda possui arco do teto com toque especial no desenho do carro, além de um friso superior às janelas, cromado. Ainda na lateral ele conta com caixas de rodas com acabamento plástico e possui linhas ao estilo bumerangue, que nasce no capô e chegam as portas dianteiras e a outra que nasce nas lanternas e se estendem até as portas traseiras. Na traseira, as novidades ficam por conta de lanternas horizontais em LED que invadem a tampa do porta-malas.



Fonte: Automotive Business

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Stellantis confirma que quer triplicar a venda de eletrificados e aposta em hidrogênio

Mercedes-Benz apresenta oficialmente o EQB no Salão do Automóvel de Xangai, na China

Prestes a ganhar irmão quase gêmeo, Chery Tiggo2 ganha versão Smile AT por R$80.650