Dacia apresenta oficialmente o reestilizado Duster na Europa, que ganha mudanças bem sutis


A Dacia apresentou oficialmente a reestilização do Duster na Europa. O SUV compacto da marca romena passa a ser vendido com algumas novidades visuais de meia-vida desta segunda geração. Enquanto a Dacia já desenvolve a terceira geração do modelo, que deve ser lançada em meados de 2024 na Europa, o modelo atual passa a ser vendido com novo layout dos faróis com assinatura em LED em “Y”. Outra novidade fica por conta do acabamento prateado, que na parte inferior passa a ser pintado em preto, o que dá a sensação de que o Duster passa a ter um “bigode” prateado. Por fim, a grade dianteira passa a ter detalhes cromados em todas as versões. Nas laterais, as novidades ficam por conta apenas de novas rodas de liga leve, que variam de 16 a 17 polegadas, dependendo da versão, testadas em um túnel de vento. Na traseira, as mudanças passam a ser apenas por conta das lanternas, que recebem um novo layout interno, também em “Y”. Outra novidade fica por conta do novo aerofólio traseiro. Segundo a Dacia, o novo Duster passa a ser o primeiro modelo da marca a contar com luzes de seta de direção em LEDs na dianteira, ganhando também faróis de LEDs. 



No interior, as novidades ficam por conta de uma nova central multimídia que passa a ter conectividade com Android Auto e Apple CarPlay, sem fio e com conectividade com GPS de série, com uma tela de 8 polegadas. O SUV ainda dispõe de um monitor que mostra as capacidades off-road, com inclinômetro, altímetro, bússola e outros. A Dacia ainda instalou novos apoios de cabeça, que melhora o conforto do carro, assim como os bancos. O console central passa a ser mais alto, com um apoio dos braços que é mais largo. As versões mais caras ainda devem ser equipadas com conectividade com dupla entrada USB. Na mecânica, o Duster passa a ser vendido com o motor 1.3 12v TCe a gasolina que desenvolve 130cv ou 150cv, além de um motor 1.5 Turbo Diesel de 115cv. O câmbio pode ser um manual de 6 marchas ou automático de dupla embreagem de 6 marchas, com opção de tração 4x2 e 4x4. Desenvolvido sobre a base B0, ele ainda é vendido com o motor 1.0 TCe ECO-G a gás natural, que usa um tanque de 50 litros para o gás, no lugar do estepe. Na Europa, ele começa a ser vendido em setembro de 2022 e deve antecipar as mudanças que o nosso Duster deve receber dentro de alguns anos.





Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior