BMW lança o reestilizado X3 no Brasil, que chega apenas com motor híbrido por R$ 399.950


Apresentado em junho na Europa, a BMW já trouxe a reestilização do X3 ao mercado brasileiro. O SUV passa a contar com a nova identidade visual da marca e adere 100% ao motor híbrido, mirando em seguir a mesma estratégia do líder do segmento, o Volvo XC60. Por aqui, ele será vendido em três versões, inicialmente: xDrive30e xLine, xDrive30e M Sport e a xDrive30e M Sport Launching Edition. Mais tarde devem ser lançadas as versões M40i e o X3M. Produzido em Spartanburg, nos Estados Unidos, o X3 recebe novos faróis mais estreitos, uma grade dianteira um pouco maior e com uma moldura cromada que une as duas entradas de ar. O para-choque dianteiro também é novo para-choque dianteiro com design mais agressivo com nova entrada de ar inferior e novo acabamento nas extremidades do para-choque dianteiro com recortes triangulares. Nas laterais, as novidades devem se resumir basicamente as novas rodas de liga leve. Na traseira, o SUV deve contar com um novo layout das lanternas, que terá um novo desenho com a nova assinatura em LEDs, com uma borda preta. O para-choque traseiro também deve mudar, com um novo acabamento prateada na parte inferior e novas saídas de escape. No interior, a reestilização ainda possui novidades como um novo console central com bancos esportivos com um novo estofamento, ar-condicionado de três zonas e uma central multimídia com tela de 10,25 polegadas, mas que pode receber tela de até 12,3 polegadas, com o sistema operacional iDrive7. Ele ainda possui o BMW Live Cockpit Plus, com quadro de instrumentos com uma tela de 12,3 polegadas. Na mecânica, ele manteve o eficiente motor 2.0 TwinPower Turbo a gasolina que desenvolve 184cv de potência, combinado a um motor elétrico de 109cv de potência, que entrega 292cv de potência e 42,8kgfm de torque combinado. 



O câmbio é o mesmo automático de 8 marchas e o SUV acelera de 0 a 100km/h em 6,2 segundos. A velocidade máxima é de 210km/h com o modo híbrido e 135km/h no modo elétrico. Ele consegue rodar 46km somente com o modo híbrido, segundo o ciclo de testes europeu WLTP ou 55km no ciclo NEDC. O consumo é de 45,4km/l. O X3 híbrido plug-in gera um ruido artificial para alertar as pessoas em volta a até 30km/h. O tempo aproximado de recarga no Wallbox (0 a 100%) é de três horas. No carregador portátil de 120V são cerca de 9 horas, tempo que baixa para 5h30 com 220V. O X3 possui alguns modos de condução como o Battery Control, Sport e Sport Plus. Em termos de conectividade, o novo X3 terá o BMW Connected Drive, um pacote de tecnologia que engloba várias funções tais como atualizar remotamente o carro, serviço de concierge ou de informações do trânsito em tempo real, o BMW Teleservices também envia mensagens automáticas sobre o estado do seu carro com base no uso, o que possibilita agendar serviços na concessionária mais próxima, acionar o SOS em uma emergência ou acidente. O motorista pode ficar conectado com o carro pelo My BMW app, que permite ativar funções remotas. Exemplos: localizar o veículo, trancar ou destrancá-lo, checar se as janelas estão abertas, se todas as portas estão fechadas, entre outras possibilidades. De acordo com a BMW, o X3 xLine será vendido com cinco opções de cores: a sólida Branco Alpino e as metálicas Preto Safira, Cinza Sophisto, Branco Mineral e Azul Phytonic. Os revestimentos de couro podem vir nos tons Preto ou Mocha. O BMW X3 M Sport soma duas opções extras de cores metálicas: Carbon Black e o novíssimo Cinza Brooklyn. Os revestimentos podem vir em preto, Mocha misturado a preto, preto com costuras azuis ou Oyster.



X3 xDrive30e xLine

De série, a versão vem com vem com assistentes de direção como o Parking Assistant (baliza automática), sensor de ponto cego (com prevenção de colisões traseiras), alerta de mudança de faixa (com correção automática) e aviso de tráfego cruzado. Também são de fábrica ar-condicionado de três zonas, sistema de som Hi-Fi, teto solar panorâmico, bancos esportivos revestidos de couro, além de seis airbags e controles de tração e de estabilidade. As rodas de liga-leve Y Spoke são de 20 polegadas e calçam pneus de medida diferentes na dianteira (245/45) e na traseira (275/40).



X3 xDrive30e M Sport

Adiciona o o pacote M Sport de design e suspensão, acabamentos interno e externo em preto High Gloss, faróis Laserlight e a inovadora tecnologia de reconhecimento de gestos, que conta com um sensor 3D para interpretar os gestos do motorista e do passageiro para controlar funções específicas, tal como aumentar ou diminuir o volume (basta girar o dedo para esquerda ou direita) e rejeitando chamadas (só é necessário apontar o dedo para a tela e abanar a mão para a direita). Compreender o que o consumidor espera de maneira rápida é apenas uma das qualidades do novo BMW X3 xDrive30e.

 

X3 xDrive30e M Sport Launching Edition

Já o BMW X3 xDrive30e M Sport Launch Edition traz a grade frontal preta e volume limitado de unidades.



Preços

  • BMW X3 xDrive30e X-Line 2.0 TwinPower Turbo AT8 – R$ 399.950
  • BMW X3 xDrive30e M Sport 2.0 TwinPower Turbo AT8 – R$ 439.950
  • BMW X3 xDrive30e M Sport Launching Edition 2.0 TwinPower Turbo AT8 – R$ 449.950




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Série de despedida do Fiat Uno pode ter batismo de 'Ciao' ou 'Ciao Uno'; estreia em breve

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

O que faz um Renault Clio rodando em testes no Brasil? Há três (boas) possibilidades sobre

Honda inicia pré-venda do novo City; com nova geração, preços começam em R$ 108.300

Toyota SW4 GR-Sport pode ser lançada dentro de alguns dias no Brasil, ainda em 2021

Nova geração da Ford Ranger virá em 2023 junto da nova geração do estreante Everest

Jeep Renegade renovado e com motor 1.3 pode ser lançado entre o final de 2021 e início de 2022

Toyota Hilux GR-Sport foi apresentada na Argentina, em evento interno, mas vazou

Aston Martin revela teaser do Vantage V12, que deve ser o "último dos moicanos de motor V12"

Land Rover lança a linha 2022 do Range Rover Evoque, que volta a ser nacional por R$ 377.950