Dacia Duster ganha opção Commercial na Europa, com as atualizações visuais do SUV


A Dacia apresentou as primeiras imagens e informações da versão Commercial do novo Duster na Europa, uma versão destinada para empresas e que é próxima da versão “Van” que alguns carros são transformados pelas próprias marcas na Europa. Ele foi revelado no Reino Unido e ganhou as mesmas mudanças visuais do SUV compacto nas suas versões civis. De acordo com a Dacia, o SUV compacto é homologado como um veículo comercial de categoria 1 (N1). Perdendo o banco traseiro, ele se destaca por ganhar um piso de carga de maneira completamente plano e coberto de uma superfície mais resistente, que separa a área de carga com o habitáculo com os dois bancos da dianteira. Entre os opcionais, o Dacia Duster Commercial terá uma série de acessórios de acomodação de carga que ajudam a facilidade de acesso dos objetos na traseira. Entre as opções estão uma cobertura de carga, com vidros das portas traseiras bem escurecidas, assim como a do porta-malas. Com volume de carga de 1.623 litros, ele possui 1,792 metro de comprimento e 1,247 metro de largura, com altura de 91,7 centímetros. A capacidade de carga útil é de 503kg. Apresentado no fim de junho na Europa, ele segue as mesmas mudanças do Duster, que recebe novo layout dos faróis com assinatura em LED em “Y”. 



Outra novidade fica por conta do acabamento prateado, que na parte inferior passa a ser pintado em preto, o que dá a sensação de que o Duster passa a ter um “bigode” prateado. Por fim, a grade dianteira passa a ter detalhes cromados em todas as versões. Nas laterais, as novidades ficam por conta apenas de novas rodas de liga leve, que variam de 16 a 17 polegadas, dependendo da versão, testadas em um túnel de vento. Na traseira, as mudanças passam a ser apenas por conta das lanternas, que recebem um novo layout interno, também em “Y”. Outra novidade fica por conta do novo aerofólio traseiro. Segundo a Dacia, o novo Duster passa a ser o primeiro modelo da marca a contar com luzes de seta de direção em LEDs na dianteira, ganhando também faróis de LEDs. No interior, as novidades ficam por conta de uma nova central multimídia que passa a ter conectividade com Android Auto e Apple CarPlay, sem fio e com conectividade com GPS de série, com uma tela de 8 polegadas. Na mecânica, terá os motores 1.3 12v TCe a gasolina que desenvolve 90cv, 130cv ou 150cv, além de um motor 1.5 Turbo Diesel de 115cv. O câmbio pode ser um manual de 6 marchas ou automático de dupla embreagem de 6 marchas, com opção de tração 4x2 e 4x4. A opção Commercial será oferecida nas versões Essential e Comfort. 




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior