GM reinaugura fábrica de Detroit-Hamtramck, rebatizada de Factory Zero, nos EUA


No último dia 17 de novembro, a General Motors confirmou a celebração de um marco importante no compromisso da GM com a sua eletrificação. Trata-se da inauguração da fábrica Factory Zero, na antiga linha de montagem de Detroit-Hamtramck, depois de um anúncio em 2019 sobre a renovação da unidade. Na época, foi investido o total de US$ 2,2 bilhões na renovação da unidade, que será usada como uma fábrica específica para carros elétricos da GM, que usam base BEV3 e baterias Ultium. O primeiro modelo a ser produzido na unidade será a GMC Hummer EV e o GMC Hummer SUV EV. Futuramente, a unidade também será responsável pela produção da Silverado EV e o Cadillac Lyriq. “Este é um dia monumental para toda a equipe GM. Nós renovamos as instalações da Factory ZERO com a melhor e mais avançada tecnologia do mundo para produzir EVs da mais alta qualidade para nossos clientes”, disse a Presidente e CEO da GM Mary Barra. A partir da plataforma BEV3 e as baterias Ultium, a GM vai padronizar e otimizar os processos de maquinário, ferramentas e montagem de veículos. A flexibilidade na unidade vai permitir que se tenha menores investimentos de capital e uma maior eficiência a partir de momentos de transformações adicionais nas tecnologias de montagem. 



“Para atender à nossa ambiciosa transição para os EVs, a capacidade de montagem de veículos elétricos da GM na América do Norte chegará a 20% em 2025 e, em seguida, 50% em 2030. A Factory ZERO serve como um modelo para as transições que ocorrerão em outras fábricas ao redor do mundo nos próximos anos.”, disse Gerald Johnson, vice-presidente executivo de Manufatura e Sustentabilidade Global da GM. A fábrica deve ser baseada em cinco pilares: 1. Reutilização ou reciclagem de quase todos os materiais que saíram da instalação durante a reforma, incluindo concreto triturado do antigo chão da fábrica, que foi reaproveitado para estradas temporárias ao redor do local; 2. A água da chuva será reciclada para reduzir os custos de descarte e compensar o custo da água potável; 3. Água pluvial tratada será usada em torres de resfriamento e no sistema de supressão de incêndio da fábrica. 4. O local possui um estacionamento solar de 30 quilowatts e um painel solar fotovoltaico no solo de 516 kW da DTE Energy e; 5. O local da Factory ZERO tem um habitat de vida selvagem de 16,5 acres que abriga raposas e perus, entre outras espécies. A fábrica é considerada muito importante para a eletrificação da GM, que prevê vender 2 milhões de unidades com duas novas fábricas que estão em processo de finalização. A GM não precisa construir novas fábricas, mas precisa desenvolver mais elétricos. O grupo ainda está em uma fase que é inicial da sua eletrificação, mas já confirmou que terá uma série deles em suas marcas. De acordo com Mary Barra, CEO da General Motors, disse que quer ultrapassar a quantidade de elétricos vendidos por ano pela Tesla em 2025. Até 2025, o grupo norte-americano quer revelar 30 novos modelos elétricos entre as marcas Buick, Cadillac, Chevrolet e GMC.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado