Acura inicia a produção do Integra na unidade de Marysville, Ohio, nos Estados Unidos


A Acura deu o início na produção do Integra, apresentado há poucas semanas. O sedã médio estreou como uma opção que nasce a partir do Honda Civic e ganha um design mais esportivo, resgatando o nome Integra. Ele começou a ser produzido na unidade de Marysville, Ohio, nos Estados Unidos. “Estamos orgulhosos de que a Marysville Auto Plant tenha sido escolhida como a casa de produção global exclusiva para o Acura Integra 2023, que desempenhará um papel fundamental na atração da próxima geração de entusiastas da direção para a marca Acura. E como ex-proprietário de um Integra 1990, sei da emoção que este veículo proporciona e o resultado final dos esforços de nossos associados é um produto Acura de próxima geração incrivelmente divertido de dirigir.”, disse Arjun Jayaraman, Líder da Fábrica em Marysville. Desenhado no Japão, o novo Acura Integra traz a nova identidade visual da marca, que se destaca por contar com faróis dianteiros horizontais em LEDs e com uma identidade visual DRL em LED de desenho com estilo bumerangue. Logo abaixo dos faróis, o para-choque dianteiro traz o nome Integra, como já tinha sido antecipado no teaser, revelado há alguns meses. 



A grade dianteira é bem característica da marca (chamada de Diamond Pentagon) e o para-choque também possui uma entrada de ar inferior com acabamento em preto brilhante, que possui um acabamento com prolongamento para as extremidades do para-choque dianteiro, contando também com um detalhe vertical na parte bem extrema. O capô é bem vincado, com vincos que nascem diretamente da grade dianteira. Nas laterais, as novidades ficam por conta do capô baixo e do desenho em estilo cupê do carro. Os retrovisores estão na base das portas e o carro conta com uma boa área envidraçada. As rodas são de 19 polegadas e foram apresentadas no protótipo com acabamento em preto fosco e contam com freio da Brembo. Na traseira, o carro conta com lanternas com estilo na horizontal, e com um estilo mais esportivo, contando com um acabamento escurecido e LEDs. A tampa do porta-malas parece integrar um pequeno aerofólio traseiro e se destaca por contar com uma abertura junto ao vidro traseiro. A antena é tipo barbatana de tubarão e o teto é pintado em preto. O para-choque traseiro possui um amplo espaço para a placa e refletores horizontais mais aos extremos da carroceria. A parte inferior do para-choque traseiro tem um acabamento em preto brilhante, que se destaca por trazer duas saídas de escape, uma em cada lado.






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?