Chevrolet confirma em novo vídeo-teaser que testes com a nova Montana já estão no fim


A Chevrolet já começa a se encaminhar para o fim do desenvolvimento da terceira geração da Montana, que será lançada em 2023. A picape já está praticamente pronta. De acordo com a Chevrolet, o projeto da nova Montana demorou cerca de três anos para ser concebido no estágio em que está agora. Uma das fases mais marcantes é a dos testes finais, quando unidades ainda pré-série são usadas para validações e os últimos aprimoramentos. Enquanto a linha de montagem do veículo estava sendo preparada na fábrica da GM em São Caetano do Sul, engenheiros da empresa já haviam construídos artesanalmente os primeiros protótipos da futura picape com ferramentais especiais, incluindo impressoras 3D. Esses carros trazem características arquitetônicas e mecânicas idênticas ao do modelo idealizado pelos projetistas. “A GM tem uma fábrica especializada em protótipos. E para montar cada um deles, pode levar mais de seis meses e 50 pessoas envolvidas. Construir um carro de forma quase artesanal com o mesmo nível de desempenho e resistência de um modelo de série chega a ultrapassar 20 vezes o preço de um carro tradicional”, explica Dulio Freitas, Gerente Sênior de Engenharia Experimental da GM América do Sul. “Temos várias unidades da Nova Montana em testes de rodagem e de durabilidade. Para não revelar o visual do carro antes do lançamento, a gente usa disfarces, como adesivos zebrados de diferentes estampas que embaralham a lente da câmera dos paparazzi. Capas e espumas também ajudam a disfarçar as linhas e os vincos da carroceria da futura picape da Chevrolet”, revela Luiz Eduardo Martins, gerente sênior de Engenharia Veicular da GM América do Sul. “A Nova Montana irá se diferenciar nos aspectos mais relevantes para o consumidor. Estamos trabalhando, por exemplo, para que ela seja a picape com menor índice de ruído e vibração do segmento”, adiciona Martins. A Chevrolet já confirmou que a nova geração terá design inteligente, já que a cabine aproveita melhor o espaço interno para oferecer mais conforto aos ocupantes enquanto a caçamba vai estrear tecnologias que proporcionam maior versatilidade. 



Na dianteira, a picape terá faróis divididos em dois andares, sendo que na parte superior terá LEDs diurnos e os faróis principais. Há ainda uma entrada de ar central e uma entrada de ar inferior. A nova Montana terá certa semelhança com a nova Silverado elétrica, quando vista de perfil. Seja pelas caixas de rodas com desenho mais quadrado e pela coluna C com um estilo de caimento mais suave, assim como o para-choque traseiro que parece contar também com um degrau. Para reforçar a sensação, a Montana ainda deve trazer acabamento plástico preto em toda a parte inferior da picape e vai trazer um santoantônio de série. Na traseira, a picape terá lanternas compactas e posicionadas na parte superior, que terá um friso que interliga as duas lanternas e camufla a maçaneta da caçamba. O para-choque traseiro terá um para-choque traseiro pequeno, que pode ter um degrau para ter mais acesso a caçamba. Estima-se que a picape tenha cerca de 4,80 a 4,90 metros de comprimento. Ficando abaixo da S10, a Montana teve produção confirmada para a fábrica de São Caetano do Sul (SP), ao lado de Tracker e Spin, a picape ainda utilizará a base GEM que vai permitir que traga motores de três cilindros mais modernos. Com a unidade de São Caetano do Sul passando por um processo de reformas para receber a produção da picape, a GM divulgou, por meio de Ricardo Urbano, Diretor de Produção da GM, que podemos esperar muita tecnologia embarcada vindo da Montana. Isso nos leva a crer que a picape tenha mais equipamentos que o Tracker, com conectividade 4G WiFi, OnStar, além de sistemas como monitoramento de ponto cego e assistente de condução. Na versão Premier do Tracker, há ainda alerta de colisão com frenagem autônoma de emergência, que certamente estará também na picape. A GM vai apostar no motor 1.2 12v Turbo Flex de 133/132cv e 21,4kgfm de torque com câmbio automático de 6 marchas e o motor 1.3 12v Turbo Flex pode estar nos planos, mas não é confirmado.


Vídeo-Teaser


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior