Elétricos da Alfa Romeo poderão manter alguns componentes usados na base Giorgio


A Alfa Romeo confirmou que os futuros modelos elétricos da marca não serão carros 100% novos. Com planos de ter os primeiros elétricos a partir de 2024, os engenheiros da Alfa Romeo devem recuperar algumas peças usadas atualmente por carros da plataforma Giorgio. De acordo com um relatório de engenheiros da marca, os carros desenvolvidos a partir da plataforma Giorgio terão algumas peças usadas nos futuros carros elétricos. Entre esses componentes estão a suspensão e a direção. O site Autocar ainda confirmou que a Alfa Romeo ainda vai disfrutar de um nível de flexibilidade em termos de chassi e configuração de suspensão dentro da Stellantis, permitindo que os futuros carros da marca tenham um nível mais alto de competência dinâmica em relação às demais marcas. Daniel Guzzafame, Chefe de Produto da Alfa Romeo, disse que a medida visa “manter as coisas boas da plataforma Giorgio”. Lançada em 2014, a plataforma Giorgio começou a ser usada em 2015 com o Giulia e a partir de 2016 com o Stelvio. Ainda é usada por modelos de outras marcas como o Jeep Grand Cherokee e o Maserati Grecale. Com um investimento em Pesquisa & Desenvolvimento, a base foi criada para sustentar até 15 modelos. A Giorgio será substituída pela STLA Large, por conta da eletrificação. Essa será a base da nova geração do Giulia e Stelvio. Modelos menores como o Brennero serão desenvolvidos a partir da base STLA Small. “A tipologia e os elementos que precisam ser definidos são claros. Devemos fazer escolhas ousadas. O Alfa deve ser diferente – deve ser muito distinto na iluminação, nas rodas, no volante e no painel de instrumentos”, disse o CEO da Alfa Romeo, Jean-Philippe Imparato. A Alfa será uma das marcas que massivamente vai receber investimentos para voltar ao que um dia já foi, termos de importância e relevância. 



Fonte: CarScoops

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado