Postagens

Toyota Corolla Cross já tem fila de espera e Toyota revela plano para não canibalizar Corolla

Imagem
Previsto para ser lançado amanhã, o Toyota Corolla Cross deve ser um dos principais lançamentos do ano. O SUV médio da marca já pode ser encomendado, mesmo sem ter os preços revelados. A fila de espera pode custar cerca de R$5.000 de sinal e o restante pode ser pago após o lançamento do modelo. Os preços devem ficar entre R$140.000 a R$200.000. Ele será vendido nas versões XR 2.0 Flex, XRE 2.0 Flex, XRV 1.8 Hybrid Flex e XRX 1.8 Hybrid Flex. Com isso, o SUV deve ter um padrão de nomenclaturas que serão diferentes aos do Corolla, que usa o GLi, XEi, Altis, Altis Hybrid e Altis Hybrid Premium. O Corolla Cross mede 4,460 metros de comprimento, 2,640 metros entre os eixos, 1,825 metro de largura e 1,615 metro de altura. O porta-malas será de 440 litros de capacidade. Conhecido no Brasil como Projeto 740B, o Corolla Cross conta com um design próprio, e será vendido com o mesmo conjunto mecânico do Corolla, ou seja, o 2.0 16v Flex desenvolve 177/169cv de potência e oferece torque de 21,4kgfm

Além do Eco, Hitech apresenta o E-Work, um VUC versão maior em tamanho e bateria

Imagem
A Startup brasileira Hitech Electric apresentou no Brasil mais um modelo. Desconhecida da maioria, a empresa vende a Eco Truck e Cargo e também a E-Work, que é um modelo maior e com uma dose maior de conforto que o irmão menor. Se a Eco Truck consegue transportar até 800kg, a E-Work consegue levar até 1.500kg na sua caçamba, possuindo ainda uma velocidade máxima limitada em 80km/h. As baterias recarregam em seis horas e o modelo deve ser vendido com baterias de 20kWh ou 22kWh, com autonomia de até 150km. A E-Work ainda deve ser vendida com carroceria cabine simples ou cabine dupla. De acordo com a Hitech, o modelo possui um gasto de apenas R$15,40 para rodar 150km e ela pode ser recarregada numa estação de recarga rápida em 2 horas. A E-Work é vendida em oito versões: Picape Cabine Simples 20kWh, Picape Cabine Dupla 20kWh, Picape Cabine Simples 22kWh, Picape Cabine Dupla 22kWh, Baú Cabine Simples 20kWh, Baú Cabine Dupla 20kWh, Baú Cabine Simples 22kWh e Baú Cabine Dupla 22kWh. Entre os

Hitech apresenta o Eco, um VUC elétrico que deve ser vendido nas versões picape e furgão

Imagem
Conhecida por ser uma startup brasileira um tanto quanto desconhecida da maioria dos brasileiros, a Hitech vende dois modelos elétricos comerciais leves. O E.co (nas carrocerias Cargo e Truck) e o E-Work. O E.co Truck conta com capacidade de carga de 800kg e possui um motor elétrico que permite velocidade máxima de 60km/h e autonomia de até 200km. Falando em bateria, a Hitech oferece três opções de bateria para a dupla. O modelo garante autonomia de até 80km (7,5kWh), 120km (10kWh) ou 200km (17,5kWh), sendo essa última com duas baterias. A Hitech garante que o modelo recarrega sua bateria em 6 horas. Com espaço para dois ocupantes, ele possui uma garantia de 24 meses e pneus de 165/70 R13. Entre os opcionais, tanto o E.co Truck como a Cargo possuem como opcionais: assistente de direção (R$4.495), HMI (Human Machine Interface, por R$7.999), sistema de Som e Mídia com Bluetooth (R$604) e ar-condicionado (R$3.999). O modelo deve ser vendido com várias opções de cores, tais como amarelo, a

Nissan deve desenvolver nova geração do sistema e-Power, que se tornará mais eficiente

Imagem
A Nissan confirmou que deve desenvolver novidades para seus modelos eletrificados, em especial para o motor e-Power. Segundo informações, a próxima geração do e-Power está em desenvolvimento e vai atingir 50% de eficiência térmica. Em linhas gerais, o sistema deve manter um motor a gasolina para fornecer energia à bateria do trem de força elétrico e-Power, sendo o motor a combustão que vai impulsionar o veículo como gerador do motor elétrico. A nova geração do sistema deve representar um avanço bem importante, considerando que a indústria automotiva terá uma eficiência de 40% do motor de nova geração. "Em busca da neutralidade de carbono em todo o ciclo de vida de nosso produto até 2050, a Nissan pretende eletrificar todos os novos modelos lançados nos principais mercados até o início de 2030. O desenvolvimento de e-powertrains e baterias de alto desempenho para EVs, com o e-POWER representando outro pilar estratégico importante" , disse Toshihiro Hirai, Vice-Presidente Sênio

Volkswagen apresentou o belíssimo Jetta GLI Blue Lagoon Concept nos Estados Unidos

Imagem
A Volkswagen apresentou um conceito bem interessante sobre o Jetta GLI. Conhecido como Blue Lagoon Concept, o sedã médio presta uma homenagem ao Jetta GLI MK4, que usava o mesmo tom de azul. O conceito deve rodar nos Estados Unidos, onde deve ser oferecido e participará de vários eventos sobre customização no futuro. A Volkswagen pegou unidades de um GLI na cor preta e envelopou o sedã com essa cor “Lagoa Azul”, também conhecido como Midnight Blue Mettalic. O carro ainda ganhou novidades como o spoiler dianteiro da Fifteen52 e spoiler traseiro e laterais da Air Design. As rodas são BBS de 20 polegadas e o sedã médio esportivo ainda se destaca por contar com rodas brancas e ajuste de altura da suspensão. "O Jetta GLI é um dos favoritos dos entusiastas há 37 anos. O tributo com este conceito celebra a paixão que há com estes veículos" , disse Sean Maynard, Especialista de Marketing da Divisão Motorsport. Fora essas modificações, é o mesmo Jetta GLI que conhecemos. O motor 2.0 T

Novo Mercedes-Benz Classe C puramente elétrico será revelado em 2024, diz COO

Imagem
Apresentado em questão de poucos dias, a nova geração do Mercedes-Benz Classe C foi apresentada com opções de motores híbridos. No entanto, o sedã mais vendido da marca também deve contar com uma opção de motor elétrico, ou seja, o Classe C também deve contar com uma opção puramente elétrica dentro de alguns anos. O sedã foi confirmado que o C elétrico deve ser apresentado em 2024. A informação foi confirmada por meio de Markus Schafer, COO da Mercedes-Benz, em entrevista ao Autocar . A Mercedes-Benz deve desenvolver esse “EQC Sedan” dentro de alguns anos ainda e será um dos menores sedãs elétricos da Mercedes, que terá EQE e EQS. Ainda não se tem informações sobre o desenvolvimento de um Classe C elétrico e nem como o sedã pode ser batizado, visto que EQC é o nome de um utilitário esportivo. Assim como aconteceu com o GLA e EQA, o Classe C elétrico terá novidades visuais, se adequando a uma nova realidade da marca. Atualmente, ele possui o motor 2.0 Turbo que desenvolve 258cv de potên

Mitsubishi confirma que nova L200 Triton terá opção Hybrid e deve ser bem mais eficiente

Imagem
Prevista para meados de 2022, a Mitsubishi L200 Triton deve ganhar uma nova geração dentro de alguns meses. A picape média deve ser apresentada com um "desempenho de nível superior", segundo Seiji Watanabe, Chefe de Design da Mitsubishi, disse que a picape deve compartilhar a mesma plataforma com a nova geração da Nissan Frontier. A picape deve contar com uma inédita opção de motor híbrido plug-in, que deve ser apresentado dentro de alguns anos, porque ela não deve ser apresentada junto das demais versões. A Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi deve compartilhar o desenvolvimento entre as picapes de Nissan e Mitsubishi, o que deve ajudar também a Renault com a nova Alaskan. Apesar de compartilharem a mesma base, as picapes devem contar com singularidades que devem ser desenvolvidas de acordo com cada marca. No caso da Mitsubishi, a marca possui um lado mais off-road que deve ser destacado para ser desenvolvido numa nova geração. “Com base na tecnologia Mitsubishi e no 'know-

No Oriente Médio, Chevrolet deve levar o Groove no lugar que seria do Onix Plus

Imagem
A Chevrolet confirmou que no Oriente Médio, ao invés de levar o Onix Plus, deve levar o Groove. Depois de ser apresentado em mercados latino-americanos, o Groove foi apresentado pela Baojun como 510 e foi retrabalhado pela Chevrolet. Apresentado no segundo semestre de 2020, o Groove no Oriente Médio deve ser o substituto da ida do Onix Plus, que foi cancelado no início do ano, de ser lançado por lá.  O Groove conta com 4,22 metros de comprimento, 2,55 metros entre os eixos, 1,74 metro de largura e 1,625 metro de altura, o que colocaria em uma competição interna com o novo Tracker. Seu porta-malas, no entanto, é menor: 320 litros. Ele deve ser vendido com motor 1.5 16v a gasolina que desenvolve 110cv de potência e torque de 14,9kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas, apenas. Entre os equipamentos de série, traz faróis em LED, sistema multimídia com tela de 8 polegadas (mas sem conectividade com Android Auto e Apple CarPlay), 4 airbags e os controles de tração e estabilidade e as

Kia Sedona morre e Kia Carnival adota nome global e novo logotipo nos Estados Unidos

Imagem
A Kia confirmou a estreia da nova geração da Sedona no mercado norte-americano que... morreu. Não existe mais Sedona nos Estados Unidos. O que passa a ser vendida por lá é o nome global da minivan, Carnival, assim como ocorre no Brasil desde o lançamento da primeira geração. A Carnival conta ainda com o novo logotipo da Kia, que estreou com o K8 e que nos EUA faz sua estreia com a Carnival. A nova Carnival conta com um design diferente, mas ao mesmo tempo com certa sobriedade. Os faróis possuem um desenho diferente, tendo faróis Full LED cortados por um acabamento estilizado com feixes de LED de desenho irregular, que se funde com o friso da grade dianteira. A grade ainda possui grelha de desenho chamativo, enquanto o para-choque dianteiro conta com linhas mais robustas. Há ainda um protetor central, na base inferior do para-choque dianteiro, que conta com acabamento prateado. Os faróis de neblina ficam finos e em posição horizontal. Enquanto as colunas A e B são pintadas de preto, a c

Volkswagen Virtus deve ser apresentado na Índia no lugar do envelhecido Vento

Imagem
A Volkswagen deve expandir a presença do Virtus no mercado global. Além da América Latina, o Virtus deve passar a ser produzido também na Ásia. Projetado no Brasil, o sedã compacto da Volkswagen deve substituir o Vento na Índia. O sedã já foi flagrado rodando em testes na Índia há algumas semanas e voltou a ser flagrado rodando em testes por lá. O sedã foi visto rodando em Mumbai e suspeita-se que o sedã será o sucessor do envelhecido Vento, sedã derivado da geração anterior. O sedã deve trazer a plataforma MQB como base em substituição do Vento com a base PQ25. Na Índia, o diferencial do Virtus indiano deve ficar exatamente na plataforma. Isso porque o modelo de lá deve vir com uma plataforma ainda mais simples, a MQB-A0-IN, que fará sua estreia com o Skoda Kushaq. Os modelos com essa plataforma devem ter, em sua maioria, menos de 4,00 metros de comprimento. Por lá, o modelo deve começar a ser produzido com motor 1.2 TSI e 1.5 TDI, ambos de quatro cilindros. O sedã deve ser maior que

Postagens mais visitadas deste blog

BYD apresenta novidades para o T3, que chega com nova bateria por R$229 mil

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Porsche apresenta oficialmente a Taycan Cross Turismo na Europa, com até 625cv

Novo Mercedes-Benz Classe C 63 AMG deve contar com motor 2.0 Turbo Hybrid EQ Power

Volvo C40 é o XC50 que tanto se comentava; elétrico estreia como SUV cupê

Substituta da versão XRS, Toyota traz o Corolla GR-S, que estreia por R$151.990

Nissan Kicks é reestilizado no mercado brasileiro e chega a partir de R$90.390

Retrômobilismo#102: Envemo Camper, um utilitário esportivo valente e trilheiro!