Jaguar-Land Rover confirma que deve diminuir ritmo de produção de suas fábricas na Inglaterra


A Jaguar-Land Rover (JLR Group) confirmou que deve diminuir a capacidade produtiva das marcas britânicas. Depois da queda nas vendas na China, as duas confirmaram à Agência Reuters que a queda nas vendas é o principal motivo dessa diminuição da capacidade produtiva. Depois de ver as vendas caírem 2,3%, a nível global, no último trimestre de 2019, ela deve se adequar com a nova realidade e atender a demanda por seus carros. Isso deve ser um dos principais pontos que deve fazer com que a JLR diminua em bilhões de libras esterlinas e prepara o grupo para enfrentar uma situação pior. Com muitos dos seus carros com motor diesel, a JLR migra para a eletrificação em passos mais lentos que a concorrência e vê sua operação na China em queda. A diminuição da capacidade de produção para se adequar a essa nova demanda é o primeiro passo para evitar algo pior. Controlada pela Tata Group, foi confirmado que a fábrica de Castle Bromwich, na Inglaterra, deve produzir quatro dias por semana. Já a unidade de Solihull deve intercalar turnos reduzidos pela metade ou dias completamente sem produção. Além disso, a JLR deve desenvolver novos carros, mais compactos, a fim de retomar o crescimento. A Land Rover estuda o retorno do Freelancer e apresentou o Defender no ano passado. Já a Jaguar nunca chegou a ter a sua família de compactos como era prometido com a família “D”. 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

Ford traz novo lote da Ranger Raptor com mais equipamentos de série e custa R$ 466.500

Jaguar-Land Rover quer construir uma inédita fábrica de bateria para elétricos no Reino Unido

BMW revela as novas imagens teaser do M5 e M5 Touring, que vão ter mais de 700cv

Suzuki Invicto aparece na Índia como rebadge da Toyota Innova e espaço para até oito

Toyota lança o RAV4 com motor híbrido plug-in (PHEV) de 306cv no Brasil, por R$ 399.990

RAM reajusta os preços da Classic e diminui os preços da picape em até R$ 35.000

Volkswagen T-Cross com reestilização chega ainda neste primeiro semestre de 2024

Nio revela primeiro teaser da sua nova marca, a Onvo, que estreia com o SUV elétrico L60

Galaxy apresenta na China o seu sedã L6, que estreia como um PHEV com motor de 390cv