Postagens

Mostrando postagens com o rótulo NanoFlowcell

nanoFlowcell Quantino roda 350 mil quilômetros em testes sem apresentar problemas

Imagem
A nanoFlowcell revelou que testou o seu elétrico compacto, o Quantino, por 350 mil quilômetros em testes. O pequeno elétrico mostrou a sua força e deixa de lado a imagem de fraco que passou na sua apresentação, por ser um carro compacto de uma marca totalmente desconhecida. Inaugurada em 2015, a nanoFlowcell apresentou o Quantino como conceito em 2016 e apresentou como carro de produção em 2018. O carro rodou em testes durante alguns meses, mas a nanoFlowcell não disse por onde. O mais importante de tudo isso é que durante esse período não encontraram nenhum problema no sistema de propulsão, requerendo unicamente a substituição dos pneus e freios. Foram mais de 10 mil horas em funcionamento, de acordo com informações da marca. Em vez dos 4 motores elétricos com 34cv cada, o Quantino de produção terá quatro de 27cv, 109cv no total. Na configuração antiga seria capaz de chegar aos 200km/h. A vantagem está no uso de baixa tensão (48V) o que torna sua eletrônica mais barata. Segundo a

nanoFlowcell recebe aporte de 3,1 bilhões de euros para início da produção dos elétricos

Imagem
A suíça nanoFlowcell anunciou o aporte de 3,1 bilhões de euros para a produção de 25.500 unidades dos seus carros até 2020. O investimento, que não foi revelado mas tudo indica que seja chinês, faz parte de pôr em prática o início da produção da marca. Ainda sem uma fábrica, a marca já possui vários potenciais clientes e tudo indica que a produção deve começar dentro de dois anos. No total, são cerca de 500 interessados no Quantino EV e cerca de 25 mil interessados no Quant 48V. O Quantino é um cupê 2+2 e quatro motores elétricos. A marca surgiu no principado de Linstenstaine e avisou que instalou motores menores dessa vez quando comparado ao modelo apresentado em 2015. Em vez dos 4 motores elétricos com 34cv cada, o Quantino de produção terá quatro motores de 27cv, gerando 109cv no total. Na configuração antiga seria capaz de chegar aos 200km/h. A vantagem está no uso de baixa tensão (48V) o que torna sua eletrônica mais barata. Segundo a Nano, o Quantino possui um líquido iônico

nanoFlowcell apresenta primeiras images do Quant 48V, que estará no Salão do Automóvel de Genebra

Imagem
A suíça nanoFlowCell apresentou as primeiras imagens do Quant elétrico, com quatro motores de 48V, cada um desenvolvendo 190cv, dando um total de 760cv de potência. Com esse motor ele acelera de 0 a 100km/h em 2,4 segundos. A nova opção deve ser apresentado no Salão de Genebra e essa tecnologia pode ser revolucionária pela sua eficiência energética prometida. Considerado um elétrico puro, ele não possui baterias de lítio ou de outro material, mas sim energia elétrica externa. A NanoFlowcell defende que sua tecnologia é mais simples e barata que a dos carros elétricos comuns. O dispositivo nanoFlowcell é do tamanho de uma caixa de sapato e é conectado em dois tanques com um total de 150 litros. Cada reservatório é abastecido com um líquido eletrolítico chamado bi-ION, declarado pela própria Nano como não-tóxico e não inflamável. O armazenamento e a logística do bi-ION são semelhantes às de outros combustíveis. Mas o que faz o tal líquido eletrólito? Ao passar pelo nanoFlowcell, ele r

NanoFlowcell Quant 40Volt ganha autonomia de 1.000km com nova opção de motor, com 760cv

Imagem
A NanoFlowcell divulgou que o seu superesportivo Quant dotado de um motor elétrico dotado de células de fluxo de combustível, chamado de 40Volt. A nova opção deve ser apresentado no Salão de Genebra e essa tecnologia pode ser revolucionária pela sua eficiência energética prometida. Considerado um elétrico puro, ele não possui baterias de lítio ou de outro material, mas sim energia elétrica externa. A NanoFlowcell defende que sua tecnologia é mais simples e barata que a dos carros elétricos comuns. O dispositivo nanoFlowcell é do tamanho de uma caixa de sapato e é conectado em dois tanques com um total de 150 litros. Cada reservatório é abastecido com um líquido eletrolítico chamado bi-ION, declarado pela própria Nano como não-tóxico e não inflamável. O armazenamento e a logística do bi-ION são semelhantes às de outros combustíveis. Mas o que faz o tal líquido eletrólito? Ao passar pelo nanoFlowcell, ele reage dentro das células de fluxo e produz eletricidade, que é imediatamente env

Durante Salão de Genebra, NanoFlowcell deve apresentar um Quantino mais próximo da versão de produção

Imagem
Apresentada no último Salão do Automóvel de Genebra, na edição de 2015, a marca NanoFlowcell deve ir novamente ao evento suíço no mês que vem e de novo com o Quantino Concept, mas dessa vez "com uma versão mais próxima ao modelo de produção" . Segundo a NanoFlowcell, o modelo teria sido revisado por completo, mantendo suas linhas de coupé 2+2 e quatro motores elétricos. A marca surgiu no principado de Linstenstaine e avisou que instalou motores menores dessa vez quando comparado ao modelo apresentado em 2015. Em vez dos 4 motores elétricos com 34cv cada, o Quantino de produção terá quatro de 27cv, 109cv no total. Na configuração antiga seria capaz de chegar aos 200km/h. A vantagem está no uso de baixa tensão (48V) o que torna sua eletrônica mais barata. Segundo a Nano, o Quantino possui um líquido iônico armazenado em dois tanques no carro e como a energia gerada é uma reação química, os dois tanques garantem uma autonomia de até 1.000km, suficiente para deixar qualquer pr

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Renault segue estudando a chegada do Kwid ZE ao Brasil, puramente elétrico, para 2022