Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Caminhões

VWCO inicia exportação do Delivery e Delivery Express para o Panamá, na América Central

Imagem
A VWCO iniciou a exportação do Delivery Express para mais um mercado. Agora, o VUC começa a ser enviado para o Panamá, na América Central, que se torna o 15º país além do Brasil onde o modelo é vendido. O Grupo Tiesa representa a VWCO no Panamá há 25 anos, e já revende por lá os modelos da família Constellation e os chassis Volksbus. “Temos grandes expectativas com a chegada do VW Delivery. Sentimos que é a ferramenta para o desenvolvimento e crescimento da nossa empresa, rumo a um mercado muito competitivo, com um produto de alta qualidade. Já conquistamos o segmentos de saneamento, administração municipal e construção, porém queremos ainda mais: observamos um grande potencial para vendas nos mercados avícola, de panificação e agroindustrial. Com certeza a família Delivery será um sucesso” , ressalta Rafael Aleman, Diretor Executivo da Tiesa. No Panamá, o Delivery chega primeiro com as versões 6.160 e 9.170. Na América Central, a marca já vende o caminhão e o VUC em mercados como Arub

JAC lança novo caminhão elétrico, o e-JT 12,5, que chega ao Brasil por R$ 699.900

Imagem
A JAC apresentou uma nova versão do seu primeiro caminhão elétrico, o iEV1200T. Batizado de e-JT 12,5, o modelo chega ao mercado com Peso Bruto Total (PBT) com 12,5 toneladas e capacidade de carga de 8,6 toneladas. O modelo chega como o 11º elétrico da JAC no Brasil. “Fomos à China, trouxemos esse caminhão e o equipamos com o terceiro eixo, criando o E-JT 12,5. Trucado, compacto, com PBT de 12,5 toneladas e carga útil de 8,6 toneladas, o que é uma enormidade. E melhor do que tudo isso: ele traz uma economia espantosa de R$ 1,32 no custo por km rodado e também atende aos princípios de ESG dessas companhias” , destaca Sergio Habib, presidente do Grupo SHC e da JAC Motors Brasil. A JAC está atenta num mercado que tem se tornado cada vez maior com a chegada de novos modelos elétricos e a solução de caminhões elétricos parece ser um mercado lucrativo para a marca, que tem novamente a chance de ser pioneira assim como foi com o iEV1200T. Apesar da concorrência com o Volkswagen e-Delivery Exp

VWCO inaugura concessionária com espaço dedicado ao e-Delivery e melhora em pós-venda

Imagem
A VWCO trouxe novidades para o pós-venda dos proprietários do e-Delivery. A marca confirmou que inaugurou a primeira concessionárias adequada para atender o e-Delivery. Localizada em São José dos Pinhais (PR), a unidade é do Grupo Servopa e inaugura um novo conceito de concessionárias dedicada a atender as demandas de um caminhão elétrico como o e-Delivery todo em um espaço dedicado ao VUC elétrico. Ela ainda se torna a primeira com a nova identidade visual das lojas da VWCO-Man. A nova loja se torna a primeira a contar com uma área especial e dedicada exclusivamente para ativação, reparos e carregamento elétrico do e-Delivery. “Esses cuidados são necessários porque o caminhão elétrico da VWCO é alimentado por alta tensão. O objetivo principal dessa área especial e exclusiva, para o e-Delivery, é garantir ainda mais segurança na manutenção do caminhão, que já é sinônimo de confiabilidade e credibilidade desde sua fabricação” , destaca Eduardo Pignata, supervisor de Treinamento e Desenv

Audi passa a usar Volkswagen e-Delivery nas entregas do e-tron GT no estado de São Paulo

Imagem
A Audi e a VWCO firmaram uma parceria para as entregas do e-tron GT no Brasil. Essa parceria inédita prevê que a montadora realizará a entrega de seus veículos por um meio 100% sustentável e livre de emissões de poluentes. A ação envolverá dez unidades do modelo Audi RS e-tron GT, que serão transportados oficialmente aos seus novos proprietários residentes no estado de São Paulo pelo Volkswagen e-Delivery, primeiro caminhão elétrico totalmente desenvolvido e produzido em Resende (RJ). "A Audi do Brasil está engajada na ampliação de seus veículos elétricos e em iniciativas que incentivem a mobilidade sustentável no país. Por meio desta parceria inédita com a Volkswagen Caminhões e ônibus, estamos oferecendo uma experiência completamente elétrica e personalizada aos nossos clientes, mostrando que é possível ampliar a mobilidade sustentável para toda a cadeia logística" , afirma Daniel Rojas, CEO da Audi do Brasil. Esse é o primeiro exemplo de uma entrega totalmente livre de emi

Iveco contrata 250 novos funcionários em Sete Lagoas, para a produção de comerciais leves

Imagem
A Iveco tem registrado um crescimento bastante robusto no mercado brasileiro, mesmo vendendo apenas o Daily entre os modelos mais leves, com o Daily. Vale lembrar que a marca ainda vende caminhões leves e pesados, que também tem registrado alta. Apenas com as vendas do Daily, a marca já é a 17º no acumulado de janeiro a junho de 2022. Com um crescimento total de 62% entre janeiro a maio deste ano, a Iveco é uma das empresas de modelos comerciais leves e pesados que mais crescem no país. A produção em Sete Lagoas (MG) adicionou 250 novos funcionários. Recentemente, a montadora completou um ciclo de contratações de 1 mil funcionários, que entraram na empresa entre o final de 2020 e o começo de 2021. Nessas contratações, contam colaboradores da área de produção e executivos para áreas estratégicas na América Latina. “Estamos crescendo em um cenário bastante desafiador. Isso é fruto do trabalho impecável da nossa equipe e de uma estratégia robusta que envolve o aprimoramento do portfólio d

Iveco começa a exportação para Chile e Peru com Daily e a linha de caminhões da marca

Imagem
A Iveco deu início a uma expansão na América Latina com a chegada a mercados como Chile e Peru, que vão fazer parte dos países que vendem os comerciais leves e caminhões da marca. Por meio de uma parceria firmada com um novo distribuidor nestes países, Andes Motor. A parceria foi fechada em presença de executivos como Márcio Querichelli, Presidente da Iveco para a América Latina, a montadora abriu oficialmente suas portas aos clientes da região. “Incorporar parceiros estratégicos com alto nível de profissionalismo e capacidade é essencial para nossa expansão, especialmente para mercados tão importantes como Chile e Peru. Para a Iveco, é um grande orgulho receber a Andes Motor. Estamos muito contentes com esse novo caminho e com os desafios que enfrentaremos juntos, e temos certeza de que continuaremos a consolidar a marca neste mercado tão rico e cheio de possibilidades" , destacou Querichelli. Nos dois países, a Iveco irá vender os modelos Daily, Tector, S-Way e Trakker Hi-Land,

Bollinger muda a rota e confirma criação de comerciais leves e bases em chassi de EVs

Imagem
Depois de adiar por tempo indeterminado a produção dos modelos B1 e B2 e de ressarcir os interessados nos dois modelos, em regime de pré-venda, a Bollinger deve trabalhar nos bastidores enquanto isso. A marca confirmou uma parceria com a Roush Industries, que foi contratada para o desenvolvimento de peças e chassis para comerciais leves e caminhões elétricos. Em comunicado, a marca destaca que “a Bollinger fornecerá e fornecerá todos os materiais para a Roush montar suas plataformas de veículos totalmente elétricos e cabines de chassi em uma instalação com equipe completa, operacional e escalável em Livonia, Michigan” . Ainda não se tem informações de quando a produção começa, mas tudo indica que a marca trabalhe como fornecedora de componentes para outras empresas até angariar caixa para se tornar uma marca própria, se esse, de fato, ainda segue como uma meta. “Estaremos construindo veículos de última geração desde o primeiro dia aqui em Michigan. A Roush tem um histórico significativ

Iveco foca em seu plano de expansão em 2022 e fecha parceria com a Allianz Partners no Brasil

Imagem
A Iveco confirmou que pretende expandir ainda mais a sua rede de concessionárias para crescer ainda mais no país. A marca já avançou bastante nos últimos meses, com 158 pontos de vendas na América Latina, sendo 91 concessionárias em todo o Brasil. Para 2022, a meta da Iveco é ultrapassar a marca de 100 pontos de vendas, chegando a 178 lojas em toda América Latina. “No ano passado inauguramos 13 pontos de atendimento no Brasil, consolidando a presença da marca em 100% do território nacional. Para o primeiro trimestre deste ano vamos inaugurar mais quatro pontos de atendimento (Bahia, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás). Somos a rede de Caminhões e Ônibus que mais cresce no Brasil. Na Argentina, onde também cobrimos todo o território do país, temos a rede mais bem estruturada entre as montadoras. Nos mercados importadores estamos em plena reformulação com novos grupos altamente profissionalizados e conhecedores dos mercados de Caminhões e Ônibus. Essas iniciativas têm gerado ótimos res

Volkswagen e-Delivery, de 408cv, também será exportado para a Colômbia ainda neste ano

Imagem
A Volkswagen confirmou que o e-Delivery, a versão elétrica do VUC, começará a ser exportada para a Colômbia em breve. O modelo já está em testes no país vizinho e será importado por meio da Porsche. Uma unidade do caminhão-leve elétrico já está no país vizinho, em busca de potenciais consumidores. Além da Colômbia, o modelo elétrico já será exportado para outros mercados como Argentina, México e Uruguai. Além disso, a Volkswagen confirmou que o modelo passa a ser carregado com novas opções de carregadores. São mais de dez modelos disponíveis, todos assegurados com testes pela Engenharia de e-Mobility da montadora, que também passa a integrar no pacote a possibilidade de incluir a instalação elétrica necessária. “A escolha fica a gosto do cliente, de acordo com sua disponibilidade de tempo de recarga e custo. Temos carregadores com diversas capacidades, que podem recarregar vários veículos simultaneamente, todos testados e aprovados para trabalhar em perfeita sintonia com o e-Delivery,

Volkswagen inicia exportação de caminhões e ônibus para Filipinas, com o Delivery

Imagem
A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) confirmou que vai começar a exportar para um mercado um tanto quando diferente quando se trata de exportações brasileiras. Tendo como destino principalmente os mercados da América Latina, a VWCO confirmou que vai começar a exportar para as Filipinas, sendo a primeira vez que um modelo da marca é enviado para este país. Por lá, a MAN Automotive Concessionaires Corp. (MACC) será a representante local da VWCO. “Esse é um marco em nossa estratégia de internacionalização. Estamos em meio a um ciclo de investimentos de R$ 2 bilhões, dos quais as exportações dos caminhões e ônibus Volkswagen estão entre as prioridades. O mercado filipino é nosso primeiro passo na Ásia e vamos explorar todas as oportunidades, especialmente do programa de renovação de frotas para transporte de pessoas que está em vigência no país” , afirma Roberto Cortes, presidente e CEO da Volkswagen Caminhões e Ônibus. Entre um dos modelos que serão enviados estarão o VUC Delivery Expre

Surge a Iveco Group, que substituiu a On-Highway e Off-Highway Group, a partir de 2022

Imagem
A Iveco passou por uma mudança estrutural como uma empresa. Chamado agora de Iveco Group, o grupo empresarial troca o nome que era dividido entre On-Highway e Off-Highway. Dentro do Iveco Group, estão as seguintes marcas: Iveco (que vende comerciais leves e caminhões), FPT Industrial (que produz motores e transmissões), Iveco Bus (ônibus), Heuliez (ônibus), Iveco Defense Vehicles (veículos de defesa nacional, para exércitos), Astra (responsável pela produção de veículos de construção e pedreiras), Magirus (responsável pela produção de equipamentos de combate ao incêndio) e Iveco Capital (braço financeiro da Iveco), unindo os dois grupos. Estando em uma série de mercados, a Iveco possui um protagonismo muito grande dentro do grupo, que acaba levando seu nome. A fusão entre os dois grupos será finalizada no início de 2022. Separado por um ponto azul ao centro, ele tem a explicação de que esse ponto representa o futuro e inovação sustentável, assim como funciona como o equilíbrio. “Um nom

Volkswagen encerra lote de 200 primeiras unidades do e-Delivery produzidas em 2021

Imagem
A Volkswagen confirmou que já esgotou o primeiro lote de 200 unidades do e-Delivery que seriam produzidas em 2021. Com produção em Resende (RJ), o primeiro caminhão elétrico da Volkswagen já encerrou o primeiro da produção das unidades de 11 e 14 toneladas. "Estamos muito satisfeitos com o entusiasmo do mercado brasileiro pelas novidades. As vendas recentes incluem os primeiros negócios com a Coca-Cola Femsa Brasil, de 20 unidades, e a JBS, que adquiriu seu primeiro caminhão elétrico VW. Outros cem e-Delivery previamente negociados serão entregues à Ambev até o final deste ano. Vale lembrar que a cervejaria manifestou a intenção de compra de 1.600 caminhões elétricos de nossa marca até o ano de 2025" , diz Roberto Cortes, presidente e CEO da montadora. Segundo informações, a Volkswagen espera vender 1.200 unidades do e-Delivery até o final de 2022 e esse número deve aumentar para 4,8 mil unidades até o final de 2024. Para a produção foram necessários R$150 milhões no desenvol

Mercedes-Benz deve comemorar seu aniversário de 65 anos de Brasil em setembro

Imagem
A Mercedes-Benz está prestes a comemorar o aniversário de 65 anos de mercado brasileiro. A marca alemã veio ao nosso país no dia 28 de setembro 1956, vendendo primeiramente Caminhões. Mais adiante, na década de 1990, começou a vender Automóveis e na mesma década passou a vender a linha de Vans. Atualmente a Mercedes-Benz é uma das poucas marcas que possuem uma abrangência bem ampla no mercado e uma das marcas premium mais vendidas do país. Ainda na década de 1990, a Mercedes criou a Starauto, uma unidade de negócios específica para comercializar os carros da marca, sendo que a Mercedes-Benz deu um salto de vendas, passando das 500 unidades anuais para cerca de 5.000 unidades vendidas no final dos anos 1990. A expansão da rede de concessionárias da marca ainda permitiu que a empresa continuasse firme na sua expansão no país. A Mercedes-Benz chegou ao recorde de 17.500 unidades em apenas um ano em 2015, até hoje o seu melhor resultado de vendas em nosso mercado. Com um portfólio de mais

Até 2024, Volkswagen espera já ter vendido cerca de 4,8 mil unidades do e-Delivery no país

Imagem
Depois de lançar o e-Delivery no Brasil com preços entre R$780.000 a R$980.000, a Volkswagen revelou algumas informações adicionais sobre o seu primeiro caminhão elétrico. A Volkswagen ainda deve vender o caminhão com o chamado e-Consórcio, que deve montar a estrutura de recarga do caminhão e cuidará do gerenciamento do ciclo de vida da bateria dos veículos, fazendo uma integração com as empresas envolvidas no desenvolvimento do e-Delivery, tais como GDSolar, CATL, Moura, WEG, Bosch, Meritor, Semcon, Siemens, ABB e Eletra. A Volkswagen deve oferecer o caminhão com condições de carregamento individual ou estações de grande porte que podem carregar vários caminhões ao mesmo tempo. Outro ponto da Volkswagen é a opção de oferecer a instalação de painéis solares para alimentar os carregadores dos veículos elétricos. Segundo informações, a Volkswagen espera vender 1.200 unidades do e-Delivery até o final de 2022 e esse número deve aumentar para 4,8 mil unidades até o final de 2024. Para a pr

Volkswagen apresenta o elétrico e-Delivery no Brasil, que estreia por R$780.000 iniciais

Imagem
A Volkswagen Caminhões e Ônibus confirmou a estreia do e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico da marca. Ele estreia como um projeto desenvolvido 100% no Brasil e possui todos os detalhes definidos com especificações que já estão disponíveis para venda. Os caminhões elétricos devem ser vendidos com opção de 11 e 14 toneladas de peso bruto total que representa R$150 milhões de investimentos. "O futuro chegou. Mais do que vender produtos ou soluções em serviços, nosso propósito é unir o transporte de pessoas e bens ao uso de energias cada vez mais renováveis e limpas. É o que temos feito ao longo da nossa história de 40 anos, pesquisando diferentes matrizes energéticas, respeitando o meio ambiente e construindo um legado para a sociedade. E que agora culmina na chegada do e-Delivery" , destaca Roberto Cortes, Presidente e CEO da montadora. Para a produção foram necessários R$150 milhões no desenvolvimento e modernização da unidade de Resende, criando uma nova área de 1.000 met

Produzido em Resende (RJ), Volkswagen revela o primeiro e-Delivery entregue para a Ambev

Imagem
A Volkswagen apresentou a primeira unidade elétrica do e-Delivery produzida na fábrica de Resende (RJ). A primeira já foi entregue à Ambev, que negociou alguns milhares de unidades do caminhão. O primeiro lote deve ser produzido neste ano e serão 100 unidades produzidas das 1.600 unidades encomendadas. A primeira unidade do e-Delivery deve ser uma unidade de 14 toneladas 6x2. Para começar a ser produzido, a Volkswagen confirmou que realizou testes de 45.000km, deixando de emitir 34 toneladas de CO2 e de consumir cerca de 10.000 litros de diesel, com potencial de regenerar cerca de 40% da energia da frenagem em desacelerações e alimentar a bateria, aumentando sua autonomia. "O que estamos fazendo é histórico. Vamos colocar em operação junto com a Ambev uma frota de cem caminhões elétricos circulando pelas ruas do país até o fim de 2021. Estamos avançando no mesmo ritmo que a tecnologia se desenvolve em economias mais avançadas, como a europeia e a norte-americana, graças ao know-ho

Volkswagen inicia produção do e-Delivery na fábrica de Resende (RJ), 1º caminhão elétrico da VW

Imagem
A Volkswagen começou a produção do seu primeiro caminhão elétrico feito nacionalmente. Trata-se do Volkswagen e-Delivery, da mesma família que o Delivery Express. O modelo foi 100% desenvolvido no Brasil e deve ser produzido na fábrica de Resende (RJ), a primeira fábrica nacional que produz um veículo elétrico por aqui. Ele deve compartilhar a mesma linha de produção com os demais caminhões da marca, a diesel. O modelo deve ter uma capacidade de 11 toneladas e tração 4x2. "Criamos um processo sob medida para assegurar uma grande estrutura elétrica de forma eficiente. Vamos produzir os veículos aproveitando ao máximo os recursos já existentes, com um alto nível de sinergia, ao mesmo tempo que garantimos a inovação que o cliente espera e que o produto exige. Todo esse avanço é acompanhando por um amplo trabalho de preparação da cadeia com os envolvidos para viabilizar a mobilidade elétrica no país" , destaca Roberto Cortes, Presidente e CEO da VW Caminhões e Ônibus. Para a prod

Iveco comemora a marca de 220 mil unidades produzidas de caminhões e furgões, desde 2000

Imagem
 A Iveco conquistou oficialmente a marca de 220 mil unidades de furgões e caminhões produzidos na fábrica de Sete Lagoas (MG). Inaugurada em 2000, a unidade produz os modelos Tector, Hi-Road e Hi-Way, mas o modelo mais emplacado é o Daily, que é um furgão. Falando no Daily, a Iveco destaca como o modelo vende em suas versões Chassi 10-190 e 170S28. De acordo com a Iveco o modelo chegou a ter um crescimento de 66% em suas vendas nos primeiro quadrimestre de 2021. A Iveco ainda confirmou que contratou funcionários temporários e executivos para as áreas de atendimento ao cliente e planejamento. A Iveco ainda confirmou que deve fechar 2021 com cerca de 100 concessionárias, contra os 77 pontos atuais que possui. A marca italiana ainda estaria trabalhando no desenvolvimento de caminhões a gás natural, segundo o Líder da Iveco na América do Sul, Márcio Querichelli. Os testes com os modelos movidos a gás serão iniciados ainda em 2021 e ainda este ano a fábrica deve começar a desenvolver os pri

Foton confirma a expansão pelo mercado brasileiro, chegando a 46 concessionárias em 2021

Imagem
A Foton confirmou o seu processo de expansão comercial no mercado brasileiro, que chegar a uma nova fase. Depois de crescer nos últimos dez anos, a empresa pretende ter novas concessionárias e novos modelos à disposição do consumidor. A informação foi revelada junto com a Associação Brasileira de Concessionários Foton Caminhões (ABRAFOTON), que definir um novo plano estratégico da Foton no país. Além da expansão da sua rede para a linha de caminhões Auman, que devem desembarcar no país em 2022, a Foton. “Nosso objetivo principal é sempre a nacionalização, pois assim nos livramos de fatores imprevisíveis como variação cambial e problemas logísticos” , comenta Ricardo Mendonça de Barros, Diretor de Vendas e de Desenvolvimento de Concessionárias da Foton. Mendonça ainda destaca que “a partir do ano que vem a empresa aumentará a produção de caminhões no Brasil e passará a montar aqui os modelos que, por enquanto, estão sendo importados” . A Foton ainda confirmou o aumento na rede de conces

Iveco comemora crescimento de 42% nas vendas no primeiro trimestre de 2021

Imagem
A Iveco confirmou que comemorou o crescimento de 42% nas vendas de toda a sua linha em 2021 em relação ao mesmo período de 2020. De acordo com a Iveco, houve crescimento em todos os segmentos onde a marca está presente. Entre a linha Daily, a Iveco comemorou o aumento de 13%, enquanto entre os caminhões médios o aumento foi de 95% e de semipesados foi de 79%. Por fim, os caminhões pesados registrou aumento de 61% de crescimento nos três primeiros meses de 2021. Além de renovar a sua gama de modelos, a Iveco passou por um forte processo de expansão da rede de concessionárias – que deve continuar sendo realizado. Atualmente com 77 pontos de vendas, a Iveco ainda confirmou que apostou nas vendas do e-commerce e o agronegócio, são fatores decisivos para o bom momento. A Iveco ainda aumentou a capacidade de funcionários na fábrica de Sete Lagoas (MG), em 800 novos funcionários. “Nossa meta é proporcionar para nossos parceiros veículos que maximizem a rentabilidade nos negócios com o melhor

Postagens mais visitadas deste blog

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Jeep já vende o novo Renegade com descontos para consumidores com CNPJ em até R$ 13.063

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7

Volkswagen Sagitar, o nosso Jetta, ganha versão alongada no entre-eixos, "L", na China