Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Conexão Automotiva

Prêmio MEGAFONE 2021 - Fase 1

Imagem
  Já está no ar a 6º edição do Prêmio MEGAFONE. Em 2021, por motivos da pandemia, houve um pequeno atraso na edição deste ano. A sexta edição da premiação de voto popular do Conexão Automotiva possui 62 participantes dispostos em três categorias: Reestilização/Face-lift do Ano, Nova geração do Ano e Novidade do Ano, referente aos lançamentos de 2020. Vote de acordo com os melhores lançamentos do ano passado. Lembrando que essa primeira fase vai até o dia 24 de outubro, 29h59. Bom voto! VOTAÇÃO   Carregando…

PRÊMIO MEGAFONE 2021, Sorteio da Fase 01: confira o sorteio das chaves de cada categoria

Imagem
 Está lançada a sorte de quem enfrenta quem nestas chaves da sexta edição do Prêmio Megafone. A partir de agora, a premiação começa a se desenhar para começar no próximo dia 1º de outubro, indo até o dia 24 de outubro nesta primeira fase. Nas três categorias, são 62 participantes habilitados a partir nesta edição 2021. A categoria com mais participantes é a Reestilização/Face-lift do Ano, com 29 integrantes, quase a metade de toda a premiação. Depois, existe 15 participantes na categoria Nova Geração do Ano e 18 participantes na categoria Novidade do Ano. Nesta primeira etapa da categoria Reestilização/Face-lift do Ano, são dez chaves, sendo nove chaves com três integrantes e uma chave com dois participantes. O mais votado de cada fase passa para a segunda fase. Na categoria Nova Geração do Ano tem cinco chaves, cada uma com três participantes. O mais votado passa para uma nova fase. Já a categoria Novidade do Ano são seis chaves, cada uma com três integrantes e no mesmo esquema. O mai

PRÊMIO MEGAFONE 2021: encurtada, premiação ocorre entre os meses de outubro a dezembro

Imagem
Depois de alguns imprevistos durante o ano de 2021, o Prêmio Megafone 2021 ainda vai acontecer. E o ponto positivo é que o fim da edição 2021 quase vai coincidir com o Prêmio Megafone 2022, com data indefinida, mas voltando para a programação inicial a partir de 2022, acontecendo a partir do primeiro trimestre do próximo ano. Questões relacionadas com a pandemia, troca de cidades e outros projetos atrasaram a edição 2021, mas ela enfim vai acontecer, entre os meses de outubro a dezembro. Ele ainda manterá as suas três fases, mas com um tempo mais curto. Cada fase terá uma duração de 25 dias, sem ser um mês inteiro de votações. Em sua sexta edição, a premiação deve contar com 62 modelos que devem participar das três categorias da nossa premiação, que se mantém com voto popular. Mesmo com o ano atípico de 2020, o Brasil contou apenas com sete lançamentos a menos que em 2019, que teve 69 novidades. A edição 2021 da premiação deve manter o sistema de chaves e sorteio dessas chaves. Assim c

GTN #7: a eletrificação e o mercado brasileiro. O que esperar para o futuro breve?

Imagem
A gente percorreu os trinta anos dos carros importados com muitas mudanças e tecnologias. Mas o que o futuro preserva? Na verdade, o carro como conhecemos deve passar por um grande processo de renovação. Em alguns anos, vários países já confirmaram que não devem mais permitir a venda de carros a combustão, permitindo apenas modelos elétricos. A Noruega é um desses exemplos mais avançados que temos. Mas não é só na força motriz que isso deve mudar. A gente comentou sobre a condução autônoma e tecnologias de conectividade, mobilidade e outros recursos que devemos ver nos próximos anos. Mas como isso fica no Brasil? Antes de partirmos para a realidade do nosso mercado, é bom entendermos como isso deve acontecer no mundo. Enquanto híbridos (de todos os tipos), elétricos e carros movidos a células de combustível de hidrogênio são uma tendência, de acordo com cada país, toda a América Latina parece muito lerda quanto a eletrificação. Apenas o México desponta como líder com a produção do Ford

GTN #6: na rota de melhorar o passado. Mas só isso seria o suficiente?

Imagem
Depois da sanção do Rota 2030, o mercado automotivo brasileiro pode respirar um pouco mais tranquilo. Isso porque o nosso mercado tinha uma previsão de como funcionaria operar no mercado nos próximos anos, atendendo, principalmente, ao prazo mais longo. Com isso, o Rota 2030 saiu com um atraso de quatro meses em relação ao previsto - isso porque ele deveria ter ficado pronto ainda em 2017, antes do término da vigência do Inovar-Auto, mas só foi revelado em abril de 2018. Ainda naquele período, o Brasil ainda contava com o processo da Organização Mundial do Comércio (OMC) em tramitação, mas o Brasil já sabia que não poderia continuar com as cotas de importação de 4.800 unidades ao ano e ao Super-IPI, medidas que foram claramente taxadas de protecionistas e que não era saudável para o livre comércio. Mesmo sendo lançado sem esses pontos do Inovar-Auto, ele não trazia muita coisa em relação ao programa passado. Continuava a cobrar que nossos automóveis fossem mais eficientes em termos de

GTN #5: o medo e o golpe chamado Inovar-Auto contra os carros importados

Imagem
Há males que vem para bem, já diria o famoso ditado popular. Mas nem sempre, males, vem para bem. As vezes ele vem para destruir mesmo. Partindo do pressuposto das temáticas que estamos trabalhando aqui no Conexão Automotiva GTN, o Inovar-Auto é um desses tipos de males que vem para destruir. Pelo menos para os carros importados. A ideia tosca de colocar um imposto de importação 30% do que já era cobrado acionou cobranças de vários países e chegou até mesmo à Organização Mundial do Comércio, a OMC. Mercados como União Europeia e Japão chamaram a atenção da organização sobre esse IPI que não permitia que o consumidor pudesse ter um livre comércio e o seu livre direito de escolha entre automóveis – atitude que permanece até hoje assombrando os carros importados e que é um dos motivos que derrubaram as vendas desse setor no país. E não, em nada tem a ver com os nossos carros nacionais. Mas não seria mais plausível criar medidas que permitissem que os carros nacionais estivessem no mesmo

GTN #3: os novos japoneses e coreanos, serão os carros chineses?

Imagem
Você já deve ter percebido que os carros chineses têm evoluído muito em questão de menos de dez anos. Pegando um cenário dos últimos dez anos, de 2011 para cá, a mudança é notável. Enquanto os japoneses demoraram cerca de 20 anos para conseguir desenvolver seus produtos, os coreanos levaram cerca de 15 anos para ter produtos mais maduros, os chineses estão conseguindo diminuir ainda mais essa média de anos para cerca de 10, apenas. No Brasil, assim como em outros países, principalmente alguns vizinhos da América Latina, como o Uruguai (grande consumidor de carros chineses), as primeiras unidades de carros chineses não opções vistas com bons olhos.     De acordo muito com o nosso padrão, pontos como suspensão macia e o acabamento de alguns carros em bege ou tons mais claros, afastavam alguns consumidores. Mas, vejamos o cenário das duas marcas chinesas mais importantes do Brasil: Chery e JAC. Se formos pegar como a Chery era em 2011, você poderá se assustar. Nós tínhamos: QQ, S-18, Face

Prêmio Megafone 2021: sexta edição da nossa premiação de voto popular tem primeiras informações

Imagem
Depois de um ano bem atípico como foi 2020, é chegada de fazer um resumão dos lançamentos que estrearam no Brasil. E, com isso, divulgar a lista dos modelos aptos a participarem do Prêmio Megafone. Em sua sexta edição, a premiação deve contar com 62 modelos que devem participar das três categorias da nossa premiação, que se mantém com voto popular. Mesmo com o ano atípico de 2020, o Brasil contou apenas com sete lançamentos a menos que em 2019, que teve 69 novidades, ou seja, se por um lado isso chegou a afetar em alguns meses (fevereiro, março e abril, por exemplo), não foi um problema ao decorrer do ano passado, com uma série de lançamentos virtuais. Curiosidade ou não, o número de lançamentos no Brasil tem diminuído desde a edição 2019, talvez motivado pela baixa nas vendas que o mercado passou nos últimos anos. A edição 2021 da premiação deve manter o sistema de chaves e sorteio dessas chaves. Assim como as três categorias que ainda se mantém as mesmas: Reestilização/Face-lift do A

Conexão Automotiva - Digital Magazimmer: Nº 008

Imagem
  Após a primeira edição disponibilizada aqui no site, eis que divulgamos a nossa oitava edição da Digital Magazimmer, conteúdo que é exclusivo do nosso Instagram e passa a contar com presença em outros espaços, como nosso site. Além da revista estar publicada no Instagram, você pode fazer o download da versão PDF, abaixo, onde você será redirecionado para um link, onde a revista estará na nuvem e disponível para download grátis. Nesta edição, foi trabalhado os lançamentos Chery Tiggo8, Nissan V-Drive e a linha RS da Audi, composta por RS6 Avant, RS7 Sportback, R8, RSQ3, RSQ3 Sportback e RSQ8. Abaixo você confere todos os conteúdos que foram trabalhados na edição, de maneira expandida e mais detalhada. Chery apresenta oficialmente o Tiggo8 no Brasil, em versão única, por promocionais R$156.900 Audi revela a nova geração da A6 Avant com a sua versão mais caliente: a RS6 Avant, por R$793.990 Audi lança o Q3 Sportback no Brasil, primeiramente com a versão RSQ3 Sportback, por R$465.990 Aud

Conexão Automotiva: Digital Magazimmer - Nº 007

Imagem
  Estreamos por aqui a nova função da Digital Magazimmer, um conteúdo exclusivo do nosso Instagram. Inclusive, se você não nos segue nas mídias sociais digitais, você pode acessar nosso Facebook ( @conexaoautomotivabr ), nosso Instagram ( @conexaoautomotivabr ) e o nosso Twitter ( @conexaoautobr ). Esse conteúdo estreia por aqui com a expansão dos conteúdos colocados na revista, onde você pode saber um pouco mais dos conteúdos. Como o Instagram possui uma limitação de apenas 10 páginas, aqui você pode ler todos os conteúdos que foram trabalhados na edição da revista. Nesta edição, trabalhamos os lançamentos Ford Territory, Porsche Taycan e a nova Chevrolet S10. Abaixo você confere todos os conteúdos que foram trabalhados na edição. Chevrolet S10 reestilizada é apresentada oficialmente; picape começa em R$125.390 Porsche lança no Brasil o seu primeiro elétrico puro, o Taycan, que chega por R$589.000 Ford apresenta oficialmente o Territory no Brasil, que parte de R$165.900 no regime de p

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Renault segue estudando a chegada do Kwid ZE ao Brasil, puramente elétrico, para 2022