Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Koenigsegg

Mesmo fora de linha, Koenigsegg Regera quebra recorde na pista de Ring Knutstorp, na Suécia

Imagem
Em produção entre 2017 até meados de 2020 e com as 80 unidades produzidas com pedidos esgotados praticamente desde a sua apresentação, o Koenigsegg Regera quebrou um novo recorde em pistas. Já substituído pelo Jesko, o Regera quebrou um recorde no circuito de Ring Knutstorp, na cidade de Kageröd, na Suécia. O esportivo cumpriu a prova em 1:03,84, quebrando o recorde do McLaren Senna, que fez a mesma prova em 1:04,50. Cada unidade do esportivo contava com um motor 5.0 V8 Biturbo que trabalha com três motores elétricos e desenvolve 1.520cv de potência e torque de 203,2kgfm. O câmbio foi substituído por um sistema de embreagem de acoplamento hidráulico como variador de torque em médias e altas velocidades. Assim, o sueco vai de 0 a 100km/h em 2,8 segundos, 6,6 segundos até 200km/h e 10,9 segundos de 0 a 300km/h. A máxima de 400km/h é alcança em cerca de 20 segundos. Tudo isso graças ao peso-pena de 1.470kg. Cada uma de suas 80 unidades foi vendida a cerca de US$ 1,9 milhão. De acordo com

Koenigsegg tem quase tudo pronto para a produção em série do Jesko, esportivo de 1.600cv

Imagem
Apresentado no Salão do Automóvel de Genebra de 2020, o Koenigsegg Jesko está com tudo pronto para começar a ser produzido. Substituto do Agera RS, o Jesko deve começar a ser produzido na fábrica sueca da marca, na cidade de Ängelholm, na Suécia. Os modelos das imagens ainda se tratam de um carro de pré-produção. Desenvolvido sobre uma estrutura de fibra de carbono, ele deve pesar apenas 1.420kg. A Koenigsegg confirmou que deve produzir cerca de 125 unidades do carro, com uma produção anual que deve variar de 40 a 50 unidades anuais. Segundo a Koenigsegg, o Jesko foi apresentado com uma base monocaso alongada em 4 centímetros e a altura passou a ser maior em 2,2 centímetros. Segundo a marca, ele deve ter 4,61 metros de comprimento, 2,70 metros entre os eixos, 2,03 metros de largura e 1,21 metro de altura. O Jesko Absolut se destaca por trazer o motor 5.0 V8 biturbo capaz de desenvolver 1.600cv de potência com torque de 152,9kgfm, como candidato a ser o primeiro automóvel de produção do

Koenigsegg quer desenvolver biocombustível que usa dióxido emitido de vulcões para o Gemera

Imagem
Depois de apresentar o Gemera no ano passado, a Koenigsegg voltou a apresentar novidades e informações sobre o seu futuro. A marca confirmou que deve investir pesado em um tipo de combustível não-poluente. Segundo Christian von Koenigsegg, fundador e CEO da marca, disse que existem planos detalhados em entrevista à Agência Bloomberg e ao Jalopnik . O executivo confirmou recentemente que deve apostar em modelos com uma estratégia de produzir novidades com células de energia de alta tensão para o seu processo de eletrificação, o que deve ajudar a marca com a redução de emissões de poluentes. “Sou fã dos elétricos puros. Na maioria dos aspectos, eles são melhores que os carros que substituem; principalmente em modelos pequenos, onde as baterias são compactas. O problema é que são mais pesados e de recarga demorada. Além disso, as baterias geram resistência à rolagem e não ficam mais leves à medida que se descarregam, sem diminuição de massa à medida que são gastas” , disse o Sr. Koenigseg

Koenigsegg revela que desenvolve câmbio automático "oitava embreagem" para o Jesko

Imagem
Muito difundido pelo mundo, o câmbio automático de dupla embreagem é muito usado em muitos carros mundo afora. Mais ágeis e rápidos, esses câmbios são geralmente usados em modelos mais esportivos, pelas trocas de marchas serem bem mais eficientes. Até o momento, já foi desenvolvido modelos com até três embreagens. Mas a Koenigsegg quer quebrar esse recorde em várias embreagens a mais. A marca sueca deve desenvolver um câmbio “octa embreagem”, com oito embreagens. Chamada de Light Speed Transmission (LST), o sistema deve usar um conceito bastante simples, mas revolucionário. O câmbio LST deve usar oito atuadores hidráulicos, oito sensores de pressão e oito acopladores hidráulicos. Com essas embreagens, a mais utilizada está no diferencial eletrônico, enquanto as demais devem contar com três eixos da caixa de transmissão. Os eixos devem contar com duas embreagens, sendo que as seis devem ser usadas para mover o carro e uma deve ser usada como ré. A oitava só deve ser ativa no diferencial

Eletrificadas, Polestar e Koenigsegg firmam parceria inédita, mas não revelam informações

Imagem
A Koenigsegg e a Polestar apresentaram três imagens que revelaram o início de uma inédita parceria. De acordo com a Koenigsegg, que revelou as primeiras imagens da parceria com a divisão esportiva e elétrica da Volvo, a Polestar. Com base no que foi dito até agora, as marcas terão uma parceria de compartilhamento de tecnologia ou eles trabalharão juntos para desenvolver carros. A Koenigsegg revelou as imagens sem dar muitas informações. O conteúdo das imagens contam com um Koenigsegg Gemera e um Polestar 3. A Koenigsegg foi econômica em falar apenas: “Algo emocionante em breve. Fique ligado. #KoenigseggXPolestar” . Em sua página no Instagram, a Polestar também foi pouco clara ao dizer sobre a parceria: “Algo interessante está acontecendo na costa oeste da Suécia. Fique ligado.” . Tudo indica que essa parceria deve ser o início do desenvolvimento de modelos de alta performance, uma probabilidade que pode ser capaz de resultar na criação de veículos com desempenho empolgante. De acordo

Koenigsegg revela mais detalhes do seu novo motor Tiny Friendly Giant, de 1.723cv de potência

Imagem
A Koenigsegg revelou mais informações sobre o seu novo motor 2.0 de três cilindros Turbo Hybrid, que desenvolve 1.700cv de potência. Com três motores elétricos que desenvolvem 1.100cv de potência, que por si só já são um destaque, a cereja do bolo fica por conta do estreante motor 2.0 Turbo com tecnologia FreeValve, que substitui o comando de válvulas tradicional por um sistema eletro-pneumática, que abrem e fecham no tempo exato de qualquer regime de trabalho. O motor alcança os 8.500rpm e pode funcionar tanto com gasolina de 95 octanas como com etanol. De acordo com a marca, esse motor 2.0 possui um consumo que varia de 15% a 20% menos de consumo de combustível em relação a um 2.0 convencional. A partida a frio também foi melhorada, com combustão melhorada graças a um aquecimento prévio que é realizado pelo mencionado sistema Freevalve com a ajuda do EGR, sistema de recirculação dos gases de escape. Este motor também inclui um avançado sistema de escape assinado pela Akrapovic, fabri

Koenigsegg apresenta o Jesko Absolut para o virtual Salão de Genebra, com 1.600cv

Imagem
Depois de apresentar o Gemera para o virtual Salão do Automóvel de Genebra, a Koenigsegg revelou mais detalhes do Jesko Absolut, a versão mais insana do Jesko. Inspirado nos caças F-15 da força aérea norte-americana, o Absolut se destaca por trazer o motor 5.0 V8 biturbo capaz de desenvolver 1.600cv de potência com torque de 152,9kgfm, como candidato a ser o primeiro automóvel de produção do mundo a ultrapassar a velocidade máxima de 500km/h, quebrando um recorde do Bugatti Chiron Super Sport 300+. Entre as novidades, o Jesko Absolut se destaca por trazer uma nova transmissão automática batizada de Light Speed Transmission de 9 marchas, que permite trocas de marchas instantâneas. Desenvolvido com foco especial na aerodinâmica, ele possui um coeficiente de arrasto aerodinâmico de apenas 0,278Cx, fruto de um trabalho de 3.000 horas de desenvolvimento e testes em túneis de vento. No total, foram mais de 5.000 horas de desenvolvimento da nova versão do Jesko. De acordo com a Koenigsegg

Koenigsegg apresenta o hiperesportivo de quatro lugares Gemera, no Salão de Genebra

Imagem
A Koenigsegg confirmou o seu novo hiperesportivo para o Salão do Automóvel de Genebra, o Gemera. A empresa de Christian von Koenigsegg revelou o modelo, que surpreende pelas suas capacidades. O cupê possui quatro lugares e conta com câmeras no lugar dos retrovisores e um motor fora de série. O motor é um 2.0 Turbo de três cilindros híbrido que conta com três motores elétricos, batizado pela marca de Tiny Friendly Giant, que desenvolve 1.723cv de potência e torque de 350kgfm. O motor a combustão é o 2.0 Turbo, sem comando de válvulas, que entrega 600cv de potência e torque de 61kgfm, sendo o motor de três cilindros mais potente do mundo. Ele usa a tecnologia FreeValve, patenteada pela própria Koenigsegg, que elimina as tradicionais árvores de abertura e fechamento de válvulas e passa a ser feito por acionadores eletropneumáticos, gerenciados por uma central de dados que tem a função de controlar o tempo das válvulas de acordo com o modo de condução selecionado. Usando o ciclo Miller

Apresentado no Salão de Genebra, Koenigsegg Jesko já está todo esgotado

Imagem
Apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, a Koenigsegg confirmou que o Jesko já está esgotado. O hiperesportivo tinha 83 unidades antes de ser apresentado no evento e vendeu os 42 unidades exemplares logo após o fim do evento suíço. Limitado a 125 unidades, o cupê com motor 5.0 V8 biturbo que desenvolve 1.280cv de potência com gasolina “comum” mas pode chegar a 1.600cv de potência com E85 (85% de etanol e 15% de gasolina), sempre com 150kgfm de torque máximo. Junto a esse motor está o câmbio automático batizado de Light Speed Transmission, que é um câmbio de 9 marchas desenvolvido pela Koenigsegg que permite a troca de forma instantânea, com velocidade de troca ‘quase à da velocidade da luz”, mesmo que seja da 7º para 3º marcha. Visualmente o Jesko traz linhas suaves e elegantes que estrearam no Regera, com uma dianteira sóbria e com um enorme spoiler, enquanto a traseira é toda trabalhada e dominada por um enorme aerofólio traseiro ao melhor estilo de carros de competição. Ele

Koenigsegg apresenta o Jesko, substituto do Agera RS, no Salão de Genebra

Imagem
A Koenigsegg apresentou novidades no Salão de Genebra. Além de confirmar o desenvolvimento do seu carro “de entrada”, a marca apresentou o substituto do Agera RS, o Jesko. Denominado Jesko, em homenagem ao pai de Christian von Koenigsegg, a marca sueca apresenta o cupê com motor 5.0 V8 biturbo que desenvolve 1.280cv de potência com gasolina “comum” mas pode chegar a 1.600cv de potência com E85 (85% de etanol e 15% de gasolina), sempre com 150kgfm de torque máximo. Junto a esse motor está o câmbio automático batizado de Light Speed Transmission, que é um câmbio de 9 marchas desenvolvido pela Koenigsegg que permite a troca de forma instantânea, com velocidade de troca ‘quase à da velocidade da luz”, mesmo que seja da 7º para 3º marcha. Visualmente o Jesko traz linhas suaves e elegantes que estrearam no Regera, com uma dianteira sóbria e com um enorme spoiler, enquanto a traseira é toda trabalhada e dominada por um enorme aerofólio traseiro ao melhor estilo de carros de competição. El

Hiperesportivo mais em conta da Koenigsegg deve ser lançado em 2022

Imagem
A Koenigsegg definiu a data de lançamento do seu mais batato superesportivo para 2022. Previsto para concorrer com Lamborghini Aventador, Ferrari 812 Superfast e McLaren 720S, o novo cupê da marca quer ser o novo carro de volume da Koenigsegg. Ele deve ser lançado em 2022 e se encontrando em desenvolvimento. Até o momento, sabe-se que ele deve ter um motor V8 capaz de desenvolver 1.050cv de potência e custar cerca de US$1 milhão. Ele deve ser produzido em parceria com a NEVS, após as duas empresas fecharem uma parceria e a construção de uma fábrica juntas na cidade sueca de Trollhatan. A informação não poderia ser mais certeira que do próprio CEO da marca, Christian von Koenigsegg. O modelo, totalmente novo, deve ser bem mais acessível que o Agera RS, que era vendido por 2 milhões de euros. Com esse novo carro, a sueca tem chances não só de vender mais, mas de competir com marcas de peso no cenário mundial de superesportivos. Com esse novo carro, por ano a Koenigsegg deve passar a

Koenigsegg confirma que deve apostar num inédito superesportivo que custará 1 milhão

Imagem
A sueca Koenigsegg deve apostar em mais esportivos para crescer. Atualmente vendendo os supercarros como Agera e Regera (e o substituto dessa dupla, o Ragnarok), a marca confirmou o lançamento do seu menor esportivo. Previsto para ser vendido por 1 milhão de euros, o novo superesportivo deve desenvolver um carro para concorrer com Ferrari 812 Superfast, Lamborghini Aventador e McLaren 720S. a informação não poderia ser mais certeira que do próprio CEO da marca, Christian von Koenigsegg. O modelo, totalmente novo, deve ser bem mais acessível que o Agera RS, que era vendido por 2 milhões de euros. Com esse novo carro, a sueca tem chances não só de vender mais, mas de competir com marcas de peso no cenário mundial de superesportivos. Com esse novo carro, por ano a Koenigsegg deve passar a vender cerca de 3 centenas de carros contra as atuais dezenas que vende por ano. Esse novo carro ainda é um segredo muito bem guardado e nada foi ele foi revelado. Sabe-se que ele pode ser o primeiro

Koenigsegg e NEVS fecham parceria para desenvolvimento elétricos e know-how

Imagem
Depois de surgir uma inesperada parceria entre Karma e Pininfarina, agora chega a vez de Koenigsegg e NEVS fecharem um acordo para otimizar seus custos de desenvolvimento. As marcas devem investir no futuro e devem criar uma parceria de auxílio uma com a outra. Com essa aliança, a NEVS diz que vai investir o total de US$150 milhões na Koenigsegg e em troca a empresa de carros hiperesportivos deve dar 20% das ações da sueca. A NEVS deve ter o controle de 65% da parceria, enquanto os 35% restantes ficarão nas mãos da Koenigsegg, que deve colaborar com a parceria com seu conhecimento e “propriedade intelectual, licenças tecnológicas e design de produto”. O objetivo dessa parceria é abril e explorar novos mercados para a fabricação de carros em grande volume, coisa que a Koenigsegg ainda não tem muito conhecimento. Tudo indica que a NEVS estaria interessada no desenvolvimento de um hipercarro elétrico e contaria com a ajuda da marca sueca. Outra hipótese levantada é que a NEVS estaria

Substituto do Koenigsegg Agera, Ragnarok, deve ser apresentado no Salão de Genebra

Imagem
A sueca Koenigsegg confirmou que o substituto do Agera deve ser apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, em março. O hiperesportivo, que deve ser batizado de Ragnarok, deve ter produção limitada de 125 unidades. Destes, especula-se que 72 unidades já foram vendidas, ainda faltando dois meses para sua estreia oficial. Na mecânica, ele deve ser equipado com motor 5.0 V8 que deve desenvolver cerca de 1.460cv de potência, a fim de estabelecer um novo recorde de velocidade máxima, que hoje é do Agera RS, que bateu 447,2km/h. Com peso de até 1.200kg, o carro deve ser muito mais esportivo que o Agera e deve ter motor híbrido para facilitar o seu desempenho arrebatador. Porém, o fundador da marca, Christian Von Koenigsegg, o cupê deve usar o motor 5.0 V8 biturbo do Agera RS sem assistência híbrida e com potência superior a 1.380cv. Com isso, o CEO indica que o Ragnarok seja mais rápido que o Agera RS. Apesar do nome Ragnarok parece ter sido confirmado, fontes garantem que a Koenigsegg

Koenigsegg confirma nome Ragnarok para novo hiperesportivo substituto do Agera

Imagem
A Koenigsegg já confirmou o nome do substituto do Agera e do Regera ao mundo: Ragnarok. O novo modelo deve ser lançado em 2019 e deve sustentar o nome de um herói do último filme de Thor. O hiperesportivo deve ser tão forte como o herói, desenvolvendo cerca de 1.440cv de potência. Com peso de até 1.200kg, o carro deve ser muito mais esportivo que o Agera e deve ter motor híbrido para facilitar o seu desempenho arrebatador. Porém, o fundador da marca, Christian Von Koenigsegg, o cupê deve usar o motor 5.0 V8 biturbo do Agera RS sem assistência híbrida e com potência superior a 1.380cv. Com isso, o CEO indica que o Ragnarok seja mais rápido que o Agera RS. Seu lançamento está previsto para acontecer em algum momento de 2019, possivelmente já no Salão do Automóvel de Genebra, em março do ano que vem. No evento, no entanto, ele ainda pode ser apresentado como conceito e iniciando a pré-venda do carro para os interessados. 

Lenda dos recordes, Koenigsegg Agera sai de linha depois de 30 unidades produzidas em 7 anos

Imagem
Apresentado em 2011, a Koenigsegg está encerrando a produção do seu supercarro Agera. Depois de estabelecer o recorde de velocidade máxima de um carro de produção, chegando a 455,6km/h (e batendo seu recorde ao chegar em 457,9km/h com a versão RS), o hiperesportivo sai de cena e abre caminho para o Regera. Com 25 produzidas, o Agera teve a produção estendida para 27 unidades e chegou a 30 unidades com as três últimas unidades do Final Edition. O coupé usa motor 5.0 V8 biturbo que desenvolve 1.360cv de potência, enquanto o peso dele é de apenas 1.295kg, ou seja, o modelo tem mais de um cavalo por quilo, com uma ótima relação peso/potência. Em resposta, a Bugatti também já confirmou que tentará quebrar novamente o recorde de velocidade máxima neste ano com o Chiron. Agora cabe ao Regera tentar manter o reinado da Koenigsegg. 

Koenigsegg Agera RS é o novo carro mais rápido do mundo, com velocidade máxima de 444,6km/h

Imagem
A Koenigsegg oficializou a quebra de recorde do Agera RS, que passou a ser o veículo de produção mais rápido do mundo. O hiperesportivo, que acelera de 0 a 400km/h em menos tempo. Além disso, superou o Bugatti Veyron Super Sport em velocidade máxima, que chegou a 431km/h em 2010. O Agera bateu o recorde com velocidade máxima de 444,6km/h. O recorde foi batido numa estrada em Nevada, nos Estados Unidos. Duas corridas foram feitas, uma em cada direção, e a velocidade média das duas é a levada em consideração. O coupé usa motor 5.0 V8 biturbo que desenvolve 1.360cv de potência, enquanto o peso dele é de apenas 1.295kg, ou seja, o modelo tem mais de um cavalo por quilo, com uma ótima relação peso/potência. Em resposta, a Bugatti também já confirmou que tentará quebrar novamente o recorde de velocidade máxima em 2018 com o Chiron.

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente