Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Jeep

Futuros lançamentos de Fiat e Jeep terão adesivo da ConnectCar como item de série

Imagem
A Stellantis confirmou um novo passo para a conectividade dos seus carros, com o ConnectCar. A partir de Jeep Commander e Fiat Pulse, os últimos lançamentos do grupo, todo lançamento da Fiat e Jeep virá com o ConnectCar como um item de série, com o cartão Cart instalado no para-brisa. Assim, o benefício vai permitir que os consumidores possam ter acesso a diversos itens de vários segmentos como alimentação, pagamento, estacionamento e carregamento elétrico. “Nosso objetivo é proporcionar experiências únicas aos nossos clientes, facilitando ao máximo o dia a dia de cada um deles com muita inovação e conveniência. Hoje, anunciamos o nosso mais novo parceiro, a Zapay, que permite os pagamentos de taxas, impostos e multas pelo Cart, parcelando em até 12 vezes. É agilidade integrada à nossa plataforma. Além disso, a segunda fase da parceria com a ConectCar possibilitará maior praticidade aos usuários durante a utilização dos veículos” , destaca Gustavo Delgado, responsável pela implantação

Jeep Compass comemora aniversário de 5 anos da produção nacional, com 315 mil unidades

Imagem
Laçado no Brasil há cinco anos, a Jeep está comemorando o aniversário de cinco anos da segunda geração do Compass no nosso mercado. Segundo Jeep nacional na história moderna da marca, o Compass foi o terceiro modelo produzido na unidade de Goiana (PE). “O Compass é um verdadeiro case de sucesso da Jeep. Ele chegou com a função de ditar um novo rumo para o mercado de SUVs, o que de fato cumpriu. Inclusive, trouxe para a sua categoria um alto nível de tecnologia, sofisticação e design. Neste ano, todos estes atributos ficaram ainda mais evidentes com o Novo Compass, que também foi responsável por trazer a performance da nova motorização T270 turbo flex. Esta combinação perfeita resultou em mais marcos para a história da Jeep, sendo que a nova geração apresentada em 2021 foi um sucesso desde a sua pré-venda” , destaca Alexandre Aquino, Diretor do Brand Jeep para a América Latina. Desde o seu lançamento em 2016, a Jeep já produziu cerca de 315 mil unidades, sendo que cerca de 280 mil unida

Jeep convoca recall de 43 unidades do Wrangler, com defeito em tubulação de combustível

Imagem
A Jeep está convocando um recall que envolve 43 unidades do Wrangler no mercado brasileiro. O chamado envolve unidades com ano/modelo 2020 para substituir a tubulação de envio de combustível ao motor. Segundo a Jeep, “foi identificada a possibilidade de rachadura da tubulação de envio de combustível, com risco de vazamento em regiões quentes do motor e possibilidade de incêndio, podendo causar potenciais danos físicos graves ou até mesmo fatais aos ocupantes do veículo e a terceiros” . De acordo com a Jeep, o serviço do Wrangler já pode ser reparado nas concessionárias desde o último dia 18 de outubro. Os serviços serão realizados mediante agendamento prévio de forma a evitar aglomeração, respeitando as orientações de segurança do Ministério da Saúde e os decretos que visam combater a disseminação da Covid-19 na sua região. Por esse motivo, é importante que você contate a concessionária de sua preferência para ser informado sobre a previsão do atendimento. A marca ainda confirmou que o

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Imagem
A Jeep deve apresentar no início de 2022 uma nova mecânica para o Renegade, que será apresentado com novos motores. Além disso, ele vai ganhar mais uma repaginada no visual antes de receber a nova geração. Com o flagrante do Mundo Drive mostrou o SUV com pouca camuflagem, mostrando como serão essas mudanças. O Renegade terá novidades na dianteira, com um novo para-choque que deve mudar para ajudar a refrigeração dos novos motores. Ele se destaca por contar com para-choque dianteiro com novo desenho, com faróis de neblina mais elevados e o pisca parece estar em uma posição intermediária. Há uma nova entrada de ar inferior e uma entrada de ar horizontal entre a grade dianteira e a entrada de ar inferior. Na traseira, ele deve receber novidades sutis com novo layout das lanternas e um novo para-choque traseiro. No interior, o Renegade vai ter novidades no painel, que recebe o novo volante do Compass e a central multimídia terá evoluções. Ele ainda vai ganhar um novo quadro de instrumentos

Jeep e Citroën terão maior sinergia no futuro, destaca executivo em entrevista na Índia

Imagem
A Stellantis se uniu recentemente e as marcas ainda parecem um tanto quanto em seus planos iniciais de cooperação. Entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA, Jeep e Citroën parecem que vão contar com uma maior sinergia, pelo menos na Índia. Por lá, a Jeep tem conquistado resultados muito bons com o Compass e é bem possível que Jeep e Citroën possam compartilhar setores como finanças, cadeia de suprimentos, logística, depósitos de peças e outras sinergias a fim de reduzir os custos de produção, simplificando processos e agilizando o desenvolvimento de novos projetos. “Nossa abordagem sempre foi não ser um dinossauro ou querer algo grande. Precisamos primeiro executar e provar, e então seguir em frente. Precisamos permanecer humildes na Índia. São muitas as hipóteses e não estamos falando apenas da Índia” , destacou Roland Bouchara, CEO da Stellantis na Índia, ao Autocar Índia . Além disso, é esperado que Jeep e Citroën tenham uma maior relação quando o assunto for compartilhamento de

Stellantis comemora liderança na Argentina e no Brasil, respondendo por 1/3 das vendas

Imagem
A Stellantis tem comemorando a liderança do mercado na região da América do Sul, mais precisamente em dois dos seus principais mercados: Brasil e Argentina. Só em setembro, a Stellantis vendeu 44.964 unidades no Brasil atingindo 31,4% do mercado, quase 1/3. No acumulado do ano, as vendas são de 485.525 unidades, com 32,9% de mercado. Destaque para a Fiat trada com 85.386 unidades. Na Argentina, a Fiat também é líder de vendas, com destaque para o Cronos, que responde pela liderança de vendas no mercado. A Stellantis fechou, na Argentina, a liderança também, com cerca de 9.000 emplacamentos no mês de setembro, com 30,5% de participação no mercado vizinho. O acumulado do ano conta com 82.500 unidades vendidas do grupo, com 28,7% de mercado. Voltando da fronteira, a Fiat respondeu por 29.027 emplacamentos e 20,40% de mercado, a Jeep teve 8,01% de mercado com 11.408 unidades e a Peugeot respondeu por 2.475 unidades, com 1,74% de mercado. Já a Citroën teve 1.861 unidades e 1,31% de mercado.

Jeep comemora melhor resultado em um trimestre no Brasil, com 38 mil unidades

Imagem
A Jeep comemorou o melhor trimestre em vendas que a marca poderia ter em todo o período histórico da marca em nosso mercado. Registrando 8,3% de Market Share e 38.506 unidades, a Jeep nunca vendeu tão bem – e nem começou ainda com as entregas do Commander. Só em setembro, a Jeep vendeu 11.408 unidades, alcançando 23,1% de participação de mercado. O Compass ainda segue na liderança da marca, cm 6.824 unidades que ainda fizeram o SUV médio ser o segundo automóvel mais vendido do Brasil no mês passado e o terceiro mais vendido no ranking de automóveis/comerciais leves. O resultado de setembro do SUV ainda é o segundo melhor mês da sua história, contando com uma participação de 49,1% do segmento de SUVs médios. O acumulado do ano já possui 52.871 unidades. Já o Renegade foi responsável por 4.503 unidades, 18.067 unidades no trimestre e 17,2% de participação no segmento de SUVs compactos. O acumulado de 2021 já tem 42.415 unidades. “Atingimos recorde atrás de recorde nos últimos meses não a

Jeep reajusta os preços do Commander antes mesmo de começar as entregas do SUV

Imagem
A Jeep confirmou um reajuste de preços para o recém apresentado Commander. O carro nem sequer começou a ser entregue e as mais de 7.000 pessoas que entraram na pré-venda, terão que pagar também o valor do reajuste do carro. Ou seja, os preços de lançamento do Jeep Commander, entre R$ 199.990 a R$ 279.990 não existem mais, na prática. Em comunicado, a Jeep destacou: “Importante afirmar que todos os modelos adquiridos em pré-venda nos três primeiros lotes estão com preço de lançamento garantido, assim como os carros do quarto lote reservados até 31/08/21. Conforme regulamento, os preços dos veículos do quarto lote poderiam sofrer alterações até a data do faturamento” . De acordo com o comunicado que a Jeep enviou, o aumento de preços já está embutido desde os modelos que foram pedidos depois do dia 31 de agosto. Os aumentos de preços variam de R$ 6.000 a R$ 8.000, dependendo da versão. Assim, o Commander começa em R$ 205.990 e chega aos R$ 287.990. o Commander Limited Flex começa em R$ 2

Os 50 Automóveis mais vendidos do Brasil em setembro de 2021: Hyundai HB20 lidera e Jeep Compass é vice

Imagem
Com um mercado em crise, setembro de 2021 não pode ser considerado um mês bom para o Brasil. Segundo os dados da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, o Brasil fechou setembro com queda de 10,2% nas vendas em relação ao mês passado e um tropeço de quase 30% em relação ao mesmo período do ano passado. Num cenário atípico, surge um ranking atípico. Foi assim no auge da pandemia, no ano passado, e tem sido assim nos últimos meses por conta da crise dos semicondutores. A liderança geral, então inédita, ficou com o Hyundai HB20, com 7.147 unidades. Até o momento, o hatch compacto sul-coreano só tinha sido líder entre os Automóveis. A vice-liderança ficou com o Jeep Compass com suas 6.823 unidades e o Volkswagen T-Cross apareceu em terceiro com 5.733 unidades. Fiat Argo, Fiat Mobi, Hyundai Creta, Jeep Renegade, Chevrolet Onix, Chevrolet Tracker e Chevrolet Onix Plus fecharam os 10 mais vendidos. Destaque positivo para a Chevrolet que voltou a ter três carro

Produzido em Pernambuco, Jeep inicia a exportação do novo Compass para a Argentina

Imagem
A Jeep começou a enviar as primeiras unidades do Compass reestilizado para a Argentina. Produzido na fábrica de Goiana (PE), o SUV médio passa a ser vendido com o novo motor T270 a gasolina, que substituiu o 2.4 16v TigerShark a gasolina. O motor desenvolve 175cv de potência com torque de 27,5kgfm, acoplado sempre a um câmbio automático de 6 marchas e a tração 4x2. O conjunto 1.3 entrega quase a mesma potência (174cv), mas com torque maior (23,3kgfm). Por lá, ele ainda será enviado com o motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel que desenvolve 170cv e 35,7kgfm, acoplado ao câmbio automático de 9 marchas e a tração 4x4. Lá ele será oferecido nas versões Sport, Longitude, Longitude Plus, Limited Plus e Trailhawk. Visualmente, os faróis ficam mais finos e uma nova grade dianteira. O para-choque ainda deve contar com uma nova peça, com uma faixa preta horizontal que atravessa a frente e interliga os dois nichos dos faróis de neblina, que estão em posição mais alta. Ao centro dessa faixa está uma ent

Jeep apresenta oficialmente a nova geração do Grand Cherokee, em versão de cinco lugares

Imagem
A Jeep confirmou a estreia da nova geração do Grand Cherokee, que agora ganhou a sua tradicional opção de cinco lugares. Depois de receber o Grand Cherokee L, de sete lugares, em janeiro deste ano, a Jeep apresentou a versão menor, de cinco lugares. De acordo com a Jeep, o Grand Cherokee começa a ser vendido nos Estados Unidos neste trimestre com as versões Laredo, Altitude, Limited, Overland, Trailhawk, Summit e Summit Reserve. No design, o Grand Cherokee é praticamente o mesmo do Grand Cherokee L. O SUV traz linhas modernas e mais maduras do modelo, sendo que ele possui um parentesco com o modelo anterior, mesmo que pouco. Na dianteira, ele traz a grade típica dos Jeep, que mantém as 7 barras verticais, porém mais estilizadas e integradas ao desenho do carro. Os faróis passam a contar com LEDs integrados e trazem um novo desenho. Nas laterais, o Grand Cherokee mostra-se um carro com uma menor área envidraçada que o Grand Cherokee L. Há ainda um friso cromado que nasce na parte superi

Nosso novo Jeep Renegade terá desenho inédito no exterior e interior, além da mecânica nova

Imagem
A Jeep desenvolve novidades para o Renegade, que será reestilizado no início do ano que vem. O SUV compacto vai receber novidades visuais externas, internas e mecânicas. O nosso novo Renegade vai receber um design exclusivo para o modelo que é vendido aqui e na região. Isso porque a Stellantis deve adaptar o carro para receber os novos motores Firefly Turbo Flex. De acordo com informações, ele terá as versões Standard, Sport e Longitude com motor 1.0 12v Turbo Flex que deve desenvolver cerca de 130cv e 20kgfm, com câmbio automático de 6 marchas ou CVT. Já as versões Longitude e Limited devem usar o motor 1.3 16v GSE Firefly Turbo Flex, sendo o mesmo motor do Compass, que desenvolve 185/180cv de potência com torque de 27,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de 6 marchas. Já segundo o Auto+, o Renegade deve manter o motor 2.0 MultiJet Turbo Diesel em linha, com seus 170cv e 35,7kgfm, acoplado a um câmbio automático de 9 marchas e tração 4x4, que deve ser vendido nas versões Moab, Limit

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente