Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Salão do Automóvel de Nova Déli

Tata Safari ganha teaser e confirma retorno ao mercado indiano; estreia será ainda em janeiro

Imagem
Depois de apresentar o Gravitas no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, no ano passado, a Tata revelou uma imagem teaser que mostra um novo modelo que será apresentado por lá. Trata-se do Safari, icônico modelo da Tata que deve voltar a ser vendido por lá com base no Gravitas. O modelo será apresentado com carroceria de sete lugares, sendo uma versão maior que o Harrier. Trazendo uma nova identidade visual da Tata, o novo Safari terá o design Impact Design 2.0, o modelo de sete lugares chega para ser a opção mais do Harrier. No design, o Safari terá uma dianteira com luzes diurnas em LED na parte superior e com os faróis principais separados no meio da dianteira, junto com os faróis de neblina, localizados logo abaixo. Nas laterais, o destaque fica por conta do aspecto musculoso e encorpado da carroceria, com grandes arcos de roda e pelo elemento visual do rack de teto que chega até os vidros traseiros. Na traseira, ele conta com lanternas delgadas, unidas por um friso em preto b

Honda WR-V passará por face-lift de meia-vida na Índia que deve antecipar modelo brasileiro

Imagem
A Honda liberou as primeiras imagens do WR-V reestilizado na Índia. A ser apresentado ainda neste semestre, o WR-V 2021 deve receber novidades sutis em seu design, a fim de mantê-lo moderno em linha até a chegada de um substituto. Em teasers divulgados pela Honda, o modelo deve receber novidades na dianteira, traseira e interior. Os faróis e as lanternas passam a contar com LEDs e alguns novos equipamentos. Para atender a legislação BS6 na Índia, a Honda ainda deve apresentar uma nova mecânica para o WR-V. De acordo com a Honda, ele será vendido com o motor 1.5 Diesel de 110cv de potência e 1.2 a gasolina de 90cv, trabalhando com um câmbio manual de 5 marchas. Na Índia, ele ainda pode ganhar a opção de câmbio automático CVT, que é inexistente no país. Além dos faróis, a dianteira deve ganhar com uma nova grade dianteira com filetes horizontais, com a parte cromada um pouco mais alta que do modelo atual. As luzes de neblina receberam um novo nicho, enquanto o WR-V recebe faróis de L

Hyundai apresenta a segunda geração do Creta no Salão de Nova Déli com design polêmico

Imagem
Apresentado no Salão do Automóvel de Xangai de 2019, a nova geração do ix25 já era um claro sinal de como ficaria a segunda geração do Creta. Veio o Salão do Automóvel de Nova Déli e confirmou que o Creta deve ser igual ao modelo chinês, salvo detalhes. E é esse modelo que também deve ser oferecido no mercado nacional a partir de 2021. Visualmente, ele conta com linhas que mudam radicalmente e se destacam por oferecer faróis de formato diferente (ou é apenas estranho mesmo?) e posicionados mais abaixo que o habitual, com parte de cima dedicada a uma fina linha de LED para iluminação diurna. O capô está mais comprido e arredondado, com uma aparência de ser maior do que é. A grade dianteira é semelhante ao do Palisade, grade e com acabamento cromado, mas menos chamativa que o cromado brilhoso do modelo chinês. Na traseira, o Creta traz um ar de carro conceito. As lanternas também são divididas e a parte superior se conecta, mas não acende. O friso que interliga as lanternas é com um

Tata apresenta o Sierra EV Concept no Salão do Automóvel de Nova Déli e pode resgatar jipe

Imagem
A Tata também apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli um outro conceito, o Sierra EV Concept. O modelo, apresentado no maior evento automotivo da Índia, é um conceito que também traz a filosofia de design Impact 2.0. Ele possui 4,15 metros de comprimento, 2,45 metros entre os eixos, 1,82 metro de largura e 1,675 metro de altura. O conceito se aproxima de um jipe compacto e é mais um carro desenvolvido a partir da plataforma modular ALFA. Visualmente, o conceito possui linhas de acordo com as últimas novidades da marca. Na dianteira, ele conta com faróis estreitos que são interligados por meio da grade dianteira, fechada, por ser um carro elétrico. Ele ainda possui faróis auxiliares nas extremidades do para-choque dianteiro e uma nova entrada de ar inferior, em preto. O jipe ainda conta vistosas rodas nas laterais e mantém o vidro lateral traseiro de acordo com o carro vendido na década de 1990 na Índia. A Tata trabalhou para fazer com que o conceito remetesse ao carro do pass

Tata apresenta o HBX Concept no Salão de Nova Déli, seu novo SUV subcompacto

Imagem
A Tata foi ao Salão do Automóvel de Nova Déli apresentar vários conceitos interessantes que podem se tornar realidade sem muito esforço. Isso porque as novidades apresentadas como conceito já estão muito próximas dos carros de produção. O HBX Concept é uma dessas apostas. O SUV subcompacto da marca, pode ser uma opção interessante ao Nexon e pode antecipar até mesmo uma nova geração do modelo. A Tata fala que o modelo deve ser produzido e que ele se encaixa nos padrões de ser menor de 4 metros de comprimento. Ele ainda traz a filosofia de design Impact 2.0 da Tata. Com 3,86 metros de comprimento, 2,445 metros entre os eixos, 1,90 metro de largura (com os retrovisores) e 1,88 metro de altura, o conceito foi apresentado com um design aventureiro. Ele deve ser equipado com vários equipamentos e acessórios que podem ser vendidos opcionalmente que devem reforçar essa imagem off-road. Entre as novidades, ele pode contar com uma suspensão específica, porta-equipamentos e pneus de todo-ter

MG apresenta o Hector Plus, para 7 ocupantes, no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia

Imagem
Além do Gloster, a Morris Garages apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia. Trata-se do Hector Plus, opção mais refinada do Hector. O Hector Plus se torna a opção com espaço para sete ocupantes do SUV médio, que traz algumas diferenças em relação ao modelo de cinco lugares. Ele deve ser vendido com espaço para seis ou sete ocupantes, dependendo da versão. A versão com espaço para seis ocupantes deve estar presente nas versões mais caras do Hector Plus, uma vez que oferece um espaço maior para os passageiros. Visualmente, o Plus se destaca por trazer uma nova grade dianteira preta com bordas cromadas, além de luzes de LED para circulação diurna maiores e o para-choque dianteiro foi revisado com novas entradas de ar e nova disposição dos faróis de neblina. Na traseira, as novidades ficam por conta de novas lanternas e refletores reposicionados. No interior, as mudanças ficam por conta do espaço interno, que pode ser 2+2+2 ou 2+3+2. Ele deve ser equipado com um motor a

Suzuki revela o Future-E Concept no Salão de Nova Déli, que antecipa futuro da marca

Imagem
A Suzuki foi ao Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, para apresentar o seu futuro. A marca japonesa e líder do mercado indiano apresentou o Future-e Concept, um crossover compacto de perfil cupê e motorização elétrica. O carro deve antecipar o futuro da marca e foi confirmado que ele não deve ser produzido. O conceito pode antecipar um pouco da filosofia de design que foi apresentada no carro, imprimindo um perfil mais esportivo. Entre as novidades visuais, o carro deve contar com um pilar mais grosso da coluna C, lanternas traseiras que se estendem pelas laterais e se interligam, capô dianteiro mais alto e faróis finos e que se conectam por meio de uma grade dianteira, com o logotipo da Suzuki destacado no centro. Ela ainda deve antecipar uma nova assinatura visual com os LEDs, como pode ser visto no conceito de maneira bem clara. No interior, o Future-e Concept se destaca pelas linhas futuristas, que premiam o painel com tela de grande dimensão e ampliada ao extremo, integr

Volkswagen T-Cross vai à Índia com design chinês, entre-eixos do brasileiro e nome Taigun

Imagem
A Volkswagen apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli o Taigun, seu novo SUV compacto. Diferente do conceito apresentado em 2012 com este nome, o Taigun indiano nada mais é que o T-Cross chinês, com visual r=levemente diferente em relação ao carro europeu e global. Previsto para começar a ser vendido na Índia em 2021, o Taigun, adotando a grade dianteira reta e novos faróis e para-choque dianteiro e traseiro. O Taigun ainda possui o mesmo entre-eixos de 2,65 metros de comprimento contra os 2,56 metros do modelo europeu. O comprimento dele é de 4,20 metros de comprimento, com a diferença de ser desenvolvido sobre a plataforma MQB-A0-IN, diferente da MQB-A0 em modelo no restante do mundo. O Taigun deve ser vendido com motor 1.5 TSI de 130cv e o 1.0 12v TSI de 115cv, com câmbio manual de 6 marchas ou automático de dupla embreagem DSG de 7 marchas. Ainda não há dados de consumo e emissões, mas de acordo com os dados fornecidos pelo fabricante, o novo Taigun será capaz de acelerar

Irmão do Venue, Kia revela oficialmente o Sonet Concept no Salão do Automóvel de Nova Déli

Imagem
A Kia apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, o Sonet Concept, que deve ser desenvolvido como o irmão do Hyundai Venue. O SUV subcompacto da marca coreana estreia primeiro como conceito, mas deve ser apresentado como carro de produção ainda neste ano de 2020. Global, o Sonet deve ser vendido em quase todos os países onde a Kia está presente, podendo ser vendido na Europa e nos Estados Unidos. O modelo é menor que o Seltos e deve contar com cerca de 3,99 metros de comprimento, a fim de se encaixar nos benefícios da Índia para carros com menos de 4 metros. Caso isso se confirme, ele deve ser 34 centímetros menor que o Seltos. Visualmente o conceito está muito próximo de um carro de produção, onde ele deve substituir basicamente as maçanetas retráteis do conceito e os retrovisores laterais, tipicamente de conceito. Os faróis e as lanternas devem ganhar versões mais próximas de um modelo de produção, assim como a pintura dos detalhes. A Kia não revelou imagens do inter

Mahindra apresenta o Funster Concept no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia

Imagem
A Mahindra apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, o Funster Concept, conceito que deve antecipar os traços da nova geração do XUV500. O SUV tem grandes chances de se tornar o primeiro utilitário puramente elétrico em sua nova geração e que a nova geração possa ser apresentada ainda em 2020. Além da opção de motor elétrico, ele também deve ser apresentado com motores a gasolina e diesel. Visualmente, o conceito conta com um visual mais moderno e uma aposta mais elegante, com faróis mais finos e uma grade dianteira com seis barras, que serão cromadas no modelo de produção. Com linhas limpas, a dianteira prevê um design tipicamente de um elétrico, com a ausência de grade dianteira. Ele ainda deve contar com os faróis principais em posição intermediária, como mostra as imagens. Nas laterais, o Funster mostra suas linhas de conceito com uma carroceria de duas portas e a ausência de teto e um para-brisa bem pequeno, que invadem as laterais. Na carroceria, a lateral cont

Skoda apresenta o Vision IN Concept no Salão de Nova Déli e antecipa plataforma MQB-A0-IN

Imagem
Depois de muito se especular o desenvolvimento de um modelo menor, a Skoda apresentou no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia, o Vision IN Concept, seu SUV subcompacto em formato conceitual ainda. Esse conceito deve antecipar a versão de produção de um novo utilitário esportivo da marca tcheca. Trazendo a identidade visual da Skoda, ele se destaca pela grade dianteira e os faróis de tamanho reduzido. Divididos, eles contam com a parte superior e a parte inferior parece cumprir com a função de faróis de neblina, uma vez que eles não estão na base inferior do para-choque, como o tradicional. A dianteira é relativamente alta e curta, contando ainda com uma entrada de ar inferior e duas nas extremidades do para-choque dianteiro. Enquanto isso, nas laterais o destaque fica por conta das linhas das laterais, que nascem no para-lama dianteiro e chegam até a traseira. Há ainda o rack de teto prateado. Na traseira, as novidades ficam por conta das lanternas traseiras em LED que são bem

Tata revela o seu novo SUV médio Gravitas, com espaço para sete e baseado no Harrier

Imagem
A Tata apresentou o Gravitas no Salão do Automóvel de Nova Déli, na Índia. O SUV passa a ser uma opção maior e é o segundo construído sobre a plataforma Omega. Trazendo a linguagem visual Impact Design 2.0, o modelo de sete lugares chega para ser a opção mais do Harrier. No design, o Harrier é ousado com uma dianteira com luzes diurnas em LED na parte superior e com os faróis principais separados no meio da dianteira, junto com os faróis de neblina, localizados logo abaixo. Nas laterais, o destaque fica por conta do aspecto musculoso e encorpado da carroceria, com grandes arcos de roda e pelo elemento visual do rack de teto que chega até os vidros traseiros. Na traseira, ele conta com lanternas delgadas, unidas por um friso em preto brilhante que percorre toda a tampa do porta-malas. Debaixo do capô, a Tata confirmou o uso do motor 2.0 16v Diesel Kryotec, de origem FCA e primo do MultiJet que o Jeep Compass usa, que desenvolve 170cv e torque de 35,7kgfm, podendo ser associado ao câ

MG antecipa novo utilitário esportivo Gloster para o mercado indiano, baseado no Maxus D90

Imagem
A Morris Garages confirmou a apresentação de um novo utilitário esportivo na Índia, batizado de Gloster. Baseado no Maxus D90, ele chega na Índia para concorrer com a Toyota Fortuner, a nossa SW4. Desenvolvido a partir de uma base de chassi, o utilitário esportivo é bem generoso em suas dimensões. Ele possui 5,005 metros de comprimento, 2,950 metros entre os eixos, 1,932 metro de largura e 1,875 metro de altura. Visualmente ele carrega o mesmo visual do carro da Maxus, mas suas linhas podem ser consideradas bem modernas. O visual dianteiro se destaca a grande grade dianteira em formato octagonal com acabamento prata fosco, faróis horizontais e um para-choque com uma entrada de ar inferior e faróis de neblina em suas extremidades. Visto de lateral, o Gloster se destaca pela ampla área envidraçada, com base dos vidros cromados e uma falta saída de ar no para-lama dianteiro. As rodas são de 19 polegadas. As linhas são bem limpas e simples, assim como acontece na traseira. As lanternas

Subcompacto, Mahindra KUV100 passa por face-lift e ganha sobrenome NXT na Índia

Imagem
Além do KUV500, a Mahindra vende na Índia outros modelos, em especial o curioso KUV100, apresentado em 2016. O SUV subcompacto altinho passa por sua primeira mudança visual de meia-vida, que o deixa com um design mais moderno e ganha o sobrenome NXT. O KUV100 2020 passa a ser vendido com uma dianteira revitalizada, que ganha um novo para-choque dianteiro com novos nichos dos faróis de neblina. A entrada de ar principal, no para-choque, passa a ficar maior, enquanto o para-choque ganha mais presença da cor da carroceria, já que o modelo anterior fica um para-choque quase todo preto com a abertura de ar inferior. Há ainda uma nova grade dianteira, que mantém o seu tamanho, mas ganha filetes verticais maiores, que invadem o para-choque dianteiro, dando uma sensação de “dentes” ou “garras”. O KUV100 NXT ganha novas rodas de liga leve nas laterais como grande destaque, enquanto a traseira recebe lanternas mais largas e que invadem mais a tampa do porta-malas, com acabamento escurecido e

Postagens mais visitadas deste blog

Skoda deve desenvolver três novos modelos elétricos, que farão companhia ao Enyaq

Bosch apresenta câmbio automático CVT para carros elétricos, que segue em desenvolvimento

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Surge primeira imagem de um SUV da Ford que foi criado em parceria com a Mahindra, na Índia

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Assim como Frontier e L200 Triton, nova Volkswagen Amarok não será meramente uma Ford Ranger alemã

Toyota Corolla Cross é confirmado para ser lançado em março deste ano no Brasil

Renault Sandero e Logan podem sair de linha para abrigar caminho para os novos Clio e Taliant?

Toyota RAV4 é reprovado em teste do alce rodando a 68km/h, diz publicação sueca

Renault apresenta a plataforma modular CMF-EV, que estará no Megane eVision Concept de produção