Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Stellantis Group

Fiat 500e e Peugeot 208 e-GT devem ser lançados no segundo semestre no Brasil

Imagem
A Stellantis confirmou que deve começar a apresentar seus modelos elétricos no Brasil a partir do segundo semestre deste ano. As novidades devem ficar por conta de modelos como Fiat 500e e Peugeot 208 e-GT. Para seus carros elétricos, o grupo confirmou que deve instalar 200 novos pontos de recarga das baterias, que serão espalhados pelo território nacional. O 208 elétrico é esperado para ser lançado desde a apresentação da segunda geração, revelado ano passado. No entanto, o Dólar e o Euro altíssimos junto com a pandemia atrasaram sua chegada ao nosso mercado, que estava programada para o início deste ano de 2021 – nesse meio espaço de tempo, a fusão entre FCA e PSA aconteceu. O hatch francês possui motor elétrico de 136cv e 26,5kgfm. Este conta com três modos de condução: Eco (que prioriza a autonomia), Normal (equilibrando autonomia com conforto) e Sport (que prioriza o desempenho). No modo Sport, o 208 e-GT acelera de 0 a 100km/h em 8,1 segundos. Com as baterias no assoalho, o e-GT

Foxconn fecha parceria inédita com a Stellantis para desenvolver de software e hardware

Imagem
A Stellantis fechou uma inédita parceria com a Foxconn. As duas gigantes empresas devem firmar um acordo para o desenvolvimento de novos recursos tecnológicos. Conhecida por desenvolver componentes para a Apple fazer o iPhone, a empresa deve focar no desenvolvimento de modelos elétricos. A colaboração nasce na China, mas deve ganhar status de uma parceria global, que deve focar no desenvolvimento de novidades para as marcas que compõe a Stellantis. Segundo informações, a parceria deve ser benéfica para as duas empresas. Para a Stellantis, a parceria pode resultar em mais conectividade, digitalização e novas tecnologias, enquanto a Foxconn deve sair ganhando com a expansão dos seus negócios em outras regiões, com vantagens financeiras. As duas empresas devem formar a Mobile Drive, uma joint-venture que deve desenvolver ainda novas experiências do usuário, que deve ser inovadora, e vai incentivar tecnologias automotivas conectadas. A empresa terá sede na Holanda e deve focar no fornecime

Stellantis confirma que vai reverter situação de Citroën e Peugeot no Brasil dentro de alguns anos

Imagem
A Stellantis voltou a confirmar que deve ajudar as francesas Citroën e Peugeot a voltar a recuperar terreno no mercado brasileiro. Agora com a fusão de FCA e PSA, as duas francesas devem ganhar o apoio de Fiat e Jeep, sendo que a Fiat possui uma larga experiência de desenvolver modelos e comercia-los com a sua ampla rede de concessionárias. A informação de que Citroën e Peugeot serão ajudadas pela Stellantis partiu de Antonio Filosa, Presidente da Stellantis na América do Sul. Além de já comemorar o crescimento nas venda de Fiat e Jeep, a Stellantis confirmou que em breve devemos ver Citroën e Peugeot crescendo também no Brasil. "Peugeot e Citroën tem muito futuro na Stellantis, no Brasil, na Argentina e Chile e nós queremos investir nesse futuro. Em 2 anos queremos chegar à participação que as duas marcas francesas tinham 10 anos atrás. Com estratégias globais e regionais, com line-up de modelos que atendem as necessidades dos clientes, trabalhando com concessionários e trazendo

Elétricos da Stellantis devem contar com estacionamento gratuito com a Estapar no país

Imagem
A Stellantis confirmou que deve apresentar dois modelos elétricos no Brasil no segundo semestre deste ano, o Peugeot 208 e-GT e o Fiat 500e, que estreiam no mercado contando com uma parceria estabelecida com a Ecovagas. Isso deve ampliar a rede de recarga de veículos de propulsão elétrica. O projeto é uma iniciativa de empresas como a Enel X e a Estapar, juntamente com a Stellantis, onde os clientes dos modelos elétricos poderão recarregar os carros em estacionamentos da Estapar sem custos. O projeto da Ecovagas é de desenvolver vagas para modelos elétricos em vagas semipública para híbridos e elétricos em todo o Brasil. A empresa deve disponibilizar cerca de 200 pontos de recarga para os clientes dos carros da Stellantis nas regiões Sudeste, Sul, Nordeste e Distrito Federal. Os equipamentos foram instalados com tecnologias da Enel X e fornecem um carregamento inteligente, abastecendo 80% da bateria em cerca de 3 horas. Os novos pontos de carga devem ser criados ainda neste ano, que de

Jeep vai processar a Mahindra, agora por conta do Thar e a proximidade com o Wrangler

Imagem
A Stellantis confirmou que deve processar novamente a Mahindra por conta do Thar, seu novo jipe que novamente é a cara do Jeep Wrangler, da geração anterior. Na Austrália, a Jeep foi a justiça entrar com um pedido para a Mahindra não lançar o modelo por lá, alegando que se trata de um clone do antigo Wangler. Em audiência, os advogados da Mahindra confirmaram e tentaram minimizar as semelhanças entre os modelos e a Jeep foi rápida ao argumentar as provas que os modelos são idênticos. Além disso, a Jeep foi rápida ao tomar conhecimento de que a Mahindra atestava o modelo na Austrália e que já tinha até mesmo um perfil para os interessados no modelo, como que fosse abrir um regime de pré-venda pelo carro. A Jeep ainda pediu judicialmente para a Mahindra que a informe com antecedência de 90 dias sobre os seus movimentos em relação ao Thar no país. Essa não é a primeira vez que Jeep e Mahindra se enfrentam nos tribunais por clone. Ano passado, a indiana sofreu um outro processo que envolvi

Stellantis comemora seis anos da fábrica de Goiana (PE) e espera pelo Jeep Commander

Imagem
A Stellantis confirmou que está comemorando o aniversário de seis anos da fábrica de Goiana (PE). Inaugurada em 2015, a fábrica já produziu mais de 1 milhão de unidades neste mesmo período e foi concebida para a produção de quatro modelos. A maioria foi apresentada quase que junto com a inauguração da fábrica, com Jeep Renegade, Fiat Toro e Jeep Compass, lançados entre 2015 e 2016. Agora, em 2021, deve chegar o quarto modelo da fábrica, que será o Jeep Commander. A fábrica possui cerca de 14 mil funcionários, sendo 85% pernambucanos. A Jeep ainda destaca que o plano é de investir R$7,5 bilhões na unidade até meados de 2025, focando no desenvolvimento e novos preços e na renovação da linha. "Ao mesmo tempo que preparamos nossa linha de produção para receber o novo veículo, ainda mais sofisticado e com mais tecnologia embarcada, capacitamos o time para as novas operações, ao mesmo tempo em que seguimos com a produção dos outros modelos, incluindo as novas gerações de Fiat Toro e dos

Stellantis dará dez anos para Alfa Romeo, Chrysler e Lancia não se "tornarem história"

Imagem
A Stellantis veio confirmar que a Alfa Romeo e a Lancia não devem sair de linha. Pelo menos, não imediatamente. Isso porque a Stellantis confirmou que existe espaço para as 14 marcas do grupo, mas que umas acabam ficando espremidas dentro do lineup do grupo ítalo-franco-americano. Marcas como Alfa Romeo, Chrysler, DS e Lancia parecem ainda perdidas dentro do grupo. Com isso, o CEO da Stellantis, Carlos Tavares, confirmou que as quatro marcas devem desenvolver modelos em conjunto, até meados de 2024. As quatro marcas ainda terão 10 anos para provarem que ainda são rentáveis dentro do grupo e merecedoras de investimentos no futuro. “Estamos dando a cada um uma chance, dando a cada um uma janela de tempo de 10 anos e financiando por 10 anos para fazer uma estratégia de modelo central. Os CEOs precisam ser claros na promessa da marca, nos clientes, nos alvos e nas comunicações da marca. Se eles tiverem sucesso, ótimo. Cada marca tem a chance de fazer algo diferente e atrair os clientes” ,

SUV subcompacto da Jeep deve ser lançado no Brasil e será feito em Porto Real (RJ)

Imagem
A Jeep deve desenvolver um modelo que será menor que o Jeep Renegade em nosso mercado. O modelo, que está em fase de desenvolvimento, deve ser apresentado em meados de 2023 na Europa e pode ser produzido também no Brasil, provavelmente na fábrica de Porto Real (RJ), que era da PSA. Com capacidade ociosa, a fábrica pode produzir o modelo da Jeep, porque ele deve ser desenvolvido sobre a plataforma CMP, feita na unidade fluminense. O novo modelo da Jeep deve ser o carro que era conhecido como Junior e deve ter cerca de 4 metros de comprimento. O carro deve ser desenvolvido para ser vendido em várias regiões do globo, incluindo a Índia. Em março, tinha se confirmado que a Jeep usaria a base CMP dos franceses, por já estar pronta para a eletrificação, diferente das plataformas Small Wide que equipa atualmente o Jeep Renegade e a base Mini, do Fiat Panda, que eram cogitadas a sustentar o novo modelo da marca norte-americana. Ao que tudo indica, a Jeep pode desenvolver o pequeno como um mode

No interior, Fiat, Jeep, Peugeot e Citroën devem compartilhar a mesma rede de concessionárias

Imagem
A Stellantis confirmou que deve passar a ajudar, no mercado brasileiro, as marcas francesas Citroën e Peugeot. A informação foi confirmada por Antonio Filosa, CEO da Stellantis na América do Sul. A integração das concessionárias deve ser maior entre as marcas, principalmente nas cidades de interior, onde deve ter uma sinergia ainda maior. "Peugeot e Citröen têm muito futuro no Brasil e queremos investir neste futuro" , afirmou o presidente da Stellantis. Com isso, a Stellantis confirmou que as duas marcas francesas devem retomar seu crescimento no mercado brasileiro inicialmente com mais pontos de vendas em cidades de interior, depois que a PSA já tinha realizado um processo de reestruturação completa em nosso mercado. A parceria com a FCA chega em um bom momento, depois da Fiat ter mais de 500 concessionárias em nosso mercado – e que ajudou principalmente a Jeep a ganhar terreno no interior. Sobre trazer novas fábricas ao Brasil, como a Opel, Filosa destacou que: "se e

Stellantis revela teaser do Maserati Grecale, que foi testado pelo CEO, Carlos Tavares

Imagem
Depois de um teaser revelado no mês de fevereiro, a Maserati revelou mais duas imagens teaser do Grecale, seu novo utilitário esportivo, que deve ser apresentado ainda neste ano. Nas imagens teaser, o SUV apareceu ao lado de Carlos Tavares, CEO da Stellantis, que foi conferir o desenvolvimento do utilitário esportivo da marca do tridente na unidade de Modena, na Itália. Junto de Tavares estava John Elkann, Presidente da Stellantis e um dos principais nomes de executivos da antiga FCA. “Hoje, John Elkann, presidente da Stellantis e Carlos Tavares, CEO da Stellantis, visitaram a histórica fábrica da Maserati em Modena, Itália, onde se reuniram com Davide Grasso, diretor executivo da Maserati, e percorreram juntos a nova linha de produção do MC20, a nova área de pintura e o novo laboratório de motores Nettuno. O Sr. Tavares também visitou o Laboratório de Inovação da Maserati e testou na estrada um protótipo do novo SUV Maserati Grecale, que será lançado no final deste ano” , destaca a St

Stellantis deve desenvolver um SUV compacto para Fiat, Jeep e Alfa Romeo na Europa

Imagem
A Stellantis confirmou que desenvolver novidades e uma maior fusão entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA. Abaixo do Jeep Renegade, a Stellantis confirmou que deve desenvolver um SUV subcompacto que deve ser produzido sobre a plataforma modular CMP, a mesma plataforma do Peugeot 2008. O novo modelo deve ser produzido na fábrica polonesa em Tychy e deve ser revelado entre o final de 2022. Além do modelo da Jeep, a Stellantis deve desenvolver um modelo similar para a Fiat, que deve ser revelado em 2023. Os modelos devem ser oferecidos apenas para a Europa. As informações foram reveladas pelo site Automotive News Europe , que descobriu o desenvolvimento da Stellantis destes dois novos SUVs sobre a plataforma modular CMP. O site ainda revelou que um terceiro modelo, da Alfa Romeo, também está sendo discutido. O novo modelo da Jeep é conhecido internamente como Projeto 516 e deve ser apresentado apenas com motores a combustão em novembro de 2022, ganhando uma opção elétrica em feverei

Stellantis vai conseguir estar dentro da média de emissões de poluentes na Europa este ano

Imagem
A Stellantis confirmou que deve enfim conseguiu atingir a meta de conseguir estar dentro das regras de emissões de poluentes, na Europa. Segundo informações reveladas por Carlos Tavares, CEO da Stellantis, em entrevista ao jornal francês Le Point, disse que vai conseguir atingir as metas de emissões de poluentes da União Europeia neste ano, sem a ajuda de créditos da Tesla. Com a união de FCA e PSA, a Stellantis tinha como promessa o aumento nas vendas globais de veículos eletrificados em 2021. Esse volume de vendas deve triplicar até o final deste ano, chegando à marca de 400.000 unidades de carros elétricos e híbridos. Caso consiga atingir essa marca, isso será um aumento bem considerável quanto às 139.000 unidades vendidas de 2020. "Com a tecnologia elétrica que a PSA trouxe para Stellantis, atenderemos às regulamentações de emissão de dióxido de carbono já neste ano. Assim, não precisaremos recorrer a créditos europeus de CO2 e a FCA não terá mais que fazer pool com a Tesla ou

Stellantis lança plataforma de serviços Cart para as novas centrais multimídia no país

Imagem
A Stellantis confirmou a estreia de uma plataforma para os carros que são equipados com a central multimídia Advance Intelligent. Trata-se da plataforma e-commerce Cart, que foi apresentada ainda em fase de testes. A Cart deve permitir parcerias com McDonald’s, ConnectCar e Visa do Brasil. Pela plataforma, deve ser possível fazer soluções de pagamento de forma segura e deve conectar serviços como abastecimento, alimentação, estacionamento e pedágios. Desenvolvida pela Stellantis, a tecnologia deve estar presente em marcas do grupo dentro de alguns meses. “Mais do que mobilidade, o carro pode ser entendido como uma plataforma de negócio, ou seja, um ponto de partida para novas soluções na experiência do consumidor por meio da conectividade. A Nova Fiat Toro já está pronta para esse futuro. No início do segundo semestre, seus clientes estarão entre os primeiros a ter acesso à experiência e benefícios do Cart na central multimídia” , afirma Mateus Silveira, gerente de Inovação, Infotainme

Por medo de preconceito, Stellantis cancela o desenvolvimento do motor 1.3 16v Turbo a Etanol

Imagem
A Stellantis até chegou a cogitar o desenvolvimento de um motor T270 movido exclusivamente a Etanol. Esse motor deveria ser apresentado até meados de 2022, mas ele foi cancelado. Conhecido como E4, esse motor seria uma variação do motor 1.3 16v GSE Firefly Turbo Flex, que desenvolve 185/180cv e 27,5kgfm de torque, com câmbio automático de 6 marchas. Esse motor E4 desenvolveria, então, 185cv e 27,5kgfm. O novo motor fazia parte do ciclo de investimentos de R$500 milhões que o grupo fez para a linha de montagem dos motores em Betim (MG). A primeira vez que esse motor foi anunciado, foi em 2019. Segundo a Fiat, na época, a ideia era de “reduzir o gap de consumo do etanol em relação à gasolina, que é de 30% atualmente”. Bebendo apenas um combustível, a otimização do motor é maior. O motor morreu no medo da Stellantis de desenvolver um motor monocombustível num país que já está acostumado com o desenvolvimento de motores Flex e dá ao consumidor o poder de escolha de qual combustível deve co

Líder de vendas na Europa, Stellantis deve pisar no acelerador da eletrificação no Velho Continente

Imagem
Concluído o processo de fusão entre FCA e PSA, a Stellantis Group deve focar no desenvolvimento do processo de eletrificação das marcas dos dois ex-grupos. Focando na Europa, o grupo deve eletrificar e pisar no acelerador da eletrificação no Velho Continente, ao ponto de conseguir eletrificar todos os seus carros até 2025, sendo com carros elétricos ou híbridos. Atualmente com 14 marcas, Carlos Tavares, CEO da Stellantis, disse que o grupo possui poucos modelos eletrificados, que podem prejudicar a marca em termos de emissões de poluentes. O problema está com as marcas da FCA, que deixaram a eletrificação de lado. Isso porque a PSA teve uma movimentação que aconteceu bem antes. O número de carros elétricos da Stellantis deve passar de 14% para 2021 para 38% em 2025 e chegar aos 70% em 2030. A eletrificação ainda deve ser melhor implementada em carros maiores como picapes e utilitários esportivos. A Stellantis ainda confirmou que deve apostar em novas plataformas eletrificadas para suas

Stellantis confirma que quer triplicar a venda de eletrificados e aposta em hidrogênio

Imagem
A Stellantis confirmou que quer triplicar a venda de carros eletrificados nos próximos anos. Por meio de John Elkann, Presidente da Stellantis, disse que quer triplicar a venda de eletrificados, em especial os modelos elétricos. A meta é vender 400.000 unidades ainda em 2021, por meio de todas as marcas da ex-PSA e ex-FCA. Em 2020, foram 139 mil unidades de modelos eletrificados vendidos globalmente. Para chegar a essa marca, o grupo confirmou que deve expandir a oferta de modelos híbridos e elétricos em todo o mundo, sendo que 11 modelos estão previstos para serem apresentados ainda neste ano. Até meados de 2025, o grupo deve contar com versões eletrificadas para todos os modelos de todas as marcas. Para alcançar esses números, a Stellantis ainda confirmou que deve estudar outras tecnologias de eletrificação, como a célula de combustível de hidrogênio. O grupo estuda desenvolver a tecnologia, considerada ideal para modelos comerciais leves. Em parceria com a Faurecia e Symbio, a Stell

Tavares confirma que Stellantis compartilhará novos motores entre todas marcas do grupo

Imagem
Enfrentando problemas no mercado brasileiro nos últimos dez anos, Citroën e Peugeot devem estar amparadas pela Stellantis no Brasil. A informação que todo mundo esperava era que as marcas fossem ajudadas pela Fiat no país. E isso vai acontecer. Em passagem pelo Brasil, Carlos Tavares, ex-CEO da PSA e atual CEO da Stellantis, disse que as marcas devem receber os novos motores 1.0 12v Firefly Turbo Flex e o 1.3 16v Firefly Turbo Flex. "Essa é a sinergia óbvia: uma fábrica de motores pode fornecer para veículos de todas as nossas marcas, com isso aumentamos a produção e economizamos com a compra de componentes em maior quantidade. Mas há muitas outras oportunidades, a compra de mídia é outro exemplo” , disse Tavares. Isso deve dar uma boa renovada no lineup de motores das marcas, que ainda usam os envelhecidos 1.6 16v FlexStart e o 1.6 THP Flex. As marcas devem receber principalmente o motor 1.0 Turbo, que deve ser usado no novo Peugeot 208 e nos futuros projetos da Citroën, como o h

Investimento de R$400 milhões, Stellantis inicia produção do motor 1.3 Firefly Turbo em Betim (MG)

Imagem
A Stellantis confirmou o início da produção dos novos motores GSE Turbo em Betim (MG). O motor estreante é o 1.3 16v Firefly Turbo Flex, que chega com Fiat Toro e Jeep Compass reestilizados. A Stellantis ainda deve fazer com que o motor possa ser usado em outras marcas do grupo, mas especialmente a tenção deve ficar pelo novo motor que deve ser apresentado ainda neste ano, o 1.0 12v Firefly Turbo Flex, que deve ser muito mais usado que o motor 1.3. O motor 1.3 desenvolve 185/180cv de potência com torque de 27,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de 6 marchas. Esse motor deve substituir três motores dentro da Stellantis: o 1.8 16v EtorQ Flex, o 2.0 16v TigerShark Flex e o 2.4 16v TigerShark Flex. Se formos juntar com a Stellantis, ele deve substituir o motor 1.6 THP Flex, que será o quarto motor. "A Stellantis abre uma nova era para nossa presença sustentável na América Latina e o início da produção desse motor GSE Turbo de classe mundial é uma grande notícia para a economia bras

Stellantis e VAG confirmam que não vão desenvolver novos motores a combustão

Imagem
A Volkswagen coA Stellantis e a VAG confirmaram que não devem mais desenvolver motores a combustão. Dentro da VAG, a confirmação foi dada pela Audi e pela Volkswagen, visto que as marcas são responsáveis por outras marcas do grupo. No caso da Audi, a informação foi confirmada por Markus Duesmann, que confirmou a informação para o Frankfurt Allgemeine Zeitung . "Não desenvolveremos mais um novo motor de combustão interna, mas adaptaremos nossos motores de combustão interna existentes às novas diretrizes de emissão" , disse Duesmann em entrevista. Dentro da Audi e das marcas premium do grupo, o fim dos motores a combustão começam a partir de 2030, ou seja, até lá, as marcas devem contar com os motores atuais, trabalhados com algumas melhorias e auxílios elétricos com conjuntos híbridos. Na Volkswagen, a informação foi confirmada por Ralf Brandstätter, CEO da Volkswagen, que disse que a marca tampouco deve desenvolver os motores a combustão. Em entrevista ao Automobilwoche , Bra

Stellantis comemora marca de 1.000.000 de unidades feitas em Goiana, Pernambuco

Imagem
A Stellantis comemorou a marca de 1.000.000 de unidades produzidas na fábrica de Goiana, em Pernambuco. Considerado uma fábrica que produz muitos modelos de sucesso, como Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat Toro, o Complexo Industrial de Goiana foi inaugurado em 2015 e já quebrou essa importante marca. A comemoração do milhão teve a participação de ninguém mais ninguém menos que Carlos Tavares, CEO global da Stellantis, que se juntou com outros executivos como Diretor de Operações da Stellantis para América do Sul, Antonio Filosa, e o Diretor de Manufatura para a América do Sul, Pierluigi Astorino. “Temos muito orgulho do que estamos construindo no Polo Jeep. Esse marco é reflexo do trabalho de excelência em manufatura do nosso time. O desafio agora é continuar com a trilha de desenvolvimento de nossos talentos” , disse Astorino. Com capacidade de produzir 280 mil unidades por ano, a fábrica está em plena capacidade máxima de produção, com uma média de 1.000 carros por dia produzidos na

Postagens mais visitadas deste blog

Ford apresenta oficialmente a Maverick, que estreia como potencial rival à Fiat Toro

Volkswagen terá baterias de estado sólido e fecha parceria com a QuantumScape

Fiat Uno, Grand Siena e Doblò saem de linha em dezembro; Volkswagen Fox deve ir junto

Ford perdeu US$12 bilhões em oito anos no Brasil e perdia R$10 mil a cada carro vendido

Surgem novidades sobre o design do novo Volkswagen Virtus, que terá Nivus como inspiração

Renault Master deve ser reestilizado ainda neste ano, com um face-lift de meia-vida do furgão

Jaguar apresenta o reestilizado F-Pace no país, que estreia em quatro versões e parte de R$463.750

Volvo lança promoção no Brasil, com condições especiais de financiamento e descontos

Peugeot promove mudanças nas versões do novo 208 com a chegada da linha 2022

Volkswagen Tiguan reestilizado deve ser apresentado no Brasil apenas em 2022