Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Stellantis Group

Stellantis comemora oito anos da fábrica de Goiana (PE), com 1,4 milhão de unidades

Imagem
Stellantis comemora aniversário de oito anos da fábrica de Goiana (PE), responsável pela produção de modelos da Jeep, Fiat e RAM e de 1,4 milhão de unidades  A Stellantis está comemorando o aniversário de oito anos da inauguração da fábrica de Goiana, no estado de Pernambuco. Atualmente, a fábrica é responsável pela produção de Jeep Renegade, Fiat Toro, Jeep Compass, Jeep Commander e RAM Rampage, sendo a picape da RAM o primeiro produto da marca a ser produzido localmente. A fábrica também se tornou responsável pela retomada da produção nacional da Jeep, ainda em 2015. Atualmente, a fábrica da Stellantis é uma das mais modernas do mundo, além de contar com um grande polo industrial de 18 fornecedores. Ao todo, juntando a fábrica principal com as fábricas adjacentes, a Stellantis confirma que são 14.000 empregos diretos. “É um verdadeiro case de sucesso avançarmos de um modelo para cinco em oito anos. Isso foi possível graças a eficiente combinação de mão de obra qualificada e investi

Fiat comemora marca de 300.000 unidades do Cronos produzidas em Córdoba, na Argentina

Imagem
Stellantis produz a unidade 300.000 do Fiat Cronos na fábrica de Ferreyra, em Córdoba, na Argentina; no país vizinho, sedã compacto é líder de vendas A Stellantis e a Fiat estão comemorando a produção do Cronos no mercado argentino. O sedã compacto é produzido exclusivamente na fábrica de Ferreyra, em Córdoba, na Argentina, de onde ele é exportado para vários mercados, inclusive o Brasil. Na unidade fabril, a marca alcançou a marca de 300.000 unidades e desde o início da produção na Argentina, se tornou o líder de vendas do mercado vizinho. Além disso, a produção do sedã tem feito a Argentina quebrar recordes de produção. “O Fiat Cronos continua somando marcos que nos enchem de orgulho: atingiu a produção da unidade Nº 300.000 após seu lançamento há 5 anos, e durante o mês de abril voltou a se afirmar como o melhor -vendendo veículo após 34 meses consecutivos, o que representa um desempenho comercial histórico para a Stellantis Argentina. Parabéns a esta grande equipa Fiat pela sua i

Stellantis confirma que Fiat e fábrica de Betim (MG) terão plataforma modular CMP no Brasil

Imagem
Stellantis confirma que Betim (MG) será a segunda fábrica no Brasil a produzir carros com plataforma modular CMP, depois de Porto Real (RJ); novidade estreia em 2026  A Stellantis confirmou que a fábrica de Betim (MG), será a segunda unidade fabril do grupo ítalo-franco-americano a produzir carros com a plataforma modular CMP, a mesma que hoje equipa as novas gerações de Citroën C3 e C3 AirCross. A unidade mineira é considerada uma das fábricas mais importantes do grupo em toda América Latina, por produzir uma série de veículos, em especial, a líder de vendas do nosso mercado, a Fiat Strada. É de lá que saem outros Fiats como Mobi, Argo, Pulse, Fastback e Fiorino – além da Peugeot Partner Rapid. Em meados de 2026, a Stellantis vai produzir o primeiro veículo com a nova plataforma CMP, considerada muito mais avançada que a base usada hoje na unidade. A informação foi confirmada durante o 4º Encontro da Indústria de Autopeças, realizado pelo Sindipeças no São Paulo Expo. Ao Automotive

Stellantis vai testar combustíveis sintéticos eFuel em 28 famílias de motores mais antigos

Imagem
Stellantis finaliza testes de 28 famílias de motores que estão em testes com eFuels, combustíveis sintéticos, produzidos em carros desde 2014 na Europa A Stellantis confirmou que vai finalizar os testes de eFuels em uma gama de 28 famílias de motores usadas pelas marcas desde 2014 por Abarth, Alfa Romeo, Citroën, Chrysler, Dodge, DS, Fiat, Jeep, Maserati, Peugeot, Opel, Vauxhall, RAM e Ferrari, sendo que essa última ainda não tinha sido emancipada em 2014, no lançamento do Euro6. Com esses testes e com o possível uso de combustíveis sintéticos, poderia economizar emissões de poluentes de 28 milhões de motores. O uso de eFuels pode ajudar na rápida emissão de poluentes em motores a combustão, por ser um combustível produzido a partir de CO2 atmosférico capturado e de energia renovável. “Estamos redobrando a nossa luta contra o aquecimento global, testando combustíveis neutros em carbono como uma solução complementar à nossa abordagem holística de descarbonização. Embora permaneçamos f

Stellantis apoia a volta dos 'carros populares', mas sem definição de como aconteceria

Imagem
Stellantis parece estar interessada em proposta do governo para criar um novo plano de carro popular, mas a pergunta é: isso ainda é possível nos dias de hoje? Recentemente, tivemos em nosso mercado uma aposta de redução nos impostos para carros de até R$ 120.000 em nosso mercado como uma forma de promover a indústria. No entanto, para a Stellantis, isso pode ir além. De acordo com informações ditas por Antonio Filosa, CEO da Stellantis na América Latina, confirmou que estaria interessado que o Governo Federal pleiteasse um plano de carro popular no Brasil, algo que já aconteceu na década de 1990, quando os motores 1.0 se tornaram populares. Filosa desejaria que esse novo plano de carro popular trouxesse um regime tributário especial, garantindo alíquotas menores para segurar o preço mais baixo, além de uma maior oferta de crédito para a compra destes veículos e exigência específicas de segurança e tecnologia para evitar que os carros tenham um alto conteúdo obrigatório que encarece

Stellantis revela teaser de evento no dia 23/10 para definir futuro dos seus comerciais leves

Imagem
Stellantis confirma evento Commercial Vehicles Ambition Day, que dita o futuro da linha de comerciais leves das marcas Citroën, Fiat, Opel, Peugeot, RAM e Vauxhall A Stellantis confirmou que fará um evento chamado de Commercial Vehicles Ambition Day, que dará conta de apresentar como será o futuro dos carros de um total de seis marcas: Citroën, Fiat, Opel, Peugeot, RAM e Vauxhall. A própria chamada do evento conta com uma série de configurações de veículos como o Citroën Ami, Citroën Berlingo, Peugeot Expert, Opel Movano, RAM 2500/3500, RAM 1500, Peugeot Landtrek e Fiat Strada. Vale destacar que muitos destes modelos tem irmãos de outras marcas. No entanto, entende-se que eles estão incluídos. O evento vai contar com a presença de Jean-Philippe Imparato, Head of Commercial Vehicles Business Unit, e Xavier Peugeot, Senior Vice President of Commercial Vehicles Business Unit, serão acompanhados por CEOs das marcas Citroën, Fiat, Opel, Peugeot, RAM e Vauxhall para a divulgação de produto

Stellantis vai produzir multivans elétricas em Portugal a partir do início de 2025

Imagem
Stellantis confirma que a fábrica de Mangualde, em Portugal, vai produzir modelos elétricos até 2025 com multivans da Citroën, Fiat, Opel e Peugeot A Stellantis confirmou que a fábrica de Mangualde, em Portugal, vai receber investimentos para poder passar a produzir veículos elétricos no início de 2025. Por lá, serão produzidos o quarteto formado por Citroën ë-Berlingo, Peugeot e-Partner, Opel Combo-e e Fiat e-Doblò, tanto em suas versões comerciais com carroceria Furgão como as suas versões civis de passageiros. A informação foi confirmada pelo CEO da Stellantis, Carlos Tavares, em visita a unidade. Além de abastecer o mercado interno, a produção também será, em sua grande maioria, exportada para outros mercados. Além de Tavares, a visita na fábrica contou com a presença do Presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, o Primeiro-Ministro, António Costa, e o Ministro da Economia e do Mar, António Costa Silva. A unidade portuguesa lidera um programa de mobilização par

BMW e Stellantis querem ter, cada, uma fábrica de baterias junto com a japonesa Panasonic

Imagem
BMW e Stellantis conversam com a Panasonic sobre a construção de novas fábricas de baterias para a produção de uma futura gama de veículos elétricos A Panasonic está sendo buscada por duas grandes empresas do mundo automotivo, sendo uma delas a BMW Group e a outra a Stellantis, dois grandes (e conhecidos) grupos automotivos que estão interessados cada vez mais no desenvolvimento de uma linha de produtos elétricos. Para isso, eles precisam investir em fábricas de baterias para dar conta desse aumento de mercado. Com isso, ambas as empresas trabalham com a ideia de erguer novas fábricas de baterias em joint-venture e buscam na Panasonic a parceria desejada. Isso porque a empresa japonesa se tornou uma das primeiras a apostar nas células cilíndricas de baterias, desenvolvidas com apoio da Tesla. De acordo com informações do The Wall Street Journal , fontes não identificadas disseram que a Stellantis estaria interessada em erguer uma fábrica de baterias para os futuros elétricos da Jeep,

Stellantis deve trabalhar com motores híbridos para marcas Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot e RAM

Imagem
No Brasil, Stellantis podem ter motores híbridos com Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot e RAM, com produtos que são feitos na América do Sul, com motores GSE e GME Ao que parece, a Stellantis tem um plano de trazer modelos híbridos para todas as marcas que produzem no Brasil e na Argentina. Com isso, Citroën, Fiat, Jeep, Peugeot e RAM devem ser as beneficiadas de iniciativas que o grupo prepara para os próximos anos. Aqui, a Stellantis ainda pode desenvolver um motor puramente e etanol que vai funcionar com um motor elétrico, como um sistema mais refinado. Esse projeto tinha sido pausado nos últimos e é chamado de E4, ele era focado em alta eficiência energética na queima do combustível vegetal. Esse motor estava na prancheta quando o grupo estava trabalhando nos novos motores da linha Firefly, que traz T270 e T200. Na época, as informações davam conta que o novo motor será Turbo, com injeção direta de combustível e virá com melhorias termodinâmicas pensadas para queimar apenas etanol. Ess

Stellantis volta a desenvolver motor puramente a etanol e híbrido; grupo apostará em elétricos

Imagem
Stellantis confirma que vai apostar na descarbonização dos seus veículos no Brasil, aderindo o sistema híbrido-leve (MHEV) e em formas mais incisivas de eletrificação A Stellantis confirmou que vai apostar em diferentes formas de descarbonização dos mercados onde atua. O grupo ítalo-franco-americano confirmou que enquanto vai apostar 100% no elétrico na Europa, pode tomar medidas diferentes em outros mercados. Na visão do grupo, todo mundo será 100% elétrico até meados de 2035 ou apostar diretamente em combustíveis sintéticos. Em nosso mercado, o grupo já bateu no martelo que a melhor solução seria um híbrido movido a etanol, mas que esse sistema não substitui o elétrico no longo prazo, ainda mais em nosso mercado. Isso porque a fonte de energia no Brasil é muito mais renovável que na Europa. Um carro elétrico na Europa é mais poluente que um híbrido a etanol no Brasil, mas muito por conta da matriz de energia da Europa, que é mais suja. De acordo com estudos da Bosch, um híbrido a e

Fiat Scudo entra para o Flua! no Brasil, com mensalidades mensais que partem de R$ 4.819

Imagem
Stellantis adiciona o Fiat Scudo na plataforma de assinatura mensal ‘Flua!’ no mercado brasileiro, que será alugado com preços que começam em R$ 4.819 A Stellantis adicionou na plataforma de assinatura mensal de veículos, o ‘Flua!’, com o Fiat Scudo. O modelo será oferecido com a carroceria Cargo, exclusivamente. Ele poderá ter uma franquia de 500km, 1.000km, 2.000km ou 3.000km mensais em planos que variam de 12, 24 e 36 meses. De acordo com o Flua!, os preços de assinatura começam em R$ 4.819, com franquia de 500km e num plano de 36 meses. Os preços variam de acordo com que muda a franquia e a quilometragem. Os preços podem chegar a R$ 7.259 ao mês com a franquia de 12 meses e 3.000km ao mês. “O Fiat Scudo Cargo é um modelo moderno, robusto, confortável e com a dirigibilidade de um veículo de passeio. Além disso, é prático e versátil, já que pessoas habilitadas com a CNH de categoria B também podem conduzir o veículo. É a melhor escolha para quem deseja contratar um utilitário para

Stellantis inicia construção da fábrica de Kokomo nos EUA, para produzir baterias

Imagem
Stellantis e Samsung SDI iniciam a construção da sua fábrica de baterias em Kokomo, Indiana, nos Estados Unidos, para a produção de baterias de BEVs A Stellantis e a Samsung SDI confirmaram o início da construção da sua fábrica de Kokomo, no estado da Indiana, nos Estados Unidos. A fábrica foi anunciada ainda no ano passado como parte do processo de eletrificação do grupo, com a chegada de novos modelos elétricos. Tudo indica que a marca vai finalizar essa construção em meados do final de 2024 e com previsão do início da produção para o primeiro trimestre de 2025. Dedicada para a produção de baterias, a fábrica de Kokomo vai colocar a Stellantis em uma posição favorável para a produção de baterias de elétricos, que vai poder ser usada em modelos produzidos por Chrysler, Dodge, Jeep, RAM, muito fortes na América do Norte, além de outras marcas do grupo ítalo-franco-americano. A posição favorável vem por conta da instalação de uma fábrica nos Estados Unidos pouco antes do governo norte

Fiat chega na Argélia e vai produzir parte dos seus automóveis localmente, em Tafraoui

Imagem
Líder no Brasil, Itália e Turquia, Fiat desembarca na Argélia com seis dos seus modelos e pode produzir seus automóveis na unidade de Tafraoui, província de Oran A Fiat não é uma marca predileta em muitos mercados, mas possui uma forte influência em países como Brasil, Itália e Turquia, além de ser a marca líder em vendas da Stellantis. Agora, a italiana desembarca na Argélia, mais um mercado que passa a comercializar seus produtos, que chegam importados da Europa. Em evento realizado aos argelinos, a Fiat contou com a presença de executivos da marca, governantes locais e de embaixadores. Participaram Sr. Tayeb Zitouni, Ministro do Comércio e Exportação, Sr. Giovanni Pugliese, Embaixadores da Itália na Argélia, Abdelkrim Touahria, Embaixadores da Argélia em Itália, Sr. Samir Cherfan, Diretor de Operações da Stellantis para o Oriente Médio e África e Sr. Olivier François, Diretor Executivo da Fiat e Diretor de Marketing Global da Stellantis. A chegada da Fiat na Argélia acontece com s

Opel faz investimento de 130 milhões de euros para fazer sucessor elétrico do Grandland

Imagem
Opel confirma investimento de 130 milhões de euros na fábrica de Eisenach, na Alemanha, para a produção da 2º geração do Grandland, com plataforma STLA Medium A Stellantis confirmou um investimento de 130 milhões de euros para a renovação da fábrica de Eisenach Assembly Plant, na Alemanha. Atualmente, a unidade é responsável pela produção do Grandland, que continua a ser feito na unidade e que ganhará uma segunda geração dentro de alguns anos. Desenvolvido a partir de uma plataforma modular STLA Medium, o SUV ganhará em termos de eficiência e vai estrear uma versão puramente elétrica, que poderá oferecer uma autonomia de 700km. A nova geração tem previsão de ser apresentada em meados do segundo semestre de 2024, aumentando o compromisso da Opel com novos produtos com opção de motor elétrico. Ele ainda vai continuar a oferecer versões eletrificadas, especialmente com conjuntos híbridos. Inaugurada em setembro de 1992, a fábrica fica localizada na região de Turíngia e já produziu cerca

Stellantis comemora a marca de 15 milhões feitas em Zaragoza, na Espanha, com Opel Corsa

Imagem
Inaugurada em 1982, fábrica de Zaragoza, na Espanha, chega a marca de 15.000.000 de unidades produzidas com uma unidade do elétrico Opel e-Corsa A Stellantis está comemorando a marca importante de 15.000.000 de unidades da fábrica de Zaragoza, na Espanha. Atualmente, a unidade fabril é responsável pela produção de modelos da Opel e Citroën. Lá, são feitos Corsa e Crossland pela Opel e o C3 AirCross pela marca francesa. E foi justamente o Corsa o responsável por fazer a fábrica alcançar a marca de 15 milhões de carros produzidos com a versão elétrica do hatch compacto. Em 41 anos de fábrica, Zaragoza já foi casa de vários produtos, em especial de modelos como Kadett, Astra, Tigra, Meriva, Combo e Mokka. A fábrica espanhola abriu em 1982 para a produção do Corsa e, desde então, ele é produzido por lá. Recentemente, na mesma unidade, o Citroën C3 AirCross chegou à marca de 500.000 unidades feitas por lá desde que foi apresentada, em 2017. Por outro lado, o Opel Crossland é feito na mesm

Stellantis testa o DS 3 no Brasil e vinda do SUV compacto elétrico para testes é incerta

Imagem
Stellantis usa DS 3 no mercado brasileiro como mula de testes e modelo é visto em testes por site com a versão elétrica E-Tense; marca não deve voltar A Stellantis tem vários artifícios para testar carros no Brasil. Um deles é usar um carro como mula de testes para um outro modelo. Isso aconteceu com o DS 3 no mercado brasileiro, que foi avistado rodando em testes pelo site Autos Segredos . O modelo foi avistado rodando em testes com sua versão elétrica E-Tense, o que reforça a teoria de que ele estaria sendo usado como mula de testes. Agora não se sabe o motivo. Isso porque a Stellantis não trabalha em nenhum modelo elétrico que será produzido localmente. Recém a empresa começará a apostar em modelos híbridos, ou seja, o grupo poderia estar testando componentes ou fazendo testes com elétricos para testar a capacidade dele em realidades para mercados cujas condições, de pavimentação, por exemplo, sejam parecidas com a do nosso país. A DS atua na Argentina, por exemplo, o que pode exp

Stellantis pode optar por produzir compactos elétricos com base STLA Small na Espanha

Imagem
Stellantis pode acabar produzindo compactos elétricos na Espanha, o que pode acontecer a partir de 2025, com carros com a plataforma modular STLA Small A Stellantis pode acabar produzindo os seus futuros carros compactos e elétricos a partir de 2025 com a plataforma STLA Small e em fábrica da Espanha. As informações iniciais foram divulgadas pelo site Cinco Dias , com informações reveladas a partir de relatórios e, se eles forem precisos, vai causar uma boa movimentação do grupo. Os relatórios vazados foram feitos pelo CEO da Stellantis, Carlos Tavares, o que aumenta a veracidade deles e das informações que estão neles. “A decisão não está tomada, há questões pendentes para encerrar, mas o diálogo é fluido, habitual” , disse uma fonte da Stellantis para o Cinco Dias. Curiosamente, há pouco mais de um ano, a Stellantis confirmou que não estaria conversando com o pessoal da fábrica na Espanha para a produção de elétricos. Mas, também é válido notar que o Ministro da Indústria, Comércio

Postagens mais visitadas deste blog

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Jetour apresenta o X90 Plus no Salão do Automóvel de Guangzhou, que é reestilizado