Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Há 1 ano

Há um ano: Lamborghini Aventador ganhou novidades e passou a ter 740cv de potência

Imagem
A Lamborghini apresentou o Aventador reestilizado no mês de dezembro de 2017 e o hiperesportivo passou um ano de suas mudanças com melhorias nas vendas. Além disso, claro, o Aventador passou por sua primeira mudança no design e adiciona o sufixo "S", além de ganhar diversas modificações na linha 2017. Com motor V12, o superesportivo recebe um design mais agressivo, aprimora a aerodinâmica, ganha potência e por último, ganha rodas esterçantes. O artifício permite que o supercarro ganhe um entre-eixos “virtualmente variável”. Em curvas fechadas, as rodas de trás viram para o lado oposto ao das rodas da frente, “encurtando” o entre-eixos e diminuindo o raio de esterço. Em transições, como mudanças rápidas de faixa, as rodas de trás viram na mesma direção das dianteiras, mantendo a estabilidade. O motor 6.5 V12 passou de 700cv de potência para 740cv, com rotação máxima de 8.500rpm ante os 8.350rpm. O torque é de 70,4kgfm. As melhorias foram obtidas graças ao sistema de admiss

Há um ano: renovado, Lexus NX passaria a ser híbrido já no ano seguinte

Imagem
Apresentado com mudanças visuais de meia-vida há um ano, o Lexus NX, best-seller da marca premium no país, passou a ser vendido com mudanças visuais meia geração sutis, já que suas linhas ainda são modernas. Entre as novidades, ele ganhou faróis triplos de LED com a tecnologia AHS, até então exclusiva do cupê LC, enquanto lanternas de LEDs foram repaginadas e o difusor de ar foi redesenhado também, rodas de liga leve aro 18 polegadas estão incluídas nas mudanças de estilo do NX 2018. No interior as mudanças são bem mais contidas. Ele traz comandos e interruptores, tela de multimídia de 10,3 polegadas e mais detalhes metalizados. A versão F-Sport traz ainda painel com ornamentações, costuras e perfurações exclusivas, bancos em formato esportivo, pedais de alumínio e emblema F-Sport no volante. Entre as cores do acabamento estão a bege, preta e ocre. Já o revestimento em couro pode ser branca, preta ou vermelha. Inicialmente, continuou a ser vendido com o motor 2.0 Turbo que desenvol

Há um ano: Porsche Panamera Sport Turismo traz solução cada vez mais rara pro mercado

Imagem
Existem poucas station wagons que chamam atenção, seja pelo seu design como por seu desempenho. A Sport Turismo é uma delas. Apresentado há um ano no Brasil, a SW de 5,05 metros de comprimento, 2,95 metros de entre-eixos, 1,94 metro de largura e 1,43 metro de altura. A station é apenas 1 centímetro mais alta que o sedã e conta com porta-malas de 520 litros, 25 litros maior que o sedã. Com os bancos rebatidos, ele chega a 1.390 litros. Entre os destaques do modelo estão as rodas de liga leve de 21 polegadas e por sua versatilidade. O teto mais alto atrás permite carregar itens mais altos. Fabricada sobre a nova plataforma MSB Evo, ela deve pesar pouca coisa a mais do que o Panamera, mas a Porsche não informou quanto isso seria até agora. Só os preços e as motorizações, além das medidas. Ela conta com fonte de 230V e uma boa lista de itens de série. O defletor de ar ajustável no teto que atua a partir de 90 km/h e gera até 50 kg de downforce na traseira. O ajuste varia em três estági

Há um ano: Toyota lançava a nova geração do Camry no mercado com mais ousadia

Imagem
A Toyota lançou há um ano no país a oitava geração do Camry. O sedã lançado nos anos 1990 no Brasil ganhou um toque de ousadia que fazia falta para o Camry. Depois de anos de tradicionalidade (até demais), o sedã ganhou a nova filosofia de design da nipônica e adotou a plataforma TNGA, a mesma do Prius e futuramente também no Corolla, deixou o Camry mais atlético e divertido de dirigir que a geração anterior, segundo a marca. Com isso ele ficou 50mm maior, com um comprimento de 4,86 metros, enquanto a linha do teto e do capô foram rebaixadas em 25mm e 38mm respetivamente. Com altura de 1,44 metro, a posição de dirigir também ficou mais alta, acomodando melhor o motorista. O entre-eixos é de 2,82 metros e a largura é de 1,84 metro, com porta-malas de 593 litros. O visual ficou mais esportivo e jovial, tendo uma pequena grade em “V” e o para-choque dianteiro com uma abertura em forma de “X”. A carroceria ficou com aspecto mais compacto, exatamente pelo capô mais curto e o teto mais b

Há um ano: substituindo a F12 Berlinetta, Ferrari passou a vender 812 Superfast

Imagem
Substituta da F12 Berlinetta, a Ferrari apresentou há um ano aos brasileiros a 812 Superfast, o seu modelo topo de linha no nosso mercado. Ainda com motor aspirado, a 812 Superast deve focar em clientes entusiastas, com destaque para o seu motor. O seu design chama atenção pelas marcantes formas da sua carroceria, que se inspiram na GTC4 Lusso. A carroceria conta com vincos e detalhes côncavos no capô e nas laterais. Na dianteira o destaque fica por conta dos faróis afilados e de uma grande entrada de ar na cor preta e entradas de ar no capô. As laterais contam com formas mais acentuadas. Já a traseira traz lanternas circulares e sistema de escape com duas ponteiras duplas como destaque. O interior traz elementos semelhantes ao da F12, mas com boas mudanças em relação ao formato do painel, volante redesenhado e saídas de ar com formas mais modernas. Debaixo do capô, destaque para o motor 6.5 V12 aspirado que desenvolve 800cv de potência com torque de 73,2kgfm, acoplado a nova trans

Há um ano: Ford Fiesta muda pouco para tentar não ser ofuscado pelo irmão menor

Imagem
A Ford parece que ao menos tentou fazer com que o Fiesta conseguisse se manter no mercado mesmo com o sucesso do irmão menor, o Ka. Em fim de vida útil dessa geração no resto do mundo, aqui ele ganhou um tempo extra mas o futuro do hatch ainda é incerto. Enquanto alguns dizem que ele deve ganhar uma nova geração com uma plataforma emergente que está em desenvolvimento na China, outros apontam o fim de linha do hatch e abrir o caminho para o Ka. Entre as mudanças, o hatch ganhava para-choque ficou bem diferente do modelo atual, com uma entrada de ar "a là Aston Martin" ainda maior e com detalhes cromados. Já as laterais dos para-choques ganham um certo parentesco com o EcoSport reestilizado. Há também frisos nas bordas e nas laterais inferiores, envolvendo as molduras dos faróis de neblina, que são novos. Entre as novidades, ele deve trazer novo para-choque traseiro, faróis mais estreitos e com LEDs diurnos, novas rodas de liga leve e novo layout das lanternas. No interior

Há um ano: vitrine híbrida, Lexus CT comemora um ano com novidades visuais

Imagem
A Lexus lançou o hatch médio premium CT no mercado brasileiro há alguns anos como sua vitrine do futuro: o motor híbrido. O hatch importado do Japão passou por sua segunda mudança, que trouxe novos faróis repaginados com novos LEDs diurnos em forma de seta, grade em forma de “X” com acabamento cromado, para-choque redesenhado e molduras dos faróis de neblina atualizadas. As lanternas traseiras também ganharam um novo layout com luzes em LED e um desenho que remete à letra “L”. A versão F-Sport adicionou novos para-choques diferenciados e pintura preto brilhante no teto e retrovisores. Duas novas cores foram inseridas na paleta e o interior possui acabamento em dois tons, oferecendo várias opções de cores da guarnição, portas, painel e assentos, devidamente revestidos em couro. No interior, destaque para a central multimídia com 10,3 polegadas, assim como um pacote de segurança, que inclui frenagem automática de emergência, controle de cruzeiro adaptativo, alerta de faixa com correç

Há um ano: Chevrolet Equinox substituía Captiva com louvor em segmento que desponta

Imagem
Apresentado há um ano, o Chevrolet Equinox ficou conhecido por substituir o Captiva no nosso mercado. O SUV médio, lançado no distante ano de 2008 já não empolgava mais os consumidores do segmento médio. A chegada do Equinox fez com que a gente nem sentisse falta do substituído. Mais moderno, o SUV do Cruze compartilha a mesma plataforma com o sedã médio, a D2XX, com 4,67 metros de comprimento, 2,72 metros de entre-eixos, 1,84 metro de largura, 1,66 metro de altura e 468 litros no porta-malas, podendo chegar a 1.627 litros com os bancos traseiros rebatidos e com carga até o teto. O porta-malas ainda conta com um compartimento de 79 litros entre o assoalho e o estepe, fino (temporário). O peso é de 1.693kg. O design não nega ser inspirado nas novas gerações de Cruze e Malibu, que também conta com motores Turbo, aderindo ao downsizing. O Equinox foi lançado primeiramente na versão topo de linha Premier e em dezembro de 2017 ganhou a versão LT e recentemente passou a ser vendido em ve

Há um ano: Peugeot Expert também marcava início da nova geração de comerciais leves do leão

Imagem
A Peugeot está comemorando o aniversário de um ano do lançamento do Expert. Ou pelo menos, deveria. O comercial leve completou um ano e marcou a nova fase dos comerciais da marca do leão no nosso mercado, que já contou com atualizações no Partner e em breve deve terminar essa reformulação com a chegada da nova geração do Boxer. O Expert chegou com a missão de repetir o mesmo sucesso obtido na Europa, onde ganhou diversos prêmios junto com o seu irmão Jumpy, da Citroën. O Expert deve ser vendido apenas com motor 1.6 BlueHDi Turbo Diesel que desenvolve 115cv de potência com torque de 30kgfm, acoplado sempre ao câmbio manual de 6 marchas. A fabricante não revelou qual é o rendimento de combustível, afirmando somente que é o mais econômico da categoria, com autonomia de até 820km no ciclo misto, podendo chegar a 1.000km. Por enquanto ele deve estar disponível em duas versões: Business e Business Pack, sempre com carroceria furgão. Em 2018, mais precisamente no mês passado, ele ganhou a

Há um ano: representando nova fase da Citroën, Jumpy marca novos comerciais leves

Imagem
A PSA começou a mudar a sua geração de carros comerciais leves com a chegada do Citroën Jumpy no mercado nacional. Com foco na expansão dos comerciais leves, o Jumpy é a primeira cartada da Citroën para essa plano, que ainda deve trazer a nova geração do Jumper e a volta do Berlingo. Importado do Uruguai, o modelo chega com a missão de repetir o mesmo sucesso obtido na Europa, onde ganhou diversos prêmios junto com o seu irmão Expert. O Jumpy deve ser vendido apenas com motor 1.6 BlueHDi Turbo Diesel que desenvolve 115cv de potência com torque de 30kgfm, acoplado sempre ao câmbio manual de 6 marchas. A fabricante não revelou qual é o rendimento de combustível, afirmando somente que é o mais econômico da categoria, com autonomia de até 820km no ciclo misto. Por enquanto ele deve estar disponível em duas versões: Jumpy Furgão e Jumpy Furgão Pack. Graças a investimentos na fábrica CKD da PSA no Uruguai, o Jumpy terá foco em públicos de setores de construção, entregas urbanas, empresas

Há um ano: reestilizado, BMW Série 4 muda para se manter atual. E só isso!

Imagem
A BMW está comemorando um ano das mudanças no Série 4. A novidade estreou primeiro com a carroceria Cabrio e logo em seguida passou a ser vendido também no Cupê. Entre as mudanças estão o novo layout dos faróis e lanternas com LEDs, leves mudanças no para-choque dianteiro e traseiro e novos frisos e grade dianteira. Há ainda novas rodas de liga leve de 18 ou 19 polegadas. Por dentro, o acabamento recebe novos materiais e opções de cores. No painel de instrumentos, o novo Série 5 empresta sua tela configurável, que não perde o charme dos tradicionais ao manter os arcos. É um opcional, assim como o sistema de navegação com novos controles, mais intuitivos. Entre os equipamentos, o sistema de navegação Professional (opcional) inclui uma nova interface com seis ícones grandes distribuídos em duas telas, com a opção de reorganizar os ícones de acordo com a preferência do motorista. Há também o Multifunctional Instrument Display, com diferentes opções de visualização para todas as telas

Há um ano: Volkswagen Polo reinventava o segmento de compactos mais sofisticados no pais

Imagem
A Volkswagen pode ter sido muito certeira em apresentar o Polo quase que simultaneamente na Europa e na América do Sul. Em sua nova geração, o hatch compacto chegou com tecnologias que fizeram a concorrência envelhecer alguns anos a mais que aparentam. Além disso, a Volkswagen enfim conseguiu fazer o nome Polo emplacar no Brasil, depois de três tentativas. O Polo chegou ao mercado se beneficiando da imagem do Golf ao ser equipado com a plataforma MQB-A0 (contra a MQB do Golf), um pouco mais simples que a do hatch médio, mas buscando trazer a mesma tecnologia do irmão maior. O hatch conta com 4,05 metros de comprimento, 2,56 metros de entre-eixos, 1,75 metro de largura e 1,46 metro de altura, com porta-malas de 300 litros, que pode chegar a 1.071 litros com os banco traseiros rebatidos. O peso varia entre 1.058kg a 1.147kg e o tanque de combustível é de 52 litros. Segundo a Volkswagen, o atual Polo se equivale ao Golf 4 de 1998 em termos de dimensões. Feito sobre a plataforma modula

Há um ano: segunda tentativa entre os comerciais leves, JAC V260 comemora um ano

Imagem
Depois de apostar suas fichas no T140, a JAC passou a vender o V260 no mercado há um ano. Substituto do modelo anterior, o V260 trouxe uma filosofia mais próxima dos atuais VUCs do mercado, assim como Hyundai HR e Kia Bongo. Vendido em versão única de acabamento e possui capacidade de carga de até 3,5 toneladas. O comercial leve conta com 4,84 metros de comprimento, 2,47 metros de entre-eixos, 1,75 metro de largura e 1,95 metro de altura, com peso de 1.690kg e tanque de combustível de 65 litros. Oferecido apenas na cor Branco Nevada, ele conta com motor 2.0 16v Diesel que desenvolve 95cv de potência com torque de 26,5kgfm, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas. Na China ainda conta com a opção de motor 2.0 de 128cv e 28,8kgfm, que poderia ser disponibilizada no mercado para uma versão mais cara. Segundo a JAC, ele acelera de 0 a 100km/h em 35,9 segundos e atinge a velocidade máxima de 130k/h. Vendido com cabine e chassi sem caçamba além de suspensão dianteira independente e trasei

Há um ano: Mercedes-Benz Classe S ganhava mudanças para recuperar liderança

Imagem
A Mercedes-Benz apresentou há um ano a reestilização do seu maior sedã no mercado, o Classe S. Vendido em três versões, o sedã nova grade dianteira redesenhada com detalhes em cromado e acabamento em preto brilhante, faróis com novo layout interno e opção de iluminação Multibeam LED, para-choques com novo formato, entradas de ar diferenciadas, novas rodas de liga-leve de 17 a 20 polegadas, lanternas traseiras com leves retoques no layout interno e novas saídas de escape. No interior, destaque para as duas novas telas de alta resolução, ambas com 12,3 polegadas, novos comandos sensíveis ao toque no volante, detalhes de acabamento em couro e madeira, volante com novo desenho, entre outros. Entre os itens de série, sistemas como Active Braking Assist, Crosswind Assist, Attention Assist, Pre-Safe e o novo Pre-Safe Sound, que prepara o ouvido humano para o provável ruído causado por um acidente se houver risco de colisão. Na mecânica, a Mercedes oferece o 4.0 V8 que desenvolve 469cv de

Há um ano: Honda Fit mudou pouco e trouxe itens de segurança ativa, mas ainda é caro

Imagem
A Honda apresentou as mudanças sutis para o visual do Fit no mercado há um ano. Para dizer a verdade, a linha 2018 ganhou mudanças sutis demais, mas ficou mais segura, mantendo o preço como principal ponto negativo frente aos principais rivais. Entre as novidades estavam os novos projetores de LED dos faróis, assim como a grade com barra mais espessa na parte superior e redesenho da parte inferior. As lanternas traseiras passam a ser de LED nas versões topo de linha. Ouvindo clientes brasileiros, a marca confirmou que o para-choque traseiro do modelo brasileiro deve ser maior, a fim de proteger a tampa do porta-malas, que é facilmente amassada pela falta de proteção do para-choque. Por dentro, o Honda Fit 2018 adota novo sistema de ar-condicionado automático com display digital touchscreen, bem como temperatura externa no computador de bordo e paddle shifts no volante, todos disponíveis nas versões EX e EXL. Além disso, todo Fit passa a ser equipado com sistema VSA (Vehicle Stabili

Há um ano: Rolls-Royce Dawn comemora um ano de mercado com duas unidades emplacadas no Brasil

Imagem
Apresentado há um ano no mercado, o Rolls-Royce Dawn pode ser considerado um dos carros mais exclusivos no nosso mercado. Entre seu lançamento até o primeiro ano de seu lançamento, foram vendidas apenas duas unidades no país, sendo uma em 2017 e uma em 2018. Considerado pela Rolls-Royce como autêntico conversível de quatro lugares da marca, o Dawn passa a ser a opção mais cara da Rolls-Royce, posto que era do coupé Wraith. Aliás, o Dawn é derivado do Wraith, que conta com portas suicidas. O Dawn divide 80% dos componentes com o Wraith. Há algumas diferenças, como a grade dianteira 45 milímetros mais baixa e o capô 53 milímetros mais longo quando comparado ao coupé. Entre os destaques do Dawn estão o ar-condicionado de quatro zonas e acabamento em várias opções de materiais de primeira qualidade. A capota do Rolls-Royce Dawn pode ser erguida ou abaixada em velocidades de até 50km/h. O acelerador eletrônico recebeu nova programação para aumentar a resposta em 30%. Segundo a Rolls-Roy

Há um ano: Mercedes-Benz Classe E Coupé ganhava nova geração como carro de nicho restrito

Imagem
A nova geração do Mercedes-Benz Classe E Coupé chegou há um ano no nosso mercado. Representando uma pequena parcela de clientes, o E Coupé representa quase um nicho do nicho no mercado. Vendido em versão única, ele fica maior que o antecessor. Agora ele mede 4,83 metros de comprimento (contra 4,70m do anterior), 1,86 metro de largura (1,79m), 1,43 metro de altura (1,40m) e um entre-eixos de 2,87 metros (2,76m). Até suas bitolas estão maiores, com 1,61m nos dois eixos, algo que melhorou seu comportamento dinâmico, de acordo com a Mercedes-Benz. Um dos destaques dessa nova geração são os faróis Full LED multifeixe e lanternas totalmente em LED e com feixes de fibra ótica, além de formato horizontal. No interior, destaque para o mesmo luxo do sedã, chamando atenção para o quadro de instrumentos e multimídia digitais e configuráveis que criam um ambiente único e com três temas: “Classic”, “Sport” e “Progressive”. Ele ainda impressiona pelos detalhes com acabamento em madeira e quatro d

Há um ano: nova geração do Audi Q5 traz tecnologias em segmento ávido por novidades

Imagem
A Audi comemora um ano do lançamento da segunda geração do Q5, SUV intermediário da marca no nosso mercado, entre Q3 e Q7. O utilitário esportivo passa a ser produzido no México (por isso o "quase nacional", devido ao acordo comercial entre os dois países) e chega ao mercado primeiramente com três versões a gasolina e sempre com tração integral. Apresentado no Salão de Paris de 2016, o Q5 traz novos faróis afilados com LEDs (ou tecnologia Matrix LED como opcional), que formam conjunto com a nova grade hexagonal, dotada de filetes horizontais e envolto em alumínio, além de para-choques com formato mais robusto, vincos marcantes na extremidade das maçanetas nas laterais e lanternas traseiras instaladas na tampa do porta-malas. No interior, o Q5 oferece um amplo espaço interno e que leva com conforto, cinco ocupantes. A nova geração ainda aposta na tecnologia, com central multimídia com tela de 7 ou 8,3 polegadas, compatibilidade com Apple CarPlay e Android Auto, conexões 4G

Há um ano: mudanças sutis demais fazem Mercedes-Benz GLA perder mercado

Imagem
Apresentado há um ano, o face-lift do Mercedes-Benz GLA parece não ter causado o que a Mercedes queria que ele causasse. Lançado em 2014 e reestilizado no ano passado, o GLA é produzido em Iracemápolis (SP) nas versões 200 e ganhou poucas mudanças de meia-vida. Entre as novidades ele ganhou novo para-choque dianteiro com apliques em preto brilhante, novos faróis de neblina, novo faróis com novo layout, enquanto na traseira segue as mesmas mudanças da dianteira com novo para-choque traseiro com aplique em black piano e lanternas com novo layout e levemente escurecidas. Na lateral, grande novidade é as novas rodas de liga leve, que mudam o design do SUV. As maiores novidades se encontram no interior: ele recebe tela multimídia de 8″ de alta resolução com Android Auto, um novo quadro de instrumentos e câmera auxiliar traseira de série, além de sistema de visualização em 360º. Em termos de acabamento, painéis com comandos cromados, controles das teclas para os ajustes dos bancos nas po

Há um ano: Renault comemora um ano do Kwid no Brasil com 57 mil unidades vendidas

Imagem
A Renault está comemorando um ano do lançamento do Kwid no mercado brasileiro. Lançado em agosto de 2017, o hatch subcompacto vendeu 57 mil unidades em um ano de mercado, sendo quase 35 mil delas apenas em 2018. O Renault Kwid ainda se tornou líder do segmento, representando 44% das vendas. Segundo a marca francesa, o Kwid ainda conseguiu emplacar bem nos mercados vizinhos, tendo exportado 25 mil unidades nesse mesmo período. Os principais destinos do carro são a Argentina, Paraguai, Uruguai e Venezuela, valendo citar alguns países da África. Ainda nesse primeiro ano, a Renault cita a aceitação da plataforma K-Commerce e revelou que cerca de 11 mil unidades do hatch foram vendidas através dela, contando ainda com mais de 2,5 milhões de acessos. “O Kwid é um veículo fundamental para a estratégia de crescimento da Renault no Brasil, sendo um dos elementos responsáveis por termos alcançado uma participação de mercado superior a 8% no acumulado de janeiro a julho" , afirma Luiz Pe

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia