Postagens

Mostrando postagens com o rótulo IPI

Hyundai Creta Action volta a ser vendido para PcD, mas com o visual antigo e por R$ 88.368,10

Imagem
A Hyundai voltou a vender o Creta com o regime PcD, para Pessoas com Deficiência no Brasil. O SUV compacto será ofertado com descontos. Tabelado em R$99.290, ele pode ser vendido por R$88.368,10 após a isenção de IPI. Único na linha a manter o design do Creta antigo, ele é equipado com ar-condicionado, direção elétrica, rodas de liga leve de 16”, vidros elétricos dianteiros e traseiros com função one-touch para motorista, travas elétricas nas portas e porta-malas com comandos na chave. Há ainda chave principal tipo canivete com telecomando de travamento das portas e porta-malas, retrovisores externos com ajuste elétrico e luz indicadora de direção, computador de bordo, piloto automático com controles no volante, coluna de direção com regulagem de altura e profundidade, entre outros. Há também airbag duplo e freios ABS com EBD, fixação ISOFIX com Top Tether, apoios de cabeça em todas as posições e cinto de três pontos para todos os passageiros, imobilizador do motor, alarme perimétrico,

Isenção de IPI para PcDs pode ser aprovada até o final de 2026 com uma nova medida

Imagem
O Governo Federal deve adiar a isenção de IPI reduzido para carros de até R$140.000 no Brasil. A medida, que está programada para valer até 31 de dezembro, pode ser estendida até 31 de dezembro de 2026. A Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência aprovou o Projeto de Lei 5149/20 aprovou a medida que prevê que o desconto seja praticado no prazo de cinco anos extras. As pessoas com deficiência auditiva também pode ser novamente inseridas como Pessoas com Deficiências (PcD), depois do veto de descontos para esse tipo de pessoa por motivos não declarados, apesar de claramente serem enquadrados como pessoas PcDs. Agora, o projeto deve percorrer um caminho até ele ser aprovado com uma nova sanção por parte do presidente. Antes, ele deve ser aprovado pela Câmera dos Deputados, e a medida foi pedida pela Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, Finanças e Tributação e a Constituição e Justiça e de Cidadania. A lei permite que os consumidores de automóveis podem adquir

Toyota inicia vendas PcD com Yaris, Yaris Sedan e Corolla com descontos de até R$13 mil

Imagem
A Toyota iniciou as vendas dos seus modelos aptos a serem vendidos com descontos de Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) para Pessoas com Deficiência (PcD). De acordo com a nova lei que permite que os carros de até R$140.000 possam ser vendidos com incentivos, Yaris Hatch, Yaris Sedan e Corolla podem ser vendidos em algumas versões. Dentro da gama do Yaris Hatch, apenas a versão X-Way não deve ser vendida com desconto. O hatch deve receber descontos de R$8.303,81 a R$10.136,85, com preços entre R$75.486,49 a R$92.153,15 ante os R$83.790 a R$102.290 de tabela. Já o Yaris Sedan pode ser vendido com descontos em todas as versões. Os descontos para o sedã variam de R$8.560,27 a R$10.523,33, ante os R$87.390 a R$106.190 de tabela. No caso do Corolla, apenas a versão GLi pode ser vendida dentro do limite dos preços. Com isso, o sedã médio poderá ser vendido com desconto de R$12.980,98, fazendo com que os R$130.990 de tabela possam ser reduzidos para R$118.009,02. “Atualmente a Toyota

Mercedes-Benz revela os preços do Classe C para pessoas com deficiência, que ganha desconto de IPI

Imagem
A Mercedes-Benz está lançando no mercado brasileiro a opção de ter descontos para pessoa física (PcD). A montadora alemã apresentou durante o Mobility & Show, feira de produtos e serviços dedicados a esse público realizada em São Paulo (SP), o Classe C nacional e todas as condições de venda para PcD’s. O sedã pode ser encontrado na versão 180 ff com preço de R$134.144,15, enquanto a 180 Advantgarde ff pode ser encontrado por R$146.756,76 e a 180 Exclusive ff pelos mesmos R$146.756,76. A Mercedes-Benz ainda apresentou a versão 200 Avantgarde por R$160.088,50 e a 250 Sport por R$195.486,73. De acordo com o divulgado, o crossover GLA será incluído na política de vendas para PcD a partir do segundo semestre, quando as primeiras unidades da versão produzida em Iracemápolis chegarem aos concessionários da marca. O Classe C só pode ser adicionado ao programa de descontos de PcD após começar a ser produção no Brasil, na recente fábrica de Iracemápolis (SP). O preço menor o deixa livre d

Auto Artigo #53: verde para todos

Imagem
O Brasil nunca pode receber muitas novidades no mercado de automóveis verdes por causa das leis de importação, já que o país não concedia nenhum incentivo a esses automóveis. Mas, no início desse semana o jogo se reverteu e o Brasil liberou esses carros do imposto de importação e até isenção em alguns casos de veículos mais eficientes. No caso dos híbridos, os menos eficientes deverão pagar até 7%, o que mesmo assim é muito pouco quando considerado o imposto de 35%. A nova lei também vale para automóveis movidos a células de hidrogênio. Com vigência imediata, os preços devem ser reajustados em breve pelas marcas e deve fomentar a vinda de novos automóveis elétricos e híbridos ao país. A única vigência é que o veículo tenha autonomia superior a 80km. A isenção contempla, segundo a resolução da Comex (Câmara de Comércio Exterior), os veículos importados completamente montados, os semi-desmontados e os totalmente desmontados, ou seja, a medida vai fomentar também a produção de veículo

Elétricos não precisam mais de 35% de IPI de importação e híbridos devem receber isenção total ou até 7%

Imagem
O Brasil como um todo deu um grande passo para o mundo de automóveis elétricos e híbridos. Valendo a partir dessa Terça-Feira (27/10) que todos os automóveis elétricos ou híbridos vendidos no Brasil não deverão mais pagar a alíquota do IPI de importação, que aumenta o preço em 35%. A nova lei também vale para automóveis movidos a células de hidrogênio. Com vigência imediata, os preços devem ser reajustados em breve pelas marcas e deve fomentar a vinda de novos automóveis elétricos e híbridos ao país. A única vigência é que o veículo tenha autonomia superior a 80km. A isenção contempla, segundo a resolução da Comex (Câmara de Comércio Exterior), os veículos importados completamente montados, os semi-desmontados e os totalmente desmontados, ou seja, a medida vai fomentar também a produção de veículos elétricos no Brasil em regime de CKD. Já para o caso de automóveis híbridos, do tipo plug-in ou não, a Camex estabeleceu que automóveis com motores 1.5 a 3.0 poderão ter isenção total do

Estoque de veículos com IPI reduzido deve ir até Fevereiro, ou cerca de 40 dias!

Imagem
Carros produzidos a partir de 1º de Janeiro de 2015 deverão ter IPI majorado, como já era esperado. Depois de um uno de queda de -6,9%, o mercado brasileiro quer outra queda aplicando o IPI passa a ter preços maiores de veículos zero quilômetro. Porém os estoques dos carros devem ir até Fevereiro. Estima-se que os estoques devem durar 42 dias, por causa da grande quantidade de veículos parados nos pátios das concessionárias, desde o segundo semestre de 2014, quando o mercado não reagiu como o esperado, as fábricas começaram a produzir muitas unidades sonhando com uma melhora, que não aconteceu. Há ainda a previsão que as promoções de IPI reduzido devem se prolongar até o fim do primeiro trimestre de 2015, visto que há uma grande quantidade de carros já faturados no estoque das concessionárias, e esses carros tiveram a incidência das alíquotas de IPI vigentes em 2014, ou seja, não pagam o IPI maior. Há cerca de 400.000 unidades paradas nos pátios, além de marcas já estarem com promo

Depois de quase 1 ano de IPI reduzido, 2015 deve começar com preços mais altos!

Imagem
Depois de quase um ano de IPI reduzido, o mercado volta a ter preços maiores em 2015. Nos últimos meses de 2014, várias concessionárias devem aproveitar para vender carros com o IPI reduzido, o que pode melhorar as vendas nos últimos meses do ano. Segundo o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan se reuniu-se com o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, que disse que 2015 não deve ter IPI reduzido. Segundo ele, "A posição do ministro é de que a implantação cheia da alíquota do IPI será em Janeiro" , disse Luiz Moan. Sendo assim, carros com motores 1.0 passarão de 3% para 7% da alíquota do IPI, carros com motores entre 1.0 e 2.0 passarão de 9% para 11%, enquanto carros com motores a gasolina deverão passar de 10% para 13%. Já para carros com motor acima de 2.0 a alíquota deve permanecer em 18% em carros Flex, enquanto os "não-Flex" deverão ter alíquota de 25%. Utilitários não ganham aumento e permanecem com 3% d

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Novo Honda Civic Si é apresentado nos Estados Unidos só como sedã e com motor de 203cv

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022