Postagens

Mostrando postagens com o rótulo IPI

Mercedes-Benz revela os preços do Classe C para pessoas com deficiência, que ganha desconto de IPI

Imagem
A Mercedes-Benz está lançando no mercado brasileiro a opção de ter descontos para pessoa física (PcD). A montadora alemã apresentou durante o Mobility & Show, feira de produtos e serviços dedicados a esse público realizada em São Paulo (SP), o Classe C nacional e todas as condições de venda para PcD’s. O sedã pode ser encontrado na versão 180 ff com preço de R$134.144,15, enquanto a 180 Advantgarde ff pode ser encontrado por R$146.756,76 e a 180 Exclusive ff pelos mesmos R$146.756,76. A Mercedes-Benz ainda apresentou a versão 200 Avantgarde por R$160.088,50 e a 250 Sport por R$195.486,73. De acordo com o divulgado, o crossover GLA será incluído na política de vendas para PcD a partir do segundo semestre, quando as primeiras unidades da versão produzida em Iracemápolis chegarem aos concessionários da marca. O Classe C só pode ser adicionado ao programa de descontos de PcD após começar a ser produção no Brasil, na recente fábrica de Iracemápolis (SP). O preço menor o deixa livre d

Auto Artigo #53: verde para todos

Imagem
O Brasil nunca pode receber muitas novidades no mercado de automóveis verdes por causa das leis de importação, já que o país não concedia nenhum incentivo a esses automóveis. Mas, no início desse semana o jogo se reverteu e o Brasil liberou esses carros do imposto de importação e até isenção em alguns casos de veículos mais eficientes. No caso dos híbridos, os menos eficientes deverão pagar até 7%, o que mesmo assim é muito pouco quando considerado o imposto de 35%. A nova lei também vale para automóveis movidos a células de hidrogênio. Com vigência imediata, os preços devem ser reajustados em breve pelas marcas e deve fomentar a vinda de novos automóveis elétricos e híbridos ao país. A única vigência é que o veículo tenha autonomia superior a 80km. A isenção contempla, segundo a resolução da Comex (Câmara de Comércio Exterior), os veículos importados completamente montados, os semi-desmontados e os totalmente desmontados, ou seja, a medida vai fomentar também a produção de veículo

Elétricos não precisam mais de 35% de IPI de importação e híbridos devem receber isenção total ou até 7%

Imagem
O Brasil como um todo deu um grande passo para o mundo de automóveis elétricos e híbridos. Valendo a partir dessa Terça-Feira (27/10) que todos os automóveis elétricos ou híbridos vendidos no Brasil não deverão mais pagar a alíquota do IPI de importação, que aumenta o preço em 35%. A nova lei também vale para automóveis movidos a células de hidrogênio. Com vigência imediata, os preços devem ser reajustados em breve pelas marcas e deve fomentar a vinda de novos automóveis elétricos e híbridos ao país. A única vigência é que o veículo tenha autonomia superior a 80km. A isenção contempla, segundo a resolução da Comex (Câmara de Comércio Exterior), os veículos importados completamente montados, os semi-desmontados e os totalmente desmontados, ou seja, a medida vai fomentar também a produção de veículos elétricos no Brasil em regime de CKD. Já para o caso de automóveis híbridos, do tipo plug-in ou não, a Camex estabeleceu que automóveis com motores 1.5 a 3.0 poderão ter isenção total do

Estoque de veículos com IPI reduzido deve ir até Fevereiro, ou cerca de 40 dias!

Imagem
Carros produzidos a partir de 1º de Janeiro de 2015 deverão ter IPI majorado, como já era esperado. Depois de um uno de queda de -6,9%, o mercado brasileiro quer outra queda aplicando o IPI passa a ter preços maiores de veículos zero quilômetro. Porém os estoques dos carros devem ir até Fevereiro. Estima-se que os estoques devem durar 42 dias, por causa da grande quantidade de veículos parados nos pátios das concessionárias, desde o segundo semestre de 2014, quando o mercado não reagiu como o esperado, as fábricas começaram a produzir muitas unidades sonhando com uma melhora, que não aconteceu. Há ainda a previsão que as promoções de IPI reduzido devem se prolongar até o fim do primeiro trimestre de 2015, visto que há uma grande quantidade de carros já faturados no estoque das concessionárias, e esses carros tiveram a incidência das alíquotas de IPI vigentes em 2014, ou seja, não pagam o IPI maior. Há cerca de 400.000 unidades paradas nos pátios, além de marcas já estarem com promo

Depois de quase 1 ano de IPI reduzido, 2015 deve começar com preços mais altos!

Imagem
Depois de quase um ano de IPI reduzido, o mercado volta a ter preços maiores em 2015. Nos últimos meses de 2014, várias concessionárias devem aproveitar para vender carros com o IPI reduzido, o que pode melhorar as vendas nos últimos meses do ano. Segundo o presidente da Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores), Luiz Moan se reuniu-se com o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, que disse que 2015 não deve ter IPI reduzido. Segundo ele, "A posição do ministro é de que a implantação cheia da alíquota do IPI será em Janeiro" , disse Luiz Moan. Sendo assim, carros com motores 1.0 passarão de 3% para 7% da alíquota do IPI, carros com motores entre 1.0 e 2.0 passarão de 9% para 11%, enquanto carros com motores a gasolina deverão passar de 10% para 13%. Já para carros com motor acima de 2.0 a alíquota deve permanecer em 18% em carros Flex, enquanto os "não-Flex" deverão ter alíquota de 25%. Utilitários não ganham aumento e permanecem com 3% d

Postagens mais visitadas deste blog

BYD comemora mês recorde de vendas no Brasil, graças ao resultado de vendas do T3

Retrômobilismo#80: Botinha ortopédica? Fiat Uno tem mais de 30 anos de boas histórias - Parte 02!

Fiat Pulse tem as primeiras imagens do seu interior revelado antes da sua estreia

Xpeng apresenta a reestilização do G3 na China, que recebe a nova identidade visual da chinesa

Mercedes-Benz revela as primeiras imagens teaser do EQE, que estreia no Salão de Munique

Chevrolet já vende a linha 2022 de Cruze e Cruze Sport6, que chega ao país por R$120.680

Toyota Aqua ganha segunda geração no Japão, que estreia com ótimo consumo de 35,8km/l

Toyota e Panasonic devem trabalhar para reduzir custo das baterias em joint-venture PPES

Novo Volkswagen Lamando é registrado em imagens de patentes, na China, com design polêmico

CAOA ganha ação sobre a Hyundai e renova parceria por mais 10 anos a operação de importados