Postagens

Mostrando postagens com o rótulo DKW

Vídeos Automotivos: Relembre - DKW Belcar!

Imagem
Inscreva-se:  Canal Garagem do Bellote Fonte: Renato Bellote/Garagem do Bellote

Vídeos Automotivos: Relembre o Puma GT (DKW)!

Imagem
Fonte: Canal Renato Bellote

Retrômobilismo#29: "Ué, mas eu já não passei por aqui?" Não, eu me chamo DKW GT Malzoni!

Imagem
Bom você já deve ter visto o Puma GT Malzoni por aqui. Após sair de linha no final de 1966, a DKW resolveu assumir seu quase filho (pelo menos no coração). O modelo criado por Rino Malzoni, tinha algumas mudanças em relação ao Puma. A dianteira era menos bicuda que a do Puma e a traseira era diferente, com duas lanternas de cada lado. Uma diferença notável em relação ao Puma são os aros das rodas. No modelo da DKW, ele possui exatamente a mesma roda da Vemaguet e Belcar, enquanto no Puma as rodas lembram as da Ferrari Dino. O DKW também tem a traseira diferente, na área onde fica o motor com design mais fluido que o do Puma, além dos vidros traseiros que era diferenciados, o que também é um sinal de diferença. A dianteira ezibia o emblema da Auto Union, as 4 argolas que hoje são da Audi. No interior o DKW GT Malzoni usava a mesma chapa do painel do Fissore, mas não trazia nenhum luxo, sendo um esportivo mais espartano. O painel de instrumentos também era o mesmo dos demais DKWs

Retrômobilismo#25: Um belo sedan que era atual e durou pouco tempo: eis o último DKW, o Fissore!

Imagem
Bonito, atual e com o que tinha de mais atualizado na Europa. Apresentado no Salão do Automóvel de 1962 e com vendas inicias em 1964, o DKW Fissore era o mais luxuoso dos DKWs da época no Brasil. Com duas portas era um sedan bonito e sofisticado na época, à frente do Renault Dauphine um dos seus maiores rivais. A ampla área envidraçada era o principal destaque do Fissore, que tinha colunas estreitas, garantindo uma ótima visibilidade. Os 4 faróis prenunciavam aqueles 4 faróis que seriam introduzidos na linha 67 de Vemaguet e Belcar. Medindo 4,48m de comprimento, 1,62m de largura, 1,44m de altura e 2,45m de entre-eixos o Fissore tinha bom espaço interno perante rivais. Com bom espaço interno, o Fissore levava até 6 pessoas com conforto, com opção dos bancos dianteiros serem individuais e reclináveis. Lançado oficialmente em Junho de 1964 com quase dois anos de atraso: o motivo era a demora do ferramental imperfeito, que moldava as chapas irregulares e exigia retoques com estanho

Retrômobilismo#8: Precursor dos sedãs, DKW Belcar foi o DKW mais vendido!

Imagem
Um dos carros mais vendidos do início dos anos 60 também foi o primeiro Sedan do Brasil nacionalizado. O Belcar era um sedan com desenho bem diferente aos demais modelos sedãs. Tinha a mesma frente da Vemaguet e seus derivados, e foi o DKW-Vemag mais vendido do Brasil no período em que esteve em linha! O modelo era derivado do alemão F94 e no Brasil fez muito sucesso graças por oferecer boa estabilidade, conforto interno e espaço para até seis passageiros, além de uma mecânica bastante robusta e apropriada às precárias estradas brasileiras. Lançado em 1958 no Brasil, o Belcar era conhecido apenas por "Grande DKW-Vemag" e só em 1961 o modelo recebeu o nome de Belcar, nome que é lembrado até hoje! Na época, o nome Belcar tinha um significado: Bel era de Beautiful, que em inglês é bonito/lindo e Car, que em inglês significa carro, ou seja, "DKW carro bonito". Em seu lançamento o modelo era equipado com motor 0.9 de 2 tempos que rendia 38CV de potência e um torq

Vídeos Automotivos: A fábrica da DKW, espera sua demolição em São Paulo!

Imagem
Fonte: Canal RIT Notícias

Retrômobilismo#7: Rival do Jeep Willys, DKW Candango era a outra opção!

Imagem
Na década de 1950, os jipes eram muito mais visados que do hoje em dia. Só para ter noção, o Jeep Willys foi líder de vendas no mercado brasileiro, sem falar no Toyota Bandeirante, além dele, claro, o DKW Candango. Com origem do DKW Munga, vendido na Alemanha, que é basicamente o mesmo Candango. Por aqui, de início o modelo recebeu o nome de Jipe DKW-Vemag, e só algum tempo depois recebeu o nome Candango, nome no qual foi uma homenagem aos operários que participaram da construção da capital Brasília, chamados de candangos. Com opção 4x2 e 4x4, o Candango era uma opção para os militares no Brasil. A versão 4x2 era chamada de Candango 2 a com tração 4x4 era chamada de Candango 4 e tinha tração permanente e apresentava um desempenho inferior ao dos seus concorrentes no asfalto, a Vemag teve que acompanhar as necessidades de seus compradores e oferecer também um modelo com tração em apenas duas rodas. A carroceria era única, a DKW-Vemag vendia apenas o modelo com capota de lona, ma

Retrômobilismo#6: DKW Vemaguet, considerada o primeiro veículo do Brasil!

Imagem
No dia 19 de Novembro de 1956, a DKW-Vemag apresentava a F-91, que mais tarde se chamaria Vemaguet. O modelo foi apresentado em 1956, mas sua fabricação e vendas só começaram dois anos depois, em 1958, sendo o segundo carro nacional à venda no Brasil ou até o primeiro porque para alguns o Romi Isetta não era considerado um carro. O primeiro modelo que a DKW-Vemag começou a fabricar por aqui foi a station Vemaguet, que seria um dos primeiros modelos familiares no país. Os modelos datados de 1956 a 1957, anteriores portanto à produção da Vemaguet, foram montados pela Vemag sob licença da DKW da Alemanha e eram derivados da perua DKW F91 Universal. No início, a DKW-Vemag tinha ajuda da Auto Union, que ajudou a importar algumas peças do modelo. A Vemaguet no Salão do Automóvel de 1961  Primeiramente em versão única, o modelo era vendido apenas na versão "Vemaguet". O modelo tinha alguns charmes, como portas suicidas, que duraram até 1963, quando o modelo ficou com portas

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1967!

Imagem
Totalmente diferente de 1966, o ano de 1967 teve muitas mudanças, como a Volkswagen Kombi, que mostrou a maior evolução no período, com 34% frente ao ano de 1966! Seguido por outro Volkswagen, o KarmannGhia, com 25% e o outro Volks, o Fusca, com 18% O novato com maior destaque é o conhecido Ford Galaxie, com um belo 4º lugar no ranking! Se em 1966, os maiores destaques eram os modelos da linha Willys, pois em 1967 eles tiveram forte queda no mercado! A Willys PickUp, que era a 6º mais vendida do Brasil no ano anterior, despencou para 11º e uma queda de 57%! Já o Jeep Willys, o terceiro veículo mais vendido de 1966 caiu no esquecido e despencou para 6º, com queda superior a 40%! Com a missão de fazer sucesso entre as famílias ricas da década de 60, a Ford lançava em Fevereiro de 1967 o Galaxie, um sedan grande que fez sucesso no Brasil e que em algumas regiões do Brasil recebeu o apelido de "banheira", graças ao seu longo comprimento! Em 2012 o modelo comemorou 45

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1966

Imagem
Em 1966 da família Willys deveria ficar muito orgulhosa! Nada mais, nada menos que 2 modelos da marca foi os modelos que mais evoluíram em 1966! O que mais evoluiu foi a Willys PickUp, com grande salto de 71%, seguido pelo Willys Jeep, com crescimento de 55% e pelo Volkswagen Fusca com 29%! Em contrapartida, o Renault Gordini/Dauphine foi o modelo que mais caiu em relação à 1965, com 43%! Sem grandes mudanças, o Volkswagen Fusca abriu mais vantagem ainda em relação à 1965! Seguido pela Volkswagen Kombi, Willys Jeep, Ford Rural/Willys Rurais e pelo Aero-Willys! Entre os modelos inéditos, estão DKW Belcar, Willys Itamaraty, DKW Vemaguet, Simca Chambord e o Renault Teimoso! Alguns modelos voltaram a figurar entre os mais vendidos e outros são lançamentos da época! Veja abaixo os 15 modelos mais vendidos de 1966! Os 15 modelos mais vendidos do Brasil em 1966! 1º Volkswagen Fusca - 77.624 2º Volkswagen Kombi - 15.098 3º Willys Jeep - 14.039 4º Ford Rural/Willys Rurais - 14

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1965

Imagem
O ano de 1965 veio sem nenhuma novidade! Então o que nos resta é saber dos modelos que mais se destacaram no ano de 1965! Ao começar pela Vemaguet/Caicara que cresceram 53% em relação à 1964! Em segundo veio a Willys PickUp com crescimento de 31% e a Ford F-100 com crescimento de 20%! O ano não teve grandes mudanças, com o Fusca em primeiro, seguido pelo Aero-Willys, Volkswagen Kombi que volta para a terceira colocação, e em quarto veio o Renault Gordini/Dauphine com crescimento de 18% e abocanha mais uma posição! O destaque negativo do ano fica por conta da Toyota Bandeirante que cai 65% em relação à 1964! Confira abaixo os 20 modelos mais vendidos do ano de 1965! Os 15 modelos mais vendidos do Brasil em 1965 1º Volkswagen Fusca - 59.966 2º Aero-Willys - 14.719 3º Volkswagen Kombi - 13.114 4º Renault Dauphine/Gordini - 12.926 5º Willys Rurais - 11.953 6º Willys Jeep - 9.069 7º DKW Vemag Vemaguet/Caicara - 8.884 8º Simca Chambord/Rallye - 7.136 9º DKW Vemag Belc

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1964

Imagem
Dando sequência ao nosso "Os modelos mais vendidos", sendo que estes não são contabilizados pela Fenabrave, que passou a mostrar as vendas dos modelos 0km em 2001. Estamos saindo na frente, mostrando as vendas em 49, 50 anos atrás. Para isso, estamos continuando, e só finalizaremos nos anos 2000, já que a partir do próximo ano, já sabemos os modelos mais vendidos. O ano de 1964 possui pequenas mudanças, mas vale mostrar as grandes evoluções da Chevrolet 3000/1400/1500 que aumenta as vendas em 30% em relação à 1963, assim como o querido Fusca que cresceu 26% de um ano para o outro e do belo (Para a época era um carro muito bonito, e até hoje, alguns saudosistas adoram o pequeno Karmann Guia) Karmann Guia cresceu 20%, onde era novidade, já que o mesmo foi lançado em 1963. Outro modelo que podemos destacar é a Rural que cresce 13% em relação a 1963. Entre os novatos que estrearam foram 3 no TOP15: Simca Chambord e Rallye, e a Toyota Bandeirante e Bandeirante PickUp. Veja

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1963

Imagem
Damos continuidade ao modelos mais vendidos do Brasil em 1962 que você viu no último dia 21. Hoje é do ano de 1963, ano que mostra o crescimento do Fusca como líder de vendas no Brasil, com números maiores que o ano de 1962, a chegada bombástica do Karmann Ghia ao Brasil e a novata Willys PickUp. O mercado em 1963 cresceu em relação a 1962, além de boas novidades para os brasileiros há 49 anos atrás. O primeiro foi o Fusca, seguido pelo Aero-Willys, Kombi, Rural e o Jeep Willys! O Aero-Willys pula de 5º em 1962 para a vice-liderança, atrás apenas do sucesso do Fusca! A Kombi se mantém firme e forte na 3º posição, sendo o comercial leve mais vendido do Brasil na época, ainda sem rivais. Veja abaixo os 15 modelos mais vendidos em 1963! Em breve postaremos os modelos mais vendidos em 1964! Os 15 modelos mais vendidos do Brasil em 1963 1º Volkswagen Fusca - 41.145 2º Aero-Willys - 14.528 3º Volkswagen Kombi - 14.446 4º Willys Rural - 13.214 5º Jeep Willys - 12.392 6º R

Curiosidades: Os modelos mais vendidos do Brasil em 1962

Imagem
Como prometido, o Curiosidades começava hoje como presente do blog, a vocês, leitores! Começaremos com os modelos mais vendidos em 1962, não tem muitos modelos (Apenas 15 carros), mas já mostra como era o segmento de veículos a exatos 50 anos! Há 50 anos atrás, apenas 1 modelo se mantém viva! A Kombi existe aqui desde 1953, além claro, do Fusca, que voltou esse ano ao mercado totalmente renovado! Há 50 anos, os modelos mais vendidos era o Fusca, o famoso Jeep Willys e a Kombi. Mas só o Fusca era disparado o mais vendido, porém o que ele fez em um ano inteiro, o Gol faz 80% num mês! Entre as marcas mais vendidas, a Volkswagen foi líder até 2001, quando a Fiat tomou o posto da alemã. Em seguida vem a Willys e a DKW. Veja os 15 modelos mais vendidos em 1962 no Brasil abaixo! Os 15 modelos mais vendidos do Brasil em 1962! 1º Volkswagen Fusca - 38.259 2º Jeep Willys - 21.005 3º Volkswagen Kombi - 14.563 4º Willys Rural - 11.903 5º Aero-Willys - 9.508 6º Renault Dauphine

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado