Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Produção

Toyota deve se despedir do Etios Hatch e Etios Sedan em março, diz jornalista

Imagem
A Toyota disse que não, mas de acordo com o jornalista da UOL, Jorge Moraes, a linha Etios, com Etios Hatch e Etios Sedan, deve deixar de ser produzido no Brasil no mês de março. Lançados em setembro de 2012 no Brasil, os modelos tiveram um início de vendas bem ruim, comparados a Chevrolet Onix/Prisma e Hyundai HB20/HB20S. A Toyota aprimorou o projeto com o passar dos anos e conseguiu vender mais de 60 mil unidades em alguns anos, somando as vendas do hatch e do sedã, claro. A Toyota deve anunciar o fim da produção dentro de algumas semanas, disse Moraes no UOL. O motivo seria o início da produção do Corolla Cross na fábrica de Sorocaba (SP), que deve ser feito ao lado da linha Yaris. Produzidos e responsáveis por inaugurar a fábrica de Sorocaba (SP), Etios Hatch e Etios Sedan são os únicos que ainda são vendidos com a linha 2021/2021. Os demais modelos nacionais da Toyota, Yaris e Corolla, já estão na linha 2021/2022. Em nota, “a Toyota afirma que o Etios continuará sendo produzido em

Toyota volta a falar sobre interesse em produzir Hiace na Argentina nos próximos meses

Imagem
Depois de alguns rumores de que a Toyota esteja a fim de produzir um novo modelo na fábrica argentina de Zárate, a imprensa da Argentina confirma que os japoneses querem produzir um terceiro modelo e pode ser mais um comercial leve. Desde o lançamento da nova geração da Hiace, em 2019, a Toyota Argentina tem planos de produzir o modelo no país vizinho e a exportar para os mercados vizinhos. Já vendida na Argentina, importada do Japão, a Toyota sabe que o modelo tem chances de fazer mais sucesso comercial na região e depende de uma produção local para chegar em outros mercados, vulgo Brasil. "O projeto continua e claro que a ideia é incluir todas as versões do Hiace que, por enquanto, estamos importando do Japão. Isso implica o pagamento de um imposto aduaneiro de 35%, que não seria necessário pagar com os benefícios da produção local" , disse o Diretor de Vendas e Marketing da Toyota Argentina, Ignácio Limpenny, ao Argentina Autoblog . A Hiace deve ser produzida na mesma linh

Volkswagen confirma que ID.4 deve chegar a 100.000 unidades vendidas em 2021

Imagem
A Volkswagen confirmou que o ID.4, primeiro SUV puramente elétrico da marca, terá seu primeiros meses em vendas na Europa em 2021. O utilitário esportivo deve começar a ser entregue em março na Europa e China e no meio do ano nos Estados Unidos. Em regime de pré-venda, a Volkswagen confirmou que terá capacidade de produção de 100.000 unidades do ID.4 para 2021. A marca alemã deve contar com uma capacidade global de 900.000 unidades de carros elétricos para este ano, ou seja, superando a capacidade da Tesla. “Com o lançamento global do ID.4, vamos deixar ainda mais pessoas entusiasmadas com a mobilidade elétrica, dando à nossa ofensiva elétrica um impulso adicional. Esperamos entregar bem mais de 100.000 ID.4s aos clientes somente neste ano. Já recebemos 17.000 pedidos do veículo” , disse o Membro do Conselho de Vendas da Volkswagen Passenger Cars, Klaus Zellmer. Cerca de 2/3 dessa capacidade de vendas do ID.4 para 2021 deve ser da Europa, com o 1/3 restante entre EUA e China. Concorren

Tesla pede alteração em Gigafactory de Xangai para a expansão da produção

Imagem
A Tesla confirmou que deve pedir a autorização da administração de Xangai, na China, para ampliar a capacidade de produção da fábrica de Xangai. No pedido, a Tesla confirmou que deve aumentar a linha de produção do Model 3, Model Y e “modelos derivados”. De acordo com Elon Musk, a Tesla deve desenvolver um novo modelo compacto, que tem chances de ser batizado de Model 2 e que pode ser baseado sobre o Model 3. O hatchback deve ser apresentado na China mas também deve ser vendido em outros mercados, como a Europa. O hatch deve ser o novo carro de entrada da Tesla e terá preços em torno dos US$25.000. O carro deve ser apresentado dentro de 18 meses a dois anos, em média. O modelo deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Model 3, com chances de ser um pouco encurtada, sendo que o carro pode quebrar recordes de ser desenvolvido em tempo recorde. De acordo com informações, esse novo modelo seria um concorrente para o Volkswagen ID.3, por exemplo. O Model 2 deve ser o primeiro carro

Fiat Uno tem futuro incerto no mercado brasileiro e terá destino definido em 2021

Imagem
Depois de muitos anos, a Fiat pode encerrar a vida do Uno no mercado brasileiro. Lançado em 1983, o compacto sobreviveu esses quase 40 anos de mercado em apenas duas gerações, sendo o modelo atual apresentado em 2010. Espremido ente o Mobi e o Argo, o Uno já não faz muito sentido dentro da linha da marca. Garantindo a rentabilidade dos seus custos, a Fiat considera tirar de linha o Uno ainda em 2021, ao mesmo tempo que confirma quatro lançamentos. O Uno fechou 2020 com 22.737 unidades, menos da metade que o Mobi e vendendo 1/3 do Argo. "O Uno ainda atende quem usa o carro para trabalhar, apesar dos números menores. Se você for a uma concessionária Fiat, dificilmente vai encontrar um Uno, em qualquer versão, no showroom da loja. Vamos tomar uma decisão entre continuar investindo no Uno ou não" , disse Herlander Zola, Diretor da Fiat no Brasil. Brincando com o termo “Uno com escada no teto”, o executivo entende que o Uno virou um carro de venda direta, para empresas prestadoras

Toyota confirma novo ciclo de investimentos no Brasil, mas reclama de altos tributos

Imagem
A Toyota confirmou que 2021 deve ser um ano em que a marca prevê um crescimento de 25% nas vendas no mercado brasileiro. O lançamento do Corolla Cross deve ser um grande motivo para isso. O modelo será lançado ainda neste primeiro trimestre de 2021 e prevê lançamentos nos próximos anos para continuar crescendo. Em 2020, a Toyota vendeu 137.876 unidades, das quais 116.001 unidades foram produzidas nas unidades de Sorocaba (SP) e Indaiatuba (SP). “Os desafios de 2020, talvez os maiores de nossa história e da indústria, nos ensinaram que precisamos buscar cada vez mais a competitividade e sustentabilidade" , disse Rafael Chang, presidente da Toyota do Brasil em comunicado. Ficando em sexto no mercado em 2020, a marca prevê fechar 2021 em quinto, concorrendo com a Hyundai pela quarta colocação. Só a unidade de Sorocaba deve receber o investimento de R$1 bilhão. A Toyota ainda terá outros lançamentos em 2021, como o novo Corolla GR-S, mas o lançamento do Yaris reestilizado deve ficar p

CAOA contrata 150 funcionários para fábrica de Anápolis (GO), para Chery e Hyundai

Imagem
A CAOA confirmou a contratação de novos 150 funcionários na fábrica de Anápolis (GO), que produz modelos da Hyundai e Chery para o mercado brasileiro. A contratação de novos funcionários deve ser para a produção de novos modelos, sendo que o grupo pretende lançar 10 novidades que serão produzidas na fábrica até meados de 2025. Da Chery, atualmente são produzidos os modelos Tiggo5X, Tiggo7 e Tiggo8. Da Hyundai, a fábrica produz Tucson, ix35, HR e HD80. De acordo com a CAOA, os 150 novos funcionários já estão operando na fábrica. Entre as contratações, estão funções de montagem de veículos, operadores de produção e auxiliadores de logística. Todos os profissionais devem ser capacitados pela CAOA Montadora e já estão em treinamento para desempenharem suas atividades. “Temos muito orgulho, como uma montadora 100% nacional, em seguir investindo no Brasil. Sabemos de todas as dificuldades que o mercado enfrenta globalmente, mas escolhemos acreditar no nosso País e na sua capacidade de recupe

Dodge confirma fim do motor V8 Hellcat para breve; Stellantis visa eletrificação

Imagem
Depois de anos de desenvolvimento e inovações, a Dodge deve sofrer um baque: o fim de uma era com os motores Hellcat. Com motores que chegaram a desenvolver quase 800cv de potência devem deixar de serem produzidos pela Stellantis. Nos últimos anos, a Dodge desenvolveu uma série de modelos com o poderoso motor. O fim dessa era foi confirmada por Tim Kuniskis, CEO da Dodge. Em entrevista ao CNBC, o executivo confirmou que a eletrificação é o lema do grupo, numa marca que ainda não conta com nenhum modelo eletrificado e pior: que não tem um produto moderno. "Os dias do bloco de ferro V8 6.2 supercharger estão contados. E isso também pelos custos, mas a performance que eles produzem seguirá viva" , disse o executivo. Kuniskis ainda não confirmou qual deve ser o futuro da marca Dodge, mas confirmou que os carros do futuro da marca devem contar com motores eletrificados, possivelmente a partir de um V6 Hybrid. "Estou empolgado com o futuro elétrico pois ele nos ajudará a não m

Bentley Continental GT quebra recorde de vendas dentro da marca na Europa

Imagem
A Bentley está comemorando os resultados de vendas do Continental GT, que bateu recorde de vendas em 2020. De acordo com a marca inglesa, em 18 anos de vendas, o Continental GT bateu a marca de 80.000 unidades produzidas, número que é um recorde de produção da Bentley na fábrica de Crewe, no Reino Unido, sendo o novo esportivo mais rápido a chegar a essa marca e o mais vendido. O Continental GT foi o responsável por tirar a marca dos prejuízos e das contas no vermelho para voltar a fazer a marca ser rentável. O modelo que bateu a marca de 80 mil unidades é a versão Blackline com motor 4.0 V8 biturbo na cor Orange Flame e que traz detalhes pintados em preto brilhante na carroceria, como a grade dianteira, borda dos para-choque dianteiro e molduras decorativas dos painéis das portas, além de faróis escurecidos. Ele é vendido com os motores 4.0 V8 desenvolve 550cv e 78,5kgfm, que acelera de 0 a 100km/h em 4 segundos e chega a velocidade máxima de 318km/h. O conversível cumpre até os 100km

Carro da Apple seria desenvolvido e produzido pela Kia; Nissan entrou na jogada e já saiu

Imagem
Parece dança das cadeiras. O primeiro carro desenvolvido da Apple contaria com o apoio de um gande grupo automotivo, mas ninguém sabia quem. Depois de se cogitar a parceria entre Hyundai-Kia Group com a Apple, os planos já parecem ter ruído. Isso porque os coreanos não ficaram muitos empolgados com o projeto do carro. O modelo da Apple contaria com o apoio da Kia, sendo que o negócio tinha o investimento de US$3,59 bilhões. No dia seguinte, as ações da Kia dispararam, fazendo eles crescerem cerca de 14,5%, fazendo o chegar aos níveis mais elevados em 20 anos. O Projeto Titan da Apple deve enfim ser colocado em prática, mas não seria com a ajuda das coreanas... mas de que seria essa ajuda então? "Recebemos solicitações de várias empresas com a proposta de explorar possibilidades de cooperação na área de veículos não tripulados, mas tudo isso está em um estágio inicial e nenhuma decisão foi tomada ainda. Não estamos negociando com a Apple sobre o desenvolvimento de veículos não trip

Nissan pode produzir a reestilizada X-Terra na Argentina, na fábrica de Santa Isabel

Imagem
Depois de começar a produção da Nissan Frontier e Renault Alaskan na unidade de Santa Isabel, na Argentina, a Nissan deve começar a produzir novos modelos na unidade. Um dos modelos cotados seria o novo X-Terra, recém reestilizado na Ásia. O SUV grande seria um bom concorrente para modelos como Toyota SW4, Chevrolet TrailBlazer e Mitsubishi Pajero Sport. O modelo seria o SUV da Frontier e resgataria o nome que fez sucesso no Brasil lá por idos de 2005. A informação foi confirmada pelo jornal Ámbito , afirmando que a Nissan começou a cotar fornecedores para o desenvolvimento de peças para o utilitário esportivo. O modelo seria produzido por ali em meados de 2022. Com o resultado dos valores dos componentes, a Nissan deve decidir se isso será uma escolha viável ou não. Internamente, o jornal diz que o modelo é conhecido como Projeto U60A, enquanto a Frontier é conhecida como H60A. A Nissan Argentina mira na capacidade de produção de 100 mil unidades ao ano em Córdoba, contando com o SUV

Toyota garante que linha Etios deve permanecer em linha mesmo com Corolla Cross

Imagem
Apesar de tudo apontar para o fim de linha, a Toyota confirmou que a linha Etios Hatch e Etios Sedan deve seguir em linha mesmo com o início da produção do Corolla Cross. Os modelos, em linha no nosso mercado desde 2012 e com o futuro bem incerto, não devem resistir muito tempo. Produzidos e responsáveis por inaugurar a fábrica de Sorocaba (SP), Etios Hatch e Etios Sedan são os únicos que ainda são vendidos com a linha 2021/2021. Os demais modelos nacionais da Toyota, Yaris e Corolla, já estão na linha 2021/2022. Em nota, “a Toyota afirma que o Etios continuará sendo produzido em sua planta de Sorocaba (SP)”, disse ao site Autos Segredos. Se no Brasil ele parece meio fraco, o Etios ainda tem muita aceitação nos mercados vizinhos, coo a Argentina. Por isso, o carro pode seguir em linha por mais algum tempo, ao mesmo tempo que concessionários garantem que o modelo saíra de linha ainda neste ano. Em 2020, a dupla vendeu apenas 8.699 unidades do Etios Hatch e 5.308 unidades do Etios Sedan.

Ford investe US$1 bilhão para fazer nova Ranger e Volkswagen Amarok na África do Sul

Imagem
A Ford e a Volkswagen assinaram um acordo de parceria entre as duas marcas no início de 2019, que foi concretizado em 2020. O acordo deve prever a colaboração para o desenvolvimento de comerciais leves entre as duas empresas, o que deve afetar na criação de modelos como picapes, furgões e vans. A nova geração da Ford Ranger deve ser produzida nos Estados Unidos, Argentina e África do Sul. Esse último país recebeu um investimento de US$1,05 bilhão para a modernização e ampliação da fábrica, que deve compartilhar a produção com a Volkswagen Amarok. Com a expansão do Complexo Industrial de Silverton, a fábrica terá capacidade de produção para as duas picapes, sendo que deve abastecer a maioria dos mercados, principalmente com a Amarok de segunda geração, que ao que tudo indica, só deve ser produzida por lá. “Este investimento irá modernizar ainda mais nossa operação sul-africana, ajudando a ter um papel mais importante na nossa reestruturação e crescimento da operação automotiva global, a

DS não terá mais carros a combustão puros até o final de 2025, na Europa

Imagem
Depois da formação da Stellantis, algumas mudanças devem ocorrer em algumas marcas. A primeira foi a DS, que se pronunciou sobre seu plano estratégico. A DS já conta com uma versão eletrificada para cada um dos seus carros, diferente de Alfa Romeo e Lancia. A francesa confirmou que nos próximos anos deve converter toda a sua linha para carros elétricos ou híbridos até 2025. A partir deste ano, os concessionárias da DS devem se concentrar em vender apenas modelos eletrificados na Europa, ou seja, a DS deve extinguir a venda de carros puramente a gasolina ou diesel. “Se há uma data sublinhada no calendário da DS Automobiles, ela é o ano de 2025. A marca fixou o objetivo de comercializar somente veículos 100% elétricos e híbridos a partir desse ano. A meta está clara e os primeiros passos foram dados com decisão” , disse a DS em comunicado. Como já vende uma versão eletrificada para cada um dos seus modelos, a DS já conta com uma média de 92,97g/km de CO2 emitidos, de acordo com a meta de

Volkswagen ID.4 começa a ser exportado para os demais mercados da Europa

Imagem
Depois de apresentar o seu segundo carro elétrico, a Volkswagen confirmou que deve iniciar a exportação do ID.4. Inicialmente serão trinta mercados europeus, depois de ser apresentado e começar a ser vendido na Alemanha. "O ID.4 desempenha um papel importante. Com este modelo, a Volkswagen está expandindo sua gama para incluir um veículo elétrico no segmento de maior crescimento do mundo, a classe SUV compacta. O lançamento no mercado de nosso carro mundial é, portanto, um marco estratégico importante para a marca. O carro será fabricado e vendido na Europa e China no futuro, e mais tarde nos EUA. Ao fazer isso, estamos dimensionando a plataforma MEB em todo o mundo e criando a base econômica para o sucesso de nosso ID. família" , destaca o CEO da Volkswagen Passenger Cars, Ralf Brandstätter. O carro ainda deve ser lançado em mercados como China e Estados Unidos ainda neste ano também. "Com o lançamento global do ID.4, vamos deixar ainda mais pessoas entusiasmadas com a

Citroën confirma novo "C3 Sporty" para o segundo semestre no país, em outubro

Imagem
A Stellantis deve comemorar os 20 anos de produção da unidade de Porto Real (RJ). Inaugurada em 2001, a plataforma CMP deve ser a base do carro que deve comemorar os 20 anos será o C3 Sporty. O investimento será R$220 milhões para a produção das plataformas. Em comunicado, a Stellantis disse que "o primeiro modelo da nova família produzido em Porto Real será lançado no segundo semestre deste ano". O modelo deve ser apresentado com o velho motor 1.6 16v Flex de 118/115cv de potência, com torque de 15,5/15,4kgfm, sempre com câmbio manual ou automático de 6 marchas. Futuramente ele deve ser vendido com o novo motor 1.0 12v Firefly Turbo Flex, da FCA. Esse motor deve desenvolver cerca de 120cv de potência e torque de 19,3kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT. O modelo é desenvolvido especialmente para mercados emergentes e tem sido tocado pelas operações da Índia e Brasil. De acordo com India Autoblog, o modelo deve ser apresentado na Índia em novembro, mas aqui ele também de

Tesla consegue 1 bilhão de euros para finalizar fábrica de baterias na Alemanha

Imagem
A Tesla conseguiu um massivo investimento para finalizar a construção de sua nova Gigafactory, na unidade de Berlim, na Alemanha. A nova fábrica deve ser concluída até o final deste ano e será o principal complexo industrial da Tesla na região, abastecendo toda a Europa. A fábrica, além de produzir automóveis, deve produzir também baterias. A fabricante conseguiu o investimento de 1 bilhão de euros do Governo da Alemanha para a finalização. A operação faz parte de um ambicioso processo da Europa de produzir e se tornar um dos polos industriais de carros elétricos. O apoio que veio da União Europeia apareceu depois de empecilhos que fizeram com que a marca tivesse que paralisar a construção da unidade por desmatamento. A UE já investiu o total de 2,9 bilhões em construção de fábricas de elétricos, sendo a Tesla a marca que mais deve receber o investimento. De acordo com informações obtidas pelo site Business Insider, Elon Musk, CEO da Tesla, disse que a Tesla receberia esse dinheiro par

Nissan Kicks comemora cinco anos de mercado brasileiro com mais de 200 mil unidades

Imagem
A Nissan comemorou os cinco anos do lançamento do Kicks no mercado brasileiro. O SUV compacto foi um divisor de águas para a Nissan no Brasil e dobrou as vendas da marca apenas com o Kicks. Apresentado nos Jogos Olímpicos de 2016, o Kicks está comemorando cinco anos de mercado com 183.502 unidades, mais as 22.400 unidades que vieram do México em primeiro lote. Por aqui ele foi lançado oficialmente no dia 5 de agosto de 2016, mas foi apresentado um pouco antes. Em quesito de exportação, a Nissan confirma que já foram enviadas cerca de 17.613 unidades para mercados como Argentina e Paraguai, os dois principais mercados do carro depois do Brasil. Segundo a Nissan, a versão mais vendida é a intermediária SV. Caminhando para receber a sua primeira mudança visual na região, o Kicks deve ganhar um face-lift no início de 2021, o que deve dar um gás ao modelo até a chegada de uma nova geração. Vale destacar que o modelo da Nissan sempre foi um dos mais vendidos em seu segmento, sendo com um lug

GM quer acabar com acabar com carro a combustão no mundo e também no Brasil até 2035

Imagem
A Chevrolet confirmou que deve transformar todas as suas fábricas do mundo em fábricas de modelos elétricos até meados de 2035 e isso deve incluir as três fábricas brasileiras e a unidade argentina. A marca confirmou que terá carbono neutro em todas as suas fábricas até 2040 e vai encerrar definitivamente a produção global de automóveis de passeio e caminhões a gasolina ou diesel até meados de 2035, incluindo Brasil e Argentina. "A General Motors está se juntando a governos e empresas em todo o mundo trabalhando para estabelecer um mundo mais seguro, mais verde e melhor. Nós encorajamos outros a seguir o exemplo e causar um impacto significativo em nossa indústria e na economia como um todo." , disse Mary Barra, presidente e CEO da GM. O grupo deve se concentrar em ofertar uma ampla de modelos elétricos em diversas faixas de preços, ao mesmo tempo que deve realizar parcerias com diversos órgãos públicos e empresas para ampliar a infraestrutura de carregamento necessária para

Volkswagen aumenta capacidade e começa a produzir o ID.3 na fábrica de Dresden, Alemanha

Imagem
A Volkswagen deu início ao processo Transparent Factory na fábrica de Dresden, na Alemanha. O hatch médio começou a ser produzido na segunda fábrica no dia 29 de janeiro, em complemento com a produção na fábrica de Zwickau. A unidade de Dresden deve ser a quarta no mundo a produzir modelos da plataforma modular MEB, que se une às fábricas de Zwickau (Alemanha), Anting (China) e Foshan (China). Com essas quatro fábricas, a Volkswagen terá capacidade de produzir 900 mil elétricos por ano, tendo uma capacidade maior que a Tesla. A Volkswagen ainda deve preparar as fábricas de Emden (Alemanha), Hannover (Alemanha) e Chattanooga (Estados Unidos). A Tesla estima vender 750 mil elétricos em 2021 e a Volkswagen não tem um número exato, mas sua capacidade de produzir 900 mil carros pode indicar que a Tesla pode se tornar um alvo fácil para a alemã. Se formos levar em conta o Grupo VAG, o grupo conta com cinco fábricas que produzem elétricos, sendo que a Mladá Boleslav, na República Tcheca, prod

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

DS apresenta oficialmente a nova geração do DS 4, com design arrebatador

Novo Mercedes-Benz GLA chega ao mercado brasileiro por caríssimos R$325.900

Ford encerra a joint-venture com a Zotye na China, depois de quatro anos do acordo

BMW deve apresentar o novo M3 em maio no Brasil, com motor de até 517cv

Toyota confirma novo ciclo de investimentos no Brasil, mas reclama de altos tributos

Nissan reajusta de novo os preços do Versa e chega aos R$96.690 na topo de linha

Volkswagen reajusta os preços do T-Cross, Polo, Virtus, Nivus, Gol, Voyage e Saveiro

Volkswagen deve produzir o Golf R Plus, com motor 2.0 TSI mais forte, de 333cv