Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Produção

Stellantis pode deixar de produzir no Reino Unido por conta de acordos comerciais do Brexit

Imagem
Stellantis cogita fechar fábricas no Reino Unido se ajustes do Brexit relacionados a acordos comerciais existentes não forem mantidos com União Europeia A Stellantis teve que ir a público dizer que vai estudar a sua permanência no Reino Unido com a produção de veículos para o mercado local e principalmente para exportação. De acordo com o grupo ítalo-franco-americano, a Stellantis pode ser mais um grupo a deixar de produzir no Reino Unido por conta do Brexit. O alerta fez com que políticos e milhares de funcionários das fábricas ficassem em alerta. A Stellantis pede pela manutenção que o acordo comercial com a União Europeia seja mantido, a um estilo que o Brasil e México possuem. O acordo comercial não teria imposto de importação, nem de produtos feitos na União Europeia e que chegam no Reino Unido e muito menos daqueles produzidos no Reino Unido e exportados para os demais mercados da Europa. Isso afetaria principalmente as multivans e vans de Opel/Vauxhall, Citroën e Peugeot, que

Kia confirma que espera produzir 1 milhão de unidades da sua linha comercial PBV até 2030

Imagem
Kia confirma que pretende vender 1.000.000 de unidades ao ano da sua linha de comerciais leves elétricos, chamados pela marca de PBV, até meados de 2030 A Kia recentemente apresentou as primeiras imagens e informações sobre a sua linha de comerciais leves elétricos, que a sul-coreana chama de Purpose-Built Electric Vehicles (PBV) e que começam a ser lançados nos próximos anos. Sabe-se até o momento que serão cerca de quatro produtos que serão lançados, todos puramente elétricos. A Kia não comenta qual será a ordem de lançamentos, mas estima que até meados de 2030 todos já estejam lançados e ajudando a marca em trazer 1.000.000 de unidades adicionais por ano. Os veículos serão produzidos por demanda, permitindo que o consumidor possa adaptar a seu gosto do seu comercial leve de acordo com a sua utilidade. Desenvolvidos a partir de uma plataforma tipo Skate, chamada de ‘eS’, ela será dedicada e exclusiva dos comerciais leves e não será aplicada na linha de automóveis. A fábrica destes

Stellantis comemora oito anos da fábrica de Goiana (PE), com 1,4 milhão de unidades

Imagem
Stellantis comemora aniversário de oito anos da fábrica de Goiana (PE), responsável pela produção de modelos da Jeep, Fiat e RAM e de 1,4 milhão de unidades  A Stellantis está comemorando o aniversário de oito anos da inauguração da fábrica de Goiana, no estado de Pernambuco. Atualmente, a fábrica é responsável pela produção de Jeep Renegade, Fiat Toro, Jeep Compass, Jeep Commander e RAM Rampage, sendo a picape da RAM o primeiro produto da marca a ser produzido localmente. A fábrica também se tornou responsável pela retomada da produção nacional da Jeep, ainda em 2015. Atualmente, a fábrica da Stellantis é uma das mais modernas do mundo, além de contar com um grande polo industrial de 18 fornecedores. Ao todo, juntando a fábrica principal com as fábricas adjacentes, a Stellantis confirma que são 14.000 empregos diretos. “É um verdadeiro case de sucesso avançarmos de um modelo para cinco em oito anos. Isso foi possível graças a eficiente combinação de mão de obra qualificada e investi

Rivian confirma que vai expandir a produção nos EUA, mesmo com operação no negativo

Imagem
Apesar do ritmo ainda lento, Rivian confirmou aumento da produção na fábrica de Normal, Illinois, nos EUA, apesar de prejuízos da ordem de US$ 1,35 bilhão A Rivian divulgou alguns dos seus primeiros resultados financeiros e confirmou que vai aumentar a produção na fábrica de Normal, estado de Illinois, nos Estados Unidos. Por lá, a marca confirmou que o primeiro trimestre de 2023, por exemplo, fechou com 9.395 unidades produzidas e 7.946 unidades entregues. Apesar do baixo volume de vendas, a marca norte-americana confirmou na época que este número estava de acordo com o seu planejamento, que acredita estar no caminho certo para cumprir a expectativa, que era de 50.000 unidades. Apesar de confirmar um aumento na linha de produção, para alcançar a marca de 50.000 unidades, a Rivian perdeu US$ 1,35 bilhão nos primeiros três meses de 2023, após a divulgação dos resultados do primeiro trimestre. “A produção no primeiro trimestre correspondeu às nossas expectativas e, como resultado, esta

Subaru confirma quatro novos elétricos entre 2026 a 2028, que serão feitos no Japão

Imagem
Subaru vai desenvolver novos veículos elétricos com a chegada de quatro novidades até meados de 2028; todos devem ser utilitários esportivos, diz marca Depois do Solterra, a Subaru deve continuar desenvolvendo novos produtos elétricos, confirmou a marca em comunicado. O desenvolvimento de novos elétricos vai acontecer nos próximos anos, quando a marca terá quatro novos utilitários esportivos puramente elétricos que vão fazer uma companhia ao primeiro elétrico da marca, apresentado em 2021. A informação foi confirmada pelo CEO da Subaru, Atsuki Osaki, que antes era Chefe de Qualidade da marca. A produção de elétricos será na fábrica de Yajima, próximo de Tóquio, no Japão. Os primeiros elétricos serão produzidos em 2026 na unidade, enquanto a fábrica de Oizumi, também no Japão, vai começar a produzir elétricos em 2027, de acordo com informações reveladas pelo Automotive News . Cada uma das fábricas possui capacidade de produzir 200.000 unidades ao ano, além de continuar produzindo mode

CEO da Alfa Romeo confirma que estuda produzir elétricos nos Estados Unidos

Imagem
Alfa Romeo não descarta produzir elétricos nos Estados Unidos pela primeira vez em 113 anos de existência da marca italiana, destaca CEO durante entrevista A Alfa Romeo em toda a sua história sempre foi uma marca muito tradicional às suas origens italianas. Tanto, que a marca nunca produziu em alguns mercados que são considerados estratégicos para o crescimento de uma empresa, como os Estados Unidos e a China. No entanto, isso pode mudar de acordo com o novo plano estratégico de reestruturação da Stellantis, que prevê que suas marcas precisam expandir não só em vendas, mas também em mercados. Recentemente, o CEO da marca, Jean-Philippe Imparato, confirmou detalhes dessa expansão. De acordo com o executivo, a italiana poderia passar a produzir nos Estados Unidos. Ainda em estudos, a ida da Alfa Romeo para produzir nos EUA pode acontecer com a chegada de elétricos no lineup. O Stelvio de nova geração, por exemplo, já nasce como um produto puramente elétrico. A chegada da Alfa com uma p

Lamborghini Huracán esgota e marca não aceita novos pedidos; fim de linha é em breve

Imagem
Lamborghini confirma que Huracán já esgotou e marca italiana não aceita novos pedidos pelo cupê; fim de linha abrirá caminho para sucessor A Lamborghini confirmou que já não aceita pedidos para o seu superesportivo Huracán. Apresentado em 2014 como sucessor do Gallardo, o Huracán já entrou para a história da marca italiana por ser o cupê mais vendido da história da marca, com certa vantagem. Mas, se ainda existem interessados em adquirir uma unidade 0km do esportivo, é melhor partir para um Huracán seminovo – porque não existe mais unidades disponíveis. Em comunicado sobre resultados de trimestres, a marca confirmou que o Huracán está “esgotado até o final da produção” . Depois do Aventador, o Huracán se encaminha para o fim da sua produção e deve ganhar um substituto dentro de alguns meses, um modelo que já roda em testes e dará continuidade ao legado da marca no segmento de superesportivos. De acordo com o CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, destacou que 2023 marcou o “início d

Foxconn vai produzir automóveis em Lordstown, mesmo que seja sem a Lordstown Motors

Imagem
Foxconn confirma que ainda vai usar a fábrica de Ohio, nos EUA, para a produção de automóveis elétricos enquanto enfrenta uma disputa com a Lordstown Em disputa com a Lordstown Motors, a Foxconn confirmou que a fábrica localizada em Lordstown, Ohio, nos Estados Unidos, vai produzir automóveis elétricos. A marca responsável pela produção dos smartphones da Apple confirmou que investiria US$ 170 milhões na Lordstown Motors, mas esse dinheiro logo foi retido pela Foxconn, o que iniciou o rompimento das relações entre as duas empresas. Vale destacar que a marca da picape Endurance tinha vendido a fábrica que estava em seu nome para terminar de financiar o projeto da picape. Junto com a venda da fábrica para a Foxconn, ainda existiria esse investimento por fora, além de confirmar que produziria a Endurance para a marca na fábrica. No entanto, criou-se um imbróglio entre as empresas. Agora, a Foxconn veio a público confirmar que a unidade vai produzir veículos elétricos. A empresa pode aca

Volkswagen concedeu férias coletivas na fábrica do T-Cross no Paraná, entre fevereiro e março

Imagem
Volkswagen concedeu férias coletivas em São José dos Pinhais (PR), responsável pela produção do T-Cross, durante 20 dias entre fevereiro e março deste ano A Volkswagen confirmou que teve férias coletivas na unidade fabril de São José dos Pinhais (PR), responsável pela produção do T-Cross – e da dupla da Audi, Q3 e Q3 Sportback. A unidade ficou pouco mais de 20 dias em férias entre os dias 26 de fevereiro a 19 de março, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos da região. As férias coletivas estão relacionadas com o ajuste no ritmo da produção do SUV compacto, com uma parada que já estava prevista para acontecer. De acordo com a Volkswagen para o site Automotive Business , confirmou que a fábrica possui 1.900 funcionários só na linha de produção de dois turnos, com um total de 2.200 funcionários em toda a unidade. Rumores levantados pelo Automotive Business também confirmam que a unidade pode ter parado esses dias para realizar ajustes na linha de produção, que pode receber um novo

Volkswagen volta a produzir em General Pacheco, na Argentina, depois de três meses

Imagem
Fábrica da Volkswagen na Argentina, em General Pacheco, ficou três meses paralisada por falta de peças, o que derrubou exportações de Amarok e Taos A Volkswagen retomou a produção de Amarok e Taos na fábrica de General Pacheco, na Argentina, depois de três meses paralisada. A unidade fabril voltou a produzir veículos no dia 11 de março, depois de parar a produção em dezembro de 2023. A fábrica não produzia veículos por conta de um problema que recentemente afetou também a Chevrolet. A falta de peças. Com isso, os funcionários da unidade fabril entraram em regime de férias antecipadas. O retorno da produção foi gradativo e nas primeiras duas semanas após o dia 11, o funcionamento da linha de produção foi em turno único. Após 15 dias, o segundo turno retomou a produção normalmente. A falta de componentes se deu por conta da falta de componentes, onde vários fornecedores interromperam as entregas de autopeças por conta da dívida de dólares que foi acumulada no exterior. Esses fornecedor

Fiat Cronos alcança a marca de 150.000 unidades vendidas no Brasil desde 2018

Imagem
Depois de alcançar marca de 300.000 unidades produzidas na Argentina, Fiat comemora marca de 150.000 unidades vendidas do Cronos no Brasil  Quase que coincidentemente, a Fiat comemorou dois marcos importantes para o Cronos na América do Sul em questão de poucos dias. Depois de alcançar a marca de 300.000 unidades produzidas na Argentina, na fábrica de Ferreyra, em Córdoba, na Argentina, a Fiat comemorou a marca de 150.000 unidades vendidas do Cronos no Brasil. Lançado aqui em 2018, o sedã compacto foi apresentado em 2018 e tem cinco anos de mercado. Mas é só nos últimos anos que o sedã da italiana começou a ser mais aceito pelo consumidor. Tanto, que suas vendas cresceram 22% e as últimas atualizações que a marca fez no Cronos trouxe o que tanto fazia falta: a opção do câmbio automático, que voltou depois do fim de linha do Cronos com motor 1.8 16v EtorQ Flex. “O Cronos faz parte do processo de modernização da Fiat. Além da importância estratégica no mercado, chegou com a missão de s

Fisker confirma que início da produção do Pear vai atrasar para meados de 2025

Imagem
Fisker confirma que o Pear deve atrasar para meados de 2025 por conta de problemas com fornecedor de baterias, destaca o CEO da marca durante evento Durante o Future of the Car, evento criado pelo Financial Times, a Fisker confirmou que o início da produção do Pear deve demorar alguns meses a mais para começar. A produção da novidade era estipulada para acontecer em meados do segundo semestre de 2024, mas a marca confirmou, por meio do CEO, Henrik Fisker, que a produção vai demorar um pouco mais para acontecer. A produção será adiada para meados de 2025. O motivo desse atraso estaria atrelado a negociações com fornecedores de baterias. Para que o SUV menor que o Ocean seja produzido, a marca precisa de um fornecedor de baterias, enquanto destaca as qualidades do seu novo produto. “Nosso próximo veículo custará provavelmente menos de £ 28.000 e será bastante radical. Na verdade, é tão radical que temos que criar alguns novos métodos de produção” , disse Henrik durante conferência e ao

Tesla consegue atingir 5.000 unidades produzidas por semana na fábrica do Texas

Imagem
Tesla comemora a marca de 5.000 unidades produzidas em uma semana na Gigafactory do Texas, nos Estados Unidos, que produz o elétrico Model Y A Tesla comemorou uma nova marca para a sua fábrica mais nova: a Gigafactory Texas, nos Estados Unidos. A segunda unidade fabril da marca foi a mais recente a ser inaugurada, depois da unidade chinesa de Xangai e a alemã de Berlim. A fábrica é responsável hoje pela produção complementar do Model Y junto com a fábrica de Fremont, na Califórnia. A norte-americana alcançou a marca de 5.000 unidades produzidas em apenas uma semana na fábrica texana. A unidade produz o SUV elétrico com as baterias cilíndricas 4680, com uma plataforma estrutural da marca, mas a Tesla também produz o Model Y com as baterias 2170 do padrão mais antigo, oferecido nas versões mais simples. O aumento rápido na produção da fábrica se dá por conta da alta demanda que a empresa recebe pelo SUV, que é disparado o elétrico mais vendido do mundo, apesar da marca não ser oferecid

Polestar 3 e Volvo EX90 tiveram início da produção adiada (de novo), mas é ainda em 2024

Imagem
Geely atrasa início da produção de Polestar 3 e Volvo EX90 por conta de bugs no software, que atrasaram a produção dos elétricos em até seis meses A Geely Group revelou detalhes e os motivos que levaram ao atraso na produção de Volvo EX90 e Polestar 3. Os dois SUVs tiveram um atraso na produção em seis meses e, de acordo com o grupo, foi motivado por conta de bugs no software da plataforma que sustenta ambos os modelos, a plataforma modular SPA2. A Volvo e a Polestar anunciaram agora que precisam de mais um tempo para solucionar os problemas que atrasaram a produção, em comunicado. As empresas se uniram para dizer que o atraso serve para “garantir uma introdução de alta qualidade do carro e maximizar os benefícios da sua tecnologia para o cliente desde o primeiro dia” . A Volvo confirmou que a produção do EX90, por exemplo, começa ainda neste primeiro semestre de 2024, ao invés do final de 2023, quando o primeiro atraso informava quando a produção começaria. O Polestar 3, também, seg

Faraday Future ainda busca investimentos para conseguir entregar unidades do FF 91

Imagem
Após iniciar a produção do FF 91, Faraday Future busca por US$ 100 milhões para iniciar as entregas do seu crossover elétrico equipado com motores de 1.065cv Depois de iniciar sua produção, a Faraday Future encontrou mais um percalço sobre o seu caminho. A marca norte-americana confirmou que precisa de mais investimentos para começar a entregar seus carros. Para isso, a empresa espera investimentos de US$ 100.000 para dar vazão ao início da entrega dos carros. A marca já está acostumada de caminhar de pouco em pouco para conseguir angariar recursos e caminhando até chegar a momento onde espera conseguir caminhar pelos próprios pés. “Espera-se que esta rodada de compromissos de financiamento forneça à empresa capital para apoiar nosso marco de entrega FF 91, desenvolvimento de sistemas de vendas e serviços, bem como apoiar nossas metas de aumento de produção no curto prazo” , disse o Presidente-Executivo da Faraday Future, Xuefeng Chen, em comunicado. Apesar de um longo caminho de pro

Volkswagen revela nova teaser da nova geração do Transporter, que estreia neste ano

Imagem
Volkswagen revela novas imagens teaser da nova geração da Transporter, que será apresentada em setembro; modelo atual sai de linha já em julho A Volkswagen apresentou novas imagens teaser da nova geração do Transporter, que será revelado neste ano, porém no segundo semestre dele. De acordo com as primeiras informações adicionais, o comercial leve vai contar com uma ampla variedade de opções de carroceria, com entre-eixos longo, teto alto e outras configurações. Divulgando detalhes do compartimento de carga. A versão básica, por exemplo, já vai contar com um espaço de carga que é 6,1 centímetros mais longo que a atual geração. A largura da carroceria também aumentou, aumentada em 14,8 centímetros. Todo o interior do Transporter foi redesenhado e renovado até o mínimo detalhe. O objetivo claro do desenvolvimento era produzir uma nova geração com características de design habituais da marca, combinadas com o máximo de espaço e funcionalidade. A Volkswagen também confirma que a Transport

Ford confirma novo aumento na produção de Bronco Sport e Maverick no México

Imagem
Ford aumenta (de novo) a produção de Bronco Sport e Maverick no México para atender a demanda crescente pela dupla em diversos mercados A Ford confirmou que não consegue atender a demanda por Bronco Sport e Maverick, produzidos hoje em Hermosillo, no México. A dupla desenvolvida sobre a plataforma C2 ganhará uma unidade com terceiro turno de produção, a fim de atender a demanda. O novo aumento na produção vai de encontro com a alta demanda que a marca possui nos Estados Unidos, o que afeta a entrega de unidades também em outros mercados, diminuindo a exportação. O novo turno na unidade fabril vai trazer um ganho de 80.000 unidades ao ano. Só nos Estados Unidos, as vendas dos dois modelos fecharam com 66.814 em apenas três meses, o que representa média de mais de 22 mil unidades ao mês, fora toda a produção que é destinada para abastecer outros mercados, de acordo o Ford Authority . A lista de espera por ambos também é longa e nos Estados Unidos a marca confirmou que ainda em maio de

Mercedes-Benz CLS saiu de linha e é o primeiro produto cortado do atual lineup

Imagem
Depois de três gerações, Mercedes-Benz CLS sai de linha oficialmente e é o primeiro corte do plano de reestruturação da marca alemã para os próximos anos A Mercedes-Benz se despediu do CLS no mundo todo com o fim de linha da terceira geração do sedã cupê. Primeiro corte do plano de reestruturação da sua linha, a marca alemã deixou de produzir o sedã em agosto de 2023, depois de três gerações. O sedã cupê nasceu em 2004 em sua primeira geração como uma alternativa mais esportiva ao Classe E. A informação sobre o fim de linha do sedã surgiu ainda no ano passado, quando os sites CarExpert e The Drive confirmaram seu fim. “Em consideração ao potencial de crescimento global, e como parte do planejamento estratégico do nosso portfólio de produtos, decidimos encerrar o ciclo de vida do CLS em 31 de agosto de 2023, com a mudança do Classe E para a série de modelos 214.” , disse a marca alemã em comunicado no ano passado. Apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel de Genebra de 200

Ford confirma investimento na China, que vai se tornar polo exportador de veículos

Imagem
Ford confirma novos investimentos na China, apostando em elétricos e em veículos comerciais para exportação para novos mercados – áreas que são mais lucrativas  A Ford possui uma boa presença na China, com produtos que são desenvolvidos exclusivamente para aquele mercado tal qual Equator, Mondeo, Edge, Evos e outros modelos que são vendidos hoje apenas lá. Nomes clássicos como Mondeo e Edge ganharam novas gerações produzidas apenas lá e reforçaram como a Ford na China possui um papel importante para a marca. Agora, a norte-americana anunciou que a divisão chinesa vai contar com o apoio de um investimento que vai permitir a produção de elétricos e veículos comerciais. A informação foi confirmada por meio do CEO da Ford, Jim Farley, que destacou que a operação chinesa vai apostar em áreas de maior retorno financeiro. Hoje, a marca possui uma parceria com a Jiangling Motors Group (JMG), que é responsável pela produção de modelos como Equator e Equator Sport (o nosso Territory, que vem i

Postagens mais visitadas deste blog

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ferrari apresenta a SF90 XX Stradale e Spider na Europa, com motor híbrido de 1.030cv

Toyota dá a entender que o Celica pode ressurgir como cupê esportivo criado pela GR