Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Governo

Hyundai pode acabar antecipando construção e finalização da fábrica de baterias nos EUA

Imagem
A Hyundai confirmou que pode acelerar a construção de sua fábrica de carros elétricos nos Estados Unidos. De acordo com os sul-coreanos, a unidade pode começar a ser construída ainda neste ano de 2022. Isso porque a fábrica estava prevista para começar a ser erguida a partir de 2023 e em meados de 2025 estaria pronta. A fábrica vai produzir baterias para carros elétricos no estado da Geórgia, em West Point, que será essencial para a produção de elétricos no país nos próximos anos. De acordo com a Agência Reuters, a fábrica sendo acelerada para ser construída, ela também acaba antes, em meados do segundo semestre de 2024. Segundo o ministro de Relações Exteriores da Coreia do Sul, Park Jin, disse que expressou preocupações sobre a nova legislação dos Estados Unidos sobre benefícios para carros elétricos que são construídos no país, o que foi visto por outros mercados como uma medida protecionista e que será acionado na Organização Mundial do Comércio (OMC) por outros países. Os benefíci

Suzuki Jimny sai de linha no Brasil por não conseguir atender as regras do Proconve L7

Imagem
Lá se foram 24 anos de venda do Jimny no mercado brasileiro. A conhecida terceira geração do Jimny chegou importado do Japão no Brasil em 1998 e seguiu em linha até 2003, quando a Suzuki decidiu sair do país. Em 2008, ele voltou a ser importado com o retorno da marca ao nosso país. Em 2012, o já veterano começou a ser produzido em Itumbiara (GO), onde a Suzuki chegou a ter uma fábrica própria para a produção do Jimny, mas logo depois passou a ser produzido em Catalão (GO), com sua produção transferida. Conhecido como um dos 4x4 mais valentes do país, o Jimny não conseguiu sobreviver ao Proconve L7. De acordo com informações, a atualização do seu motor 1.3 16v a gasolina seria muito custosa para a HPE adaptar e seguir com a produção do modelo, que já tinha saído de linha em outros mercados em 2018, quando a marca apresentou o Jimny Sierra, que é a nova geração do compacto – e que segue em linha. O motor do Jimny é o valente 1.3 16v a gasolina que desenvolve 85cv e 11,2kgfm, acoplado a u

Hyundai Group vai precisar investir mais nos EUA para produzir BEVs e ter subsídios

Imagem
A Hyundai e a Kia podem acabar tendo que investir em mais uma fábrica nos Estados Unidos, a fim de fazer apenas modelos elétricos ou de aumentar a capacidade da nova unidade da Geórgia. A intenção de ter uma nova fábrica no país cresceu depois de existir benefícios fiscais para quem produzir elétricos nos EUA com um estímulo verde de US$ 369 bilhões que vai oferecer US$ 7.500 de desconto no preço de tabela de cada elétrico produzido em solo estadunidense. Para ser apto a receber esse desconto, o carro ainda precisa ter baterias feitas nos EUA, numa clara sinalização para as marcas dos Estados Unidos e numa tentativa de seduzir marcas de outros países a produzirem mais elétricos no país. Isso porque a Hyundai importa o Ioniq 5 e a Kia traz o EV6 da Coreia do Sul. Únicos modelos elétricos que serão feitos em fábricas dos Estados Unidos e confirmados até o momento são a dupla de utilitários esportivos, Hyundai Ioniq 7 e Kia EV9, que serão feitos na Geórgia. “Se não avançarmos na produção

Ford revela as primeiras imagens da policial F-150 Lightning Pro Special Service Vehicle

Imagem
A Ford apresentou a versão policial da F-150 Lightning na América do Norte, chamada de Pro Special Service Vehicle (SSV). O modelo elétrico traz o motor elétrico de 458cv e 107,2kgfm, com uma autonomia de 370km. Ela ainda poderá vir com um motor mais forte, de 571cv de potência com torque de 107kgfm, que representa ser a F-150 mais potente de todos os tempos, acima até mesmo da Raptor. Com esse conjunto, ela acelera de 0 a 100km/h em 5 segundos. A Ford destaca a autonomia da picape, que terá 370km com uma bateria e com bateria mais potente deve permitir que ela possa rodar 483km com uma carga, ambos com o ciclo EPA, o mais exigente. Ainda sobre as baterias, a Ford confirmou que ela deve recarregar de 15% a 80% em apenas 41 minutos com a estação rápida de 150kW em corrente DC ou 8 horas num WallBox doméstico. Voltando à sua mecânica, a picape terá a tração 4x4 que garante um elevado desempenho off-road, com capacidade de carga útil de 907kg e capacidade de reboque de 3.492kg na versão m

Jeep encerra joint-venture com a GAC na China e vai passar a importar seus utilitários

Imagem
A Jeep confirmou que vai mudar a sua operação na China. Por lá, a marca deixa de produzir seus automóveis com a joint-venture com a GAC e vai ser uma importadora. Isso porque a joint-venture entre a Jeep e a GAC foi encerrada pelas empresas. Na China, a Stellantis deve continuar com a joint-venture com a Dongfeng. Lançada em 2010, a joint-venture entre a Stellantis-GAC produziu uma série de modelos na China com a Jeep, como Renegade, Compass, Cherokee e o Grand Commander. Esse último era um produto desenvolvido especialmente para o consumidor chinês e que sai de linha com o fim da colaboração entre as empresas. De acordo com informações de um porta-voz da Stellantis para a Agência Reuters, foi dito: “Chegamos à conclusão de que era melhor fechar a joint venture. A marca Jeep continuará a fortalecer sua oferta de produtos na China com uma linha eletrificada aprimorada de veículos importados” , descrevendo a joint-venture como um negócio deficitário. Além de uma parceria deficitária, a S

Xiaomi vai apresentar seu 1º protótipo em breve e espera sinal verde para desenvolvimento

Imagem
A Xiaomi confirmou as primeiras movimentações para a apresentação e produção do seu primeiro automóvel na China. A marca confirmou que investiu US$ 1,5 bilhão no projeto e que vai investir mais US$ 10 bilhões nos próximos dez anos, totalizando US$ 11,5 bilhões até 2032. De acordo com as últimas informações, a Xiaomi contratou um Comitê de Gestão da Área de Desenvolvimento Econômico e Tecnológico de Pequim para construir a sede da sua marca, além da fábrica. Essa terá uma capacidade de produzir cerca de 300.000 unidades ao ano, com o seu primeiro carro sendo produzido em meados de 2024. O design do primeiro carro da marca também foi confirmado que será assinado pelo Shanghai HVST Automobile Design. Antes disso, ele será apresentado como protótipo e, antes da sua estreia, o carro será intensamente testado antes de começar a ser produzido. Até lá, é possível que ele ganhe novidades em seu design. Nos últimos meses, a Xiaomi vem contratando uma série de funcionários para ajudar a empresa a

Lada retoma produção do Niva com o mesmo padrão de equipamentos da década de 1990

Imagem
A Lada confirmou que retomou a produção do Niva em Togliatti, na Rússia, cerca de 1.000km a sudoeste de Moscou. A produção se encerrou em março por conta de sanções internacionais provocadas pela invasão (descabida) da Rússia na Ucrânia. Agora, a Lada, que passou a fazer parte do governo russo, confirmou a retomada da produção do clássico com o mesmo padrão que ele tinha desde a década de 1990, por falta de peças. Isso porque o Niva voltou à ser produzido sem equipamentos de série como ABS, airbags ou sistemas de pré-tensionamento do cinto de segurança, enquanto os controles de emissões foram esquecidos também. O Niva ainda manteve equipamentos como direção hidráulica, vidros dianteiros elétricos e chicote de fiação para um estéreo de dois alto-falantes. No final do ano passado, a Lada tinha apresentado a versão Bronto do Niva, com um estilo robusto que se destaca por trazer as rodas de 15 polegadas, pneus específicos para o uso off-road, arcos das caixas de rodas com acabamento plásti

Ferrari, Lamborghini, Aston Martin e outras, vão ter mais tempo para passar a eletrificação

Imagem
As marcas de carros superesportivos ganharam um tempo extra para o desenvolvimento dos carros a combustão na Europa. Se antes o prazo era 2030, marcas como Aston Martin, Ferrari, Lamborghini, McLaren e outras, terão a chance de produzir carros com motor de combustão interna até 2035. Como possuem um volume de vendas bem inferior às marcas tradicionais, as empresas precisam de mais tempo para levantar os mesmos recursos em termos de lucros. Com esse adiamento, isso também ajuda uma série de outras marcas menores a se programarem a ter carros elétricos de acordo com o seu caixa. Informações do site Automotive News Europe confirmou que todas as empresas têm até o final de 2035 para produzir carros com motor a combustão e, depois desta data, nenhuma marca poderá vender carros de combustão interna, pelo menos não destinado ao mercado europeu. Alguns países pediram para que a Europa pudesse adiar pelo menos a decisão em marcas de pequeno volume, uma vez que existe uma menor quantidade de ca

ELMS entra com pedido de falência antes mesmo de começar a produzir nos EUA

Imagem
A Electric Last Mile Solutions (ELMS) foi uma startup que foi apresentada durante o CES 2022 e que, ao que tudo indica, não vai conseguir se tornar realidade. Isso porque a empresa liderada por James Taylor e Jason Luo, vem sofrendo com condições financeiras. A marca liquidará seus ativos por meio de um processo de falência nos Estados Unidos. De acordo com o CEO da ELMS, Shauna McIntyre, a empresa liquidou seus ativos como a melhor alternativa para seus fornecedores. As ações da empresa caíram 55% no IPO e cada ação valia cerca de US$ 0,23, de acordo com a Agência Bloomberg . “Estou muito desapontado com este resultado porque nossa equipe ELMS demonstrou incrível determinação em preparar nossas vans elétricas para atender à necessidade crítica de veículos limpos e conectados que reduzam as emissões de carbono do transporte terrestre. Infelizmente, havia muitos obstáculos para superar no curto período de tempo disponível para nós.” , disse McIntyre. A marca importaria vans pequenas e e

Recalibrado, Nissan Kicks perde potência com motor 1.6 16v Flex, que passa a ter 113/110cv

Imagem
A Nissan revelou mais informações sobre as novidades que o Proconve L7 trouxe ao motor 1.6 16v Flex que equipam Kicks e Versa no Brasil. No caso do SUV, a marca confirmou que o motor recebeu ajustes para estar de acordo com as regras de emissões. Antes, o motor desenvolvia 114/114cv de potência com torque de 15,5/15,5kgfm. Agora o mesmo desenvolve 113/110cv e 15,3/15,2kgfm, ou seja, uma perda de 1/4cv de potência e 0,2/0,3kgfm quando abastecido com etanol/gasolina. O câmbio se mantém os mesmos, manual de 5 marchas ou o automático CVT X-TRONIC, que conta com as funções S-Step e Sport. De acordo com a Nissan, a boa notícia é que ele fica mais econômico, tendo consumo de 7,8km/l na cidade e 8,9km/l na estrada com etanol e 10,9km/l na cidade e 12,7km/l na estrada com gasolina, com câmbio manual. As versões equipadas com câmbio CVT, o consumo na cidade é de 7,6km/l e 9,3km/l na estrada com etanol e respectivamente de 11,3km/l e 13,6km/l com gasolina. Isso na linha 2022. Com o modelo 2023, o

BYD pode estar interessada em comprar fábrica da Ford de Camaçari (BA), fechada em 2021

Imagem
Fechada em um fatídico 11 de janeiro de 2021, a fábrica da Ford em Camaçari (BA) pode ser vendida em breve. De acordo com informações do site Auto Data, via o Bahia Econômica, a Ford estaria conversando com a BYD sobre a venda da unidade. Segundo informações, o interesse dos chineses cresceu e conversas aconteceram com o governador Rui Costa. O site baiano ainda confirmou que era a BYD a interessada na unidade e Costa chegou a visitar recentemente a fábrica da BYD em Campinas (SP), onde produz ônibus elétricos. A informação é que a BYD não compraria toda a fábrica e sim uma parte, a fim de produzir automóveis elétricos em uma escala menor. Caso isso aconteça, é bem provável ainda que a BYD produz seus automóveis híbridos, que tem muito mais potencial de fazer sucesso no nosso mercado. Isso porque a chinesa tem hoje apenas o elétricos Tan e Han. O primeiro é vendido com dois motores elétricos, um em cada eixo, sendo um motor elétrico de 245cv na dianteira e um motor de 272cv no eixo tra

HPE retoma produção do Mitsubishi Outlander Sport em Catalão (GO); Suzuki Jimny é dúvida

Imagem
Com produção paralisada desde dezembro de 2021 por conta de não estarem adequados ao Proconve L7, a HPE, responsável pelas operações da Mitsubishi e Suzuki no país, confirmaram que seguem trabalhando no motor de Mitsubishi Outlander Sport e Suzuki Jimny. De acordo com o grupo, o Mitsubishi Outlander Sport já está apto a retomar a sua produção, enquanto o Jimny ainda era dúvida. Dois projetos antigos, os modelos devem ter dado mais trabalho para o grupo, a fim de fazer com que seus motores envelhecidos ainda consigam atender as normas. O Outlander Sport foi lançado em julho de 2020 como uma aposta de um ASX renovado e com um novo nome, mas mantendo basicamente o mesmo do ASX que conhecemos – lançado aqui em 2010. O SUV compacto é vendido com a tração 4x2 e AWD, ambos com motor 2.0 16v Flex de 170/160cv, torque de 22,9/21,9kgfm e câmbio automático CVT. Já o Suzuki Jimny é um dos projetos mais antigos ainda em linha, datado do final do século passado. Ele é equipado com motor 1.3 16v a ga

Stellantis se prepara para produzir carros com base STLA Medium em Melfi, na Itália

Imagem
A Stellantis confirmou que a unidade de Melfi, na Itália, será a primeira unidade fabril a receber a plataforma modular STLA Medium. Avançando com seu plano estratégico chamado de Dare Forward 2030, o grupo ítalo-franco-americano confirmou que cerca de 75 novos elétricos serão lançados até meados de 2030. A informação da fabricação de carros com a base STLA Medium na Itália foi confirmada pelo Ministro do Desenvolvimento Econômico da Itália, Giancarlo Giorgetti. Durante sessão na Câmera dos Deputados italiana, Giorgetti disse que a Stellantis trabalhava na introdução de uma nova plataforma modular na unidade de Melfi. Os primeiros rumores sobre essa base ser a escolhida veio em março deste ano e, parece que agora, foi confirmada por conta do político italiana. Os carros com essa base permitem que carros tenham baterias de 87kWh a 104kWh, com autonomia que pode variar até 700km. O modelo da DS deve ser um novo utilitário esportivo, conhecido como DS 9 Crossback, sendo um utilitário espo

Ford e Volvo pressionam União Europeia a fazer lei de produzir só BEVs após 2035 ser mantida

Imagem
Na Europa, Ford e Volvo entraram com um apoio a um movimento para banir a vendas de carros a combustão na Europa até 2035. O apoio veio depois de alguns países quererem adiar a proibição para meados de 2040. O movimento das duas marcas vai contra a um grupo de 28 empresas de vários setores que querem adiar a proibição. Não demorou muito para Ford e Volvo se manifestarem contrárias a decisão. Pelo lado da Ford, Stuart Rowley, Presidente da Ford Europa, disse: “Na Ford na Europa, acreditamos que a liberdade de movimento anda de mãos dadas com o cuidado com o nosso planeta e com os outros. Os formuladores de políticas da UE também devem estabelecer metas nacionais obrigatórias para uma infraestrutura de carregamento elétrico contínua que atenda à crescente demanda por veículos elétricos.” . Pelo lado da Volvo, disse Jim Rowan, CEO da Volvo Cars: “A Volvo Cars planeja se tornar uma empresa de carros totalmente elétricos até 2030 e apoia o fim das vendas de veículos movidos a combustíveis f

Governo Federal baixa IPI para comerciais leves, como picapes e furgões no Brasil, até 2026

Imagem
O Governo Federal sancionou um decreto, o Decreto 11.055, de 28 de abril de 2022, e publicado no Diário Oficial da União, dizendo que passou a valer, desde o dia 1º de maio, uma redução da alíquota de IPI para comerciais leves. O decreto amplia a redução do IPI para diversos setores em 35% e que entre os veículos, trouxe uma conta menor de imposto para picapes e comerciais leves de até 5 toneladas de Peso Bruto Total (PBT). Isso deve fomentar a economia de empresas, que buscam a troca dos seus veículos/frotas. Com isso, a alíquota do IPI deve baixar de 6,52% para 5,2%, de acordo com a Consultoria Bright Consulting. Isso deve promover uma redução nos preços de até 2,59% em comparação com os preços praticados em abril. Vale destacar que o imposto sobre esses modelos era de 8% no início do ano, passou para 6,52% e agora está em 5,2%. "Outra mudança consistiu no arredondamento de alíquotas em duas casas decimais. Com essa última alíquota, os preços desses veículos podem ser reduzidos

Rivian revela mais informações sobre a sua nova fábrica da Georgia, em Atlanta, nos EUA

Imagem
A Rivian já confirmou que a sua segunda fábrica no estado da Geórgia, nos Estados Unidos. De acordo com informações, a Rivian vai receber de incentivos do governo do estado norte-americano, o equivalente a US$ 1,5 bilhão. A unidade será instalada em Atlanta, sendo uma das maiores fábrica do estado, de acordo com a Agência Bloomberg . Nos próximos 25 anos, a fábrica deve ter uma redução de US$ 700 milhões em impostos, além de US$ 476 milhões em créditos fiscais estatuários, mas só se conseguir cumprir a promessa de empregar cerca de 7.500 funcionários até 2028. "É uma grande vitória líquida. O estado sempre deu prioridade aos empregos – se você está criando empregos no estado, nós incentivamos esses empregos. A parceria econômica de longo prazo promete agregar valor à Rivian , ao povo da Geórgia e aos filhos de seus filhos” , destacou o comissário de desenvolvimento econômico da Geórgia, Pat Wilson. Apesar do investimento no estado norte-americano, a Rivian espera que os legislador

Empresa de centavos: Renault Group vende Lada por menos de dez centavos de reais

Imagem
A Renault Group parece ter resolvido o imbróglio que a guerra (inútil) entre Ucrânia e Rússia trouxe para o grupo francês. A Renault parece ter vendido suas operações na Rússia para um grupo de investidores russos, que terão a marca Lada. Os franceses contam com uma alta participação na AvtoVAZ, que é a responsável por controlar a Lada, que foi repassado para a instalação de pesquisa automotiva russa, NAMI. De acordo com a Agência Reuters, a AvtoVAZ foi vendida pelo equivalente a 1 rublo, ou seja, R$ 0,07. Sim, centavos. Os 68% de participação foram transferidos para a NAMI. Atualmente, a nova dona da AvtoVAZ é uma instituição com mais de um século de existência e é a principal organização científica da Rússia, no campo do desenvolvimento da indústria automotiva. O acordo foi realizado com a oportunidade de a Renault readquirir a AvtoVAZ entre cinco a seis anos, mas não por esse valor. De acordo com informações, Denis Manturov, Ministro do Comércio, destacou: “Se nesse período fizermos

CATL consegue luz verde para iniciar produção na fábrica de baterias, na Alemanha

Imagem
A CATL conseguiu a aprovação do governo alemão para iniciar a produção na sua fábrica localizada no estado da Turíngia, na Alemanha. Primeira fábrica da CATL fora da China, a unidade recebeu a segunda aprovação do governo alemão para entrar na linha de produção. Durante a confirmação da produção na Alemanha, na zona industrial de Erfurter Kreuz, Anja Siegesmund, Ministra do Ambiente, Energia e Conservação da Natureza da Turíngia, e Wolfgang Tiefensee, Ministro da Economia da Turíngia, entregaram a licença a Matthias Zentgraf, Presidente da CATL para a Europa, permitindo uma capacidade inicial de 8GWh por ano para a fábrica. Primeira fábrica de baterias da Alemanha, está em fase final e a instalação de máquinas está a todo vapor para que as primeiras células possam sair das linhas de montagem até o final de 2022. “O CATL fornece um impulso fundamental para a transição energética urgentemente necessária, e estamos felizes em ser a primeira empresa a receber aprovação para fabricar bateri

BYD também diminui os preços do Tan por conta do IPI menor no país, em até R$ 13.000

Imagem
A BYD confirmou que o Tan também está mais em conta por conta da redução de IPI. Ele ficou R$ 13.000 mais em conta, passando de R$ 487.590 para R$ 474.618 ou por R$ 515.890 em seu preço sugerido. O Tan é um SUV com 4,870 metros de comprimento, 2,820 metros entre os eixos, 1,950 metro de largura e 1,725 metro de altura. Ele ainda possui porta-malas de 235 litros com sete lugares, 940 litros de capacidade com cinco lugares ou 1.655 litros de capacidade com as duas últimas fileiras rebatidas. O peso do SUV, por ser elétrico, tem 2.479kg. Na mecânica, ele conta com baterias chamada de 'Blade Battery' – células de lítio-ferro-fosfato (LFP), mais finas e com células de energia de 800A. Equipado com uma bateria de 86,4kWh, o Tan pode ser recarregado de 30% a 80% em apenas 30 minutos em uma corrente contínua de 110kW. Quando chega a 10%, surge no painel uma mensagem de alerta para você carregar o carro. Essa bateria permite autonomia para percorrer distâncias de 437km, segundo dados PB

Renault teme tomada da Lada por parte da Rússia e volta a produzir carros depenados

Imagem
A Renault Group confirmou que teme que a Lada seja ‘tomada a força’ pelo governo russo. A empresa, que tem quase 70% da AvtoVAZ, empresa que gerencia a Lada, pode acabar encontrando um novo dono para a empresa russa. De acordo com algumas informações, a Renault Group estaria disposta a transferir toda sua participação para um investidor russo. Este é a Rostec State Corporation, uma acionista-chave do empreendimento. A possível transferência com esse investidor logo esfriou e o grupo francês estaria cogitando outras opções. A Renault já mantou retomar a produção, mas teve que parar em menos de 48h depois. Sendo a Rússia o segundo maior mercado da Renault, atrás apenas da França, a situação se torna delicada pela forma de que a Lada é um braço importante nesse processo de recuperação financeira do grupo. “Embora a Renault esteja exposta à Rússia por causa de suas grandes operações lá, estamos mais preocupados com sua capacidade de manter um bom desempenho à luz de prováveis ​​interrupçõe

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7