Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Ssangyong

SsangYong apresenta o Tivoli Grand, o reestilizado Tivoli XLV, que estreia na Coreia

Imagem
Conhecido como SsangYong XLV ou Tivoli XLV, a SsangYong apresentou o reestilizado SUV compacto com espaço para cinco ocupantes e amplo porta-malas, foi rebatizado de Tivoli Grand. O modelo deve ser vendido com as mesmas mudanças do Tivoli, apresentado reestilizado em 2019. Assim como o irmão menor, o Grand se destaca por ganhar novos faróis mais afilados e retangulares, além de iluminação Full LED. O SUV compacto ganha uma nova grade dianteira com barra preta que sustenta o logotipo da marca, ficando mais grossa e ganhou a companhia de um friso cromado. Mais discreto, o para-choque ganhou entradas de ar novas e iluminação de LED nos faróis de neblina. Na traseira, a única novidade fica por conta do novo layout interno das lanternas em LED, além de uma pequena revisão no para-choque traseiro. No interior, mudanças bem mais radicais. O compacto passa a ser vendido com as linhas inspiradas nos carros da Hyundai e passa a adotar linhas mais modernas. O quadro de instrumentos passa a ser co

SsangYong entra com pedido de concordata pela segunda vez em menos de 12 anos na Coreia

Imagem
A SsangYong é mais uma marca que parece estar bastante endividada. A marca sul-coreana entrou com pedido de concordata na Coreia do Sul, depois de não conseguir honrar os empréstimos acumulados de cerca de 60 bilhões de won (cerca de R$350 milhões). A falta de dinheiro na SsangYong é consequência de uma falta de acordo com credores e de novos prazos para o pagamento da dívida, que deveria ser honrado no dia 14 de dezembro. Junto à Justiça da Coreia do Sul, a SsangYong pediu a execução de um plano de reestruturação autônomo, que lhe dará três meses para renegociar dívidas com os credores antes de uma decisão definitiva no tribunal. Com isso, a marca conseguiu empréstimos com três grandes bancos: 30 bilhões de won com o Bank of America; 20 bilhões de won com a JPMorgan Chase & Co e; 10 bilhões de won ao BNP Paribas. Fazia alguns anos que a situação econômica da SsangYong não era favorável e a Mahindra sabia disso. A situação piorou com a pandemia do Coronavírus, sendo que as vendas d

SsangYong apresenta o reestilizado Rexton, que passa pela primeira mudança desta geração

Imagem
Após ter a segunda geração apresentada em 2017, o Rexton passa por sua primeira reforma visual. O SUV, depois de ser apresentado em 2001 e renovado em 2006 e 2012 passa por uma mudança visual até prematura dessa geração. Maior SUV da SsangYong atualmente, o Rexton recebe as mudanças simultâneas na Europa e na Coreia do Sul. Entre as novidades, o utilitário esportivo coreano passa a contar com uma nova grade dianteira octogonal com vários elementos cromados e com o logotipo da marca. Há novos faróis dianteiros, que aderem 100% ao LED e um novo para-choque dianteiro, com uma posição mais elevada dos faróis de neblina, que passam a estar num acabamento em “C”. O modelo ainda tem uma entrada de ar inferior, menor, visto que a grade deve ser a principal entrada de ar para o resfriamento do motor. Nas laterais, as mudanças ficam por conta de novas rodas de liga leve, apenas. Na traseira, o Rexton 2021 conta com novo layout das lanternas, com uma nova assinatura em LED. O para-choque traseiro

Chery pode comprar 75% das ações da SsangYong, hoje nas mãos da indiana Mahindra

Imagem
Depois da Mahindra confirmar que pode acabar vendendo uma parte da Ssangyong para tentar melhorar o caixa, a marca indiana parece caminhar para achar um novo dono para a marca coreana, enquanto deve manter uma porcentagem menor sobre a marca. Com um plano de reestruturação em mãos, a Mahindra confirmou que pode acabar vendendo cerca de 75% das ações da SsangYong, embora poucas empresas tenham demonstrado interesse. De acordo com o site sul-coreana Pulse News, quem parece ter se interessado na compra é a Chery, que enviou um representante para a fábrica da marca em Pyeongtaek, na Coreia do Sul. Informações dão conta que o representante estava acompanhado por consultores de venda da Samsung Securities & Co e da Rtothschild & Co, indicando uma sondagem dos chineses nas unidades da SsangYong. Para uma compra de uma marca do porte da SsangYong, se faz necessário que a Chery investigue os ativos da marca. Até março de 2020, a SsangYong tinha uma dívida de 389,9 bilhões de wons (c

SsangYong revela as primeiras imagens teaser do E100, primeiro elétrico da marca coreana

Imagem
A SsangYong apresentou as primeiras imagens teaser do seu primeiro automóvel puramente elétrico, o E100. Previsto para ser apresentado dentro de alguns meses, o carro faz parte de uma nova leva de investimentos que deve tornar a marca eletrificada dentro de alguns poucos anos. Esse novo modelo deve contar com um motor elétrico que deve fornecer uma potência de 188cv de potência, usando uma bateria de 61,5kWh. Segundo a marca, a autonomia deve ficar em torno dos 420km, de acordo com o ciclo NEDC – ou 320km no ciclo WLTP. O modelo terá como base a nova geração do Korando, mas com um design próprio. As vendas começam apenas no primeiro semestre de 2021, começando primeiramente pela Coreia do Sul. Entre as informações preliminares, o carro deve contar com capô feito em alumínio e em relação ao Korando ele terá novidades visuais como novos faróis e um novo para-choque dianteiro, com uma nova iluminação nas extremidades do para-choque dianteiro. A SsangYong trabalha em parceria com a Mah

Na Índia, novo SUV médio da Ford é confirmado com motor 1.5 Turbo da SsangYong

Imagem
O novo modelo da Ford desenvolvido em joint-venture com a Mahindra deve ser apresentado dentro de alguns anos. Enquanto o primeiro modelo deve ser o substituto do XUV500, da Mahindra, a Ford deve ter um modelo semelhante, conhecido internamente como Projeto W605. Esse novo modelo deve ser um utilitário esportivo médio que deve ter medidas próximas ao do Jeep Compass. Esse novo modelo deve ser apresentado no primeiro trimestre de 2021. Além de dividir a mesma plataforma, Ford e Mahindra ainda deve compartilhar a mesma mecânica. Com isso, o modelo da Ford deve acabar adotando o novo motor 1.5 16v Turbo da SsangYong, que desenvolve 163cv de potência que terá turbocompressor, intercooler e injeção direta de combustível. Apresentado para a nova geração do Korando, esse motor é mais moderno que a linha EcoBoost e Dragon da Ford. A estratégia do uso desses motores (vale destacar que a Mahindra é dona da marca coreana, o que facilita o uso do motor) facilitará a própria produção, além de s

Mahindra pode deixar de ter comando da SsangYong; indianos buscam novos investidores

Imagem
A SsangYong pode estar correndo perigo de vida. A marca dos utilitários esportivos coreanos podem acabar sendo vendida dentro de alguns meses, caso a Mahindra (que é a dona da SsangYong) conseguir achar um comprador para a marca. Recentemente tinha sido confirmado que nos próximos meses não seria desenvolvida nenhuma novidade para a SsangYong para evitar os gastos que a pandemia de Corona Vírus causou no caixa das empresas. Os próximos anos devem ser cruciais para algumas marcas menores, que é o caso da Mahindra, que possui uma grande operação apenas na Índia, seu mercado natal, assim como a SsangYong. Recentemente a marca coreana apresentou novidades interessantes, desde o novo Rexton, assim como o retorno da picape Musso, a nova geração do Korando e a reestilização do Tivoli, o que deixa a marca preparada para se manter desse jeito nos próximos anos. A Mahindra confirmou recentemente que deve ajudar a SsangYong a encontrar novos investidores e que deve manter financeiramente o ju

SsangYong revela detalhes do seu plano de carros elétricos até 2024; E100 estreia em 2021

Imagem
A SsangYong confirmou as primeiras informações sobre o seu plano de eletrificação que deve começar a pôr em pratica em breve, com o lançamento do E100. Após apresentar uma nova opção mecânica para o Tivoli com o motor 1.2 G12T, a marca revelou novas informações sobre a mecânica do futuro: a eletricidade. Previsto para ajudar a marca a ter elétricos e estar dentro dos padrões de emissões exigidos na Europa, a marca confirmou que deve apresentar o seu primeiro elétrico em 2021. Esse novo modelo será batizado de E100 e deve ser a versão elétrica da nova geração do Korando. Esse novo modelo deve usar uma bateria de 61,5kWh que deve desenvolver cerca de 190cv de potência e uma autonomia de 400km no ciclo NEDC. A velocidade máxima desse modelo deve ser de 150km/h. Em 2022 deve ser apresentado um carro elétrico com autonomia estendida. Esse novo modelo deve desfrutar das vantagens de um carro elétrico e sem ter a preocupação de ficar sem bateria, já que o motor a gasolina funciona como um ger

SsangYong apresenta novo motor 1.2 Turbo, de três cilindros, para o Tivoli; motor entrega 128cv

Imagem
Depois de ser apresentado no início do segundo semestre de 2019 com mudanças de meia-vida em nosso mercado, o SsangYong Tivoli passa a ser o primeiro modelo da marca sul-coreana a contar com o novo motor 1.2 G12T, motor esse que pode muito bem substituir o motor 1.6 16v a gasolina aspirado. O novo motor é um 1.2 12v Turbo a gasolina que desenvolve 128cv e torque de 23,5kgfm, acoplado a um câmbio manual de 6 marchas. Esse motor foi desenvolvido em parceria com a Bosch e a AVL. Ele foi construído com distribuição variável de admissão e escape, duplo comando de válvulas e 4 válvulas por cilindro. De acordo com a SsangYong, esse novo motor possui consumo de 15km/l e emite 153g/km de CO2 no ciclo WLTP. Esse motor deve ficar logo abaixo do motor 1.6 16v a gasolina que desenvolve 126cv de potência e o 1.5 Turbo passa a estar disponível, entregando 153cv de potência. Há ainda um motor D16T que é um motor 1.6 Turbo Diesel de 136cv de potência. No ano passado ele recebeu novos faróis mais afilad

SsangYong finaliza homologação de Musso e Rexton no Brasil; lançamento ainda pode demorar

Imagem
A SsangYong não importa carros desde 2018 quando parou para reestudar o mercado brasileiro. O primeiro lote de carros da marca parece ter sido suficiente para a marca analisar a preferência do consumidor. Tanto que a marca sul-coreana já finalizou o processo de homologação de Rexton e Musso no Brasil. Os dois modelos devem focar no maior valor agregado do mercado e numa faixa de preço mais elevada. A nova geração do Rexton, mais um modelo remanescente da última passagem da marca no mercado, mas que estreia uma geração inteiramente nova. A quarta geração do Rexton foi apresentada no Salão de Seul deste ano e já está à venda na Europa, com apresentação no Salão de Frankfurt. O novo Rexton possui 4,85 metros de comprimento, 10cm a mais que o modelo vendido no Brasil. Com visual mais sofisticado, o SsangYong Rexton 2018 chama atenção pelo estilo bem resolvido na parte frontal, tendo faróis de LED com LEDs diurnos e faróis de neblina em LED como destaque. Já a picape Musso possui frente

SsangYong confirma "Projeto E100", primeiro carro elétrico, baseado no e-SIV EV Concept

Imagem
Apresentado no Salão do Automóvel de Genebra, o e-SIV EV Concept, além de antecipar a nova geração do Korando, deve antecipar o primeiro carro puramente elétrico da SsangYong, o E100. O SUV deve ser apresentado este ano e diferentemente do esperado, ele deve ser um modelo independente do Korando. O novo SUV deve seguir o mesmo papel da JAC, que por exemplo possui o T40 e o iEV40. No entanto, o modelo da SsangYong deve ter um design diferente. Desenvolvido há alguns anos pela marca sul-coreana, ele começa a ser vendido em 2021. O modelo ainda não tem nome definido, mas é conhecido internamente como E100. Acredita-se que o novo modelo deve ser batizado com um nome próprio. A SsangYong trabalha em parceria com a Mahindra, marca que gerencia a sul-coreana, para o desenvolvimento de uma plataforma elétrica, mas o E100 deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Korando, uma vez que a plataforma deve ficar pronta somente em 2024. Visualmente, o e-SIV EV Concept possui faróis de LED

Primeiro elétrico da marca, SsangYong deve apresentar Korando E100 ainda em 2020

Imagem
Apresentado no ano passado, a nova geração do SsangYong Korando deve ser o primeiro modelo da marca a oferecer uma opção de motor elétrico. O modelo é chamado de Korando E100 e deve ser o primeiro carro a marcar essa nova fase da SsangYong, que pretende trazer mais modelos eletrificados para sua gama. A sul-coreana já desenvolve uma plataforma apta para receber modelos de qualquer tipo de motorização, mas isso deve ficar pronto somente em meados de 2024. Até lá, a SsangYong deve trabalhar com o que consegue. O novo Korando deve usar a mesma plataforma do modelo a combustão, mas terá que receber uma série de modificações a fim de adaptar o motor, baterias e componentes do modelo elétrico. Ele deve trazer um motor capaz de desenvolver 190cv de potência, de acordo com informações reveladas pela própria SsangYong. Ele terá capacidade de alcançar os 150km/h de velocidade máxima e usará bateria de 61,5kWh que deve proporcionar uma autonomia de 420km, de acordo com o ciclo NEDC. Futuramen

SsangYong retoma as importações em 2020 e confirma novos Rexton e Musso para o Brasil

Imagem
Sem importar unidades desde junho de 2018, as atividades da SsangYong Brasil tiveram uma correção de rumo no Brasil. O primeiro lote, de 135 carros, já foi todo vendido e atualmente a marca conta com seis concessionárias no Brasil. De acordo com o site UOL Carros, que entrou em contato com essas concessionárias, existe procura pelos modelos zero quilômetro da marca, mas não tem modelos em estoque. Segundo a importadora Venko, a retomada da importação acontece ainda neste ano de 2020, com os novos modelos Musso e Rexton e os renovados Korando e Tivoli. A importadora disse que mantém os serviços de pós-venda e disponibilidade de peças aos clientes enquanto promove essa reestruturação. De acordo com Marcelo Ferreiro, Diretor de Operações da SsangYong Brasil: "Em nenhum momento cogitamos sair do Brasil. Tivemos de parar após trazer o primeiro lote para promover uma reestruturação e rever nosso line-up de produtos. Fizemos o planejamento com o câmbio a cerca de R$ 3,15 e agora pass

Segundo revista, SsangYong deve reestruturar rede de concessionários no país

Imagem
A SsangYong voltou ao mercado brasileiro oficialmente em 2018 com os modelos Tivoli, Tivoli XLV, Korando e Actyon Sports, além de confirmar modelos como Rexton e Musso para serem lançados ainda neste ano. De acordo com a publicação da revista Autoesporte , a sul-coreana deu uma paralização na importação de veículos. Trazida pela Venko, a SsangYong conta com uma linha de concessionárias e oficinas especializadas pelo país. De acordo com o representante da Venko, a parada na importação dos veículos é temporária e deve voltar ao normal ainda nesse semestre. O objetivo da parada na importação tem uma explicação. A marca deve passar por uma reestruturação na rede de concessionárias. Atualmente os carros da marca-sul coreana passam pela terceira tentativa no nosso mercado. A primeira foi entre 1995 a 1998 e depois pela Districar entre 2001 a 2015. Agora, desde 2018 a marca é representada pela Venko e deve mudar os planos para o mercado nacional. Apesar do início tímido, a SsangYong não m

SsangYong revela o Tivoli reestilizado na Coreia do Sul, com design inspirado no Korando

Imagem
A SsangYong revelou na Coreia do Sul o reestilizado Tivoli, que passa a ser vendido com novidades que o aproximam com a nova geração do Korando. O SUV compacto recebeu alterações visuais, com novos faróis mais afilados e retangulares, além de iluminação Full LED. O SUV compacto ganha uma nova grade dianteira com barra preta que sustenta o logotipo da marca, ficando mais grossa e ganhou a companhia de um friso cromado. Mais discreto, o para-choque ganhou entradas de ar novas e iluminação de LED nos faróis de neblina. Na traseira, a única novidade fica por conta do novo layout interno das lanternas em LED, além de uma pequena revisão no para-choque traseiro. No interior, mudanças bem mais radicais. O compacto passa a ser vendido com as linhas inspiradas nos carros da Hyundai e passa a adotar linhas mais modernas. O quadro de instrumentos passa a ser com uma tela digital, enquanto o console central foi redesenhado. Há ainda um redesenho dos comandos do climatizador automático. A nova

Novo Ford EcoSport deve sair de um dos três SUVs desenvolvidos com a Mahindra

Imagem
A Ford confirmou que deve investir o total de US$1 bilhão na parceria com a Mahindra. Com o investimento para desenvolver três novos utilitários esportivos na Índia, as novidades deve ser, respectivamente, um subcompacto, compacto e médio. O primeiro deve ser um modelo que deve ficar abaixo do EcoSport, seguido pela provável nova geração do EcoSport e um SUV com tamanho do Jeep Compass. O subcompacto é conhecido internamente como Projeto BX744 e chega ao mercado indiano em 2021. Ele deve ter cerca de 4 metros de comprimento e deve concorrer com modelos como Suzuki Vitara Brezza e Hyundai Venue. O segundo é conhecido internamente como Projeto BX745 e será compacto. Chega ao mercado somente em 2022 e é tratado como o sucessor do EcoSport (aqui leia-se um carro que possa substituí-lo ou uma nova geração). Este deve ser global, mas focado principalmente em mercados emergentes como Brasil, China e Índia, que serão bases de exportação. Ambos deve custar para a Ford o total de US$500 milh

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Investimentos da Renault estão congelados para os substitutos de Sandero e Logan