Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Importação

Ford Maverick virá em versão Lariat FX4, motor 2.0 Turbo e começa a desembarcar no Brasil

Imagem
A Ford confirmou que a Maverick já está desembarcando no mercado brasileiro. A picape compacta-média desembarcou no Porto de Vitória, no Espírito Santo (ES), programado para 2022. Produzida na fábrica de Hermosillo, no México, a picape vai chegar ao país no primeiro trimestre de 2022 e com versão única e topo de linha, Lariat FX4. “A Ford é a marca com maior tradição em picapes e está usando essa experiência para ampliar a linha e oferecer opções inovadoras para os clientes. A Maverick é um produto que vai surpreender tanto quem já é fã como quem nunca dirigiu uma picape” , disse Daniel Sinzato, gerente de Marketing de Produto da Ford. Visualmente, ela possui faróis Full-LED em formato “C” e são conectados por meio de um barra que atravessa toda a dianteira da picape e que nas extremidades dessa barra possui as setas de direção. A grade dianteira é ampla e o para-choque dianteiro possui linhas bem simples, com uma entrada de ar central inferior e nas extremidades, as versões mais caras

Novo Honda Civic pode não demorar para ser lançado no Brasil; mas há controvérsias

Imagem
Enquanto ainda se entende como a Honda vai reestruturar seu lançamento no Brasil, o tempo vai passando e a marca vai tomando suas medidas. Com o fim de linha do Civic em Sumaré (SP) marcado para dezembro, acredita-se que a nova geração não demore para ser lançada aqui. De acordo com informações da jornalista Giu Brandão, do Mundo Sobre Rodas, a nova geração do Civic poderia ser lançada em questão de poucos meses, mas a notícia ainda não tinha confirmação, ou seja, é um rumor. Em contrapartida, o site Mobiauto dá ao entender que seu lançamento vai ocorrer apenas no meio de 2022 ou no segundo semestre do ano que vem. Importado do Canadá, o novo Civic vai ser vendido com um leque de versões menores. Pegando como parâmetro o México, o Civic é vendido por lá apenas nas versões I-Style, Sport e Touring. Por aqui, ele pode ser lançado nas versões Sport e Touring, ou apenas na Touring, como acontece com o CR-V. O Si vai ser lançado, mas mais adiante. As versões civis do Civic terão o 1.5 16v i

Renault segue estudando a chegada do Kwid ZE ao Brasil, puramente elétrico, para 2022

Imagem
A Renault pode estar estudando novamente a vinda da versão elétrica do Kwid para o mercado brasileiro. Rumor desde o ano passado, o assunto tinha esfriado mas pode estar no radar da marca francesa. De acordo com informações do site Mobiauto, o Kwid ZE pode ser oferecido como uma versão mais simples que o Zoe. Previsto para ser lançado no segundo semestre de 2022, o elétrico pode ser uma alternativa. Segundo informações apuradas pelo site, seu lançamento seria no terceiro trimestre de 2022, sendo o segundo elétrico lançado pela Renault no país. Na China, o City K-ZE possui um motor elétrico que desenvolve 44cv de potência e torque de 12,7kgfm graças às baterias de 26kWh que oferecem uma autonomia de 271km. A velocidade máxima do elétrico é de 105km/h. Para carregar 80% da bateria em 50 minutos. Em tomada comum, ele precisa de 4 horas para encher a bateria. Atualmente o elétrico mais barato do Brasil é o JAC e-JS4, que custa R$ 149.990, sendo este o principal concorrente do Renault. Isso

Importados, setembro de 2021: vendas caem 14,5% em relação ao mês passado; Volvo lidera

Imagem
A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, a Abeifa, confirmou o balanço do mês de setembro com resultados negativos também. Assim como o mercado de um modo geral, foram importados 1.871 unidades em setembro, queda de 14,5% em relação ao mês de agosto. Já as montadoras associadas que tem produção nacional, a retração foi de 11,1%, com 4.278 unidades. Com isso, as vendas em setembro foram de 6.149 unidades, queda de 12,2% em relação a agosto e comparado com setembro de 2020, há um aumento de 0,4% nas vendas. Somadas as unidades importadas e as nacionais, com total de 55.036 veículos nos primeiros nove meses de 2021, as associadas à Abeifa registram percentual positivo de 36,1%. Em 2020, em igual período comparativo, o total de licenciamentos foi de 40.442 unidades. Segundo João Henrique Oliveira, Presidente da Abeifa, destaca que "tanto na importação como na produção nacional, as nossas associadas não conseguiram atender à demanda poten

Ford Maverick chega ao Brasil por importação independente; sua por "apenas" R$369.000

Imagem
Quem não quiser esperar a chegada de uma Ford Maverick, que vai ser lançada apenas em 2022, já pode adquirir uma unidade da picape no Brasil. Por importação independente (Direct Imports), a Maverick já pode ser vendida. Ela pode ser sua por R$369.000, duas Fiat Toro nas versões mais caras. A versão ofertada é a Lariat, com motor 2.5 16v Hybrid. O conjunto é formado pelo motor 2.5 16v a gasolina de 164cv e 21,4kgfm junto de um elétrico de 128cv e 23,9kgfm. Juntos, os dois motores entregam 193cv e câmbio CVT, com autonomia de 800km e consumo de 17km/l. Além de ser na versão Lariat, ela é equipada com pacote Luxury que ainda adiciona controle de cruzeiro adaptativo, sistema de som Bang & Olufsen com 8 alto-falantes e subwoofer, vidros laterais aquecidos, interior em couro marrom, central multimídia Sync 3 com tela de 8 polegadas, iluminação em LED na caçamba, carregador sem fio para smartphones e estepe de 17 polegadas. A picape é produzida atualmente na fábrica de Hermosillo, no Méxi

Importados, agosto de 2021: Volvo lidera mais uma vez; XC60 é o líder de novo

Imagem
A lista dos importados mais vendidos do Brasil perdeu mais uma marca. Depois de perdermos os dados de Ferrari, Lamborghini, Maserati e Rolls-Royce, em agosto a Associação Brasileiras das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, a Abeifa, perdeu a BMW. Com isso, as vendas de importados fecharam com 2.188 unidades registradas à Abeifa, uma queda de 14,4% em relação à julho passado. A produção de automóveis ainda registrou uma pequena queda de 0,6%, chegando a 4.813 unidades contra as 4.842 unidades do mês anterior. Entre as marcas importadas, o mês de agosto representou ainda uma queda de 19,2% em relação a agosto de 2020, mas mantém o crescimento de 5,3% no acumulado do ano, com 17.924 unidades. Sem os dados da BMW, bem provável que a Abeifa registre queda nas vendas por mais um ano. Entre as marcas com produção nacional, o crescimento é de 79% em relação ao mesmo período do ano passado, dados que podem salvar a associação em 2020. Com cada vez menos associadas, a Vo

Ford EcoSport sai de linha nos Estados Unidos em 2022, depois de quatro anos de mercado

Imagem
Depois de anunciar o fim da produção na Índia, a Ford confirmou o fim de linha do EcoSport nos Estados Unidos. O SUV compacto era enviado para a América do Norte via Índia desde 2017, quando foi reestilizado. Vendido desde meados de 2012 globalmente e desde 2013 na Índia, o EcoSport liderou o movimento de SUVs compactos em uma série de mercados, como a própria Índia. A confirmação do fim de linha do EcoSport já foi antecipado, mas o modelo só deixa o mercado norte-americano em 2022, quando as últimas unidades produzidas na Índia serão enviadas para o mercado. Com o lançamento da Maverick nos EUA, o EcoSport acabou se tornando um carro um tanto quanto sem sentido para o consumidor estadunidense, que nunca aceitou muito bem o compacto por lá. Nos EUA, de fato, o carro nunca fez muito sentido e pode ter sido usado apenas como um “tapa buraco” num segmento em expansão onde a Ford nunca teve um representante. O maior problema do EcoSport nos EUA foi o seu tamanho, com cerca de 4 metros de c

Importados, julho de 2021: Volvo e XC60 lideram em rankings; Chery e Tiggo5X também são líderes

Imagem
As marcas mais vendidas de importados em julho de 2021 se permaneceram quase que sem alterações em relação ao último mês, junho. Foram 2.555 unidades em julho de 2021, o que representa uma queda de 9,8% em relação ao mesmo período de 2020 e uma queda de 3,7% em relação ao mês de junho. No acumulado do ano, as vendas se mantém em crescimento, com 15.736 unidades, o que representa um aumento de 9,9% em relação ao mesmo período do ano passado. Entre as marcas que produzem nacionalmente, julho teve 4.843 unidades contra as 4.307 unidades de junho, aumento de 12,4% nas vendas. Contra julho de 2020, o aumento é de 77,8%. O acumulado do ano possui um aumento de 79,9%. Juntos, as importadas e as marcas que produzem nacionalmente já crescem 45,2% no acumulado de 2021. Entre os ranking, o Volvo XC60 lidera com 419 unidades emplacadas, seguido por dois Kias: Bongo em segundo, com 293 unidades, e o Cerato em terceiro com 155 unidades. Com produção nacional, a liderança foi inteiramente da Chery. F

Tesla Cybertruck nem lançou, mas importadora bate martelo e terá picape por R$950.000

Imagem
A Tesla confirmou que a Cybertruck deve ser apresentada em sua versão de produção apenas em 2022, mas a picape pode ganhar consumidores brasileiros a partir de agora. De acordo com o Grupo Osten confirmou, revendedora que comercializa os modelos da marca por aqui, de maneira não-oficial, disse que a picape deve ser comercializada no Brasil. Aqui, ela deve ser importada por cerca de R$950.000 cada unidade. A picape ainda deve ser lançada com um serviço de assinatura que prevê planos de 12, 24 ou 48 meses com franquia de 1.000km, 2.000km ou 3.000km. O contrato mais longo com franquia de 1.000km deve custar R$19.800 mensais. Apesar do valor ser bem alto, ele inclui documentação, manutenção preventiva, seguro, gestão de multas de trânsito e sinistros, assessoria para carro reserva, telemetria e assistência 24 horas em todo país. A picape que virá ao Brasil deve ser a opção topo de linha equipada com três motores elétricos capaz de desenvolver 800cv de potência. Com esse motor ela deve acel

Great Wall deve finalizar plano para Brasil e América do Sul em setembro, destaca fonte

Imagem
A Great Wall confirmou que deve finalizar sua estratégia no mercado brasileiro em setembro deste ano, ou seja, no mês que vem. A chinesa deve chegar ao nosso mercado em meados de 2022 e já adquiriu a fábrica de Iracemápolis (SP), que era da Mercedes-Benz. Além do Brasil, a marca deve definir a sua estratégia na América do Sul, visto que a compra da fábrica no país também deve exportar para os países vizinhos do Brasil. De acordo com informações do site Automotive Business, a Great Wall pode destacar parte dos seus planos ainda neste ano, indicando o início das operações em países onde não atua e também sobre a fábrica. Até o momento, a Great Wall ainda confirmou que debate a aquisição da unidade fabril no interior de São Paulo, mas tudo indica que ela possa ter sido adquirida. Uma fonte ao Automotive Business disse que “houve todo um processo de estudo nos últimos anos e agora está na mesa da matriz as opções de locais para se instalar uma unidade fabril. Dentro de dois meses isso esta

Surge detalhes de como Governo Federal pode reduzir impostos de carros vindos da Europa

Imagem
Surgiu as primeiras informações do Ministério das Relações Exteriores do Brasil com seu plano de redução de imposto de importação por conta da parceria entre Mercosul e União Europeia. O documento revela que para o segmento de automóveis, cria-se uma cota anual de importação de automóveis com imposto reduzido pela metade. O Brasil terá o direito de importar anualmente cerca de 32.000 unidades de veículos com tarifa de importação de 17,5%, válido por sete anos. Passando este prazo, a tarifa deve começar a ser reduzida até chegar a zero nos próximos oito anos. Mas como assim? A partir de 2028, a taxa seria reduzida para 14,18%, caindo para 10,83% em 2029 e 7,51% em 2030. Daí em diante, o imposto de importação será de 6,5%, 5,0%, 3,75%, 2,5%, 2,17% e zero, respectivamente em 2031, 2032, 2033, 2034, 2035 e 2036. A quantidade adicional de veículos, além dos 32 mil unidades, pagarão o imposto cheio, ou seja, 35%. Além do Brasil, o mesmo valeria para a Argentina, Uruguai e Paraguai, mas com c

CAOA ganha ação sobre a Hyundai e renova parceria por mais 10 anos a operação de importados

Imagem
A Caoa conseguiu renovar a representação dos carros da Hyundai no mercado brasileiro. Com isso, manteremos as duas operações da Hyundai no Brasil, sendo a Hyundai Motor Brasil e a Hyundai Caoa. A Caoa conseguiu manter a representação dos carros importados (e alguns nacionais) num tribunal de Frankfurt, na Alemanha. Desde 2018 que as empresas estavam em tratativas para decidir essa disputa judicial quanto à manutenção da parceria que foi renovada em 2008 e com prazo até 2018. Nestes 10 anos, a Hyundai Motor Brasil quis assumir a operação dos carros importados, mas o contrato automaticamente seria renovado por mais dez anos, como previsto em cláusula. A HMB queria romper e a Caoa entrou com o processo para garantir a renovação, alegando ter cumprido o contrato e contestando o fim do contrato com a Hyundai. Com a decisão na Alemanha, a Hyundai poderá enfim renovar o portfólio no Brasil, que anda bem escasso. O grupo brasileiro confirmou que deve fazer investimentos no mercado brasileiro,

Produção nacional só deve estabilizar em abril de 2022, destaca Fenabrave em novo relatório

Imagem
A pandemia e a falta de peças como semicondutores no mercado brasileiro está afetando diretamente a produção nacional. Segundo informações apuradas pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores, a Fenabrave, disse a estimativa de crescimento para 2021 é um crescimento de 13,6% nas vendas, totalizando cerca de 3.455.080 unidades vendidas. Esse valor deve valer, claro, para automóveis, comerciais leves, motocicletas, caminhões, ônibus e máquinas agrícolas. Para automóveis e comerciais leves, a Fenabrave disse que as vendas devem crescer cerca de 10,7% nas vendas, chegando a 2.159.636 unidades, sendo que em 2020 esse número foi de 1.950.889 unidades. Em comunicado, Alarico Assumpção Júnior, Presidente da Fenabrave, ainda destacou que o Brasil só deve voltar ao nível de produção normal, em meados do segundo trimestre de 2022, ou seja, essa é a estimativa de que a produção deve passar pela crise dos semicondutores. Além dos semicondutores, existe a falta de módulos de airb

No México, Chevrolet Monza troca nome para Cavalier e deve ser lançado ainda em 2021

Imagem
A Chevrolet confirmou que o Monza deve ser vendido também no México. Por lá, a marca norte-americana deve vender vários modelos de origem chinesa da Chevrolet, como o Groove, Captiva e agora o Monza. Por lá, o sedã maior que o Onix deve ser vendido com o nome Cavalier e ocupará o lugar deixado pelo Cruze. Com isso, o México se torna o primeiro país depois da China que recebe o sedã, de acordo com informações do site GM Authority . Além de ser um nome conhecido no México, a troca de Monza para Cavalier serve para fortalecer a concorrência no mercado de sedãs. “O Cavalier tem um legado importante no mercado mexicano e, este ano, ele é renovado para reforçar a posição da Chevrolet no segmento de sedãs. Estamos confiantes de que seu novo design chamará a atenção e seu novo motor proporcionará uma experiência de direção que excederá as expectativas” , disse o Gerente de Marketing da Chevrolet da GM México, Yammil Guaida. No México, ele deve ser vendido com o motor 1.3 16v Turbo capaz de des

Concessionária da Kia vende exemplar único do K5, que está sendo vendido por R$250 mil

Imagem
Enquanto a Kia parece amarrada para trazer qualquer carro ao mercado brasileiro, os concessionários estão trazendo de maneira independente alguns modelos. Um Kia K5 está à venda em uma concessionária da Kia no Rio de Janeiro (RJ). O sedã foi trazido na versão S e ele deve ser vendido com o preço de R$250.000. Substituto do Optima, o K5 foi apresentado ano passado com um novo design. De acordo com o site Autos Segredos , essa deve ser a única versão e unidade disponível do sedã no Brasil. Isso porque a Kia não tem uma previsão de vender o sedã em nosso mercado, apesar de já ter cogitado a vinda do modelo ao nosso país. A unidade que veio parar em nosso país traz o motor Hybrid, com o 2.0 16v de 152cv junto de um motor elétrico de 52cv. Juntos, os motores entregam 195cv e 37,4kgfm, acoplado a um câmbio automático de 6 marchas. Visualmente, a nova geração do Optima/K5 se destaca pelos novos faróis com assinatura de LED, criando um visual bem incomum até mesmo dentro da Kia. Os faróis poss

Enquanto Ford não se decide pela importação, Mustang Mach-E chega por R$399 mil

Imagem
Previsto para ser vendido no Brasil em algum momento de 2022, o Ford Mustang Mach-E já pode ser adquirido em algumas importadoras independentes. Trazido pela Direct Imports, a empresa confirmou que o crossover elétrico poderá ser vendido em nosso mercado em três versões, com preço inicial de R$399.000. Esse é o valor da versão Select do modelo, mas ele ainda pode ser adquirido nas versões California Route 1 por R$449.000 e Premium, pelos mesmos R$449 mil. Ele deve ser vendido com motor elétrico de 255cv de potência e com torque de 43,8kgfm na versão Select (acelera de 0 a 100km/h em 5,8 segundos e autonomia de 368km) ou 282cv de potência e torque de 59,2kgfm na Select AWD (acelera de 0 a 100km/h em 5,2 segundos e autonomia de 337km). A California Route 1 possui apenas tração traseira e um motor elétrico de 294cv, com autonomia de 488km e 0 a 100km/h de 6,1 segundos. Por fim, a Premium devem ser equipados com motor de 269cv de potência com tração traseira ou 351cv com tração integral. A

Importados, maio de 2021: vendas crescem 126% em relação à 2020; Volvo e XC40 lideram

Imagem
A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores (Abeifa), confirmou os dados de vendas de maio de 2021. Ao total, foram vendidos 2.264 unidades de carros importados vendidos no Brasil em maio, o que representa um aumento de 0,8% em relação ao mês de abril de 2021, quando foram vendidos 2.247 unidades. Em compensação, quando comparado com maio de 2020, esse aumento é de 126,2%. Isso porque no mesmo período do ano foram vendidas apenas 1.001 unidades, por conta do fechamento das concessionárias. No acumulado do ano, o número já representa 10.528 unidades, contra 8.929 unidades do mesmo período do ano passado, um aumento de 17,9%. Entre as marcas com produção nacional, maio de 2021 representou 4.352 unidades, aumento de 20,6% em relação a abril de 2021 e 426,2% em relação a maio de 2020. No acumulado do ano, a alta é de 75,8%, com 17.001 unidades. Somando os modelos importados e as marcas importadas que produzem aqui, são 27.529 unidades no acumulad

Sem Camaçari, na Argentina, Ford passa a receber EcoSport via fábrica de Chennai, na Índia

Imagem
Depois do fechamento da fábrica de Camaçari, na Bahia, o estoque do Ford EcoSport desabasteceu em quase toda a América do Sul. E nem em todos mercados o modelo deixou de ser oferecido. Na Argentina, por exemplo, o modelo passa a ser importado da Índia. O modelo que vem à Argentina é produzido em Chennai, na Índia, e conta com algumas diferenças em relação ao EcoSport brasileiro. Ele deve ser vendido apenas nas versões SE e Titanium e a versão FreeStyle deixa de ser oferecida. Ele é equipado com o motor 1.5 12v Dragon a gasolina que desenvolve 123cv e 15,4kgfm, sendo esse o único motor do SUV. O câmbio pode ser manual de 5 marchas ou automático de 6 marchas. Com isso, o lineup do EcoSport deve ser as versões SE MT, Titanium MT e Titanium AT. De série, ele deve ser vendido com airbags frontais, laterais e de cortina, direção elétrica, volante revestido em couro, controles eletrônicos de estabilidade e tração, freios ABS, sistema multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas compatível com Ap

Land Rover Argentina conversa para poder receber o nacional (e fluminense) Range Rover Evoque

Imagem
Com uma produção de vários modelos que são produzidos no Brasil e que facilmente poderiam ser exportados, como toda a linha BMW feita em Araquari (SC), assim como também aconteceu com outras marcas premium como Mercedes-Benz e Audi, que desistiram de suas unidades no país. Pois parece que os primeiros carros premium produzidos no Brasil e exportados devem partir da Land Rover. Isso porque a Land Rover Argentina pode ser o primeiro destino do nosso Range Rover Evoque depois de ser oferecido ao nosso mercado. A Argentina demonstrou um rápido interesse em importar o nosso Evoque feito em Itatiaia (RJ). A Ditecar, importadora oficial da marca na Argentina, já conversa com a operação brasileira para enviar os modelos para a Argentina. “É uma conversa que temos constantemente com as equipes Jaguar Land Rover na região e na Europa, buscando explorar alternativas de integração regional que lhes permitam render ao máximo o investimento aplicado e a nós receber unidades a partir do próprio Merco

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente