Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Zetta

Zetta consegue investimento para produção do Modulo 1, que inicia no fim do ano

Imagem
A Zetta confirmou que conseguiu o dinheiro que precisava para a produção dos seus automóveis elétricos com o Mobile 1. O hatch elétrico deve ser produzido na Rússia a partir do final deste ano, depois de passar por dificuldades financeiras. Produzido na unidade de Togliatti, na região de Samara, o modelo teve a produção confirmada pelo Ministro da Indústria e Comércio, Denis Manturov. "Zetta é o menor carro elétrico, que está sendo desenvolvido e passando por testes finais; esperamos lançar sua produção em série até o final deste ano. Em 2024, estamos planejando desenvolver um modelo produzido em massa para ser apresentado ao mercado" , destaca Manturov ao SputnikNews . Com espaço para dois ocupantes, o Modulo 1 deve contar com tração dianteira e a velocidade deve ser sempre limitado a 120km/h. Ele seria equipado com uma bateria de 10kWh, que promete uma autonomia de 180km com uma carga. Ele ainda deve contar com uma versão mais completa, que usará uma bateria de 20kWh. A Zet

Zetta engaveta planos de desenvolver Mobile 1, o primeiro elétrico a ser produzido na Rússia

Imagem
A Zetta, que apresentou oficialmente as primeiras imagens e informações sobre o Modulo 1, não deve produzir o carro. De acordo com informações obtidas pelo jornal Vedomosti , a marca não conseguiu o fundo estatal russo para o desenvolvimento e a startup não deve conseguir desenvolver o modelo. Ao todo, foram investidos 570 milhões de rublos para o desenvolvimento do carro, isso porque a Zetta não teria outra fonte de financiamento a tempo de lançar o carro. Deste total 139 milhões de rublos foram para a compra de equipamentos para o início da produção, mas ainda faltam outros 100 milhões para concluir o projeto. Com espaço para dois ocupantes, o Modulo 1 deve contar com tração dianteira e a velocidade deve ser sempre limitado a 120km/h. Ele seria equipado com uma bateria de 10kWh, que promete uma autonomia de 180km com uma carga. Ele ainda deve contar com uma versão mais completa, que usará uma bateria de 20kWh. A Zetta ainda estuda a possibilidade de desenvolver um modelo ainda mais p

Além da Lada, Zetta é a nova marca russa e confirma que desenvolve elétrico Modulo 1

Imagem
A Rússia não deve ficar conhecida apenas pelos carros da Lada. A partir de agora, surge a Zetta, a marca de carros elétricos da Rússia. Chamado de Modulo 1, o carro foi registrado no Ministério de Indústria e Comércio da Rússia, por meio da agência de notícias federal TASS. O pequeno hatch elétrico possui uma proposta urbana e será produzido pela empresa russa de engenharia e produção REMC. O preço estipulado para as versões mais simples é de 450.000 rublos. Com espaço para dois ocupantes, o Modulo 1 deve contar com tração dianteira e a velocidade deve ser sempre limitado a 120km/h. Ele será equipado com uma bateria de 10kWh, que promete uma autonomia de 180km com uma carga. Ele ainda deve contar com uma versão mais completa, que usará uma bateria de 20kWh. A Zetta ainda estuda a possibilidade de desenvolver um modelo ainda mais potente em termos de bateria, com uma capacidade de rodar até 700km com apenas uma carga. O carro ainda deve ser produzido usando cerca de 99% dos seus compone

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

GWM revela imagens e informações do nosso Haval H6, que estreia em breve no Brasil

Nova geração do Dacia Duster continua na Renault como 'linha Adventure' na Austrália

Nissan convoca recall da Frontier 2023, com defeito na fixação do freio traseiro

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Peugeot revela teaser de novidades elétricos em evento na Europa, o 'E-Lion Day'

Ford quer fazer com que seus carros elétricos sejam mais competitivos nos Estados Unidos

Mazda já desenvolve uma nova geração do MX-5, que estreia até o fim do ano que vem

Nem elétrico e muito menos um SUV: Bugatti confirma que não terá nenhum em dez anos