Postagens

Mostrando postagens com o rótulo General Motors

General Motors e Honda se unem em parceria para desenvolvimento de plataformas e motores

Imagem
A General Motors e a Honda formalizaram um acordo inédito e que surpreendeu a todos. As duas marcas assinaram uma parceria para o mercado norte-americana, mas que ainda não se sabe até quando ele pode valer para outros mercados. Essa parceria deve focar no compartilhamento de plataformas para carros elétricos, motorizações, eletrificados ou não. Isso deve dar origem a uma nova gama de veículos desenvolvidos sob marcas distintas. O planejamento deve começar imediatamente, com o trabalho de engenharia que deve começar apenas em 2021. A sinergia não teve detalhes divulgados, mas ambas as empresas não falam nada a respeito. O comunicado apenas fala em colaboração “com a intenção de compartilhar plataformas de veículos em comum, incluindo sistemas de propulsão eletrificados e de combustão interna, alinhados com as plataformas de veículos.” . Com isso, tudo indica que a Honda e a GM devem contar com carros que compartilhem a mesma plataforma e motorização. “Esta aliança ajudará as duas empre

Primeiro carro autônomo da GM será apresentado em 2019, com velocidade limitada de 50km/h

Imagem
A General Motors pode largar na frente com os carros autônomos em larga escala. Em recente entrevista, Mary Barra, CEO da GM, disse que o primeiro carro do grupo com a tecnologia deve ser apresentado já em 2019. A novidade deve ser apresentada como um programa de compartilhamento de veículos, usando a plataforma de carros autônomos da marca. A executiva fez afirmações durante uma conferência nos EUA e os primeiros autônomos da GM devem ser limitados a uma velocidade máxima de 50km/h e devem atuar numa área geográfica pequena, mas ainda sem revelar onde que a GM deve começar operando com os autônomos. Atualmente a marca já trabalha e testa os carros em São Francisco, na Califórnia. Os carros ainda devem contar com uma grande quantidade de sensores e radares para se locomover, além de câmeras de alta tecnologia chamada Lidar, que usa o infravermelho para determinar tamanho e forma de objetos. Na mesma conferência, a Ford confirmou que deve ser a primeira marca que deve testar os autô

Chevrolet desenvolve supercarregadores de baterias para carros elétricos até 2022

Imagem
A Chevrolet declarou guerra no mundo elétrico nessa semana. A marca confirmou que deve desenvolver um inédito sistema de carga super rápida para veículos elétricos. Considerado como um ataque contra a rival Tesla, o dispositivo promete proporcionar a autonomia de aproximadamente 290km em apenas 10 minutos de recarga. Na prática, o sistema chegaria a 30km a cada minuto de recarga, bem mais que a Tesla consegue fazer com seus carregadores, que oferecem 9,6km por minuto. A tecnologia já vem sendo estudada pela GM há três anos em parceria com a Delta Americas. Segundo o grupo norte-americano, a novidade deve ser introduzida em meados de 2023 e será usada por cerca de 20 modelos do grupo. Até lá, a Porsche deve oferecer um sistema parecido, oferecendo 20km para o Taycan por minuto com o carregador rápido. “Todo mundo gostaria de replicar o que podemos fazer quando estamos enchendo um tanque de gasolina. Isso vale especialmente para quem mora em grandes cidades" , disse o especialis

General Motors encontra problema com as baterias de baixa qualidade da Buick na China

Imagem
A General Motors vem enfrentando problemas com sua linha elétrica na China. A marca entrou com carros eletrificados no maior mercado elétrico do mundo. Com a meta de lançar 10 carros puramente elétricos até 2020, o grupo acabou apostando em baterias de baixa qualidade. A fornecedora da GM, a A123, não estava produzindo as baterias dentro das especificações corretas, assim como elas não estavam sendo utilizadas como previsto. O primeiro modelo a usar essas baterias foram os modelos Velite5 e Velite6, ambos híbridos plug-in. Com produção esperada para outubro, a General Motors acabou adiando a produção dos carros da Buick, mas não divulgou uma nova data para sua produção. Além dos automóveis da Buick, a General Motors usava as baterias em outros carros como o Cadillac CT6 e o Baojun E100. Segundo o jornal Wall Street Journal, os modelos da Cadillac e Baojun ainda não sofreram com as baterias. A marca norte-americana ainda não pode trocar de fornecedor, já que os elétricos devem ser a

GM registra patente do nome "Zora" globalmente para a Chevrolet Corvette de motor central

Imagem
Parece que já sabemos como será o nome do Corvette de motor central. Estudado desde o longínquo 2015, o Corvette de motor central deve ser chamado de Corvette Zora. Registrado nos EUA em 2014, o nome agora foi registrado globalmente, em diversos países da Europa, Japão, China, Austrália e Coreia do Sul. Previsto para ser apresentado em 2019, o Corvette de motor central deve ser o primeiro na história do esportivo norte-americano. O nome “Zora” vem de Zora Arkus-Duntov, uma das personalidades mais importantes da história do modelo, considerado hoje em dia o padrinho do Corvette pela influência que teve em sua trajetória este engenheiro de origem belga. Fabricado em Kentucky, o Corvette começou a ser produzido de segunda à sexta-feira na fábrica e começou a ser produzido em escala de pré-produção no último dia 10 de agosto. O complexo em Kentucky já produz o Corvette entre segunda-feira e quinta-feira, deixando a sexta-feira livre caso os engenheiros precisem fazer algo. Segundo o fó

Plataforma do Chevrolet Bolt dará origem a mais dois elétricos, SUVs, em 2020

Imagem
A Chevrolet já demonstrou interesse no desenvolvimento de carros elétricos ao apresentar o Bolt EV. Na apresentação do carro, em 2016, a Chevrolet já tinha confirmado o desenvolvimento de uma linha de elétricos para os próximos anos. Segundo o site GM Authority , mais dois modelos devem usar a mesma plataforma do Bolt. São dois SUVs, que são segredos mais bem guardados na GM. Ambos devem ser lançados em 2020. Conhecida por BEV2, a plataforma desenvolvida especialmente para carros elétricos, deve facilitar o desenvolvimento dos dois novos modelos. Como é modular, a nova plataforma não terá problemas em se adaptar nos carros. Nada se confirma, mas há boatos que um dos modelos terá espaço para sete ocupantes e pode ser uma adaptação do Bolt, com design mais parrudo e devidamente alongado. O outro, segundo se fala na China, pode ser da Buick e pode ser baseado no Enspire Concept. Vale lembrar que até 2023 a GM prometeu o lançamento de 23 automóveis elétricos e se mostra bastante entusi

General Motors confirma que deve fechar uma das quatro fábricas na Coreia do Sul em breve

Imagem
A General Motors parece que deve fechar algumas unidades fabris pelo mundo. A primeira delas será uma das quatro fábricas que possui na Coreia do Sul. Com isso o grupo terá uma redução de US$850 milhões nos seus custos, com parte de sua reestruturação do seu negócio na região. O futuro de suas operações na Coreia do Sul deve ser resolvida dentro de algumas semanas e que está conversando com governo e sindicatos trabalhistas sobre como cortar gastos e tornar o negócio rentável. O fechamento de uma das fábricas na região é o primeiro passo da General Motors e é mais uma manobra de rentabilidade, já que a GM saiu de mercados sem rentabilidade como Europa, Austrália, África do Sul e Rússia.

General Motors deve desenvolver motor de alta compressão para esportivos e superesportivos

Imagem
A Chevrolet registrou a patente bastante interessante nos registros nos Estados Unidos. O projeto da General Motors conta com motorização híbrida de alta performance para carros esportivos, o que significa que carros como Camaro e Corvette podem receber tal motor. Os modelos devem entrar na lista de veículos beneficiados pela tecnologia em desenvolvimento. Basicamente o registro fala de um motor a combustão interna de alta taxa de compressão, que trabalhará com dois turbos e um ou dois motores elétricos, que estão ausentes dos esboços técnicos desse projeto. No documento, a GM dá ao entender que estes terão dupla função como geradores e impuslcionadores. A GM estaria pensando em um propulsor de quatro cilindros ou algo semelhante, que funcionaria com um sistema de variação de abertura e fechamento de válvulas eletrônico, que permitiria não só simular um ciclo Atkinson ou o ciclo normal de quatro tempos, mas também elevar e reduzir a taxa de compressão entre 11:1 e 16:1. Porém além d

PSA quer metade do que pagou para a GM pela Opel/Vauxhall por índices de emissões maiores que o divulgado

Imagem
A PSA parece não estar muito satisfeita com os resultados de emissão da Opel e Vauxhall, que consequentemente aumentaram os índices da PSA. Por isso, a PSA estaria cobrando a metade do valor pago à GM de volta. O grupo francês pagou 1,3 bilhão de euros pelas duas marcas, mas 50% do investimento seria para manter os níveis de emissão estáveis. O alto índice de emissão é culpa da GM e o valor cobrado seria usado para cobrir os custos com a contenção dos níveis de CO2 emitidos pelos carros da marca, bem como a exposição às multas que podem ocorrer dentro da União Europeia. De acordo com a PSA, foi necessário a migração de tecnologias mais eficientes por conta da Opel e Vauxhall atendessem as exigências da Europa após 2021. O momento não teria sido planejado pela PSA no plano de compra das marcas anglo-teutônicas. O valor mais aproximado para essa compensação passa de meio bilhão de euros e o grupo francês acredita que foi enganada em relação às emissões produzidas pelas novas aquisiçõe

Chevrolet paralisa produção de Onix e Prisma na fábrica de Gravataí (RS) após greve de caminhoneiros

Imagem
A produção dos best-sellers Onix e Prisma foi interrompida na fábrica de Gravataí (RS) pela Chevrolet após a greve dos caminhoneiros forçar que a marca decidisse parar. A marca alega que não tem condições de transportar a produção e irá manter fabricação paralisada até que a situação seja normalizada. Protestando contra o aumento de impostos e do combustível, efeito da elevação dos impostos como PIS e Cofins pelo governo federal. Além da greve, realizam protestos em ao menos cinco rodoviais federais gaúchas. “Devido ao clima de insegurança causado pelas manifestações e paralisações promovidas pelos caminhoneiros, a General Motors Mercosul se vê obrigada a cancelar sua produção no Complexo Industrial de Gravataí a partir de amanhã, dia 08 de agosto. A produção será reestabelecida assim que existirem condições seguras de transporte de materiais do Porto do Rio Grande até a cidade de Gravataí” , afirma a marca em comunicado oficial. A volta da produção ainda não tem data definida.

General Motors anuncia investimento de US$1,4 bilhão na fábrica de Gravataí (RS) para plataforma GEM

Imagem
A Chevrolet confirmou o investimento de US$1,4 bilhão na fábrica de Gravataí (RS) para o desenvolvimento de novos produtos, segundo a empresa. Além disso, deve trazer conceitos inovadores de manufatura e qualidade 4.0, destacou a GM no dia da apresentação. O investimento serve para trazer a plataforma GEM (Global Emerging Market), que deve estar presente nas novas gerações de Onix, Prisma, Cobalt e Spin. Além deles, Montana e Tracker devem usar essa mesma plataforma. Segundo a GM, a fábrica de Gravataí deve se tornar uma importante plataforma de exportação global. O investimento deve fazer com que a Montana passe a integrar como terceiro membro da família Onix (a terceira família em três gerações), mas não se sabe se a GM pensa em uma picape para enfrentar Fiat Strada e Volkswagen Saveiro ou Fiat Toro e Renault Oroch. Segundo o site Autos Segredos, a GM decidiu que a produção do Tracker será em São Caetano do Sul (SP), a fim de ocupar mais a linha de produção paulista, hoje responsá

Com populares e compactos em queda, General Motors pode fazer "limpa" no lineup nos EUA

Imagem
Com a onda de preço baixo dos combustíveis nos Estados Unidos, a venda de modelos populares, compactos e médios naquele país vem caindo queda atrás de queda. Com isso, a General Motors estuda a permanência de seis modelos no mercado norte-americano. São eles: Chevrolet Sonic, Chevrolet Volt, Chevrolet Impala, Buick LaCrosse, Cadillac CT6 e Cadillac XTS. Segundo a agência Reuters, fontes ligadas à GM garantem que esses seis modelos estão "sob revisão" e correm o risco de sair de linha até 2020. No primeiro semestre deste ano, as vendas de automóveis da GM caíram 19%, sendo junho o pior mês, com recuo de 36% em relação ao mesmo período de 2016. Por outro lado, a demanda de SUVs, picapes e crossovers só aumenta. Na visão de alguns analistas, a empresa corre até mesmo o risco de fechar algumas fábricas caso a procura por carros de passeio continue caindo. A fábrica mais vulnerável nesse momento é a de Hamtramck, em Detroit, responsável pela produção de Buick LaCrosse, Chevrole

GM comemora a marca de 350.000 motores 1.0 e 1.4 de Onix e Prisma na fábrica de Joinville (SC)

Imagem
A General Motors está comemorando a marca de 350.000 unidades de motores produzidos na fábrica de Joinville (SC). A fábrica produz os motores 1.0 8v e 1.4 8v Flex para Onix e Prisma, produzidos em Gravataí (RS). A produção atingiu 354.129 unidades (até dezembro de 2016) e 136.276 no acumulado do ano passado. Considerada sustentável, a planta da GM em Joinville conta com 1.280 módulos fotovoltaicos que ocupam uma área de 2.115 metros quadrados, abastecendo toda a unidade industrial. Com 26 mil m³ de água reutilizada, a fábrica conta com jardins filtrantes que ocupam uma área de 650m² do total dos 3.500m² ocupados pelo sistema de tratamento de efluentes, cuja economia de energia é superior a 60% em relação a instalações comuns. Referência em sustentabilidade, a unidade foi a primeira fábrica do setor automotivo da América do Sul a conquistar, no início de 2014, a certificação internacional de construção sustentável Leadership in Energy and Environmental Design (Leed Gold). “Atualmente

Segundo GM, nova geração do Chevrolet Camaro ZL1 alcança a velocidade máxima em 325km/h

Imagem
A Chevrolet apresentou o novo Camaro ZL1 no ano passado nos EUA, mas só agora surgiu alguns detalhes do esportivo. Segundo a General Motors, o novo ZL1 tem a velocidade máxima de 325km/h e acelera de 0 a 100km/h em 3,5 segundos. A título de comparação, o Dodge Challenger Hellcat chega aos 328 km/h, enquanto o Corvette ZR1 (2009-2013) é capaz de ir até os 330 km/h. "Este teste encobre uma impressionante lista de estatísticas de desempenho para o Camaro ZL1, que foi projetado para se destacar em tudo", disse Al Oppenheiser, engenheiro chefe do modelo. Ele conta com motor 6.2 V8 Supercharged. Ele deve desenvolver 660cv de potência e torque de 89,8kgfm, um ganho de 10cv e 1,4kgfm em relação ao antigo ZL1. Estes dados revelam que o novo modelo da Chevrolet ficará atrás do Challenger Hellcat (o Dodge entrega 57 cv a mais). No entanto, o novo Camaro ZL1 será mais leve, com cerca de 1.750 kg, contra 2.015 kg do concorrente. Além disso, a novidade vai dispor de uma moderna transmis

Com venda da Opel/Vauxhall, GM e FCA podem enfim se unir em um grande grupo mundial

Imagem
A especulação faz surgir uma série de boatos. Mas se tem fumaça, tem fogo, não é mesmo? Desde que surgiu a negociação da PSA comprar as marcas Opel e Vauxhall da General Motors, cresceu a hipótese que até mesmo o presidente dos EUA, Donald Trump, queria. A unia de General Motors com a Fiat-Chrysler. Ao vender a Opel/Vauxhall, a GM deixará de atuar na Europa definitivamente. E, com a forte presença da FCA no velho continente, as chances dos grupos se unirem cresceu nos últimos dias. Análises de agências internacionais apontam que a venda favorece o grande sonho de fusão de Marchionne, mas há que aposte justamente no contrário. O jornal The New York Times, por exemplo, avalia que a empreitada representa uma verdadeira “pá de cal” sobre as tentativas de aproximação do italiano com os norte-americanos. Ainda segundo a publicação, a negociação faria com que a PSA se tornasse o terceiro maior grupo da Europa, atrás apenas da Volkswagen e Renault-Nissan. Juntos, os três responderiam por 54

General Motors pode vender Opel e Vauxhall para grupo PSA Peugeot-Citroën em breve

Imagem
Surpreendente. Parece que a General Motors deve abrir mão da Opel/Vauxhall e que deve vender as marcas para a PSA. A venda das macas não é de hoje que se cogita. A GM se queixa dos prejuízos da Opel assim como a irmão britânica Vauxhall. Mas as coisas parecem bem melhores agora com a nova geração do Astra fazendo sucesso e o Insignia causando uma boa impressão. Mas parece que as marcas devem mudar de dono. A notícia caiu como uma bomba hoje em todos os portais automotivos ao noticiar que o braço direito da GM tem grandes chances de ser comprada pela PSA Peugeot-Citroën. A fonte nada mais é que da Reuters e Deutsche Press, dois grandes portais automotivos com muito renome no cenário internacional. Além disso, um porta-voz da Peugeot confirmou que as negociações estão em fase avançada. Ainda aguardamos por mais informações sobre o negócio, mas ele certamente tem um parceiro oculto, a Dongfeng, que ajudou a salvar a PSA do buraco em que ela estava e a desenvolver sua nova plataforma co

General Motors e Honda investem US$85 milhões para desenvolvimento de sistema de células de combustível

Imagem
A GM e a Honda formaram parceria com um montante de US$85 milhões (cerca de R$270 milhões) para a produção de células de combustível que sempre usado nos futuros modelos de ambas as marcas. Trata-se de uma joint-venture, batizada de “Manufatura de Sistema de Células de Combustível, LLC” (Fuel Cell System Manufacturing, LLC), que irá operar dentro da fábrica de baterias da GM em Brownstown, Michigan, nos EUA. A produção de sistemas de células de combustível deve ter início em 2020 e irá gerar cerca de 100 novos empregos. A joint-venture da GM e da Honda será comandada por um conselho de administração composto por três executivos de cada marca, que incluirá um presidente rotativo de cada empresa. “Nos últimos três anos, engenheiros da Honda e da GM têm trabalhado como uma equipe onde cada empresa dividiu o know-how de sua especialização para criar a próxima geração de sistema de células de combustível compacto e de baixo custo” , disse Toshiaki Mikoshiba, chefe operacional da região n

General Motors deve ter 10 automóveis com câmbio automático de 9 velocidades até o final de 2017

Imagem
Parece que a Chevrolet quer expandir para o restante de seu lineup o câmbio automático de 9 velocidades recentemente apresentado para o Malibu 2017 nos EUA. Além do Malibu, outro modelo que deveria ganhar o novo câmbio automático seria o Cruze, mas parece que mais oito automóveis devem ganhar esse câmbio até o final de 2017. Desse total, quatro serão Chevrolet e os demais automóveis das outras marcas da GM. As identidades ainda são mantidas sob sigilo, mas é certo que serão modelos de tração dianteira e com alto volume de vendas. Dentro da Chevrolet, outro modelo que deve receber esse câmbio é o Equinox, recentemente apresentado em sua nova geração. Com isso, a GM deve reduzir seus custos e não precisará comprar mais câmbios de outras empresas. Um fator importante nessa afirmação é que a 9T50 não é um desenvolvimento único da GM, já que foi criada em parceria com a Ford, que ainda não anunciou os modelos de tração dianteira com essa nova caixa. No lineup da GM, provavelmente modelos

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado

Porsche apresenta novo teaser da Taycan Cross Turismo, que estreia em breve