Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Hatch Popular

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado

Imagem
Depois de causar uma revolução no segmento de hatchs subcompactos no mercado brasileiro, o Volkswagen Up! se despediu do Brasil depois de sete anos (duros) de mercado. O hatch chegou em fevereiro de 2014 prometendo muita segurança para um segmento que estava acostumado a ver carros zerarem testes do LatinNCAP. O Up! chegou com cinco estrelas e se tornou um dos carros mais bem construídos do segmento, apesar de um design que dividia opiniões. Sendo um dos primeiros carros do segmento com motor tricilíndrico, o Up! até teve um início de vendas interessante. Ele partia de R$26.900 e chegava aos R$39.390 na época, mas de 2015 em diante começou a cair em vendas. Em 2015 mesmo, recebeu a famosa versão TSI, que deu vários apelidos ao carro e que também fizeram um relativo sucesso de vendas. Em 2017 ele passou por sua única mudança visual, quando já tinha preços entre R$37.990 a R$57.100. Nessa faixa de preços, na época, faziam o Up! se tornar uma opção cara no segmento, visto que ele invadia

Reestilizado Renault Kwid deve ser lançado em dezembro deste ano, destaca colunista

Imagem
A Renault deve apresentar ainda neste ano de 2021 a reestilização do Kwid. O hatch subcompacto deve receber a sua primeira mudança em nosso mercado. Lançado em 2017, o hatch deve ser reestilizado em dezembro, de acordo com informação do jornalista e colunista do UOL Carros, Jorge Moraes. O modelo já deve ser lançado como linha 2023. O carro deve receber as melhorias que o carro indiano passou e vai contar com melhorias no acabamento. Entre as novidades, teremos nova grade dianteira em forma de “U”, idêntica ao do modelo atual, com cromados rodeando o logotipo da marca. Há luzes diurnas em LED bem finas e na parte superior dos faróis ainda conta com repetidores de seta. Mais abaixo estão os faróis principais, com três projetores quadrados e a traseira recebe lanternas com novo desenho interno, mas sem LEDs. O para-choque dianteiro também foi redesenhado (o modelo brasileiro pode ganhar um desenho inédito em relação ao indiano) e traz uma nova entrada de ar inferior. As laterais ganharam

Fiat convoca recall que envolve 148.928 unidades de Palio, Uno, Grand Siena, Fiorino e Doblò

Imagem
A Fiat está convocando um recall que afeta 148.928 unidades de modelos como Uno, Palio, Grand Siena, Fiorino e Doblò. O chamado envolve unidades produzidas entre 2013 a 2014, com um defeito no airbag duplo dianteiro. Segundo a Fiat, o chamado é para realizar a substituição do módulo do airbag do lado do motorista e passageiro. Em comunicado, a Fiat destaca que “foi detectada a possibilidade de degradação do deflagrador do airbag devido à eventual exposição do veículo a variações elevadas de temperatura e umidade absoluta durante longos períodos. Nas unidades afetadas, em caso de colisão que demande o acionamento do airbag, poderá ocorrer a ruptura de seu deflagrador devido a uma excessiva pressão interna, provocando a dispersão de fragmentos metálicos com potenciais danos físicos graves ou até mesmo fatais aos ocupantes do veículo” . O serviço possui tempo estimado de cerca de 2 horas. O serviço pode ser realizado na rede de concessionárias da Fiat desde o último dia 12 de abril de 202

Stellantis comemora a marca de 2.500.000 unidades produzidas do Fiat 500 na Polônia

Imagem
A Fiat comemorou a marca de 2.500.000 de unidades da geração anterior do 500 na unidade de Tychy, na Polônia, onde ainda segue em produção como opção mais acessível ao 500e. O resultado da produção do subcompacto é um recorde para a Europa. Em produção nesta geração desde 2007, o pequeno modelo italiano com produção polonesa tem a responsabilidade de produzir para toda a Europa e para outros mercados em outros continentes. No total, ele chega a mais de 100 países pela Polônia. A unidade 2.500.000º será enviada para um consumidor da França, na versão 1.0 Hybrid. Equipado com um sistema híbrido leve de 48V (MHEV), que usa o motor 1.0 6v Firefly com um pequeno propulsor elétrico. O motor de três cilindros aspirado é associado a um pequeno motor elétrico. Enquanto o 1.0 desenvolve 70cv e 9,38kgfm de torque, o motor elétrico com bateria de íon-lítio de 11Ah. Os modelos da Fiat ainda conseguem rodar apenas com motor elétrico, em velocidades abaixo de 30km/h e com o câmbio em neutro. De acord

SOL deve vir ao mercado brasileiro no 2º semestre com o subcompacto E10X, diz jornal

Imagem
Apresentado no ainda recente Salão do Automóvel de Guangzhou, na China, no final de 2020, a SOL deve chegar ao mercado brasileiro no segundo semestre com o E10X. Marca criada entre a JAC e a Volkswagen, a SOL (também conhecida como SiHao) deve apresentar o seu carro elétrico no mês de outubro em nosso mercado. Ainda não se tem certeza de que o hatch seja vendido, de fato, pela marca SOL, mas sim pela própria JAC. Mesmo assim, o primo do JAC iEV20 deve chegar e conviver com o seu irmão mais velho por algum tempo. É possível ainda que os dois se mantenham no mercado, sendo o modelo da JAC com um estilo mais aventureiro, enquanto o carro da SOL tem um design mais urbano. Como uma proposta mais simples ao iEV20, o E10X estreia com um novo design na dianteira e na traseira, em relação ao modelo da JAC. Na frente, o modelo possui faróis mais compactos, com uma grade dianteira em preto brilhante. O logotipo da Sol fica no capô. O para-choque possui linhas bem limpas, com destaque apenas para

Freze apresenta o Nikrob EV, subcompacto baseado no popular elétrico da Wuling

Imagem
A Freze apresentou o seu primeiro automóvel, o Nikrob EV. O pequeno modelo é nada mais nada menos que o Wuling Hongguang Mini EV, o elétrico mais vendido na China. Marca da Lituânia, a Freze tinha anunciado criar seu carro em fevereiro e ele é um rebadge do modelo que conhecemos. Visualmente, ele possui linhas bem simples, apenas para ser um carro elétrico acessível a uma maior quantidade de pessoas. O Nikrob se destaca pelos faróis dianteiros quadrados e compactos, que se conecta com a grade dianteira em acabamento preto brilhante e com o nome da marca. No logotipo da grade dianteira há uma abertura para recarregar a bateria do carro e o para-choque dianteiro possui acabamento em preto na parte inferior, com faróis de neblina. As portas são bem quadradas e a traseira conta com lanternas compacta e retangulares que se conectam com o friso em preto brilhante na traseira, que é bem compacta também. A traseira conta com para-choque bem simples. Para ser vendido na Europa, o subcompacto pr

Dacia confirma o desenvolvimento de um Spring Cargo, que será revelado em 2022

Imagem
A Dacia deve desenvolver novidades para o seu subcompacto elétrico baseado no nosso Renault Kwid EV, o Spring. O hatch deve ganhar uma versão bem característica no mercado europeu: a dos hatchs transformados em versão Furgão. O Spring Cargo Electric deve ser apresentado em 2022 e deve ser do segmento N1, destinado para consumidores que possuem um pequeno negócio e que precisam de um carro compacto para fazer entregas ou serviços para companhias. Isso deve fazer com que ele perca o banco traseiro em favor de mais espaço interno para o porta-malas. Com isso, ele deve ampliar a zona de carga para cerca de 1.100 litros de capacidade. Ele terá capacidade de levar cerca de 325kg, podendo levar objetos de até 1 metro de comprimento. Para separar a parte do compartimento com o habitáculo, o Spring deve ter uma tela que vai separar esses dois compartimentos. O hatch ainda terá instalados quatro suportes para poder segurar a carga no habitáculo. O carro deve ser apresentado em três versões: Busi

Flua! passa a ter Fiat Mobi em plano de assinatura, por iniciais R$1.099 mensais

Imagem
A Fiat começou a oferecer o Mobi no seu serviço de assinatura mensal de veículos, o Flua! Agora, a marca passa a oferecer o hatch subcompacto na sua versão mais cara, a Trekking. O Fiat Mobi passa a ser o carro mais acessível da plataforma, podendo ser alugado por R$1.099 ao mês. O valor mais baixo é para o plano de 36 meses, com franquia de 1.000km mensais. Além desse plano de três anos, ele pode ser alugado por 12 ou 24 meses, além de franquia de até 3.000km ao mês. O plano mais caro é de R$1.599 ao mês, rodando 3.000km ao mês por 12 meses. Dentro do Flua!, o Mobi deve ser vendido nas cores de carroceria Preto, Branco e Vermelho, além do Cinza Metálico. O usuário ainda pode escolher alguns opcionais ao carro, como o kit opcional Pack Multimídia, com central multimídia com tela de 7 polegadas com espelhamento com Android Auto e Apple CarPlay, 4 alto-falantes, volante multifuncional e entrada USB. De acordo com o tempo de contrato, o carro pode ter um aumento de preços mensal com os op

Volkswagen aumenta a quantidade de eletrificados previstos para o Brasil para 6 modelos

Imagem
No início de 2020, a Volkswagen confirmou que deveria trazer cinco modelos eletrificados ao Brasil até o final de 2023. Em uma nova entrevista para o Diário do Grande ABC, Pablo Di Si, Presidente e CEO da Volkswagen América Latina confirmou que devem lançar seis modelos eletrificados em nosso mercado. Entre modelos elétricos e híbridos, Di Si disse que deve dar uma maior ênfase em modelos híbridos por conta da melhor eficiência para o nosso mercado, que possui uma baixa infraestrutura para elétricos puros. O executivo ainda confirmou que deve continuar buscando desenvolver tecnologias híbridas com Etanol. “O Flex é uma invenção brasileira e que ficou no Brasil. Se encontrarmos uma solução, isso pode valer não só para o país, mas para o mundo, até porque há carros elétricos em todo o mundo. Acredito muito no etanol e em começar a colocar, num carro híbrido, as células de combustível a etanol. E aí podemos começar a falar em bateria, recarga e como produzir. Mas primeiro precisamos mudar

Volkswagen ID.1 deve ser adiado para meados de 2025, com produção na Espanha

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve apresentar o ID.1 em meados de 2025. O modelo deveria ser revelado na Europa em meados de 2023, mas deve atrasar seu desenvolvimento. O hatch, até o momento, foi confirmado que será produzido na Espanha, junto com as versões de Seat e Skoda. Ao que tudo indica, o hatch elétrico da Volkswagen deve ser o primeiro a ser apresentado, ganhando depois das versões substitutas de Seat Mii e Skoda Citigo. O substituto do Volkswagen e-Up! pode receber um investimento de 5 bilhões de euros entre 2020 a 2025, investimento que foi anunciado pela Seat. O montante deve ser colocado para Pesquisa & Desenvolvimento e permitir que o Centro Técnico da Seat. A Espanha, ao que tudo indica, deve se tornar um polo produtor de elétricos mais compactos – lembrando que a Volkswagen pode desenvolver ainda um ID.2. A unidade de Martorell foi recentemente modernizada, que tudo indica que a fábrica também pode se tornar, em breve, mais uma unidade fabril de elétricos – a primeira

Toyota deve desenvolver nova geração do seu subcompacto abaixo do Yaris, o Aygo

Imagem
A Toyota deve desenvolver uma nova geração do Aygo para o consumidor europeu. O hatch subcompacto já foi avistado rodando em testes e deve ser desenvolvido a partir da plataforma modular TNGA-B, servindo como porta de entrada da marca. Com isso, ele ganha melhorias em termos como dirigibilidade, conforto, segurança e design. Depois do fim da parceria com a PSA, que desenvolvia Citroën C1, Peugeot 108 e Toyota Aygo, a Toyota deve desenvolver a nova geração do Aygo sozinha. O subcompacto deve receber novos motores a combustão que vão manter o carro dentro dos padrões de preços da categoria. Há indícios de que o modelo também receba uma versão puramente elétrica, o que deve fazer com que a Toyota ofereça um concorrente para modelos como Fiat 500e e Volkswagen e-up!. Além do Aygo, a Toyota podem desenvolver um Aygo Cross que, junto com o novo Yaris, devem fazer com que a marca japonesa tenha um volume de vendas de 500 mil unidades anuais, criando uma economia em escala para os três modelos

Renault reajusta (de novo) os preços no Brasil, com um aumento de até R$1.600

Imagem
A Renault reajustou os preços de todos os seus modelos. Os preços foram reajustados de acordo com cada versão. O Kwid, por exemplo, passou de R$41.790 para R$42.090 na versão Life 1.0, chegando aos R$53.290 na versão Outsider. Em tese, o aumento do hatch foi de R$300 a R$1.000. O Sandero passou de R$60.690 para R$61.090 na versão de acesso, a Life 1.0, chegando aos R$89.690 na versão topo de linha, o StepWay Iconic CVT. Os aumentos do Sandero passaram de R$400 a R$1.600. O Logan também aumentou de preços. O sedã compacto passou de R$63.690 para R$64.490 na versão Life 1.0 e chega aos R$74.990 na versão topo de linha, a Zen 1.6. Os preços aumentaram entre R$600 a R$800. Já o Duster aumentou de R$84.490 para R$85.090 na versão de acesso e chega aos R$102.590 para R$102.890. Os reajustes foram de R$300 a R$600. O Captur aumentou seu preço de R$112.890 para R$113.990 na versão Bose, um aumento de R$900. Por fim, a Oroch foi a única que não aumentou seus preços, custando entre R$89.930 e R$

Freze é uma marca startup e revela teaser do Nikrob, o Wuling Hongguang Mini EV

Imagem
O Dacia Spring deve começar a fazer escola também na Europa. Depois do modelo começar a ser vendido por lá, uma nova marca deve começar a vender um carro bem conhecido dos chineses na Europa, com uma nova marca. Trata-se da estreante Freze, que deve apresentar em breve o Nikrob. A marca da Lituânia deve ser um dos carros elétricos mais em conta da Europa juntamente com o modelo da Dacia e nada mais é que o Wuling Hongguang Mini EV. Produzido pela GM na China, o Freze deve contar apenas com algumas mudanças como novos logotipos e o nome da tampa escrito por extenso na traseira. Além disso, o modelo europeu ainda conta com novos faróis e passa a ser equipado com novos itens de segurança, como ESP e airbags. "O mercado está cheio de carros com emissão zero dos segmentos B e C, mas não há muita opção de carros compactos urbanos reais", disse a Freze, em comunicado. Ele é equipado com um motor elétrico que desenvolve 18cv de potência com um conjunto de baterias de 9,2kWh ou de 13,

Fisker e Foxconn devem se unir para desenvolver um carro subcompacto elétrico

Imagem
A Fisker e a Foxconn devem fechar uma parceria para o desenvolvimento de um novo projeto. Internamente, o conceito é conhecido como “Project PEAR” e deve ser produzido pela Foxconn, empresa que é encarregada de fabricar os componentes da Apple, como iPhone e iPad. Recentemente, a Foxconn confirmou se interesse no desenvolvimento de automóveis, o que parece estar mais próximo da realidade com a parceria com a Fisker. A marca conta com uma parceria já formada com marcas como a Geely e agora deve expandir a parceria para com a Fisker. “A criação do Project PEAR com a Foxconn reúne duas empresas complementares e de ideias semelhantes, cada uma centrada na criação de novos valores em uma indústria tradicional. Criaremos um veículo que ultrapassará as fronteiras sociais, oferecendo ao mesmo tempo uma combinação de tecnologia avançada, design atraente, inovação e boa relação qualidade-preço, cumprindo ao mesmo tempo nosso compromisso de criar os veículos mais sustentáveis do mundo” , destacou

Cupra deve desenvolver um compacto elétrico que deve ser apresentado em 2025

Imagem
A Cupra confirmou que deve desenvolver um novo modelo além do Born, que é um hatch médio. De acordo com informações, a marca espanhola deve desenvolver um modelo compacto que deve ser apresentado em 2025 e deve custar cerca de 20 mil euros. O modelo da Cupra fez com que as intenções da marca sejam mais expansionistas, com novos modelos. Segundo o CEO da Cupra, Wayne Griffiths, o modelo deve ser lançado como uma opção mais esportiva que o Volkswagen ID.1 ou ID.2, e deve ser mais um carro elétrico que deve ser apresentado pela marca. Segundo Griffiths, “a CUPRA ajudará a colocar os carros elétricos à disposição das massas, com um pequeno carro elétrico urbano. Este é um projeto em que estamos trabalhando com o Grupo Volkswagen. O mercado na Europa é enorme e passará pela transição aos carros elétricos, que é o segmento mais difícil de se obter sucesso. Fazer isso com carros como o Porsche Taycan, na linha mais alta do mercado, é um pouco mais fácil, mas para ter êxito com os carros peque

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

Imagem
A Volkswagen trouxe a linha 2021 ao Brasil em dezembro de 2020, sendo um modelo que passou a levar quatro ocupantes. Isso porque o up! não deve ficar muito tempo no mercado brasileiro. O jornalista Jorge Moraes disse que a Volkswagen deve produzir o hatch até meados de abril e maio, na unidade de Taubaté (SP). A partir daí o carro deve sobreviver com estoques que restarem da produção. O hatch subcompacto chegou ao mercado na linha 2021 apenas na versão Xtreme 170TSI, equipado com motor 1.0 12v TSI Flex capaz de desenvolver 105/101cv de potência com torque de 16,8kgfm e câmbio manual de 5 marchas. Com esse motor ele acelera de 0 a 100km/h em 9,3 segundos e chega a velocidade máxima de 183km/h. O hatch conseguiu vir equipado com ISOFIX presente desde seu lançamento, o hatch não precisava adicionar o acessório. A alteração não deve mudar em nada no carro, mas ele deve perder o cinto de segurança do banco do meio. No lugar onde ia o passageiro do meio, a Volkswagen colocou um aviso. Lançad

Renault reajusta os preços de Kwid, Sandero, Logan, Duster e Oroch no Brasil em até R$2.700

Imagem
A Renault reajustou os preços de quase toda a sua gama no mercado brasileiro neste final de fevereiro. Os modelos Kwid, Sandero, Logan, Duster e Oroch ficaram mais caros com a chegada da linha 2022. O Sandero mais em conta do país é a versão Life com motor 1.0 12v Flex, que passa a ser vendido por R$60.690, um aumento de R$2.500 sobre os R$58.190 cobrados até então. Além dele, as versões Zen (+ R$2.500), GT Line (+ R$2.700) e RS (+ R$3.900). Já o StepWay, vendido em duas versões, passa a ser vendido com aumento de R$1.900 nas versões Zen e Iconic. O Logan passa a ser vendido por R$63.690 inicias, um aumento de R$2.500 na Life 1.0 e R$2.400 na Zen 1.0. A Zen 1.6 passa a ser vendida por R$74.390, aumento de R$2.500. O Kwid, carro mais em conta da marca, passa a ser vendido por R$41.790 (R$2.400 extras) e chega aos R$52.190 na versão Outsider, um aumento de R$1.800. A Oroch começa em R$89.930 e vai até os R$91.830 nas versões Dynamique, 1.6 e 2.0. Já o Duster começa em R$84.490, aumento d

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado