Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Mini

MINI interrompe produção de carros com câmbio manual, por conta da falta de peças

Imagem
A MINI confirmou que interrompeu a produção de todos os modelos da marca equipados com câmbio manual. Por conta da falta de componentes para a produção, a fabricação de carros com câmbio manual será paralisada por tempo limitado, até tudo normalizar. A MINI confirmou que isso será temporário e "será reintegrado no futuro quando as circunstâncias permitirem. As circunstâncias atuais, incluindo a guerra na Ucrânia e a escassez de semicondutores, estão causando restrições na cadeia de suprimentos em toda a indústria automotiva global. Para garantir a máxima produção para atender à crescente demanda dos clientes, nossa oferta de produtos precisa ser simplificada. Esta solução é a maneira mais eficaz de garantir a estabilidade da produção para que possamos continuar a fornecer a todos os nossos clientes novos Minis.” , disse a marca em comunicado. É possível que a transmissão manual possa voltar a equipar os modelos mais esportivos da linha no futuro, especialmente na nova geração da l

MINI comemora que cerca de 60% das vendas no Brasil serão de eletrificados em 2022

Imagem
A MINI Brasil está comemorando o fato de que cerca de 46% das vendas da marca são do Cooper SE, a versão elétrica do carro. Quando comparado apenas com a linha Cooper, o SE representa 62% das vendas. Se manter esse ritmo de vendas, a MINI deve fechar o ano de 2022 com cerca de 60% das vendas de eletrificados, junto com o Countryman PHEV. “Os clientes da MINI são conhecidos pelo desejo de estar sempre à frente. A prova disso é o excelente desempenho de vendas do nosso modelo 100% elétrico, o MINI Cooper S E. Foram eles que antecederam a eletrificação da marca do país e nos colocaram entre os principais mercados do mundo. Agradeço aos nossos clientes, colaboradores e concessionários pelos resultados” , afirma Rodrigo Novello, Diretor de Vendas e Marketing da MINI Brasil. Atualmente, o Cooper SE é vendido nas versões Exclusive, Top e Top Collection, que custam, respectivamente, R$ 248.590, R$ 278.590 e R$ 283.390. O inédito motor elétrico do Cooper SE entrega 184cv e 27,5kgfm de torque, q

Novo MINI Countryman compartilhará a mesma base FAAR e mecânica do novo BMW X1

Imagem
A MINI segue testando o novo Countryman e o modelo deve beber na mesma fonte de design do Cooper de nova geração. Previsto para ser apresentado ainda neste ano, a nova geração do SUV compacto deve crescer consideravelmente nesta terceira geração, entregando maior espaço interno para os passageiros. O SUV compacto ainda deve trazer a base FAAR, a mesma que será usada pela nova geração do BMW X1 e atualmente usada no BMW Série 2 Active Tourer. A produção do novo Countryman será na unidade de Leipzig, na Alemanha. De acordo com informações do site Autocar, a terceira geração do Countryman pode crescer cerca de 20 centímetros no comprimento, o que faria o modelo chegar aos 4,50 metros, visto que o atual possui 4,297 metros. A nova geração deve contar com mais versões com motores eletrificados, podendo até mesmo receber uma opção elétrica. A nova geração do SUV será vendida anda com rodas de alumínio, a fim de diminuir seu peso, além de usar materiais reciclados nas rodas e também em seu in

BMW confirma que já ultrapassou os 10.000 carregadores para eletrificados no país

Imagem
A BMW confirmou que já ultrapassou a marca de 10.000 carregadores instalados no Brasil. Até o final desta década, a BMW espera que cerca de 50% das vendas de modelos premium seja de carros eletrificados, especialmente modelos elétricos. “Sabemos que o cliente premium prefere fazer o carregamento em residência ou nas empresas e por isso vamos seguir entregando carregadores com todos os nossos modelos elétricos BMW e MINI vendidos no Brasil. Além de apoiar a venda de produtos, seguimos a oferecer carregadores corporativos e residenciais no Brasil, assim como seguiremos a ampliar a oferta de rede pública compartilhada no país” , afirma Márcio Filho, Diretor de Suporte ao Cliente BMW e MINI do Brasil. Com base na coleta de informações de telemetria local dos veículos, o BMW Group Brasil confirma que, no segmento de elétricos premium, a preferência está em recarregar nas residências ou empresas. Sendo assim todos os carros elétricos vendidos pelo grupo são entregues com dois carregadores: u

MINI Cooper de cinco portas será substituído por crossover EV e menor que o Countryman

Imagem
A MINI já desenvolve a nova geração do Cooper, que deve aparecer como um modelo elétrico e que também terá opção de motor híbrido, mas, ao que tudo indica, o Cooper volte a ser vendido apenas com carroceria de duas portas. Apesar do Cooper de quatro portas ter feito sucesso, a MINI pode substituído por um novo carro, um crossover menor que o Countryman. Com o crescimento em termos de dimensões do Countryman, a MINI acredita que pode ter um SUV compacto, a fim de concorrer também o Smart #1. Com cerca de 4,25 metros de comprimento, o modelo deve cumprir algo que o Paceman tentou fazer na primeira geração do Countryman, sendo uma espécie de Countryman de duas portas. A ideia da MINI, é fazer com que esse novo modelo possa ser elétrico, concorrendo com DS 3 Crossback, Smart #1, Jeep ‘Junior’, Alfa Romeo Brennero e outros modelos mais compactos. Rumores ainda circulam dizendo que o novo modelo ainda substituiria a Clubman, que pode não ter espaço no lineup em uma nova geração. O modelo em

BMW investe em fibras naturais para fabricar componentes e rodas terão alumínio reciclado

Imagem
A BMW Group confirmou o desenvolvimento de materiais recicláveis para a composição dos seus carros. O grupo alemão confirmou que vai focar na produção sustentável com componentes feitos de materiais naturais. A BMW i Ventures, empresa de capital de risco do grupo, adquiriu a Bcomp, fabricante Suíça líder de peças de alto desempenho feitos de fibras naturais. As peças reforçadas e naturais da Bcomp foram usadas pela primeira vez pela equipe BMW M Motorsport na Fórmula E em 2019. Em seguida foi a vez dos carros de turismo da DTM substituírem componentes de fibra de carbono reforçados com resina plástica (CFRP) pelas peças de fibras naturais. Inspirada nas nervuras das folhas, as peças desenvolvidas pela Bcomp maximizam a rigidez com peso mínimo. Isso permite uma diminuição na quantidade de material base utilizado, reduzindo assim o peso, custos e consumo na produção. Além da peça, camada adicional de reforço, feita de fibras de linho, dão um acabamento refinado à peça. A combinação dos d

BMW é contra o fim dos motores a combustão do jeito que está sendo proposto, diz CEO

Imagem
A BMW voltou a comentar sobre o desenvolvimento de modelos elétricos e falou que os carros a combustão não podem ser facilmente descartados como está se dando a entender. De acordo com o CEO da BMW Group, Oliver Zipse, os motores a combustão interna não deveriam ser extintos. Isso porque a BMW vê que não será em todos os mercados em que ela poderá ter uma eletrificação quase que total, além da Europa. Isso porque outras regiões do globo ainda estão mais flexíveis. "Quando você olha para a tecnologia que está sendo lançada, o impulso do EV, devemos ter cuidado porque, ao mesmo tempo, você aumenta a dependência de muitos poucos países. Se alguém não pode comprar um EV por algum motivo, mas precisa de um carro, você prefere propor ele continua dirigindo seu carro velho para sempre? Se você não está mais vendendo motores de combustão, alguém o fará." , disse Zipse em entrevista para a Agência Reuters durante o Salão de Nova Iorque. A saída seria oferecer modelos híbridos nestes

BMW registra recorde de vendas de elétricos no primeiro trimestre de 2022, globalmente

Imagem
A BMW Group confirmou que quebrou um novo recorde de vendas de modelos eletrificados, globalmente falando. Foram 596.907 unidades de modelos vendidos no primeiro trimestre de 2022, sendo 519.796 unidades da BMW e 75.487 unidades da MINI, sendo que, destes, as vendas de BMW e MINI, com elétricos, foi de 35.289 unidades, um salto de 149,2% em relação ao primeiro trimestre de 2021. Foram 26.364 unidades da BMW e 8.925 unidades da MINI. A meta do grupo alemão é vender cerca de 200.000 unidades de elétricos ainda em 2022, sendo que em todo o ano passado foram 103.855 unidades. Em um total de modelos eletrificados, a BMW Group emplacou 328.316 unidades em 2021, sendo 224.461 unidades só de híbridos. Se seguir nesse ritmo, a BMW vai conseguir vender, no mínimo, cerca de 140.000 a 150.000 unidades de elétricos em 2022, se a crise dos semicondutores não atrapalharem o crescimento da marca com este tipo de modelo. “Nosso foco claro é aumentar a eletromobilidade. No primeiro trimestre, aumentamos

Novo MINI Countryman é visto em testes e revela um pouco mais da sua terceira geração

Imagem
A terceira geração do MINI Countryman segue em desenvolvimento e o SUV compacto da marca inglesa foi visto rodando em testes no circuito de Nürburgring, na Alemanha. O modelo flagrado desta vez já mostra uma quantidade menor de camuflagem, além de mostrar um pouco das pinças de freio maiores nesta versão, indicando que o novo Countryman deve mesmo manter uma versão esportiva, com a JCW. A nova geração deve contar com mais versões com motores eletrificados, podendo até mesmo receber uma opção elétrica. A nova geração do SUV será vendida anda com rodas de alumínio, a fim de diminuir seu peso, além de usar materiais reciclados nas rodas e também em seu interior. Em sua terceira geração, a maior mudança deve ficar mesmo no interior, que vai ganhar novos controles abaixo da tela da central, em formato de uma etiqueta e botões giratórios que parece de volume e outro que pode ser o atalho para os modos de condução do Countryman. Esses sistemas estarão ao lado do botão de partida/parada do mot

MINI Cooper atual pode receber nova reestilização e conviver com a nova geração

Imagem
Enquanto desenvolve uma nova geração do Cooper, a MINI parece que deve fazer com que o modelo atual siga em linha por mais algum tempo. O modelo atual deve seguir como o carro de entrada da marca e foi flagrado rodando em testes na Europa. O carro deve receber uma mudança visual leve e foi visto em testes na Alemanha. Ele continua sendo produzido na unidade de Oxford, na Inglaterra, enquanto a nova geração com motor híbrido e a combustão também deve continuar em produção no Reino Unido. Já a nova geração do Cooper apenas com motor elétrico será feito em joint-venture com a Great Wall, na China.  Entre as mudanças, ele pode receber um novo para-choque dianteiro e traseiro, além de algumas mudanças que seriam reservadas para o interior do carro, principalmente em telas.  Ele vai manter os motores 1.5 12v TwinPower Turbo desenvolve 136cv de potência e 22,4kgfm. Há ainda o 2.0 Turbo mantém os 192cv e 28,5kgfm, acoplado ao novo câmbio automático de dupla embreagem de 7 velocidades. O mesmo

BMW e MINI: BMW Group comemora marca de 70 mil carros conectados no Brasil desde 2016

Imagem
A BMW comemorou a marca de 70.000 unidades de automóveis conectados em nosso mercado. Por aqui, a marca vende os modelos conectados desde dezembro de 2016 e desde então o lineup de modelos vem crescendo. O consumo de dados por veículo BMW exemplifica essa crescente demanda por interação. A quantidade de dados gerado por veículo registrado em fevereiro de 2020 (40MB), por exemplo, cresceu mais de 100% em comparação a fevereiro (84MB) de 2022. O Remote Software Upgrade (RSU), sistema de atualização remota da BMW, utiliza a internet embarcada nos modelos da marca para fazer o download, em processo similar ao que ocorre com smartphones. As atualizações podem melhorar as funções existentes e até mesmo adicionar outras completamente novas. Elas podem ser enviadas para qualquer lugar onde haja conectividade de dados de telefonia, numa operação “over-the-air”. Além da comodidade, entre os principais benefícios proporcionados pela atualização remota estão a agilidade na comunicação de campanhas

MINI também diminui os preços de Cooper e Countryman entre R$ 1.400 a R$ 2.700

Imagem
Assim como aconteceu com a BMW, a MINI também diminuiu seus preços por conta do IPI 25% menor em nosso mercado. Os modelos da marca premium inglesa ganham preços que vão de R$ 1.400 a R$ 2.700 mais em conta pelo imposto menor. Começando pelo Cooper, o hatch compacto ficou entre R$ 1.400 a R$ 2.200 mais barato, começando em R$ 228.290 e chegando aos R$ 287.790. Dentro desses preços, a MINI oferece uma gama de versões de oito. Com motor elétrico, o hatch inglês começa em R$ 248.590 e vai até R$ 283.390. Com o esportivo JCW, o Cooper é vendido por R$ 287.790, que ficou R$ 2.200 mais barato, sendo a versão que mais barateou com o imposto menor. No caso do Countryman, o SUV compacto viu seus preços caírem entre R$ 2.000 a R$ 2.700. Com isso, ele começa em R$ 272.990 e vai até os R$ 347.290. A MINI não revelou informações do preço da Clubman, que não aparece na lista e mais no site da marca, indicando que o estoque do modelo atual pode ter acabado. Confira abaixo a tabela de preços da marca

MINI revela mais imagens teaser do novo Cooper em versão elétrica SE, na Suécia

Imagem
A MINI apresentou as primeiras imagens teaser da nova geração do Cooper SE rodando em testes na Europa. O modelo foi revelado em primeiras imagens oficiais, com um adesivo nas laterais que identifica que estamos diante da motorização elétrica do hatch, com o ‘Electric Test Vehicle’, ou ‘Veículo Elétrico de Teste’. O modelo foi flagrado na carroceria de três portas e testa o Cooper SE na pista de testes de Arjeplog, na Suécia, sob pesadas condições extremas do clima. Em testes no gelo, a BMW Group confirma que vai avaliar o trem de força elétrico pode realmente ser testado, além de refinar a direção e a sensação do chassi. A versão elétrica já foi confirmada que vai ser produzida pela joint-venture Spotlight Automotive, na China, enquanto as versões a combustão serão produzidas sobre a plataforma modular FAAR. “A MINI está em um caminho de crescimento e rumo a um futuro totalmente elétrico. Nosso icônico MINI 3 portas maximiza a experiência de nossos clientes por meio de sua sensação de

Novo MINI Countryman tem flagra do seu novo interior e mostra que revolução é interna

Imagem
Previsto para ser apresentado ainda em 2023, a terceira geração do MINI Countryman está praticamente pronta para ser lançada. O modelo foi flagrado rodando em testes na Europa, ainda sob pesada camuflagem. No entanto, o mesmo não pode ser dito do seu interior. Em sua terceira geração, a maior mudança deve ficar mesmo no interior, que vai ganhar novos controles abaixo da tela da central, em formato de uma etiqueta e botões giratórios que parece de volume e outro que pode ser o atalho para os modos de condução do Countryman. Esses sistemas estarão ao lado do botão de partida/parada do motor. A central multimídia vai abrigar a maioria das funções do carro, tendo ainda um quadro de instrumentos com uma tela digital atrás do volante, em menor proporção. A central multimídia terá uma tela circular e que vai chamar bastante a atenção no interior. O volante também é novo, mas ainda mantém as linhas parecidas com o do modelo atual. Desenvolvido sobre a nova plataforma FAAR, ele terá motores a c

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro