Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Mini

MINI Cooper ganha a versão John Cooper Works reestilizada, que mantém motor de 231cv

Imagem
A MINI apresentou oficialmente as primeiras imagens do Cooper JCW reestilizado na Europa. O hatch inglês recebe a versão John Cooper Works, que em breve deve chegar também ao nosso mercado. No design, o novo Cooper JCW segue basicamente as mesmas mudanças do design das versões civis do Cooper, com a nova grade dianteira, com um quadro mais amplo (que dá a sensação de um bocão na frente), mas com uma entrada de ar menor, com duas aberturas maiores nas extremidades da grade. Há ainda entradas de ar verticais nas extremidades do para-choque dianteiro. Abaixo da placa deve ter uma pequena entrada de ar horizontal, que se une com a grade dianteira. Nas laterais, a única novidade fica por conta das novas rodas de liga leve para as versões do Cooper. Já na traseira, o hatch inglês passa a contar com um novo para-choque traseiro foi a única mudança dessa atualização, com uma falsa saída de ar com acabamento em preto, assim como uma nova posição central para o escapamento. No interior, as novid

MINI confirma que deve ser 100% elétrica em 2030 e último carro a combustão estreia em 2025

Imagem
A MINI confirmou detalhes do seu futuro, que deve mudar a matriz energética de todos os carros da marca nos próximos anos. Essas mudanças devem fazer com que a MINI passe a se tornar uma marca puramente elétrica a partir de 2030, ano que a marca definiu como o último ano em que a MINI deve vender seu último carro movido puramente a combustão. A confirmação foi revelada por Oliver Zipse, Presidente do Conselho de Administração da BMW AG, de que o grupo deve iniciar seu processo de eletrificação que será de forma gradual até o final desta década. A MINI ainda destacou que o último carro puramente a combustão deve ser apresentado em 2025. Como a MINI possui modelos mais ligados ao urbano, a MINI espera que cerca de 50% das suas vendas já sejam de modelos elétricos em 2027. Na próxima geração, o Countryman deve receber uma versão SE, puramente elétrica. O carro deve ser produzido na Alemanha e na China, podendo ser revelado em meados de 2023. O novo Countryman ainda deve estrear uma nova p

MINI apresenta oficialmente o reestilizado Cooper, que ganha inédita opção elétrica

Imagem
A MINI apresentou oficialmente a reestilização do Cooper no mercado brasileiro. O hatch chega com a linha quase completa, faltando apenas a versão John Cooper Works (JCW). O hatch ainda estreia a inédita versão elétrica, que chega ao nosso mercado em duas versões e uma série especial de lançamento, a Top Collection. O modelo deve ganhar as mudanças nas versões Cooper 3p, Cooper 5p, Cooper SE e Cooper Cabrio. Entre as mudanças, o modelo deve contar com pequenas alterações no design dianteiro e traseiro. Na Europa, o Cooper deve receber essas novidades a partir do mês de março. Por lá, ele estreia a nova identidade visual da marca, que traz uma nova grade dianteira, com um quadro mais amplo (que dá a sensação de um bocão na frente), mas com uma entrada de ar menor. Há ainda entradas de ar nas extremidades do para-choque dianteiro (que substituem os faróis de neblina, que deixam de existir), além de uma nova entrada de ar inferior. Ao centro do quadro há uma peça com a cor da carroceria,

BMW Group deve ter uma nova plataforma elétrica em 2025, para substituir UKL e CLAR

Imagem
A BMW confirmou o desenvolvimento de uma nova plataforma, que deve ser apresentada em meados de 2025. Essa nova plataforma deve ser criada especialmente para carros elétricos e deve ser uma das poucas montadoras que devem criar uma base para seus carros elétricos, pelo menos até o momento. De acordo com informações do site Automotive News, a plataforma deve ser batizada de New Class Platform (NCP) e pode até mesmo ser projetada para receber motores a gasolina ou diesel, além de modelos híbridos e a células de hidrogênio, ou seja, a plataforma deve ser muito modular. Com capacidade de receber carros de tração dianteira, traseira ou integral, ela deve substituir as plataformas atuais, em uso pela BMW, reduzindo os gastos em desenvolvido e de escala. A plataforma deve contar com uma arquitetura elétrica de alta tensão que deve ter um design de célula de bateria aprimorado e balanço curto e ampla relação entre os eixos. "Com o tempo, a 'New Class' substituirá as duas arquitetu

MINI inicia produção do Cooper SE destinado para o Brasil, na unidade de Oxford, Inglaterra

Imagem
A MINI revelou as primeiras imagens das primeiras unidades do novo Cooper reestilizado que será exportado ao Brasil. O hatch inglês, produzido em Oxford, na Inglaterra, começou a ser produzido para abastecer o nosso mercado, com lançamento que deve ocorrer em breve. O modelo começou a ser produzido primeiro na versão elétrica SE, que deve ser o primeiro MINI elétrico a rodar no Brasil. O hatch elétrico já pode ser vendido em regime de pré-venda nas 22 concessionárias da MINI espalhadas pelo país. O Cooper SE é vendido nas versões SE e SE Top, de R$239.990 e R$264.990, respectivamente. O hatch usa o motor elétrico que entrega 184cv e 27,5kgfm de torque, que acelera de 0 a 60km/h em 3,9 segundos e 7,3 segundos até os 100km/h e consegue correr de igual para igual com esportivos a combustão nos primeiros 60 metros. A velocidade máxima é limitada de 150km/h, para preservar as baterias de íon-lítio de 32,6kWh, que confere uma autonomia que varia de 235km a 270km. A nova identidade visual da

Novo MINI Cooper SE é colocado em pré-venda no mercado brasileiro por R$239.990

Imagem
A MINI confirmou o início da pré-venda do Cooper SE no mercado brasileiro. O modelo elétrico deve começar a ser vendido ainda neste primeiro semestre, junto das demais versões do Cooper, que devem passar por mais uma atualização visual. O Cooper elétrico já está disponível nas concessionárias, em regime de pré-venda, por R$239.990. "A chegada do MINI elétrico ao mercado brasileiro marca um importante avanço da categoria de carros eletrificados do país e, especialmente, para a nossa marca. Seu design urbano e versátil são a perfeita combinação com o dia a dia nas grandes cidades" , destaca Rodrigo Novello, Diretor de Vendas e Marketing da MINI no Brasil. O Cooper SE traz o motor elétrico no lugar de onde tradicionalmente fica o motor a combustão. Este desenvolve 184cv de potência e movem as rodas dianteiras, que promete manter a mesma dinâmica do hatch graças ao "inovador sistema dinâmico de condução com um diferencial blocante próximo do atuador". O motor entrega 18

MINI deixará de oferecer bancos com couro e pode apostar em reciclagem ou couro vegano

Imagem
A MINI confirmou que deve apostar em um novo material nos bancos do novo Cooper, recém apresentado com uma reestilização. Embora sem ter revelados detalhes muito profundos, a marca inglesa confirmou que não deve mais usar o acabamento em couro nos seus carros. "Nós não precisaremos mais de couro no futuro, porque não acreditamos que é sustentável. Estamos totalmente convencidos de que teremos produtos modernos e de alto valor sem usar couro." , destacou Oliver Heilmer, Chefe de Design da Mini, em entrevista ao site inglês Autocar . A marca estaria de olho em apostar no acabamento em “couro vegano”, assim como marcas como a Tesla tem optado. Apesar de não ter comentado qual seria o material desses novos bancos, a MINI também pode usar materiais reciclados, algo que a Volvo também tem feito em seus carros ultimamente na Europa. De acordo com Heilmer, que divulgou um pouco sobre a nova geração do Cooper, disse que o hatch deve ser um pouco menor e mais divertido de guiar. "

Carros importados começam 2021 com queda de 16,5% nas vendas, segundo Abeifa

Imagem
Depois de um 2020 com vendas que foram bem fracas, a Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores, a Abeifa, começou 2021 com vendas que caíram 16,49% em relação ao mesmo período de 2020, em janeiro. Em comparação com dezembro de 2020, as vendas tiveram uma queda de 17%. Foram 2.010 unidades importadas emplacadas em janeiro de 2021, contra as 2.407 unidades de janeiro de 2020 e 2.422 unidades de dezembro de 2020. Segundo o Presidente da Abeifa, João Henrique Oliveira, “o ano de 2020 foi extremamente difícil para o nosso setor, por conta da pandemia e da desvalorização do câmbio. Agora o ano começa, para a importação, ainda muito lento, registrando reduções expressivas de vendas sobre bases fracas do ano passado” . De acordo com a entidade, diante de altas constantes do Dólar e do Euro, é necessário reduzir a alíquota de importação de carros no nosso mercado, em atuais 35% para cerca de 20%, um percentual que deve equivaler a Tarifa Externa Comum

MINI Cooper SE chega ao mercado brasileiro ainda no primeiro semestre, já reestilizado

Imagem
A MINI confirmou que o recém reestilizado Cooper, apresentado na Europa, deve ser apresentado no mercado brasileiro ainda neste ano. O modelo deve ser lançado até o final de junho, nesse primeiro semestre do ano. O carro deve chegar nas mesmas versões que conhecemos, junto da opção elétrica SE, que já chega renovada. "O aumento de veículos eletrificados é uma tendência global, e agora com o estilo e exclusividade MINI no Brasil. Seremos o único modelo elétrico compacto do mercado premium nacional. MINI é uma marca para os clientes que buscam mais personalidade e estilo sem abrir mão do design, tecnologia e esportividade e este modelo reforça nosso avanço na eletrificação da marca" , destaca Rodrigo Novello, Diretor de Vendas e Marketing da MINI no Brasil. O Cooper 2022 traz uma nova grade dianteira, com um quadro mais amplo (que dá a sensação de um bocão na frente), mas com uma entrada de ar menor. Há ainda entradas de ar nas extremidades do para-choque dianteiro (que substit

MINI apresenta o reestilizado Cooper na Europa, antes de ganhar nova geração

Imagem
Depois de adiar o lançamento de uma nova geração para o Cooper, a MINI resolveu aplicar mais uma mudanças visual para o hatch. O modelo deve ganhar as mudanças nas versões Cooper 3p, Cooper 5p, Cooper SE e Cooper Cabrio. Entre as mudanças, o modelo deve contar com pequenas alterações no design dianteiro e traseiro. Na Europa, o Cooper deve receber essas novidades a partir do mês de março. Por lá, ele estreia a nova identidade visual da marca, que traz uma nova grade dianteira, com um quadro mais amplo (que dá a sensação de um bocão na frente), mas com uma entrada de ar menor. Há ainda entradas de ar nas extremidades do para-choque dianteiro (que substituem os faróis de neblina, que deixam de existir), além de uma nova entrada de ar inferior. Ao centro do quadro há uma peça com a cor da carroceria, onde deve ficar a placa do hatch. Abaixo da placa deve ter uma pequena entrada de ar horizontal. Nas laterais, a única novidade fica por conta das novas rodas de liga leve para as versões do

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado