Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Hyundai-Kia

Hyundai confirma que vai produzir seus próprios semicondutores em alguns anos

Imagem
Depois de sofrer muito com a crise dos semicondutores, várias empresas já confirmaram que vão passar a produzir seus próprios semicondutores, tanto na indústria automotiva como em outros ramos. A Hyundai entrou para este grupo de empresas que já definiu que vai passar a produzir seus próprios chips para a fabricação de seus carros. A confirmação foi dada por Jose Muñoz, Diretor de Operações Globais da Hyundai Motor Company, em entrevista ao Automotive News Europe . "A indústria (de chips) está reagindo muito, muito rápido. Mas também no nosso caso, queremos ser capazes de desenvolver nossos próprios chips dentro do grupo, por isso somos um pouco menos dependentes em uma situação potencial como esta. Isso exige muito investimento e tempo, mas é algo em que estamos trabalhando." , destacou Muñoz. O braço da montadora, a Hyundai Mobis, também confirmou que a divisão será essencial para a produção de chips a fim de diminui a dependência da Ásia para a produção dos componentes. Mu

Hyundai quer se tornar a marca mais avançada e líder de vendas em células de combustível

Imagem
Assim como a Toyota, a Hyundai Group está comprometida de desenvolver novidades para os carros a hidrogênio. A sul-coreana confirmou que fechou um acordo com a Shell para a infraestrutura do hidrogênio como um combustível, contando com uma forte aplicação na produção de células de combustível e se tornar líder deste combustível. Com a parceria com o braço a hidrogênio da Shell, a Shell Hydrogen, vai investir em crescimento da infraestrutura de reabastecimento de hidrogênio na Califórnia, nos Estados Unidos. Essa parceria fará com que o Projeto Netuno vai contar com uma construção de 48 novas estações adicionais e duas de reabastecimento de hidrogênio atualizadas em todo o estado estadunidense a partir de 2021. "Estamos orgulhosos de nos juntar ao 'Projeto Netuno' da Shell Hydrogen, expandindo a infraestrutura de hidrogênio da Califórnia para atender à crescente demanda dos consumidores por soluções limpas de transporte de emissão zero. A Hyundai oferece um excelente veícul

Grupo Hyundai deve ter toda a sua linha de veículos eletrificada na Europa até 2035

Imagem
A Hyundai Group definiu uma data máxima para manter os motores a combustão em suas marcas na Europa. Contando com Hyundai, Kia, Genesis e Ioniq, o grupo deve manter os motores a combustão até 2035 no Velho Continente. Destes, apenas a Ioniq já é uma marca 100% elétrica por já ter nascido assim. As outras três marcas devem passar por esse processo de eletrificação que deve ser mais avançado nos próximos anos. Além disso, o grupo sul-coreano também planeja ser livre de carbono até 2045, principalmente com seus carros elétricos e movidos a células de hidrogênio. A Europa será o primeiro continente do grupo no mundo a passar por essa alteração. O anuncio foi aconteceu no Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha. O grupo tem como meta, até 2040, torna-se puramente elétrica na maioria dos países onde atua, ou seja, além da Europa, o grupo já tem planos para outras regiões. Até o final de 2030, 30% das suas vendas globais já serão de carros elétricos. O Nexo deve seguir como um dos poucos c

Genesis revela imagem que mostra sua linha até 2030, com oito novos carros elétricos

Imagem
A Genesis confirmou mais detalhes da sua eletrificação para os próximos anos. Atualmente entre os carros elétricos, a marca possui o G80 Electric e o GV60, apresentado recentemente. A marca vem trabalhando para se tornar puramente elétrica, assim como outras marcas premium já tem feito. Até meados de 2025, a Genesis confirmou que terá toda a sua gama de carros elétricos ou com motor a células de hidrogênio. A Genesis também almeja chegar à emissão zero de carbono até meados de 2030 e até o final da década confirmou que vai apostar em oito novos carros elétricos, além de almejar vender 400 mil unidades anuais. “Na Genesis, design é marca e marca é design. Nossa nova arquitetura integrará tecnologias audaciosas com designs de tirar o fôlego, proporcionando experiências sinceras orientadas para os detalhes. O atendimento caloroso e requintado será nosso diferencial.” , destacou Luc Donckerwolke, Diretor de Criação da Genesis em uma apresentação junto com o Chefe Global da Genesis, Jay Cha

Ioniq apresenta as primeiras imagens do 5 Robotaxi, que será testado até meados de 2023

Imagem
A Ioniq apresentou as primeiras imagens do protótipo do Ioniq 5 com uma série de sensores e câmeras para testes de condução autônoma. Chamado de Ioniq 5 Robotaxi, o carro está em desenvolvimento em conjunto com a Motional, uma das empresas que é líder em tecnologias autônomas. Com tecnologia de Nível 4, o carro pode se guiar sozinho de maneira segura, sem a intervenção do motorista. O carro ainda deve estar pronto para comercialização em meados de 2023 por parceria com a Lyft. Para os testes, a Ioniq equipou o carro com uma série de sensores, que chegam a acumular 30 sensores no total. Junto deles estão câmeras, radares e um radar LiDAR, além de câmera de 360º e de alta resolução com detecção de objetos de alcance ultralongo e operação autônoma segura em diversos ambientes de condução. O carro também conta com avançados sistemas de aprendizagem automática que traz capacitores com décadas de dados do mundo real e que permite que o carro possa rodar de maneira segura. No interior, as nov

Ioniq 1 ou Ioniq 2? Dentro da Hyundai Group, Ioniq terá elétrico popular em 2023, diz site

Imagem
Depois de apresentar a sua marca Ioniq, a Hyundai confirmou que já trabalha para o desenvolvimento de um elétrico acessível que será apresentado em 2023. O que ainda não se sabe é se esse carro deve ser vendido como Hyundai ou Ioniq. Puramente elétrico, o novo carro será apresentado em 2023, mas não se tem muitas informações sobre o carro. Ao que tudo indica, se for da Ioniq, o modelo tem chances de ser batizado de Ioniq 1, 2, 3 ou 4. Há maiores chances de ele ser vendido como Ioniq 1 ou Ioniq 2. Segundo informações do site Auto Express , o carro será apresentado primeiro na Europa com preços em torno dos 25 mil euros. A BorgWarner deve ser uma das fornecedoras de componentes e por ser menor deve usar baterias de 40kWh, com autonomia entre 300km a 350km. O motor desse modelo pode ser apenas o 170cv e 35,7kgfm e bateria de 58kWh, que acelera de 0 a 100km/h em 8,5 segundos. Esse conjunto é oferecido na versão mais simples do Ioniq 5. Esse elétrico mais acessível abriria mão de algumas te

Hyundai Group inicia produção em série do Ioniq 5 na fábrica de Ulsan, na Coreia do Sul

Imagem
Uma das principais atrações globais apresentadas em 2021, o Ioniq 5 começou a ser produzido na fábrica de Ulsan, na Coreia do Sul. De lá, ele já começou a ser exportado para a maioria dos países da Europa. A Hyundai ainda revelou como é a produção do elétrico que é desenvolvido sobre a nova plataforma E-GMP do grupo coreano. Na mecânica, o primeiro carro da Ioniq possui um motor elétrico traseiro que desenvolve 170cv e 35,7kgfm e bateria de 58kWh, que acelera de 0 a 100km/h em 8,5 segundos. Esse mesmo motor com tração integral desenvolve 218cv, torque de 61,7kgfm e bateria de 58kWh, acelerando de 0 a 100km/h em 6,1 segundos. Com bateria de 72,6kWh e tração traseira, o Ioniq 5 possui motor de 235cv e 35,7kgfm de torque. Ele acelera até os 100km/h em 7,4 segundos e com tração integral ele desenvolve 302cv e 61,7kgfm, com 5,2 segundos até os 100km/h. A bateria de 58kWh possui autonomia de 470km e a bateria de 72,6kWh tem autonomia de 480km. A velocidade máxima é de 185km/h. O 5 possui pla

Hyundai Group e LG Energy Solution fecham parceria para produzir baterias na Indonésia

Imagem
A Hyundai confirmou que deve firmar uma parceria com a LG Energy Solution para o desenvolvimento de carros elétricos. A assinatura da parceria foi realizada na Indonésia, onde a Hyundai e a LG devem firmar uma joint-venture para investir o montante de US$1,1 bilhão, sendo que cada marca deve contar com 50% de participação nesta nova empresa. A empresa deve construir uma fábrica na cidade de Karawang, próximo da capital Jacarta, na Indonésia. A nova fábrica terá um espaço de 330.000m² e o início da construção da fábrica está marcado para 2023, com finalização da unidade em 2024, quando ela deve começar a operar. Segundo a Hyundai e a LG, a unidade deve produzir baterias de íon-lítio de 10GWh, capaz de entregar cerca de 150.000 unidades de baterias por ano. As baterias feitas em Karawang devem ser usadas por Hyundai, Genesis, Ioniq e Kia, com carros da plataforma modular E-GMP. Dentro do Hyundai Group, 23 carros elétricos devem ser apresentados até meados de 2025. A escolha pela Indonési

Hyundai Group revela que deve cortar 50% dos seus motores para financiar a eletrificação

Imagem
A Hyundai Group confirmou informações sobre o desenvolvimento dos seus modelos elétricos futuros recentemente, mas não definiu como faria isso. Agora, parece que surgem as primeiras informações de como a marca deve apostar em novos elétricos. A marca sul-coreana confirmou que deve reduzir em 50% a quantidade de carros com motores a combustão. A informação foi revelada pela Agência Reuters , que destacou que o corte deve ser nos motores e não em modelos. A Reuters ainda confirmou que essa estratégia já tinha sido aprovada em março deste ano, em uma reunião interna. "É um movimento de negócios importante, que antes de mais nada permite a liberação de recursos de P&D com foco no resto: motores elétricos, baterias, células a combustível" , disse a fonte ligada à coreana à Reuters. O anúncio, que deve ser realizado dentro de alguns meses, deve fazer com que a marca possa focar na sua eletrificação como primeiro plano dos seus negócios. A Hyundai já confirmou que pretende, até

Picape média da Kia deve demorar para ser apresentada; atraso deve ser de dois anos

Imagem
A Kia confirmou que deve desenvolver uma inédita picape média que deve ser prima de desenvolvimento de uma picape média que a Hyundai deve desenvolver. Essa picape deve ser diferente da Santa Cruz, sendo um modelo desenvolvido a partir de uma base em chassi. O mesmo deve acontecer com a Kia, que também terá essa picape. De acordo com informações, esse modelo deveria ser apresentado em 2022, mas irá atrasar. A informação foi revelada por Damien Meredith, Chefe de Operações da Kia na Austrália, que revelou que o projeto deve atrasar e já incertezas no seu desenvolvimento. “Ainda não temos uma direção clara sobre o que vai acontecer com o LCV (veículo comercial leve), essa é a verdade. Esperamos algum resultado nos próximos dois anos. O bom é que, se isso acontecer, acho que teremos muita propriedade sobre ele porque somos [Austrália] um grande mercado" , disse Meredith. O modelo deve ser desenvolvido especialmente para mercados onde o segmento de picapes médias é bastante rentável,

Hyundai confirma investimento para produzir carros elétricos nos Estados Unidos

Imagem
A Hyundai confirmou um investimento massivo para a produção de automóveis elétricos também nos Estados Unidos. O Hyundai Motor Group confirmou um investimento de US$7,4 bilhões na maioria economia global até meados de 2025, a fim de produzir localmente carros elétricos de marcas como Hyundai e Kia. Além deles, pode ser que Genesis e Ioniq sejam beneficiadas. Com o início da produção destes automóveis em meados de 2022, o grupo sul-coreano não revelou quais modelos serão feitos. Além dos elétricos, a Hyundai confirmou que quer investir também no desenvolvimento e produção de células a combustão de hidrogênio. Os carros devem ser desenvolvidos a partir da plataforma E-GMP, como Ioniq 5 e Kia EV6. "Estou animado para fazer este anúncio em nome do Hyundai Motor Group. Este investimento demonstra nosso profundo compromisso com o mercado dos Estados Unidos, nossos revendedores e clientes. A Hyundai liderará o futuro da mobilidade nos Estados Unidos e em todo o mundo. Nossos esforços são

Ioniq deve desenvolver um Ioniq 5 N, uma versão esportiva do hatch elétrico da Hyundai

Imagem
A Ioniq pode desenvolver uma versão esportiva para o recém apresentado Ioniq 5. O misto de hatch médio com crossover pode receber uma versão N-Spec, assim como alguns carros da Hyundai. A novidade poderia contar com mudanças no motor elétrico, podendo fazer com que o modelo receba o mesmo motor do primo Kia EV6, por exemplo. No modelo da Kia, ele possui motores elétricos que entregam 585cv de potência e 75,4kgfm que acelera de 0 a 100km/h em 3,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 260km/h. A versão mais potente do Ioniq 5 possui tração integral ele desenvolve 302cv e 61,7kgfm, com 5,2 segundos até os 100km/h e máxima de 185km/h. Recentemente, a Hyundai confirmou que pode desenvolver uma versão esportiva de algum carro elétrico, podendo até mesmo ser o Ioniq 5 N. O 5 possui plataforma que permite que o carro possa ser recarregado em estações de 400V a 800V, com um inversor capaz de se adaptar aos dois padrões. Com isso, ele pode ser recarregado em estações de 350kW, que carrega dos

Carro da Apple seria desenvolvido e produzido pela Kia; Nissan entrou na jogada e já saiu

Imagem
Parece dança das cadeiras. O primeiro carro desenvolvido da Apple contaria com o apoio de um gande grupo automotivo, mas ninguém sabia quem. Depois de se cogitar a parceria entre Hyundai-Kia Group com a Apple, os planos já parecem ter ruído. Isso porque os coreanos não ficaram muitos empolgados com o projeto do carro. O modelo da Apple contaria com o apoio da Kia, sendo que o negócio tinha o investimento de US$3,59 bilhões. No dia seguinte, as ações da Kia dispararam, fazendo eles crescerem cerca de 14,5%, fazendo o chegar aos níveis mais elevados em 20 anos. O Projeto Titan da Apple deve enfim ser colocado em prática, mas não seria com a ajuda das coreanas... mas de que seria essa ajuda então? "Recebemos solicitações de várias empresas com a proposta de explorar possibilidades de cooperação na área de veículos não tripulados, mas tudo isso está em um estágio inicial e nenhuma decisão foi tomada ainda. Não estamos negociando com a Apple sobre o desenvolvimento de veículos não trip

Hyundai Group cancela o desenvolvimento de nova geração de motores a diesel CRDi

Imagem
A Hyundai confirmou que não vai mais desenvolver os motores diesel da linha CRDi. De acordo com informações que foram reveladas no site Korea JoongAng Daily, citando fontes internas da Hyundai e relatórios vazadas confirmaram que a sul-coreana deve interromper o desenvolvimento de motores substitutos dos atuais CRDi, que foram confirmados no segundo semestre de 2020. Com isso, a Hyundai deve focar na estratégia de atualização e aprimoramento dos motores já existentes, que devem continuar em linha por mais alguns anos antes de serem substituídos oficialmente pelos motores eletrificados. Os motores devem ser fundamentais para a Hyundai nos próximos anos, sendo que esses motores ainda são usados em hatchs, sedãs e utilitários esportivos da marca, principalmente em alguns mercados onde os automóveis tem permissão de ter motores a diesel. Vale destacar que a Hyundai ainda atua no segmento de caminhões, que usam muito essa mecânica. Já o desenvolvimento de novos motores a gasolina deve segui

Hyundai Motor Group pode ajudar Apple no desenvolvimento do seu primeiro carro, o Projeto Titan

Imagem
Depois de retornar para pauta o desenvolvimento de um carro elétrico da Apple, começa a surgir novas informações que dão conta que uma marca pode ajudar a Apple no desenvolvimento desse novo carro. A marca se prepara para a produção dos primeiros componentes do carro. O “Apple iCar” parece estar caminhando até de maneira rápida e tem sido recebido até mesmo pelas montadoras mais conhecidas do mundo, como a Volkswagen. De acordo com informações do site Korea Economic Daily, MacRumors destaca que a Apple pode produzir o seu modelos elétricos com a Hyundai Motor Group. O grupo sul-coreano poderia estar em negociações iniciais com a Apple. "Entendemos que a Apple está em discussão com várias montadoras globais, incluindo a Hyundai Motor. Como a discussão está em seu estágio inicial, nada foi decidido. Temos recebido pedidos de cooperação potencial de diversas empresas em relação ao desenvolvimento de VEs de condução autônoma, mas nenhuma decisão foi tomada, pois as discussões estão em

Kia e Genesis confirmam primeiros SUVs elétricos ainda em 2021, sobre a plataforma E-GMP

Imagem
Depois de confirmar a estreia da plataforma modular para seus novos carros elétricos, a Hyundai-Kia Group confirmou que deve começar a apresentar os primeiros modelos com a nova base ainda em 2021. Pelo menos Ioniq, Genesis e Kia devem apresentar seus utilitários ainda neste ano. A Genesis deve apresentar o seu primeiro modelo puramente elétrico em 2021, com um lançamento deve ocorrer quase simultaneamente com o Kia Imagine Concept de produção. "Com o lançamento de novos veículos baseados na plataforma de veículos elétricos recentemente lançada, a E-GMP, planejamos fornecer opções de mobilidade ecologicamente corretas que refletem adequadamente os diversos gostos e necessidades dos clientes a preços mais razoáveis; 2021 deve ser o ano em que daremos o pontapé inicial em nossa grande transformação em um novo motor de crescimento" , disse Euisun Chung, Presidente da Genesis. Os três crossovers elétricos de Ioniq, Genesis e Kia devem contar com uma bateria em torno dos 500km de

Hyundai-Kia Group adquire fábrica da General Motors, em São Petesburgo, na Rússia

Imagem
A Hyundai confirmou que adquiriu a fábrica da General Motors na Rússia. Fechada desde 2015, a unidade fabril foi colocada à venda após a GM deixar o país. Sediada em São Petesburgo, a unidade foi inaugurada em 2008 e tinha capacidade de produção de 100.000 unidades. O valor da venda da fábrica não foi divulgado, já era sabido que a Hyundai seria a nova dona da unidade desde meados de novembro. A questão é que agora foi tudo oficializado. Ainda não se tem informações de quando a fábrica deve passar a produzir modelos da Hyundai e nem quais carros podem ser feitos por lá. "É nossa segunda fábrica no país e agora estamos trabalhando em possíveis cenários para usar esse ativo”, disse Alexey Kalitsev, Chefe da Hyundai Rússia. Tanto a Hyundai como a Kia já possuem fábrica em solo russo e possuem uma capacidade produtiva de 200 mil unidades. Com a nova unidade, a fábrica poderá ser compartilhada com a Kia. Atualmente a fábrica que a Hyunda-Kia possuem na Rússia produz os modelos Solaris,

Hyundai Group revela a plataforma E-GMP, que deve estar presente em 23 modelos eletrificados

Imagem
A Hyundai-Kia Group apresentou oficialmente os primeiros detalhes da plataforma modular E-GMP para seus futuros carros elétricos. A nova base deve contar com um papel cada vez mais importante dentro da Hyundai, com soluções avançadas e definitivas para o desenvolvimento destes carros. A nova plataforma modular é chamada de Global Modular Platform (E-GMP) e promete uma grande versatilidade para se adaptar aos diversos tipos de carroceria, de sedãs, SUVs, hatchs e outros. A nova base também deve ser usada em modelos convencionais e esportivos de alto desempenho. Com essa plataforma, a Hyundai pretende se tornar uma das marcas que mais apostam na eletrificação dos seus carros, padronizando as necessidades da criação dos carros. Isso deve ajudar a Hyundai no custo e processo de desenvolvimento de novos veículos elétricos, tendo como objetivo a "excelente dinâmica de condução e eficiência excepcional" . A coreana ainda confirma que a plataforma deve fazer com que seus carros tenha

Ineos deve desenvolver Grenadier com opção de motor a células de hidrogênio de origem Hyundai

Imagem
Apresentado em julho, o Ineos Grenadier confirmou como um novo jipão inglês que deve ser produzido dentro de alguns anos. Revelado em julho, o modelo deve receber uma opção de motorização ecológica, com a célula de hidrogênio, graças a um acordo firmado com a Hyundai. A marca coreana deve compartilhar o seu motor de hidrogênio usado pelo Nexo ao Grenadier, que será mais uma opção frente aos motores a gasolina e o diesel. No Hyundai, as células geram 95 kilowatts de potência, com uma bateria de 40kW, que significa um total de 135kW. O motor elétrico do Nexo é mais potente que do antecessor. Ele desenvolve 163cv de potência e 40,2kgfm de torque. Com esse motor, ele desenvolve de 0 a 100km/h em 9,9 segundos. Os engenheiros testaram o SUV por 100 mil milhas (cerca de 160,9 mil km) ou dez anos de vida. O fim da vida útil das células de combustível é de dez anos. A autonomia do Nexo é de 563km com um tanque de hidrogênio, com consumo de 24,2km/l. Com isso, a Hyundai e a Ineos devem desenvolv

Grupo Hyundai e NVIDIA revelam primeiras informações sobre desenvolvimento de novos sistemas operacionais

Imagem
A Hyundai confirmou que deve desenvolver tecnologias em parceria com a NVIDIA Enterprise. O Grupo Hyundai deve contar com os recursos tecnológicos na gama de marcas do grupo, ou seja, Hyundai, Kia, Genesis e Ioniq. Os modelos devem contar com um sistema interno de entretenimento informativo, chamado de In-Vehicle Infotainment (IVI), que estarão fazendo parte da NVIDIA DRIVE, que será lançada em 2022 para os primeiros automóveis. O sistema deve estar disponível em modelos de entrada assim como em modelos de luxo, mas com funcionalidades diferentes para cada modelo. É de se esperar que os sistemas ainda contem com Inteligência Artificial (IA) e atualização Over The Air (OTA). É possível que esses novos sistemas sejam vistos primeiros nos modelos elétricos do grupo, ou seja, isso pode demorar um pouco para chegar nos modelos convencionais. Com essa arquitetura computadorizada, com vários softwares, é possível que a Hyundai comece a apostar em quadros de instrumentos com essa tecnologia ta

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790

Novo Honda Civic Si é apresentado nos Estados Unidos só como sedã e com motor de 203cv

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022