Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Fornecedores

Renault começa a cotar fornecedores para dois novos SUVs que chegam a partir de 2025

Imagem
Renault já trabalha no desenvolvimento de dois novos utilitários esportivos que serão lançados no Brasil; possíveis Duster e Bigster podem estar no radar  A Renault não ficará apenas com o Kardian em nosso mercado. A marca francesa confirmou que já trabalha em novos projetos e um segredo antecipa que ela já trabalha com fornecedores locais para o desenvolvimento de dois SUVs que serão lançados aqui em alguns anos. De acordo com informações, a marca cota peças e componentes para esses novos produtos, sendo um SUV e um SUV médio. Com isso, recai as oportunidades de ser a nova geração do Duster e a versão de produção do Bigster Concept. Ambos são antecipados pelo Bigster Concept, apresentado recentemente. Atuando hoje apenas com o Duster, a Renault quer colocar um modelo no andar abaixo (Kardian) e outro no andar de cima, que será um SUV médio de sete lugares. Todos serão desenvolvidos a partir da plataforma modular CMF-B, que recém foi adotada pela fábrica de São José dos Pinhais (PR),

VAG confirma interesse em ser fornecedora de componentes para outras empresas

Imagem
Volkswagen confirma interesse em se tornar fornecedores de baterias e plataformas para carros elétricos à medida que fecha parcerias com Mahindra e Ford Aparentemente a Volkswagen parece estar mais aberta à ideia de se tornar fornecedora de componentes para outras empresas. A decisão veio depois da marca fechar parcerias com empresas como a Mahindra e a Ford, que vai fornecer a plataforma MEB para as empresas. No mesmo período, a marca alemã confirmou interesse em se tornar fornecedora de plataformas, baterias e células de bateria para outras empresas. Sendo as baterias a parte mais cara de um veículo elétrico, a Volkswagen confirmou que quer investir nessa área também como forma lucrativa extra. Isso também traria para a Volkswagen uma economia em escala e redução dos custos de produção. Atualmente a Volkswagen produz baterias com a sua PowerCo, que vem crescendo exponencialmente em termos de unidades fabris pelo mundo, tendo uma capacidade que, globalmente, possa atender toda a pro

GWM trabalha para encontrar fornecedores nacionais para a produção em Iracemápolis (SP)

Imagem
GWM busca por novos fornecedores no mercado brasileiro antes de começar a produção em Iracemápolis (SP), o que vai acontecer em meados de 2024 A Great Wall Motors (GWM) confirmou que já trabalha com a chegada de novos produtos no Brasil enquanto o mercado brasileiro receberá as primeiras unidades nacionais no ano que vem. O grupo vem trabalhando em encontrar novos fornecedores no mercado brasileiro, antes de começar a produção. A GWM quer encontrar o máximo de fornecedores locais para aumentar o nível de nacionalização das peças. Recentemente, o grupo teve uma reunião com Sindipeças. De acordo com James Yang, Chefe das Operações da GWM no Brasil, Frank Hagele, Diretor da Fábrica, e Ricardo Bastos, Diretor de Assuntos Governamentais, disseram em entrevista ao Automotive Business que a montadora já tem uma lista de fornecedores que já estão conversando para comporem a grade de empresas que vão produzir junto com a marca no interior de São Paulo. "Já temos um fornecedor de logísti

GM trabalha em comprar ações da Vale e vai produzir seus próprios semicondutores nos EUA

Imagem
General Motors confirma que a escassez de semicondutores motivou marca a produzir seus próprios chips e grupo ainda tem interesse na Vale por metais básicos A General Motors (GM) confirmou que nos últimos anos, a crise dos semicondutores afetou bastante a produção mundial das marcas do grupo, como Chevrolet, GMC, BrightDrop, Buick e Cadillac. Para evitar que isso volte a acontecer, o grupo confirmou que vai passar a produzir seus próprios semicondutores. A informação foi confirmada pela própria GM, que terá a GlobalFoundries como parceira, produzindo semicondutores do estado de Nova York. “Vemos nossos requisitos de semicondutores mais do que dobrando nos próximos anos, à medida que os veículos se tornam plataformas de tecnologia. O acordo de fornecimento com a GlobalFoundries ajudará a estabelecer um fornecimento forte e resiliente de tecnologia crítica nos EUA, que ajudará a GM a atender a essa demanda, ao mesmo tempo em que oferece novas tecnologias e recursos aos nossos clientes”

GM e LG querem quarta fábrica de baterias e GM fecha parceria com Lithium Americas

Imagem
General Motors e LG Energy Solution confirmaram que já trabalham em erguer 4º fábrica de baterias; GM e Lithium Americas investem US$ 650 milhões em baterias A General Motors (GM) confirmou que já trabalha com a LG Energy Solution para erguer a quarta fábrica de baterias nos Estados Unidos, apesar de rumores dizerem que essa quarta unidade estaria descartada. A GM se pronunciou dizendo que “está muito claro que nosso plano inclui investir em uma quarta fábrica de células nos Estados Unidos, mas não vamos comentar sobre especulações”. Para a Agência Reuters, a LG Energy Solution ainda confirmou que “nenhuma decisão foi tomada”. As informações sobre uma quarta fábrica estar descartada, pelo menos por enquanto, partiu do The Wall Street Journal, que confirmou que as empresas conversaram e não chegaram a nenhum acordo. Apesar do desenho da GM, é a LG Energy Solution que quer ter mais cautela, pelo menos por enquanto. Com três fábricas de baterias só com a GM, uma quarta unidade pode acab

ZF apresenta a sua condução autônoma, inédito sistema de cinto de segurança e câmera no CES

Imagem
ZF apresenta novidades no CES 2023 como o New Shuttle Generation, ZF Heat Belt e o inteligente e flexível Smart Camera 6 de direção automatizada e sistemas ADAS A ZF apresentou uma série de novidades para oferecer às montadoras como fornecedora. A empresa alemã revelou três novidades, sendo um pequeno modelo autônomo, um ônibus chamado de New Shuttle Generation. A novidade estreia a nova tecnologia de condução autônoma da marca, que traz uma série de recursos como radar LiDAR, radar, câmera e sistemas de áudio que fornecem detecção ambiental precisa. O sistema ainda apresenta outras tecnologias como plataforma de conectividade, como a ZF ProConnect. Esta, permite a comunicação com a infraestrutura e a nuvem, bem como o supercomputador ZF ProAI, onde os dados convergem. “Para reduzir as emissões relacionadas ao tráfego nas áreas metropolitanas, é necessária uma redução no transporte individual motorizado e uma expansão simultânea de opções de mobilidade mais sustentáveis, eficientes,

Ford quer ser neutra em emissões até 2050 e fecha parceria com a Manufacture 2030

Imagem
Ford fecha parceria de desenvolvimento com a Manufacture 2030 para reduzir emissões de poluentes e atingir a neutralidade de CO2 globalmente até 2050 A Ford confirmou uma parceria com a Manufacture 2030 para ajudar os fornecedores da marca a cumprir as metas de redução de carbono e ajudar a marca a chegar a sua neutralidade de carbono até meados de 2050 globalmente e em 2030 na Europa. Com isso, a Ford se torna uma das primeiras montadoras norte-americanas a fazer parte da cadeia de suprimentos globais na Manufacture 2030. A empresa foi criada justamente para diminuir as emissões de poluentes de várias outras empresas. “Alcançar a neutralidade de carbono para a Ford é uma meta corporativa importante e parte integrante de nosso propósito de ajudar a construir um mundo melhor. Está se tornando uma forte demanda de nossos clientes, acionistas e investidores, e a cadeia de suprimentos é essencial para atingir esse objetivo. Atingir nossas metas exigirá que reduzamos as emissões em toda a

GM quer acelerar vendas de elétricos até 2025 e firma parceria para baterias mais baratas

Imagem
General Motors segue trabalhando arduamente para aumentar seu ritmo de produção e firma parceria para fazer baterias mais acessíveis com a Nickel A General Motors (GM) confirmou que quer fazer com que suas marcas tenham opções de veículos elétricos em toda a linha. E, para isso, precisa apresentar novidades e trabalhar no ritmo de produção, certificando-se que tem capacidade de produzir elétricos em larga escala. Atualmente, a GM possui marcas como Chevrolet, GMC, Buick, Cadillac e BrightDrop, além da divisão Cruise para o desenvolvimento de tecnologias de condução autônoma. Recentemente, a CEO da GM, Mary Barra, confirmou que a empresa quer se tornar lucrativa com elétricos até meados de 2024. Para produzir mais elétricos, a Chevrolet confirmou que as baterias são a principal fonte de fazer o negócio ser lucrativo. De acordo com o Chefe de Desenvolvimento de Produtos da GM, Doug Parks, disse que apenas as baterias do Bolt ficaram 60% mais em conta desde que o modelo foi apresentado,

Honda quer apostar em componentes metálicos para usar na baterias dos seus elétricos

Imagem
Honda confirma que vai buscar parcerias no Japão para produzir componentes e vai começar a investir na produção de baterias para carros elétricos A Honda confirmou, em meio a uma diminuição do ritmo de produção de carros no Japão, que busca por componentes e empresas fornecedoras para a produção de baterias. De acordo com informações, a empresa nipônica fechou uma parceria com a Hanwa, que vai fornecer metais importantes para a marca usar em seus futuros veículos eletrificados. Essa parceria garante a compra dos componentes de médio a longo prazo. Entre os materiais que serão adquiridos, a Honda confirma que a Hanwa vai fornecer materiais necessários para as baterias como níquel, cobalto e lítio. Esses materiais serão usados na fabricação de baterias dos carros elétricos da marca, em meio a um processo que a Honda estará eletrificando sua linha. A busca por fornecedores vai de encontro com o recente caso da falta de semicondutores no mercado, o que provocou queda na produção dos seus

BYD começa a incomodar LG entre as maiores fornecedoras de baterias, diz levantamento

Imagem
BYD cresce entre as fornecedoras de baterias e se torna o segundo maior player do componente, atrás apenas CATL e ultrapassa a LG A BYD alcançou mais uma meta entre as empresas de veículos elétricos. A marca chinesa, além de vender seus automóveis, possui uma série de outras empresas. Uma delas é a produção de placas fotovoltaicas para a produção de energia solar e até mesmo a produção de geradores de energia. Outro ponto em que a marca tem se tornado bastante forte é na produção de baterias para carros elétricos, onde já se tornou até fornecedora da Tesla. Agora a BYD se tornou a segunda maior empresa fornecedora de baterias para automóveis elétricos no mundo, atrás apenas da CATL, em julho de 2022. De acordo com um levantamento da SNE Research, a BYD ultrapassou a LG Energy Solution como fornecedora de baterias, que caiu para a terceira colocação. Segundo o levantamento, foram fornecidos 6,4GWh em baterias contra as 4,4GWh da LG. Empresas como Panasonic e SK Innovation aparecem n

Stellantis terá 51 novidades até 2025 e vai crescer fornecedores em 70% na América do Sul

Imagem
A Stellantis confirmou que vai trazer cerca de 51 lançamentos na América do Sul e Central até meados de 2025. A informação foi confirmada por Antonio Filosa, CEO da Stellantis na América do Sul. “O [híbrido a] etanol é a melhor chance de descarbonização da frota sem desestruturar a indústria brasileira”, afirmou o executivo, que, entretanto, evitou revelar o cronograma de lançamento da tecnologia. É a melhor alternativa para o mercado brasileiro.” , disse Filosa. “Egoisticamente, também poderíamos ter um mercado maior para nossos veículos. O problema nessas regiões é a renda” , afirma o executivo ao Auto Indústria . Entre 2022 a 2025, a Stellantis deve trazer 51 novidades, sendo 28 reestilizações e sete modelos elétricos. A Stellantis ainda confirmou que quer aumentar a quantidade de fornecedores no Brasil e na Argentina até meados de 2026 em 70%, passando de 30 para 50 empresas, disse o executivo ao Automotive Business .  "Precisamos de mais produtos em nossas fábricas. E, para i

Volkswagen confirma investimento na linha de produção do Taos em General Pacheco

Imagem
A Volkswagen confirmou que vai aumentar o ritmo de produção do Taos na unidade de General Pacheco, na Argentina. O SUV médio vinha sofrendo bastante com a falta de componentes como semicondutores. Longe da liderança do Jeep Compass e longe até mesmo da vice-liderança do Toyota Corolla Cross, a Volkswagen deve começar a acelerar a produção do seu SUV médio. De acordo com informações reveladas pelo Diretor de Operações da Volkswagen Argentina, Ciro Possobom, disse que a Volkswagen fará o investimento de US$ 250 milhões na unidade argentina, com intuito de aumentar a quantidade de componentes nacionalizados e depender menos de materiais importados. Além disso, a Volkswagen também vai mudar a sua estratégia de comunicação com os potenciais clientes. Segundo Possobom, os primeiros resultados começam a ser sentidos ainda neste mês, com maior disponibilidade do Taos aos consumidores, que possui uma distribuição deficitária em alguns concessionárias. Um dos pontos negativos do SUV também é seu

BYD se torna fornecedora de baterias LFP para a Tesla na China, em nova parceria firmada

Imagem
A BYD e a Tesla firmaram uma parceria na China para fornecimento de baterias. A BYD, como uma das maiores fabricantes de baterias no mundo, vai fornecer baterias para a Tesla produzir seus elétricos em Xangai, na China. Além da Toyota, a Tesla se torna mais uma cliente da BYD, que vai usar a Blade em seus carros, usando uma bateria de lítio-ferro-fosfato, considerada uma bateria mais segura. “Agora somos bons amigos de Elon Musk porque estamos nos preparando para fornecer baterias para a Tesla muito em breve” , disse o Vice-Presidente Executivo da BYD, Lian Yubo, em entrevista ao CGTN. Atualmente, a Tesla possui uma parceria com a CATL, que fornece as baterias de ferro-lítio. Atualmente quase metade dos carros da Tesla usam as baterias da CATL. A Agência Reuters confirmou que as baterias de lítio-ferro-fosfato (LFP) são opções mais acessíveis às baterias de níquel-cobalto. Essa parceria com a BYD para ter essa bateria ainda pode ser uma parceria de fornecimento para futuros carros da T

Tesla fecha parceria com a Samsung para fornecimento de câmeras para autônomos

Imagem
De acordo com informações do Oriente, mais precisamente da Coreia do Sul, a Tesla e a Samsung firmaram uma parceria para fazer com que a marca norte-americana tenha acesso a câmeras de origem Samsung. A parceria foi fechada com a Samsung Electro-Mechanics, divisão de componentes eletrônicos da Samsung. O acordo entre as duas empresas vai levar em conta as câmeras que podem ser usadas pelos carros da Tesla para a condução autônoma. Com isso, a Samsung se torna o maior fornecedor de câmeras para a Tesla. As câmeras serão instaladas nos futuros Model 3, Model Y, Model S, Model X e os futuros carros da Tesla, como Roadster e Cybertruck, com o Full Self-Driving 4.0 de próxima geração. As câmeras que serão utilizadas são a versão 4.0 da Samsung, com 5 milhões de pixels, que mostram imagens cinco vezes mais nítidas que as câmeras 3.0 anteriores. Essas novas câmeras começam a ser produzidas dentro dos próximos meses, na Coreia do Sul. Como era de se esperar, as novas câmeras vão ajudar os carr

VAG vai transferir a produção de carros da Europa para as Américas e China, por guerra

Imagem
A VAG confirmou que a produção na Europa vai começar a focar e dar mais atenção a modelos eletrificados dentro dos próximos anos. Todos os modelos que cumprem esses requisitos terão a sua produção transferida para outros mercados, em especial, a China. A guerra entre Ucrânia e Rússia demonstrou o quanto esses países são importantes para a indústria automotiva europeia, diminuindo o fornecimento de materiais como níquel para as baterias dos elétricos e os cabos para os carros também. Com isso, a Volkswagen vai transferir a produção de alguns carros da Europa para a China e as Américas, em especial a do Norte. O movimento é um tanto quanto inédito, visto que a Volkswagen é uma empresa europeia. Ainda não se sabe quais fábricas serão favorecidas com a mudança que será temporária. Na América do Norte, certamente será a unidade de Chattanooga, no Tennessee, Estados Unidos e em Puebla, no México, na América Central. Na China, a VAG pode contar com o apoio de quatro fábricas, indicando que a

Polestar revela mais informações sobre seu projeto livre de emissões, o Polestar 0 Project

Imagem
A Polestar revelou novas informações sobre o desenvolvimento do Polestar 0 Project, que prevê a neutralidade da emissão de carbono até 2030. A marca sueca quer até mesmo que o desenvolvimento dos seus novos veículos já sejam livres de emissões de poluentes, além da produção, vendas e suporte. O projeto, chamado de Polestar 0 Project, não vai recorrer ao sistema de compensação de emissões pelo plantio de árvores, sendo uma maneira ainda mais avançada para a marca por a tarefa em prática. O esforço deve gerar toda uma cooperação sistemática de uma cadeira de suprimentos que deve ser revisto. “Outros fornecedores, pesquisadores, universidades, empreendedores, investidores e organizações governamentais e não governamentais, para possível colaboração. Além da chamada aberta, a Polestar chegará a pesquisadores de todo o mundo através da SDSN, a maior rede acadêmica do mundo, trabalhando em apoio aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e ao Acordo de Paris” , disse a marca. A Polestar ai

Postagens mais visitadas deste blog

Nosso novo Peugeot 2008 será igual ao modelo europeu, recém reestilizado; terá motor T200

Ford desenvolve um SUV elétrico de 7 lugares que será apresentado em meados de 2025

Fiat reajusta os preços da Toro em versões com motor T270, com cortes de até R$ 10.000

Lamborghini comemora aniversário de 60 anos de Sant'Agata Bolognese e revela três séries

RAM reajusta os preços de Rampage, 1500, 2500 e 3500 no Brasil, em até R$ 5.000

Chevrolet Camaro ganha séries especiais Collector's Edition e Garage 56 Edition nos EUA

Alfa Romeo surpreende e confirma nome Milano para SUV subcompacto que estreia em abril

Nio ET5 Touring é a primeira station wagon da marca; estreia na China de olho na Europa

BYD revela as primeiras imagens teaser da sua picape média, que estreia em alguns meses

Mitsubishi confirma seis produtos que serão lançados no futuro breve, nos próximos meses