Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Foxconn

Chery e Huawei assinam acordo de parceria e Geely e Foxconn também fecham acordo na China

Imagem
Duas empresas gigantes da China se tornaram parcerias de outras duas empresas que não são da área automotiva. O primeiro caso é a Chery e a Huawei, que se uniram para o desenvolvimento de carros inteligentes. As duas marcas devem desenvolver tecnologias para a produção de automóveis com tecnologia em nuvem. Ambas devem criar carros inteligentes, conexão inteligente, quadro de instrumentos inteligente, computação a bordo, direção autônoma, energia inteligente e o Intelligent Vehicle Cloud Services (IVCS). Ambas ainda devem estudar o uso de tecnologias em 5G e V2X. A assinatura teve presença de Yin Tongyue, presidente da Chery; Wang Jun, presidente da Unidade de Negócios de Soluções para Carros Inteligentes da Huawei; Gao Xinhua, vice-presidente da Chery; e Chi Linchun, Gerente Geral de Serviços de Marketing e Vendas da Unidade de Negócios de Soluções de Carros Inteligentes da Huawei. Já no caso de Geely e Foxconn, a parceria nasceu para produzir carros elétricos de terceiros. Segundo a

Byton consegue acionista e empresa se salva mais uma vez; M-Byte enfim deve ser produzido

Imagem
Depois de quase decretar falência, a Byton conseguiu se manter por meio de aparelhos nos últimos meses. A marca saiu do “coma” por conta da Foxconn, que assinou um acordo para ser a nova maior acionista majoritária da Byton. A empresa, com sede em Taiwan, deve permitir que a Byton recomesse a sua história. O investimento, da ordem de US$200 milhões, devem ajudar a startup a se organizar na produção e compartilhamento de tecnologias e softwares com a Foxconn. Em julho do ano passado, surgiram as primeiras informações sobre a paralisação da produção da Byton na fábrica de Nanjing, na China, que teve o início da produção atrasado e que, em tese, teria começado em maio, por causa do Corona Vírus. A produção acabou sendo adiado em seis meses, ou seja, a produção deve começar entre o final de 2020 e o início de 2021. É um balde de água fria para quem esperava ver os carros na rua ainda neste ano, principalmente aqueles consumidores que já estavam na fila de espera pelo modelo desde 2018, qua

Foxconn desenvolve plataforma modular para carros elétricos que pode entregar até 734cv

Imagem
A Foxconn, empresa do ramo da tecnologia e chinesa, a marca confirmou o desenvolvimento da sua primeira plataforma modular para carros elétricos. A empresa, que desenvolve componentes para a Apple, Huawei, Amazon, Microsoft, Intel e Nintendo revelou que deve contar com uma estrutura poderosa como ponto de estar preparada para dar um salto para os carros elétricos. Com essa premissa, a Foxconn revelou a sua plataforma, podendo ser a mais nova fornecedora de bases para carros elétricos, com capacidade de chegar a 10% do total de componentes e serviços para carros elétricos até 2025, no mundo. A marca confirmou que quer ficar nos bastidores e não deve se tornar uma marca de carros elétricos, mas quer ajudar marcas já conhecidas com o desenvolvimento dos seus modelos, com a sua nova plataforma. Atualmente, a Foxconn já produz outros equipamentos de alguns carros, como centrail multimídia. Agora, a empresa chinesa pretende oferecer a sua plataforma, que pode servir a qualquer carro. Ela dev

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Assim como o Bolt, Chevrolet Bolt EUV deve ser vendido no Brasil dentro de alguns meses

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Mitsubishi apresenta a nova (e quarta) geração do Outlander nos Estados Unidos

Novo Dacia Duster é confirmado para ser lançado em 2024; reestilização é em abril

Ford Figo pode ter dado os primeiros indícios do fim de linha também na Índia