Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Alfa Romeo

Entre 2022 a 2026, Alfa Romeo terá uma estreia por ano, garante executivo em entrevista

Imagem
Se hoje a Alfa Romeo parece esquecida com apenas Giulia e Stelvio, a marca possui um plano intenso de lançar um novo modelo até meados de 2026. O plano vai começar em 2022 com o lançamento do Tonale e terá outros quatro lançamentos para 2023, 2024, 2025 e 2026. Com isso, se ninguém sair de linha (ou se essas mudanças não incluírem Giulia e Stelvio), a Alfa Romeo terá, em seis anos, um portfólio que passou de dois carros para sete carros. A informação foi confirmada pelo CEO da Alfa Romeo, Jean-Philippe Imparato para a Agência Reuters. Até 2027, a Alfa Romeo também confirmou que será puramente eletrificada, sendo com modelos híbridos ou elétricos. Todos os lançamentos entre 2022 a 2026 já sairão da linha de produção com algum tipo de eletrificação. Com o lançamento do Tonale em 2023, a Alfa Romeo pode ter um substituto do MiTo em 2023, que será um SUV abaixo do Tonale, conhecido internamente como Alfa Romeo Brennero. Este será o primeiro Alfa Romeo com motor elétrico. Entre 2024 a 2025

Alfa Romeo confirma que multimídia não será sua atenção, mas sim o foco no condutor

Imagem
Dentro da Stellantis, a Alfa Romeo será uma das marcas que terão o prazo de 10 anos para provar estar viva. Recentemente, surgiu informações de que a marca italiana deve passar por novidades no seu lineup, que podem ajudar a marca a sair do atoleiro comercial que está. Para quem não sabe, na Europa, a Alfa Romeo vem vendendo menos que a Lancia, que vende apenas na Itália e só com o Ypsilon. De acordo com informações do CEO da Alfa Romeo, Jean-Philippe Imparato, assumiu a Alfa Romeo com a decisão de que precisa reverter essa situação. De acordo com Imparato, os novos carros da marca serão desenvolvidos com foco no condutor. Além disso, os carros terão que transmitir maiores emoções, algo que alguns julgam que se perdeu nos últimos anos. "A Alfa Romeo, tenho um posicionamento muito particular. O motorista, o motorista no centro, o menor número possível de telas no carro... Não vendo um iPad com um carro em volta, vendo um Alfa Romeo", disse o executivo. Com essa fala, Imparato

Stellantis confirma lançamento de 20 eletrificados até 2023, sendo dez só elétricos

Imagem
A Stellantis confirmou que deve investir massivamente em seu processo de eletrificação, que deve ser sustentado por quatro plataformas reveladas recentemente. O grupo ítalo-franco-americano deve apostar, dentro de dois anos, 20 novos modelos eletrificados. Dez desses carros devem ser completamente elétricos e os outros dez devem ser híbridos. Esses híbridos podem ser tanto HEV (híbrido) como PHEV (híbrido plug-in). Destes, são 10 carros apenas elétricos, 9 modelos apenas com motor híbrido plug-in e um carro com motor híbrido plug-in e com opção elétrica. Ainda em 2021, a Citroën, Opel/Vauxhall e Peugeot devem apresentar modelos elétricos, enquanto a DS, Jeep e Peugeot terão um modelo híbrido cada, que estreiam neste segundo semestre. Em 2022, Citroën, Fiat Professional (duas novidades) e Maserati terão elétricos e Alfa Romeo, Citroën, Dodge, Opel/Vauxhall (duas novidades) e Peugeot apostarão em modelos híbridos. No primeiro semestre de 2023, a Citroën, Jeep, Maserati e Peugeot terão no

Alfa Romeo deve se tornar puramente elétrica em 2027; primeiro elétrico surge em 2024

Imagem
Depois de retirar de linha todos os seus automóveis mais envelhecidos, como Mito, Giulietta e 4C, a Alfa Romeo conta apenas com Giulia e Stelvio em linha. Com um pesado investimento da Stellantis, a Alfa Romeo deve se tornar elétrica por completo até meados de 2027, visto que atualmente a marca não possui nenhum modelo eletrificado. Isso deve mudar já em 2022, com o lançamento do Tonale, que terá uma opção de motor híbrido. O novo SUV deve ser apresentado com a mesma plataforma dos irmãos existentes, a Giorgio. Dentro do cronograma da marca, ainda não se tem informações de um Alfa elétrico a não ser que seja o GTV, que pode se tornar um sedã cupê para concorrer com o BMW i4. O modelo deve ser desenvolvido sobre a plataforma modular STLA Large, que foi desenvolvida inicialmente para automóveis da Peugeot e será adaptada para a Alfa Romeo. Essa plataforma deve permitir que o sedã tenha uma autonomia de até 800km e o desenvolvimento da base está sendo em conjunto com a Nidec e os francese

Alfa Romeo GTV pode ser desenvolvido como modelo elétrico com carroceria sedã e cupê

Imagem
A Alfa Romeo confirmou que deve desenvolver um esportivo novamente, que deve ser elétrico. O modelo em questão deve ser o comentado GTV e que deve rivalizar diretamente com modelos como BMW i4, de acordo com informações que foram confirmadas por Jean-Philippe Imparato, CEO da Alfa Romeo, ao Autocar . Esse novo GTV é considerado um dos projetos mais importantes dentro da marca italiana dentro dos últimos anos. Ao que tudo indica, o cupê vendido até 2024 deve retornar como um sedã de perfil cupê, concorrendo com modelos como Tesla Model 3 e BMW i4. O carro deve ser lançado até 2025 e, além da carroceria com estilo sedã-cupê, a Alfa Romeo pode desenvolver um cupê duas portas. Em tese, ele seria um concorrente ideal para o BMW Série 4 e Série 4 Gran Coupé – mas elétrico. "Não há anúncio nesta fase, mas estou muito interessado no GTV." , destacou Jean-Philippe Imparato, CEO da Alfa Romeo. O modelo deve ser desenvolvido sobre a plataforma modular STLA Large, que foi desenvolvida in

Alfa Romeo sofreu tentativas de ser comprada pela VAG em 2018; Cupra nasceu a partir daí

Imagem
Se a Alfa Romeo ficou às moscas nos últimos anos, era porque a FCA (hoje Stellantis, junto com a ex-PSA) tinha algo em mente com a marca. Isso porque surgiu informações de que a VAG esteve interessada na compra da marca italiana. Você já imaginou um Alfa Romeo com motor TSI? De acordo com o Autocar, o Grupo Volkswagen confirmou que tentou novamente adquirir a empresa em 2018, depois de uma tentativa em 2011.  Há 10 anos, o ex-CEO da Volkswagen, Ferdinand Piëch, disse que queria fazer a Alfa Romeo ser uma marca capaz de vender cerca de 400 mil unidades ao ano, globalmente, dentro de um prazo de cinco anos.  Isso porque a VAG queria uma marca esportiva de veículos, mas nem tão esportivos como um Porsche, Lamborghini ou Bugatti. A ideia era ter uma marca esportiva mais acessível, mas ainda assim sendo mais premium. A meta era fazer a Alfa ficar abaixo da Porsche, com esportivos menores. Essa segunda investida aconteceu em junho de 2018, fruto da insistência dos alemães. A proposta foi rec

Alfa Romeo pode desenvolver um sedã híbrido e elétrico que deve ficar acima do Giulia

Imagem
Após a Lancia confirmar que deve desenvolver um sedã, a Alfa Romeo finalmente pode dizer que pode contar com mais um sedã no portfólio. O tão comentado sedã acima do Giulia, que seria chamado de Giorgio em meados de 2015-2016, pode ser lançado. Isso porque a Alfa Romeo deve desenvolver um sedã híbrido e elétrico que deve ser lançado dentro de alguns anos. A marca ainda deve trazer de volta a sigla GTV para seus carros. Segundo o site britânico Autocar , esse novo sedã deve ser revelado dentro de alguns anos e a versão GTV deve ser puramente elétrica. Ele deve ser a aposta da Alfa Romeo para concorrer com marcas como Tesla (Model 3) e BMW (i4). "Não há anúncio nesta fase, mas estou muito interessado no GTV.", destacou Jean-Philippe Imparato, CEO da Alfa Romeo. O modelo deve ser desenvolvido sobre a plataforma modular STLA Large, que foi desenvolvida inicialmente para automóveis da Peugeot e será adaptada para a Alfa Romeo. Essa plataforma deve permitir que o sedã tenha uma aut

Dodge deve desenvolver um SUV esportivo, o Hornet, do tamanho do Jeep Compass

Imagem
Desde o fim de linha do Dodge Journey, a marca norte-americana conta apenas com o envelhecido Durango em linha. No entanto, a marca deve prepara uma novidade para os próximos. Trata-se de um novo SUV, que deve ser desenvolvido como u utilitário esportivo realmente esportivo. O modelo pode ser enfim o SUV que seria batizado de Hornet que teve seu nome registrado recentemente nos EUA. Atualmente, o lineup da Dodge se limita em Challenger, Charger e Durango. O Dodge Hornet deve ser o primo ainda mais invocado do Alfa Romeo Tonale. Ele deve ser desenvolvido sobre a mesma plataforma do Jeep Compass, a Small Wide 4x4. O modelo da Dodge deve ser construído junto do Tonale, ou seja, ele vai ser produzido na unidade de Pomigliano D’Arco, na Itália. O SUV da Dodge deve ser equipado com o motor 2.0 Turbo da família Hurricane que desenvolve 272cv de potência e 40,7kgfm de torque, acoplado sempre ao câmbio automático de 8 velocidades. Ainda não se tem informações se o modelo da Dodge deve contar co

Stellantis dará dez anos para Alfa Romeo, Chrysler e Lancia não se "tornarem história"

Imagem
A Stellantis veio confirmar que a Alfa Romeo e a Lancia não devem sair de linha. Pelo menos, não imediatamente. Isso porque a Stellantis confirmou que existe espaço para as 14 marcas do grupo, mas que umas acabam ficando espremidas dentro do lineup do grupo ítalo-franco-americano. Marcas como Alfa Romeo, Chrysler, DS e Lancia parecem ainda perdidas dentro do grupo. Com isso, o CEO da Stellantis, Carlos Tavares, confirmou que as quatro marcas devem desenvolver modelos em conjunto, até meados de 2024. As quatro marcas ainda terão 10 anos para provarem que ainda são rentáveis dentro do grupo e merecedoras de investimentos no futuro. “Estamos dando a cada um uma chance, dando a cada um uma janela de tempo de 10 anos e financiando por 10 anos para fazer uma estratégia de modelo central. Os CEOs precisam ser claros na promessa da marca, nos clientes, nos alvos e nas comunicações da marca. Se eles tiverem sucesso, ótimo. Cada marca tem a chance de fazer algo diferente e atrair os clientes” ,

Stellantis deve desenvolver um SUV compacto para Fiat, Jeep e Alfa Romeo na Europa

Imagem
A Stellantis confirmou que desenvolver novidades e uma maior fusão entre as marcas dos antigos grupos FCA e PSA. Abaixo do Jeep Renegade, a Stellantis confirmou que deve desenvolver um SUV subcompacto que deve ser produzido sobre a plataforma modular CMP, a mesma plataforma do Peugeot 2008. O novo modelo deve ser produzido na fábrica polonesa em Tychy e deve ser revelado entre o final de 2022. Além do modelo da Jeep, a Stellantis deve desenvolver um modelo similar para a Fiat, que deve ser revelado em 2023. Os modelos devem ser oferecidos apenas para a Europa. As informações foram reveladas pelo site Automotive News Europe , que descobriu o desenvolvimento da Stellantis destes dois novos SUVs sobre a plataforma modular CMP. O site ainda revelou que um terceiro modelo, da Alfa Romeo, também está sendo discutido. O novo modelo da Jeep é conhecido internamente como Projeto 516 e deve ser apresentado apenas com motores a combustão em novembro de 2022, ganhando uma opção elétrica em feverei

Alfa Romeo Tonale é adiado mais uma vez; SUV deve ser revelado agora em 2022

Imagem
Os planos da Alfa Romeo com o seu SUV compacto, o Tonale, foram adiados mais alguma vez. O modelo que estava previsto para ser lançado em 2021 deve ficar para 2022. Esse é mais um atraso para a chegada do utilitário esportivo e dificulta ainda mais a situação da Alfa Romeo que não apresenta nenhuma novidade desde o lançamento do Stelvio. O atraso, dessa vez, foi confirmado pelo CEO da marca, Jean-Philippe Imparato, que confirmou que o carro deve receber um motor híbrido plug-in mais potente. Em entrevista ao Automotive News Europe , o Tonale deve ganhar um motor híbrido mais potente. Apresentado como conceito em 2019, o Alfa Romeo Tonale usaria os motores 1.3 16v Firefly Turbo Hybrid Plug-in. O SUV receberia um motor híbrido plug-in que conta com motor 1.3 Firefly Turbo para mover o eixo dianteiro, que funciona junto com um motor elétrico montado sobre o eixo traseiro, fazendo com que o SUV compacto se torne um carro com tração total. Juntos, os motores desenvolvem 190cv de potência e

Dentro da Stellantis, Alfa Romeo e Lancia terão novos investimentos em breve

Imagem
Há tempos que tem algumas marcas dentro da ex-FCA que estão há tempos sem novidades relevantes. Chrysler, Dodge, Lancia e Alfa Romeo padecem de novidades, o que a Stellantis (fusão entre FCA e PSA) já confirmou que deve ter novidades para as marcas. As novidades primeiro foram confirmadas para a Alfa Romeo e a Lancia. A informação foi revelada por John Elkann, as duas marcas devem contar com uma série de investimentos nos próximos anos. “Vimos isso claramente com algumas marcas como Alfa Romeo e Lancia, nas quais não podíamos investir ou dar recursos tanto quanto queríamos nos últimos anos” , disse Elkann. No caso da Alfa Romeo, a marca enfim deve apresentar a versão de produção do Tonale Concept (acima). Atualmente a Alfa possui apenas Giulia e Stelvio, dois modelos mais recentes da marca italiana, já que MiTo, 4C e Giulietta saíram de linha. Depois da Lancia quase morrer com a era Sérgio Marchionne na FCA, a marca passou a ser vendida apenas na Itália e com o Ypsilon. A marca deve ga

Peugeot cancela oficialmente ida aos EUA e Stellantis deve apostar em Chrysler e Alfa Romeo

Imagem
A Stellantis confirmou oficialmente a desistência de levar a francesa Peugeot para os Estados Unidos. Depois de analisar melhor, a fusão entre FCA e PSA parece ter decidido que precisa cuidar mais das marcas que já estão presentes no mercado norte-americano que levar mais uma marca apenas para agregar em volume. No lugar da Peugeot, a Stellantis deve retrabalhar a operação da Alfa Romeo no país, que parece bem ruim. A informação foi confirmada por Larry Dominique, Vice-Presidente da Alfa Romeo na América do Norte. De acordo com o executivo, os planos de levar a Peugeot ao país norte-americano começou em 2017. Além dos EUA, Dominique deve ser o responsável pelas operações da Alfa Romeo no Canadá e México. Contando apenas com Giulia e Stelvio, a vida da Alfa Romeo nunca esteve em tanto risco. A marca italiana parece lenta no desenvolvimento de novos modelos, que deve se tornar melhor com a chegada do Tonale, o que deve ocorrer dentro de alguns anos – a previsão é que o SUV seja lançado e

Alfa Romeo, DS e Lancia terão uma sinergia para desenvolvimento a partir de 2024

Imagem
Depois da criação oficial da Stellantis Group, que uniu FCA e PSA, algumas marcas que pareciam mais perdidas dentro dos grupos parecem ganhar alguns destinos. Com 14 marcas dentro de um mesmo grupo, é claro que deve haver algumas sobreposições de marcas. Mesmo assim, a Stellantis confirmou que a princípio nenhuma marca seria descartada. O Automotive News Europe confirmou que Alfa Romeo, DS e Lancia devem se unir e trabalhar no desenvolvimento em conjunto de carros a partir de 2024. As marcas devem compartilhar os mesmos conjuntos mecânicos e tecnologias, que não vão ser compartilhados a outras marcas do grupo. "Estamos trabalhando com nossos colegas italianos especificamente em características premium que diferenciarão as marcas premium das demais marcas do grupo" , disse Marion David ao Automotive News Europe , na apresentação do novo DS 4. Os carros de DS, Alfa Romeo e Lancia também não devem seguir como “cópias”. Cada marca deve criar seus carros separadamente, sem modelos

Adeus FCA e PSA: Stellantis é criada oficialmente e se torna o quarto maior grupo do mundo

Imagem
A Stellantis oficialmente está formada. O quarto maior grupo automotivo do mundo foi criado graças a união de FCA e PSA. Ao todo serão 20 empresas sobre a guarda da Stellantis. Entre uma das principais acionistas deve estar a Exor, dona da FCA, que terá uma fatia de 14,4% de participação, seguida pela família Peugeot com 7,2% e o Governo da França com 6,2%, além da Dongfeng com 5,6%. A Stellantis Group ainda confirmou John Elkann como Presidente, tendo Carlos Tavares como CEO e Mike Manley como CEO na América do Norte. Tavares era o CEO da PSA há alguns anos e conseguiu bons resultados e reverteu o desempenho da Opel, que estava operando no negativo há anos nas mãos da GM. Ainda há outros nomes importantes dentro do grupo como Robert Peugeot (vice-presidente), Henri de Castries (diretor independente sênior), Andrea Agnelli, Fiona Clare Cicconi, Nicolas Dufourcq, Ann Frances Godbehere, Wan Ling Martello, Jacques de Saint-Exupéry e Kevin Scott. Com base nos dados de 2019, a Stellantis de

FCA confirma o desenvolvimento de três novos SUVs na Europa, que estreiam ao longo de 2021

Imagem
A FCA começou a desenvolver o seu futuro e deve investirem três novos utilitários esportivos para a Europa. Esses três novos modelos, alguns já tem algumas informações reveladas. O primeiro deles deve ser o Fiat 500X Cabrio, que deve retomar a ideia do 500C. A ideia é fazer com que o 500X Cabrio seja um concorrente do Volkswagen T-Roc Cabriolet, mas com carroceria de quatro portas, algo bem diferente em relação ao modelo da Volks. Esse modelo da Fiat é conhecido internamente pelos fornecedores, de acordo com o site Automotive News Europe. De acordo com o site, o lançamento deve ocorrer ainda em 2021, quando os fornecedores revelaram que a fabricante deve buscar reduzir os custos, desenvolvendo o modelo apenas com teto de tecido dobrável. A informação teria partido da própria FCA através do porta-voz Pietro Gorlier. A produção deve acontecer na fábrica de Melfi, na Itália. O 500X também deve ganhar uma opção com motor híbrido-leve, ajudando a Fiat a atender as normas de emissões europei

Alfa Romeo Tonale deve usar motor 1.3 16v Turbo Hybrid, com potências de 190cv e 240cv

Imagem
A Alfa Romeo confirmou que desenvolve o Tonale como a sua próxima novidade. O SUV compacto tem tudo para ser o novo carro mais vendido da marca italiana, ficando abaixo do Stelvio. De acordo com informações apuradas pelo site Motor.es, a Alfa Romeo deve apresentar o Tonale ainda em 2021, com a série especial Lauch Edition. Sua estreia deve acontecer em meados de novembro de 2021, nos principais mercados europeus. O Tonale será apresentado com duas opções híbridas, sempre com o motor 1.3 16v Firefly Turbo. O SUV vai receber um motor híbrido plug-in que conta com motor 1.3 Firefly Turbo para mover o eixo dianteiro, que funciona junto com um motor elétrico montado sobre o eixo traseiro, fazendo com que o SUV compacto se torne um carro com tração total. Juntos, os motores desenvolvem 190cv de potência e são capaz de acelerar de 0 a 100km/h em 7 segundos, emitindo 50g/km de CO2. Com o modo EV, ele será capaz de rodar 50km com o pacote de baterias de íons de lítio. Além disso terá o 1.3 Fire

Elétricos de Fiat, Jeep e Alfa Romeo serão feitos na Polônia, em Tychy, a partir de 2022

Imagem
A FCA confirmou o investimento de 165 milhões de euros para a produção de carros elétricos do grupo na fábrica de Tychy, na Polônia. Por lá, a fábrica deve produzir apenas os carros puramente elétricos das marcas da FCA a partir do segundo semestre de 2022. A unidade deve ser modernizada e deve produzir outros modelos elétricos para além do novo Fiat 500e. Ao que tudo indica, a nova fábrica deve produzir modelos elétricos de Jeep, Fiat e Alfa Romeo. Com cerca de 2.500 funcionários, a fábrica italiana deve ser uma das unidades que devem continuar operantes mesmo com a Stellantis. Cerca de três novos modelos serão produzidos em Tychy, sendo que existe a possibilidade de ser um de cada marca. Com relação aos modelos, a FCA não revela muito, dizendo apenas que serão “modelos tecnologicamente avançados, com base num novo conceito de mobilidade, utilizando os sistemas de propulsão mais avançados, incluindo, 100% elétricos” . De acordo com informações, na unidade serão feitos o Alfa Romeo Ton

Alfa Romeo encerra oficialmente a produção do 4C e Giulietta, que viram história na Itália

Imagem
A Alfa Romeo deve passar por um longo processo de renovação nos próximos anos, em parceria com a Strllantis. A marca italiana deve passar a contar apenas com Giulia e Stelvio no lineup, momentaneamente. Isso porque a marca enfim confirmou o fim de linha da dupla 4C e Giulietta, que “passou morrendo” todo ano de 2020 para morrer bem no final do ano. Na Itália, a Alfa Romeo se despediu do 4C com uma série limitada de 33 unidades, que prestaram homenagem ao 33 Stradele. A série especial foi batizada de 33 Stradele Tributo e todas as unidades foram pintadas na cor Rosso Villa d’Este, um tom de vermelho escuro e metalizado que contrasta com o acabamento dourado das rodas de liga leve de 18 polegadas na dianteira e 19” na traseira. Entre os destaques, o 4C vinha com detalhes em fibra de carbono exposta no pilar do para-brisa e nas carcaças dos retrovisores. Outro modelo que se despediu das linhas de montagem foi o Giulietta, que de acordo com fontes foi desligado da fábrica no dia 22 de deze

Alfa Romeo apresenta Giulia e Stelvio Veloce Ti na Europa, com motor de até 280cv de potência

Imagem
A Alfa Romeo apresentou a versão Veloce Ti para Giulia e Stelvio na Europa. A dupla passa a ser vendida com as versões que mescla esportividade com estilo. As versões devem ser uma alternativa mais acessível para a versão Quadrifoglio Verde e aderem aos motores que estão de acordo com a norma do Euro 6d. Visualmente, a versão Veloce Ti passa a contar com novas rodas de 21 polegadas, com acabamento prateado e com um desenho que parece da versão QV. O para-lama ganha o logotipo Veloce Ti. A sigla “Ti” vem de “Turismo Internazionale” e o “Veloce” vem de “Rápido”. No visual, o modelo ainda possui para-choque traseiro com uma placa protetora no para-choque, que cumpre a função de extrator traseiro. No interior, as novidades ficam por conta bancos esportivos estofados em uma combinação de couro e Alcantara, o teto interior recebe um acabamento no tom preto, e se não bastasse, há inserções de fibra de carbono. Tanto o Giulia como o Stelvio Veloce Ti devem ser equipados com o novo motor 2.0 Tu

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente