Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Mazda

Mazda apresenta novidades mecânicas para o Mazda3, Mazda3 Sedan e CX-30 nos EUA

Imagem
A Mazda já trabalha nas primeiras novidades para seu trio de modelos nos Estados Unidos, Mazda3 Hatch, Mazda3 Sedan e CX-30. Os modelos receberam ajustes com o motor 2.5 16v SkyActiv-G, que passa a desenvolver 194cv e 25,7kgfm, trazendo um ganho de 5cv a mais de potência. O motor é oferecido aos três modelos e esse ganho de potência veio justamente de uma tecnologia de desativação de cilindros, que torna o motor com uma economia de combustível maior. Esse motor pode ser oferecido com tração dianteira ou integral. Já o Mazda3 Sedan parece ter perdido o motor 2.0 16v SkyActiv-G de 157cv e 20,7kgfm, que não foi mencionado na linha 2023 do sedã médio. No caso do CX-30, o SUV médio ainda recebeu mais equipamentos de segurança como airbags laterais traseiros, pré-tensores dos cintos de segurança traseiros e caneleiras nos painéis das portas. O Mazda3 Hatch e o CX-30 ainda são vendidos com motores 2.5 Skyactiv-G Turbo que desenvolve 230cv de potência com torque de 42,6kgfm, acoplado a um câmb

Mazda apresenta o novo motor 3.3 Turbo Diesel do CX-60, que desenvolve até 254cv

Imagem
A Mazda confirmou a estreia de um novo motor para o CX-60. O SUV passa a receber o motor e-Skyactiv D, que se une aos demais motores da linha. A novidade é um 3.3 de seis cilindros Turbo Diesel que terá duas variações. A primeira é com tração traseira e que desenvolve 200cv de potência e uma versão vai trazer 254cv e será vendido com tração integral i-Activ da Mazda. Ambas configurações são equipadas com um sistema híbrido-leve de 48V (MHEV), que ajuda a ter uma eficiência maior em 40%. De acordo com a Mazda, a versão mais potente faz ele acelerar de 0 a 100km/h em 7,4 segundos, chega aos 219km/h e emite 137g/km de CO2, com consumo de 18,5km/l. O motor de 200cv emite 127g/km e tem consumo de ótimos 20,4km/l. Ambos os motores possuem uma mesma faixa de torque, de 55,9kgfm. Segundo a nipônica, o novo motor 3.3 de seis cilindros em linha se torna mais sofisticado e eficiente que o motor de quatro cilindros turbo diesel que a marca tinha anteriormente. O novo motor atua em um “tom de motor

Mazda apresenta pequenos avanços ao MX-30, que estreia com novidades na bateria

Imagem
A Mazda apresentou novidades para o seu crossover elétrico, o MX-30. A novidade começa a ser vendida na Europa com atualizações que o deixam mais moderno. Na mecânica, o carro é equipado com um gerador de som eletrônico sincronizado com o binário do motor em termos de frequência e pressão sonoras. Ele é equipado com um motor elétrico que desenvolve 142cv de potência com torque de 26,8kgfm. A marca japonesa apresentou uma bateria que carrega 10 minutos mais rápido. Usando uma bateria de apenas 35,5kWh, com uma autonomia de apenas 200km, no ciclo WLTP (161km no ciclo EPA), ele teve uma redução no tempo de recarga rápida, que passou de 36 minutos para 26 minutos. Outra alteração veio com o barulho do trem de força, que ajuda o motorista a reconhecer a quantidade certa de torque que é gerado pelo motor. O sistema de som, revisado, se encaixa naturalmente com outros ruídos do carro, como o do vento e da estrada. Outras novidades ficam por conta das novas opções de cores para a carroceria. E

Mazda MX-30 recria motor Wankel até 2023, que será usado como extensor

Imagem
A Mazda começou a desenvolver uma nova opção de motor para o seu primeiro carro puramente elétrico, o crossover MX-30. O modelo deve receber o motor Wankel como um motor gerador de energia para as baterias, formando um conjunto híbrido plug-in. Desde a estreia do modelo da Mazda, em 2019, é que se comenta que ele pode ser o primeiro carro que receberia esse conjunto. A chegada dessa opção de motor deve ajudar bastante o MX-30, que é visto como um modelo de autonomia muito baixa para um elétrico moderno. Com um extensor de autonomia, ele pode ter mais atributos de vendas a consumidores que precisam de uma autonomia maior. Por ser pequeno, um motor Wankel, rotativo, é considerado perfeito para o modelo. Essa versão híbrida deve acompanhar o MX-30 com a versão puramente elétrica, já vendida em outros mercados. Esse motor deve ser similar ao motor que BMW i3 Rex usa, com um motor elétrico com extensor de autonomia, mas diferente pelo conjunto que gera a energia ser um Wankel. Atualmente, o

Mazda inicia a produção do seu novo utilitário esportivo, o CX-60, na fábrica de Hofu, no Japão

Imagem
A Mazda confirmou o início da produção do CX-60 na fábrica de Hofu, na província de Yamaguchi, Japão. Durante o start na produção, a Mazda contou com a presença de Akira Marumoto, Diretor Presidente e CEO da Mazda, e Satoru Harada, Presidente do Comitê Executivo do Sindicato dos Trabalhadores da Mazda. O CX-60 é o primeiro carro que oferece apenas motores eletrificados em todas as suas opções. O SUV traz o motor 2.5 SkyActiv-G junto de um motor elétrico de 136cv de potência, tendo baterias de íons de lítio de 17,8kWh. O motor 2.5 16v a gasolina desenvolve 191cv de potência com torque de 26,6kgfm, enquanto o motor elétrico desenvolve 136cv e 25,5kgfm. Juntos, os motores entregam 327cv de potência e 51kgfm. O motor acelera de 0 a 100km/h em 5,8 segundos e chega a velocidade máxima de 200km/h. O modo EV oferece 63km de autonomia e a bateria pode ser carregada completamente em quatro horas em um carregador convencional. O consumo de combustível encontra-se no intervalo de 66,7km/l e as emi

Com novos SUVs, Mazda quer bater recorde de vendas na América do Norte, diz executivo

Imagem
Depois de confirmar uma série de novos utilitários esportivos da nova linha CX, a Mazda confirmou que pretende aumentar ainda mais suas vendas com os novos modelos. Depois de CX-3, CX-30, CX-4, CX-5, CX-8, CX-9 e MX-30, a Mazda apresentou em poucos meses os novos modelos, CX-50 e CX-60. Além desses dois, a marca ainda estuda desenvolver mais dois modelos, sendo o CX-70, CX-80 e CX-90 estão na plataforma de desenvolvimento. Com essa gama bastante ampla de utilitários esportivos, a marca japonesa já confirmou que pretende quebrar seu recorde de vendas. Com muitos modelos em linha, a Mazda ainda precisa cuidar se isso realmente não pode ter um efeito contrário e ser perigoso para o canibalismo entre os próprios modelos. Até 2026, a Mazda espera vender cerca de 450.000 unidades só nos Estados Unidos, o que já faz a marca aumentar a sua capacidade de produção na unidade de Huntsville, Alabama. Só do CX-50, estima-se que a marca produza cerca de 150.000 unidades ao ano. “Esperamos que os EUA

Mazda já está desenvolvendo a nova geração do MX-5, que será lançada em dois anos

Imagem
A Mazda já desenvolve a nova geração do MX-5, que será lançado dentro de alguns anos. O roadster já está com futuro garantido e chegará à sua quinta geração. A informação foi confirmada por Joachim Kunz, Responsável pelo Desenvolvimento de Produtos e Engenharia da Mazda Europa, em entrevista ao Autocar. “É o ícone da nossa marca e é sempre tratado de forma muito especial. No momento, parece que teremos esse carro para sempre, com esse tamanho e conceito e motor de combustão. Claro que um dia teremos que eletrificá-lo, mas queremos manter esse conceito puro” e falou que o MX-5 é “o bebê da sede”, destacou o executivo. A nova geração deve manter as mesmas características as últimas gerações, sendo um modelo compacto e leve, com tração traseira e motor a combustão interna. O MX-5 deve receber um motor híbrido-leve, que não altera muito suas características, a fim de já trazer um pouco do carro para a eletrificação. Contando com um ciclo de vida mais longo que os demais modelos, o MX-5 de

Mazda apresenta o novo motor 3.3 SkyActiv-D de seis cilindros, que entrega 231cv e 254cv

Imagem
A Mazda revelou mais informações da sua nova gama de motores, que fazem sua estreia a bordo do CX-60. O novo SUV da marca, apresentado há pouco tempo, passa a contar com o novo motor 3.3 SkyActiv-D Turbo Diesel, de seis cilindros em linha, que desenvolve 231cv de potência e 50,9kgfm, que envia a força por meio de um câmbio automático de 8 marchas com conversor de torque junto de um sistema de tração i-Activ AWD também vem de fábrica. Ele ainda oferece uma opção junto de um sistema híbrido-leve de 48V, que junto com o pequeno motor elétrico aumenta a potência para 254cv e torque de 56,1kgfm, sendo que o motor elétrico entrega 17cv e 11,5kgfm, contando com uma bateria pequena de 0,33kWh. Com esse conjunto híbrido-leve, ele acelera de 0 a 100km/h em 7,3 segundos e chega à velocidade máxima de 220km/h. O CX-60 ainda pode ser equipado com os motores SkyActiv-G a gasolina, com o 2.5 SkyActiv-G junto de um motor elétrico de 136cv de potência, tendo baterias de íons de lítio de 17,8kWh. O moto

Mazda descarta possibilidade de criar (de novo) uma divisão de esportivos, diz executivo

Imagem
A Mazda confirmou que não vai desenvolver uma versão ou subdivisão de esportivos dentro da sua linha de modelos. A informação foi confirmada por Alastair Doak, Gerente de Marketing da Mazda Austrália, em entrevista ao site australiano Motor. Com isso, a Mazda não deve seguir o mesmo caminho da Hyundai (com a N-Spec), a Toyota (com a GR) e a Nissan (com a Nismo). Até pouco tempo, a Mazda tinha a MazdaSpeed e a Mazda Performance Series (MPS). E essas duas opções estão descartadas de serem trazidas ao mercado novamente. Seria bom, mas o volume realisticamente seria bem pequeno para ele. Acho que nossa equação de desempenho vai saltar com o CX-60; o híbrido plug-in tem 314cv e é uma máquina rápida. “Achamos que nossos carros andam e se comportam muito bem de qualquer maneira, e acho que nos apoiamos com a aparência desse tipo de veículo. Se aumentarmos ainda mais o desempenho do que estamos oferecendo atualmente, acho que estaremos indo bem e teremos a arquitetura RWD novamente, o que nos

Mazda cancela desenvolvimento de um novo Mazda 6 de tração traseira e do novo RX-9

Imagem
Enquanto a Mazda segue desenvolvendo a nova geração do Mazda 6, o sedã pode diminuir a quantidade de países onde ele deve ser vendido. Na Europa, existe informações de que o sedã pode não acabar voltando às concessionárias da marca japonesa. A demanda por utilitários esportivos tem diminuído o interesse por sedãs em alguns mercados. Recentemente, Volkswagen Passat, Ford Mondeo e Renault Talisman se despediram ou já tem data para encerrar as suas vendas – todos por conta da baixa das vendas. “Seria muito bom… ter o conceito FR [motor dianteiro, tração traseira] e o motor de seis cilindros para um sucessor do Mazda 6 ou um grande cupê esportivo. A tendência SUV continua, e ainda mais para a Mazda. É o que está vendendo melhor” , disse Joachim Kunz, Líder de Engenharia e Desenvolvimento da Mazda Europa, para a última edição da revista Autocar, destacou o site Drive. Com isso, entende-se que não terá mais uma nova geração do Mazda 6 com tração traseira (RWD) e sim com tração dianteira (FWD

Nova geração do Mazda 6 virá com motor 2.5 Hybrid, apresentado recentemente pelo CX-60

Imagem
A Mazda segue desenvolvendo a nova geração do Mazda6, que será apresentada ainda neste ano de 2022. O sedã grande da marca será baseado pelo Vision Coupé Concept, apresentado no ano de 2017. De acordo com as primeiras informações, o sedã será apresentado com motor de seis cilindros em linha, sendo tanto a gasolina como a diesel, ambos 3.0. Segundo informações, o novo Mazda6 vai estrear uma nova plataforma dentro da Mazda, batizada de FR. Essa nova base vai ser usada também em modelos puramente elétricos, ou seja, pode ser uma brecha que dá ao entender que o Mazda6 poderá ter versões híbridas e elétricas. Além disso, é quase certo afirmar que ele terá motores micro-híbrido, também conhecidos como 48V (MHEV), que serão os motores de seis cilindros e uma versão híbrida plug-in (PHEV). Esse último, inclusive, deve ser o mesmo motor do CX-60, que alia o motor 2.5 SkyActiv-G junto de um motor elétrico de 136cv de potência, tendo baterias de íons de lítio de 17,8kWh. O motor 2.5 16v a gasolin

Mazda apresenta oficialmente o seu novo SUV, o CX-60, que faz sua estreia só como híbrido

Imagem
A Mazda apresentou o seu novo utilitário esportivo, o CX-60. O modelo estreia ainda como o primeiro carro puramente eletrificado da Mazda, por vir apenas com o motor híbrido. O modelo vem ser mais um utilitário esportivo que faz parte da nova linha CX, que apresentou o CX-50 no último trimestre de 2021. Com a nova identidade visual da marca chamada de Kodo, o CX-60 traz linhas bem modernas, que se destacam por contar com faróis compactos e que possui um prolongamento em DRL em LED até a grade dianteira, com elementos verticais. Os faróis ainda se conectam com o desenho da grade dianteira por conta de um acabamento cromado na parte inferior das grades e dos faróis. O para-choque dianteiro possui uma entrada de ar inferior e nas extremidades fica um nicho que também estão os faróis de neblina. O capô é um pouco longo para um utilitário esportivo. Nas laterais, o CX-60 possui um acabamento cromado na parte superior dos vidros e um desenho de linhas limpas nas laterais. No para-lama diante

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7