Postagens

Mostrando postagens com o rótulo GMA

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

Imagem
A GMA apresentou as primeiras novidades do T.50, que ganha a versão T.50S Niki Lauda. O motor foi desenvolvido pela 3.9 V12, da Cosworth, que desenvolve 725cv de potência com torque de 49,4kgfm. O motor V12 possui uma rotação de 12.100rpm, alcançando essa marca a partir da marcha-lenta, em 0,3 segundo. O câmbio é um manual de 6 marchas, da Xtrac. Segundo a Gordon Murray Automotive, o modelo ainda ganhou novidades como um novo escape, feito sob medida e que ajuda a elevar o nível de som do motor. De acordo com a GMA, o hiperepsortivo teve seu peso reduzido para 852kg e ganhou melhorias aerodinâmicas, com destaque para o ventilador raseiro de 400mm e que produz 1.500kg de downforce na traseira. Com 25 unidades produzidas dessa versão (15 delas já vendidas antes mesmo da estreia), cada unidade deve ser vendida com preço de 3,6 milhões de euros. Na traseira, a novidade do modelo fica por conta de um ventilar de 40 centímetros e um difusor ainda maior e um novo aerofólio. A grade traseira p

GMA confirma desenvolvimento do T.50S, a versão ainda mais esportiva que terá 894kg

Imagem
Depois de apresentar o T.50, a GMA deve desenvolver a versão ainda mais esportiva do cupê, ainda sem um nome definido. O carro teve toda a sua produção vendida em apenas 48 horas e deve ganhar a nova opção dentro de alguns meses. Esse modelo deve estremecer até a última gota, a eficiência do motor V12 desenvolvido para o esportivo. O carro deve ser usado apenas como modelo de competição, não podendo circular em ruas/estradas. O modelo pode ser batizado de T.50S e deve contar com uma melhor configuração, mais radical, tanto em níveis aerodinâmicos como de chassi como também visuais. Em seu primeiro esboço, revelado pela própria marca (imagem acima). O carro deve contar com uma configuração de suspensão mais baixa e rígida, além de um novo kit aerodinâmico composto por um splitter dianteiro de grande tamanho, além de uma aleta dorsal que termina sobre um grande aerofólio traseiro. O carro ainda deve contar com um novo difusor na zona do para-choque traseiro. O carro não deve contar apena

GMA estreia oficialmente o seu superesportivo T.50, equipado com um motor 3.9 V12 de 663cv

Imagem
Depois de muita espera, a Gordon Murray Automotive (GMA) surgiu e apresentou o seu primeiro automóvel: o T.50. O carro é um claro substituto do McLaren F1, lançado em 1993. O GMA T.50 foi desenvolvido pelo dono da marca e que dá nome a empresa, Gordon Murray. O ex-engenheiro da Fórmula 1 criou o bólido com motor V12 e com a rotação mais alta do mundo. De quebra, conseguiu fazer com que seu carro tivesse características aeronáuticas. Desenvolvido com uma carroceria de alumínio de 2,4mm de espessura de chapa, o T.50 pesa apenas 986kg. Em sua construção, o superesportivo conta com pedais, volante e assento do motorista centralizados e com uma configuração única de cada carro. O motor foi desenvolvido pela 3.9 V12, da Cosworth, que desenvolve 663cv de potência com torque de 47,4kgfm. O motor V12 possui uma rotação de 12.100rpm, alcançando essa marca a partir da marcha-lenta, em 0,3 segundo. O câmbio é um manual de 6 marchas, da Xtrac. “Para ser verdadeiramente notável, um motor precisa ter

Cosworth desenvolve motor 3.9 V12 para o superesportivo da GMA, o cupê T.50

Imagem
A Cosworth revelou a primeira imagem do seu motor 3.9 V12, que deve ser apresentado no GMA T.50. O carro estreia no próximo dia 4 de agosto e o motor deve ser um aspirado, que deve ser o motor aspirado mais rápido, veloz e de resposta mais rápida. Além disso, deve ser o carro com mais potência e o mais leve de todos os tempos. De acordo com a Cosworth, o motor foi desenvolvido a fim de manter a cilindrada do motor V12 do T.50, a mais baixa possível. A inspiração original para o motor veio do motor 3.3 V12 que foi usado na Ferrari F250 GTO. O objetivo de uma máxima aceleração e um elevado torque e um peso muito contido. Isso porque o motor deve equipar o carro que pesa cerca de 1.000kg. O V12 deve entregar um torque de 47,6kgfm, mas a chave para garantir o seu uso diário está no torque, que 71% dele é entregue acima dos 2.500rpm. O motor também se inspirou no BMW S70/2 V12 desenvolvido para o McLaren F1, do qual o CEO da GMA, Gordon Murray, fez parte do desenvolvimento. O motor deve

Marca de Gordon Murray, GMA, apresenta o Motiv, um monolugar elétrico de 27cv de potência

Imagem
A empresa de Gordon Murray, a GMA, apresentou o seu primeiro automóvel que deve ser produzido, o Motiv. Desenvolvido em parceria com a itMoves e a Delta Motorsport, o monologar desenvolvido promete ajudar e reduzir os congestionamentos das grandes cidades, sendo uma opção de mobilidade urbana. Ele é desenvolvido sobre uma plataforma acessível que permite alterar facilmente as características dos painéis da carroceria denominados de iPanel, desenvolvido em alumínio de alta resistência. A capacidade de ser monologar fez com que o Motiv tivesse apenas 2,537 metros de comprimento, 1,310 metro de largura e 1,628 metro de altura, pesando menos de 450kg. Com um motor elétrico de 27cv, ele possui bateria de 17,3kWh que lhe oferece uma autonomia de 100km. Ele possui uma velocidade máxima de 65km/h e as baterias podem ser recarregadas em 20% a 80% em 40 minutos se usar um carregador rápido. A produção do Motiv ainda deve demorar, cerca de dois a cinco anos. Tudo vai depender de como vai avan

Surge mais informações do GMA T.50, que deve ser apresentado no próximo mês de maio

Imagem
A GMA apresentou mais alguns detalhes sobre o seu primeiro carro, o T.50. O projetista Gordon Murray, responsável pelo desenvolvimento do icônico McLaren F1, revelou mais algumas imagens do T.50, que deve ser apresentado em maio. O carro deve ser desenvolvido em especial foco com a aerodinâmica, trazendo um ventilador de 40 centímetros montado no centro da traseira, que spõe uma solução inédita para o carro de produção. Ele deve ajudar na ventilação do motor e melhorar a aerodinâmica em altas velocidades. O T.50 é fiel aos primeiros protótipos do F1, com motor central V12 aspirado com cerca de 650cv de potência, chassi monocasco de fibra de carbono e habitáculo com três bancos, onde o motorista vai no centro. O carro é tão leve que deve pesar cerca de 980kg. Previsto para ser apresentado em maio de 2020, as primeiras unidades devem ser produzidas apenas em 2021 e as entregas começam em 2022. Cada unidade deve ser vendida por cerca de US$3 milhões e serão produzidas apenas 125 unida

GMA antecipa teaser do T.50, hiperesportivo desenvolvido para pesar apenas 980kg

Imagem
A GMA revelou que o seu primeiro carro deve ser o T.50, assim como foi batizado. Com espaço para três ocupantes e pesando apenas 980kg, o cupê deve contar com um motor V12 aspirado fabricado em titânio. Projeto desenvolvido por Gordon Murray, a novidade é esperada para 2022 com um preço na casa dos £2,5 milhões de euros. A GMA presta consultoria na área de engenharia e Murray tem estado entretido desenvolvendo carros urbanos com aplicações para mobilidade elétrica. A GMA pretende lançar esse primeiro carro com produção limitada de 100 unidades por ano. O T.50 é definido por Murray como “o T.50 é pureza, tem um propósito e oferece tecnologia impressionante” . O T.50 recua a 1978 e utiliza uma versão mais refinada e tecnológica da ventoinha utilizada nos Brabham F1 para garantir que o carro tenha efeito de solo e que nas curvas seja muito eficaz. O nome T.50 vem dos 50 anos de carreira de Gordon Murray. O carro deve ser produzido em fibra de carbono, motor central e tração traseira.

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Stellantis confirma que quer triplicar a venda de eletrificados e aposta em hidrogênio

Mercedes-Benz apresenta oficialmente o EQB no Salão do Automóvel de Xangai, na China

Prestes a ganhar irmão quase gêmeo, Chery Tiggo2 ganha versão Smile AT por R$80.650