Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Wey

Wey Macchiato tem mais informações reveladas no Salão do Automóvel de Tianjin, na China

Imagem
A Wey revelou mais detalhes do Macchiato, SUV médio da marca premium, que recentemente passou a ter algumas imagens registradas no Brasil. O modelo começa a ser vendido na China com duas opções de motor híbrido. De acordo com a marca, o Macchiato será vendido com um motor 1.5 16v a gasolina junto de um motor elétrico e bateria de lítio. O conjunto, chamado de DHT, entrega 190cv de potência com torque de 37,7kgfm, contando ainda com um consumo de excelentes 21,3km/l. Ele ainda possui uma outra opção de motor híbrido. Trata-se do 1.5 16v a gasolina de 102cv junto de um motor elétrico de 136cv. Juntos, eles desenvolvem 192cv e 25,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de duas velocidades e roda em velocidades de até 35km/h exclusivamente com o motor elétrico. Ele possui uma bateria pequena, de 1,6kWh. Já o câmbio de duas velocidades atua no modo de acionamento direto do motor, fornece uma eficiência de transmissão máxima de 97%, o que também é fundamental para a economia de combustível. E

Wey registra imagens de patente no Brasil com Macchiato Hybrid, que tem motor de 192cv

Imagem
A Great Wall Motors registrou as primeiras imagens de patente de um novo modelo no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (o INPI). Trata-se do Wey Macchiato, um utilitário esportivo premium da marca da GWM, a Wey. O modelo foi registrado com uma grade fechada, indicando que pode se tratar de uma versão elétrica, com o logotipo da marca vertical ao centro. Na China, o Wey Macchiato possui três opções de motorizações. Desenvolvido sobre a plataforma modular DHT híbrida. O destaque fica por conta do motor 1.5 16v a gasolina que desenvolve 102cv junto de um motor elétrico de 136cv. Juntos, eles desenvolvem 192cv e 25,5kgfm, acoplado a um câmbio automático de duas velocidades e roda em velocidades de até 35km/h exclusivamente com o motor elétrico. Ele possui uma bateria pequena, de 1,6kWh. Já o câmbio de duas velocidades atua no modo de acionamento direto do motor, fornece uma eficiência de transmissão máxima de 97%, o que também é fundamental para a economia de combustível. O Macchi

GWM não descarta vinda da Wey ao Brasil como marca premium e importada, diz representantes

Imagem
Enquanto a Great Wall Motors (GWM) deve vir ao Brasil dentro dos próximos meses, o grupo conta com cinco marcas que podem estar na rota do mercado brasileiro. Há Great Wall, Haval, Wey, Ora e Tank, por ordem de criação. Destas, Great Wall, Haval e Ora podem ser lançados no mercado brasileiro, sendo a primeira uma divisão de picapes, a segunda de utilitários esportivos e a última de elétricos. A Tank é uma marca focada em off-road e modelos utilitários esportivos mais parrudos. Já a Wey é uma marca premium, que até o momento possui apenas SUVs. É como a Exeed é para a Chery. Revelando novidades no Salão do Automóvel de Munique, na Alemanha, a Wey se apresentou pela primeira vez com o SUV chamado Coffe (imagem acima). O SUV possui um motor 2.0 Turbo a gasolina que desenvolve 201cv de potência junto de dois motores elétricos. Esses motores elétricos possuem uma bateria que oferece autonomia elétrica de 150km e potência combinada de 469cv. Por aqui, a Wey ainda não confirmou se vem ao Bras

Wey revela crossover elétrico V72, com design retro e bem estranho no Salão de Chengdu

Imagem
A Wey começou apresentando as novidades do Salão do Automóvel de Chengdu, na China. O evento foi palco da apresentação do Wey V72, um estranho carro que podemos considera-lo como um crossover de linhas retro – mas que acabaram bem estranhas. Inspirado no Ora Ballet Cat, que é o nosso Volkswagen Fusca com motor elétrico e design um pouco diferente. Desenvolvido sobre uma plataforma híbrida, ele traz a tecnologia DHT que quer fazer com que os carros sejam mais eficientes. Vamos tentar explicar um pouco do design do V72. Na dianteira, ele possui uma enorme grade dianteira cromada bem ao estilo de carros da década de 1930 a 1940, que invade um pouco das laterais. Os faróis ficam nas extremidades, redondos e com acabamento cromado no entorno. O para-choque dianteiro é cromado e invade as laterais como se fosse um carro bem antigo. Há ainda faróis de neblina redondos envolto de um friso cromado. O capô é alto. Nas laterais, o carro possui para-lamas dianteiro e traseiro com estilo bem pareci

Great Wall pode mover investimento da Índia para o Brasil; montante será de US$300 milhões

Imagem
Enquanto a Great Wall ainda trabalha na sua vinda para a América do Sul, um impasse na Índia pode fazer a marca transferir o seu montante de investimentos da Índia para cá. De acordo com a Agência Reuters, a Great Wall estaria disposta a investir US$300 milhões na operação brasileira e na expansão da marca na América do Sul. O montante de R$1,576 milhão, aproximadamente em conversão direta. Com dificuldades em investir esse dinheiro na Índia, que é preciso obter licenças para investimentos, a Great Wall pode acabar investindo tudo no Brasil, que não precisa desse impasse. “O Brasil está quase fechado e não fazia sentido manter os recursos bloqueados para a Índia” , disse uma fonte. O dinheiro este seria enviado para a compra da unidade de Iracemápolis (SP), construída pela Mercedes-Benz em 2016. A Great Wall fez a mesma coisa em outros mercados, como a Rússia e a Tailândia, onde comprou fábricas que estavam desativadas. Atualmente a Great Wall atua apenas no Chile, onde importa seus ca

Segundo jornal, Great Wall já comprou fábrica da Daimler em Iracemápolis, em São Paulo

Imagem
A Great Wall ainda não confirmou, mas caminha para comprar a fábrica de Iracemápolis (SP), que era da Mercedes-Benz. Segundo informações do jornal O Globo , a chinesa já teria fechado o negócio com os alemães para ter acesso à fábrica e a Great Wall iniciaria produzindo um utilitário esportivo e uma picape. Segundo o jornalista Marcelo Ninio, a Great Wall fechou o negócio com a Mercedes-Benz há menos de três semanas e que a chinesa comemorou o fato de ter uma fábrica na América do Sul, no dia 25 de junho. Já era sabido que a unidade de Iracemápolis se encaixava no perfil da Great Wall por ser uma fábrica de pequeno porte e moderna, com cinco anos de inauguração apenas. A Great Wall tem comprado uma série de fábricas que ficaram paradas: na Índia, comprou uma da GM; e na Tailândia, comprou outra da GM. Segundo informações do site WebMotors , a Great Wall deve iniciar a sua operação com cerca de 60 concessionários e apostando primeiro em modelos importados, que alguns podem ser nacionali

Wey apresenta o jipe Tank 300 no Salão do Automóvel de Chengdu, na China

Imagem
A Great Wall apresentou oficialmente o novo modelo da sua marca na China, a Wey. Por lá, foi apresentado o Tank 300, apresentado no Salão do Automóvel de Chengdu. O modelo é um utilitário esportivo com ares de jipe, que lembra modelos como o Jeep Wrangler e Ford Bronco. Na verdade, o modelo parece que é o resultado após colocar o modelo da Jeep e da Ford numa batedeira. Desenvolvido sobre um chassi monobloco, ele possui suspensão independente nas quatro rodas, com tração 4x4 e transmissão automática de 9 marchas, além de uma preparação para o off-road com nove modos de condução. O modelo é equipado com motor 2.0 Turbo que desenvolve 225cv de potência e o 2.0 Turbo Diesel de 190cv de potência, ambos com o câmbio automático de 9 marchas. Visualmente, o Tank 300 conta com uma dianteira dotada de faróis de LED, circulares, que contam com luzes diurnas de LED horizontais que invadem os faróis e invadem (um pouco) das laterais. Visualmente ele possui colunas largas e janelas pequenas nas

Wey revela imagens teaser do P01, que deve ser apresentado em breve com inspiração no Ford Bronco

Imagem
A Wey apresentou oficialmente as primeiras imagens do seu novo modelo para a China, batizado de P01. O modelo deve ser um jipe, ou ao mesmo deve tentar ser. Apesar do visual, ele está muito mais para um utilitário esportivo. O modelo conta com pitadas de Ford Bronco. O novo modelo deve ser apresentado dentro de alguns dias e tudo indica que visualmente ele deve ser uma (quase) cópia do Ford Bronco. Ainda não se tem muitas informações a respeito do modelo, mas novidades devem ser apresentadas em breve. Até o momento, se sabe que a Way não deve vender o modelo fora a China, a fim de evitar processos da Ford, se é que a marca norte-americana não deve apresentar nada contra a chinesa. A conferir. 

Wey apresenta o P8, primeiro carro com bateria de cobalto que oferece autonomia de até 880km

Imagem
A Wey, marca de utilitário esportivos premium da Great Wall, apresentou recentemente mais uma novidade no mercado chinês. Trata-se do P8, elétrico que traz uma bateria SVOLT e que anuncia a produção em massa de baterias de células livres de cobalto. Esse tipo de bateria deve reduzir o custo de produção e obter importante ganho em eficiência e durabilidade. Chamada de L6, a nova bateria conta com uma capacidade de vida útil de 1,2 milhão de quilômetros (ou 15 anos), trazendo maior segurança e maior densidade de energia. O executivo também disse que a nova bateria está sendo adaptada ao modelo topo de linha da Great Wall. Essas células são organizados com um pacote, onde a empresa chama de conjunto de matrizes e que ajuda com a bateria ser 80% menos pesada, sendo favorável ao aumento de densidade de energia. Ela deve ser oferecida com 226Ah que proporciona uma autonomia de 880km com uma única carga. Vale lembrar que o padrão da China é o NEDC, enquanto no ciclo WLTP ele consegue rodar ce

Wey revela na China o VV7 GT, um SUV com perfil cupê e motor a gasolina de até 227cv de potência

Imagem
A Wey, marca que surgiu em 2016 pela Great Wall como divisão de luxo dos utilitários esportivos, apresentou um novo modelo na China. Trata-se do VV7 GT, um utilitário esportivo com linhas esportivas que tiveram um apoio da Brabus em seu desenvolvimento. Contando com os modelos VV5, VV6 e VV7, a Wey revelou o VV7 GT com um perfil mais cupê nas suas linhas. Ele possui um caimento de teto mais inclinado e a tampa do porta-malas parece ter um ressalto. A preparadora alemã ajudou a desenvolver o design esportivo do carro ao trazer um novo para-choque dianteiro com um novo formato que traz grandes entradas de ar, além de grandes arcos de roda e para-choque traseiro com difusor e escapes incorporados, além de rodas de liga leve de 20 polegadas de desenho exclusivo do GT. Visto de lateral, a partir da coluna B ele começa a ganhar um design exclusivo pelo caimento de teto mais inclinado. Ele conta com uma nova janela espia e a janela traseira é bastante alta, que não permite uma boa visibilidad

Great Wall apresenta a marca de luxo Wey, que deve começar a vender os SUVs W01 e W02 em 2017

Imagem
A Great Wall está apresentando a sua segunda marca, a Wey. A marca surge no Salão do Automóvel de Guangzhou como uma aposta mais premium. Desenvolvida para elevar os padrões de segurança, design e tecnologia, a Wey faz uma homenagem ao CEO da Great Wall, Wai Jianjun e começa a operar na China a partir de 2017. Primeiramente a marca deve se estabelecer na China e com foco no segmento de SUVs. O primeiro automóvel da marca será o W01, utilitário esportivo que mede 4,80 metros de comprimento. Na China ele deve ter como concorrentes Volkswagen Touareg, Ford Edge e Jeep Grand Cherokee. Por sua vez, o W02 é ligeiramente menor (4,40 metros ao todo) e terá a missão de concorrer com BMW X1, Volkswagen Tiguan e Jeep Compass. Ambos impressionam pelo design bem acertado e fora do “padrão clonagem” tão criticado e cada vez menos comum entre os chineses. Todos serão equipados com recursos de última geração, incluindo alerta de mudança de faixa, piloto automático adaptativo, espelho retrovisor com

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790