Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Sedãs Médios

Chevrolet confirma Cruze e Cruze Sport6 2021 tem preços iniciais de R$116.530

Imagem
A Chevrolet enfim revelou os preços da linha 2021 do Cruze e Cruze Sport6 no mercado brasileiro. O sedã e o hatch médio passam a contar com a versão intermediária LTZ, que ficará entre o LT e o Premier. A Chevrolet decidiu trocar os para-choques de Cruze e Cruze Sport6 na versão LTZ. O para-choque do Cruze nas versões LT e Premier foi usado no Cruze Sport6 Premier 2021 e o para-choque dianteiro do Cruze Sport6 LT e Premier foi usado no Cruze LTZ. Ainda sem preços definidos, a versão LTZ deve substituir a versão Premier I e a Premier II será vendida apenas como Premier. Ela deve se diferenciar como topo de linha por vir equipada com frenagem automática de emergência, alerta de ponto-cego, farol-alto automático e outros. Na mecânica, o Cruze mantém o competente conjunto formado pelo motor 1.4 16v Ecotec Turbo Flex que desenvolve 153/150cv de potência com torque de 24,5/24,0kgfm, disponível logo nos 2.000rpm ao câmbio automático de 6 marchas. O programa de etiquetagem do Inmetro diz que e

Honda Civic ganha registros de patente no INPI e deve vir ao nosso país... importado

Imagem
A Honda deve trazer a nova geração do Civic, mas ainda não sabe quando. O sedã médio deve ser apresentado oficialmente ainda em 2021, com vendas em outros mercados nos meses seguintes. No Brasil, o Civic deve ser vendido, mas rumores indicam que ele não deve ser mais produzido no Brasil, ou seja, viria ao nosso mercado como um carro importado. O novo Civic teve as primeiras imagens registradas em imagens de patente no Brasil, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, o Inpi. Essa é a segunda vez em menos de um mês que o novo Civic é registrado em imagens de patente no nosso mercado. No Brasil, o lançamento dessa nova geração deve ocorrer em 2022, mas não se sabe qual deve ser a sua procedência: nacional ou importado. Isso porque há rumores de que o Civic passe a vir de outro mercado, mas as unidades de Sumaré (SP) ou Itirapina (SP) possuem plenas capacidades de produzir a nova geração no nosso mercado e o Civic ainda possui um mix de cerca de 2 mil unidades mensais. Visualmente,

Audi confirma novos A3 Sportback e A3 Sedan para o segundo semestre no país

Imagem
A Audi confirmou que A3 Sportback e A3 Sedan devem ser lançados no mercado brasileiro no segundo semestre deste ano. O hatch e o sedã médio ganham a sua nova geração (a quarta do hatch e segunda do sedã) com a nova plataforma modular MQB. Por aqui eles devem ser lançados nas versões Prestige, Prestige Plus, Prestige Black e Performance Black, além do S3. Por aqui, a dupla deve ser lançada entre os meses de agosto a outubro, importados da Hungria. Ambos contam com um design mais sedutor, elegante e esportivo, o A3 Sedan 2021 conta com elementos atualizados como os faróis, semelhantes aos do Q3. Os faróis passam a contar com sistema LED-Matrix da Audi, além de uma abertura bem fina entre o capô e o para-choque. A grade dianteira passa a ter linhas mais retas e com o mesmo formato do modelo anterior, mas maior. Essa é a única entrada de ar do carro, porque os detalhes das extremidades do para-choque dianteiro são fechadas e nas imagens possui acabamento cinza prateado fosco. As linhas des

Audi apresenta o novo RS3 LMS que antecipa novo RS3 Sedan, que estreia em setembro

Imagem
A Audi apresentou as primeiras imagens do RS3 Sedan LMS, categoria de carros GT3. Desenvolvido pela Audi Sport, o RS3 LMS, o carro usa o motor 2.0 TFSI capaz de desenvolver 340cv de potência com torque de 42,9kgfm. O carro foi desenvolvido com uma estrutura de aço, mas com a carroceria em fibra de carbono e alumínio, mais leve que um carro de rua. O modelo de competição ainda antecipa como deve ficar a versão de rua do RS3 Sedan, que deve ser apresentado junto ao RS3 Sportback, em setembro deste ano, na Europa. Na dianteira, ele deve contar com uma nova grade dianteira, que não deve ser a mesma do modelo de competição, mas que mantém o RS3 na grade. O para-choque dianteiro deve contar com entradas de ar nas extremidades, que devem ser maiores e bem amplas. Ao lado dos faróis dianteiros ele terá uma entrada de ar, que deve ser menor que o carro de competição, seguindo os passos de RS6 Avant e RS7 Sportback, por exemplo. Tudo indica que o RS3 seja mais potente com o motor 2.5 TFSI, que n

Nova geração do Honda Civic deve ser vendida no Brasil, mas virá como importado

Imagem
A Honda não confirma, mas o Civic deve deixar de ser produzido no Brasil. O sedã médio, produzido aqui desde o final de 1997, deve chegar ao Brasil em uma geração, mas como importado. De acordo com informações, o sedã médio deve ser produzido. O novo Civic pode acabar vindo ao nosso mercado via México, o que faria o sedã vir ao nosso país sem pagar imposto de importação. Mas a produção no EUA e Canadá já está confirmada. Em qualquer uma das opções, o modelo se tornaria muito caro por aqui. O sedã já ganhou imagens de patente registradas no Brasil, pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Visualmente, o novo Civic terá faróis retangulares, finos e compridos. A grade fica menor e mantém uma peça que pode ser cromada, na cor da carroceria, responsável por fazer a junção entre os faróis. O para-choque ainda conta com uma nova entrada de ar inferior e outras duas peças nas extremidades do para-choque para os faróis de neblina. Nas laterais, se percebe como o Civic não deve

Volkswagen pode deixar de vender Jetta e Tiguan com motor 1.4 TSI no Brasil

Imagem
Tido como o principal lançamento da Volkswagen para 2021 e um dos principais lançamentos de 2021 para o Brasil, o Taos deve ser o responsável por brigar com o Jeep Compass. Mas o SUV médio deve provocar mudanças dentro da própria Volkswagen. De acordo com informações do UOL Carros, Jetta e Tiguan devem perder versões em nosso mercado. O Jetta deve perder as versões Comfortline e R-Line, vendidas com motor 1.4 TSI, passando a ser vendido apenas com o motor 2.0 TSI na versão GLI. Já o Tiguan AllSpace também deve perder a motorização 1.4 TSI, que equipa as versões 250 TSI e Comfortline. Com isso, ele passaria a ser vendido apenas na versão R-Line, equipada com motor 2.0 TSI, o que faz sentido no caso do SUV de sete lugares. No entanto, há chances do Tiguan ganhar uma nova versão mais acessível com esse motor, enquanto o Jetta apostaria todas as suas fichas na sua versão mais esportiva. De acordo com concessionários da Volkswagen, o recado foi dado dia 2 de fevereiro e que não devem chegar

Nova geração do Honda Civic tem as primeiras imagens de patente registradas no Brasil

Imagem
A Honda registrou as primeiras imagens de patente do novo Civic no mercado brasileiro. O sedã teve as primeiras peças registradas no Instituto Nacional de Propriedade Industrial, o INPI, que registra as patentes no Brasil. O sedã ainda nem foi apresentado no exterior na sua versão de produção, que deve ser revelada ainda neste. Mesmo assim, a nova geração do Civic não é nenhum segredo para ninguém, porque a Honda revelou no final do ano passado o Civic Concept, que antecipa as linhas do sedã. Por aqui, a Honda registrou as primeiras peças, como farol, lanterna, para-choque traseiro, volante e painel. As peças foram registradas em sua maioria na diagonal, de frente e mais de lateral. A única novidade do registro de patente é o volante, ainda desconhecido. O sedã conta com um volante de três raios, de linhas mais arredondadas e de hastes mais finas. Visualmente, o novo Civic terá faróis retangulares, finos e compridos. A grade fica menor e mantém uma peça que pode ser cromada, na cor da

Toyota reajusta de novo os preços do Corolla e perde central multimídia "de tubo"

Imagem
A Toyota apresentou a linha 2022 do Corolla mas reajustou os preços do sedã médio. A única novidade é que o sedã perdeu a central multimídia que parecia um antiga televisão de tubo para ter uma tela flutuante em todas as versões, desde a GLi. Já a versão 2021 do XEi, recebe maçanetas internas pintadas em prata, mesmo coisa que o Altis Hybrid recebeu. Essa versão ainda traz sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, quadro de instrumentos com tela TFT de 7 polegadas para o computador de bordo. Já o Altis Hybrid Premium passa a ser vendido com sensor de estacionamento dianteiro e traseiro. O principal problema disso tudo é o preço que o Corolla chegou. Para se ter uma ideia, o sedã médio começa em R$120.790, um aumento de nada mais nada menos que R$6.200!! A versão XEi foi a que recebeu o menor reajuste: R$2.510. Já as versões “gêmeas”, Altis Flex e Altis Hybrid, vendidas pelo mesmo preço desde o lançamento do sedã, passa a ser vendida por R$151.090, um aumento de R$4.700. Já o Alt

Chevrolet deve ampliar a versão RS no Brasil para Tracker, Cruze e Equinox

Imagem
A Chevrolet, após lançar o Onix RS, deve expandir a linha RS no mercado brasileiro. A marca deve contar com novos modelos com a assinatura esportiva aqui no Brasil e também na região. Segundo Agustín Mazzola, Executivo da GM América do Sul para a área de produtos, o catálogo RS será uma alternativa intermediária dentro da gama de alguns modelos, inclusive como uma opção para quem deseja um carro com visual mais esportivo. Assim como ocorre no Onix, deve ficar abaixo da versão Premier e contar com detalhes elegantes e mais refinados. Depois do Onix, o próximo modelo a ganhar a versão deve ser o Tracker, que vai receber essa versão ainda em 2021. Depois deve ser introduzido na linha Cruze e Equinox. O Cruze já recebeu uma versão RS quando era vendido na América do Norte e o Equinox estreou om a reestilização com essa versão. No Tracker, essa versão RS deve ficar abaixo da Premier e virá com o motor 1.0 ou 1.2 Turbo e será inspirado no Tracker Redline, o chinês. Já o Cruze deve manter o m

Changan ganha perfil em Instagram e sinaliza retorno com sedã Eado Plus ao Brasil

Imagem
Surgiu um curioso (e novo) perfil no Instagram de uma página sobre a Changan Motors Brasil. Ao que tudo indica, a empresa está na rota de retornar ao mercado brasileiro. Criada neste mês de fevereiro, o perfil conta com uma imagem do sedã médio Eado. Curiosamente, a única empresa que o perfil segue é a Keyton Motors, que já confirmou a sua vinda ao nosso mercado, tanto que ambas contam com uma imagem de perfil com a mesma identidade visual do “Brasil”. A mesma empresa que trouxe a Keyton pode também trazer a Changan no mercado. Como a Keyton deve ser uma marca que vá vender apenas carros elétricos, estima-se que a Changan venda carros com motores a combustão, a fim de não competirem entre si. Vale destacar que o perfil da Keyton também foi criado antes do anúncio da chegada da marca ao nosso mercado, no dia 30 de setembro de 2020 (o anúncio da vinda da marca aconteceu apenas no dia 6 de novembro de 2020), ou seja, a vinda da Changan ao Brasil deve ocorrer dentro de algumas semanas. O s

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Fiat Toro recebe motor 1.3 Turbo em todas versões e catálogo vaza antes da estreia

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Tesla revela nova informação sobre design da Cybertruck, que estreia no fim do ano

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

GMA apresenta o T.50S Niki Lauda, que traz melhorias no motor e apenas 25 unidades

Chevrolet confirma Cruze e Cruze Sport6 2021 tem preços iniciais de R$116.530