Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Suzuki

Importados, abril de 2022: vendas caem 7,7% no primeiro quadrimestre; Volvo e Chery lideram

Imagem
A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores – Abeifa, confirmou que o mês de abril respondeu por 5.033 unidades vendidas. Foram 1.500 importadas e 3.533 veículos de produção nacional, o que representa que o mês de abril teve um aumento de 2,5% em relação ao mês de março de 2022, quando foram comercializadas 4.911 unidades. Comparado a abril de 2021, a redução é de 14,1%, quando foram vendidas 5.856 veículos. Levando em conta apenas os importados, foram 1.500 unidades vendidas, o que significa alta de 3,3% ante as 1.452 unidades de março de 2022 e redução de 33,2% ante abril de 2021. Entre os modelos de produção nacional, abril registrou 3.533 unidades, um aumento de vendas foi de 2,1% ante as 3.459 unidades do mês anterior e redução de 2,1% em relação a abril de 2021. Com esse desempenho de abril, as marcas associadas à Abeifa fecharam o primeiro quadrimestre com total de 19.304 unidades licenciadas, queda de 7,7% em relação ao primeiro quadr

Toyota e Suzuki terão novos SUVs compactos na Índia e modelos são antecipados em projeção

Imagem
Eis que surgiram as primeiras imagens (ainda de projeção) dos novos SUVs compactos que Suzuki e Toyota estão desenvolvendo com foco no mercado indiano e, potencialmente, emergente. Fruto de uma parceria que nasceu entre as empresas, os dois novos modelos serão apresentados com a missão de representar as marcas no concorrido segmento de SUVs compactos. É possível que os modelos nasçam a partir da plataforma modular DNGA, da Toyota. Com o foco na redução dos custos, ambas as empresas usarão os mesmos fornecedores para a produção dos modelos, aproveitando toda a rede de fornecedores que a Suzuki possui na Índia. A dupla deve ser muito parecida visualmente. No caso do Suzuki, ele possui uma grade dianteira conectada aos faróis e que na parte superior terá um friso cromado, tendo ainda os faróis divididos em dois andares. Os principais, claro, fica numa posição mais abaixo. O para-choque dianteiro possui faróis de neblina e ao centro traz uma entrada de ar com um acabamento em plástico pret

Minivan e aventureira, Suzuki XL6 passa por primeira (e leve) mudança visual na Índia

Imagem
A Suzuki apresentou oficialmente as primeiras imagens da nova XL6 na Índia. A minivan compacta da marca japonesa estreia com um novo design de meia-vida. Usando a nova linguagem de design ‘Crafted Futurism’, a XL6 se destaca por receber uma nova grade dianteira com contornos cromados na dianteira. Nas laterais, as novidades ficam por conta das novas roda de 16 polegadas, há opções de acabamento bicolor para a carroceria com o teto em contraste. Na traseira, a reestilização trouxe mudanças leves, como o novo layout das lanternas com acabamento em LED e lentes escurecidas. Ela ainda perde o friso cromado que conectava os dois faróis. De acordo com a Suzuki, a XL6 virá com 4,445 metros de comprimento, 2,740 metros entre os eixos, 1,775 metro de largura e 1,755 metro de altura. Np interior, as mudanças ficam por conta de um painel que passa a trazer uma central multimídia com tela de 7 polegadas, com o SmartPlay Pro. De série, ela ainda possui um novo quadro de instrumentos com dois mostra

Fábrica do Catalão (GO), da Mitsubishi e Suzuki, enfrentará falta de semicondutores

Imagem
A Mitsubishi confirmou que a fábrica de Catalão (GO) também deve sofrer com a falta de componentes para a produção. “Hoje estamos trabalhando em apenas um turno e fazendo uma hora extra por dia para suprir a demanda. Mas o panorama em dois a três meses é um pouco mais obscuro por não termos uma visibilidade de fornecimento regular até o fim do ano” , revelou Reinaldo Muratori, Presidente da HPE Automotores. De acordo com Muratori, a situação da Mitsubishi pode até piorar com a falta dos componentes, mais do que o pior momento da pandemia, quando algumas fábricas ficaram paradas por meses. “Nós paramos a produção por dois meses em 2020, mas voltamos a trabalhar normalmente antes do fim daquele ano. Tivemos uma situação privilegiada em 2021, até em relação a outras montadoras, já que conseguimos manter (a produção) em um nível muito próximo à nossa capacidade máxima. Como vários componentes eram importados, a Mitsubishi deu prioridade para o fornecimento de componentes em detrimento de s

Importados, março de 2022: vendas caem quase 17% em relação ao mesmo período do ano passado

Imagem
O ranking dos modelos importados fecharam o mês de março de 2022 com 1.452 unidades de modelos importados, o que representa uma queda de 32,9%. Em relação ao mês de fevereiro, houve um crescimento de 20,9%. No acumulado do ano, a queda é de 35,4%, com 3.887 unidades contra as 6.017 unidades vendidas. Entre os modelos importados mas cuja as marcas produzem nacionalmente, as vendas foram de 3.458 unidades em março, queda de 1,4% em relação ao mês anterior e uma queda de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, no acumulado do ano, as vendas cresceram 13,9%, chegando a 10.297 unidades. Juntos, importados e nacionais, foram 4.910 unidades, das quais 1.452 importadas e 3.458 veículos de produção nacional, anotaram em março último aumento em suas vendas de 4,3% ante fevereiro de 2022, quando foram comercializadas 4.707 unidades. Comparado a março de 2021, no entanto, a queda é de 16,7%: 4.910 unidades contra 5.891 veículos. O ranking das marcas, Kia, Porsche e Volvo fecha

SUV compacto da Suzuki na Índia pode substituir S-Cross em outros mercados

Imagem
A parceria entre Suzuki e Toyota deve ser muito benéfica para ambas as marcas na Índia. Enquanto a Suzuki, líder de vendas por lá, ganha em produtos focados ao consumidor indiano, a Suzuki diminui seus custos de desenvolvimento. É nesse ritmo que ambas as empresas tem trabalhando em uma série de novos modelos, como os dois novos SUVs compactos. O modelo da Suzuki pode acabar substituindo o S-Cross em mercados emergentes, como a própria Índia. Apesar disso, a Suzuki não confirma que o novo S-Cross seja descontinuado na Índia, visto que ele é vendido também por lá, junto ao Vitara. O novo modelo da Suzuki em desenvolvimento é conhecido internamente como Projeto YFG (o da Toyota se chama Projeto D22) e está em desenvolvimento para concorrer com modelos como Hyundai Creta. Desenvolvidos a partir da base DNGA, o novo modelo terá motor 1.5 16v a gasolina, podendo ter um conjunto híbrido. Esse motor híbrido, que vai permitir que ele rode apenas com motor elétrico por alguns quilômetros. Surgi

Suzuki investe US$ 1,477 bilhão em eletrificação na Índia em fábrica de carros e de baterias

Imagem
A Suzuki anunciou o investimento de US$ 1,37 bilhão em suas fábricas na Índia, com a Maruti-Suzuki. A marca japonesa está se preparando para uma ofensiva de modelos elétricos, apostando em carros elétricos. Maior montadora na Índia, a Suzuki possui um enorme potencial de roubar as vendas de modelos da Tata, que é a líder de vendas de carros elétricos num dos países mais populosos do mundo. A unidade de Gujarat vai receber o investimento de US$ 523 milhões para aumentar a sua capacidade de produzir automóveis elétricos até 2025. Outros US$ 954 milhões serão gastos na construção de uma fábrica de baterias. O Memorandum Of Understanding (MOU, ou memorando de entendimento) foi assinado entre o primeiro-ministro japonês, Fumio Kishida, e do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, com o investimento da Suzuki sendo parte de um investimento mais amplo de US$ 42 bilhões na Índia do Japão. A assinatura do memorando aconteceu durante o Fórum Econômico Índia-Japão realizado em Nova Delhi, Índia

Toyota e Suzuki já desenvolvem seus novos SUVs compactos compartilhados na Índia

Imagem
A Toyota e a Suzuki seguem trabalhando em parceria para o desenvolvimento de novos modelos para a Índia, como um SUV compacto. Por lá, a joint-venture entre as marcas prevê o desenvolvimento de um concorrente para Hyundai Creta e Kia Seltos. Os modelos de Toyota e Suzuki foram flagrados rodando em testes pelo site 91Wheels rodando juntos e se percebe a mudança nos faróis dos dois modelos. Esses modelos serão o quarto projeto compartilhado entre as marcas, depois de Suzuki Ciaz/Toyota Ertiga, Suzuki Baleno/Toyota Glanza e Suzuki Vitara Brezza/Toyota Urban Cruiser, todos os modelos Toyota nascidos a partir dos Suzukis já conhecidos. Por lá, é estimado que eles sejam testados com o motor 1.5 16v a gasolina, podendo ter um conjunto híbrido. Surgiu até mesmo rumores de que esses modelos possam ganhar uma versão puramente elétrica. Os inéditos SUVs compactos serão desenvolvidos em parceria, podendo ter uma maior divergência entre os modelos que apenas um rebadge. Os dois novos modelos devem

Importados, fevereiro de 2022: vendas crescem em relação a janeiro, mas importados caem

Imagem
As vendas de importados fecharam o mês de fevereiro de 2022 com 4.707 unidades comercializadas, sendo 1.201 importados e 3.506 modelos produzidos nacionalmente. Esse volume representam um crescimento de 3,1% ante janeiro de 2022, quando foram comercializadas 4.567 unidades. Comparado a fevereiro de 2021, a alta é de 10,5%: 4.707 unidades contra 4.258 veículos. Na importação, as 1.201 unidades vendidas significaram queda de 2,7% ante as 1.234 unidades de janeiro de 2022 e redução de 34,9% ante fevereiro de 2021; enquanto na produção nacional – com 3.506 unidades – o aumento de vendas foi de 5,2% ante as 3.333 unidades do mês anterior e alta de 45,2% em relação a fevereiro de 2021. De acordo com João Henrique Garbin de Oliveira, presidente da Abeifa, “na importação, o fortalecimento do real ajudou a estabilização de preços dos carros, o que tranquiliza o consumidor mas, de outra parte, por conta ainda do desabastecimento de insumos, da macroeconomia brasileira com tendência de inflação m

Suzuki Wagon R ganha atualização na Ásia e fica mais seguro, mas com pequenas mudanças

Imagem
A Suzuki trouxe novidades para o Wagon R na Índia. Agora o modelo passa a ser vendido com mudanças na paleta de cores, equipamentos e na mecânica. De acordo com a Suzuki, o modelo ganha novas opções de cores como o Gallant Red e o Magma Grey, além de ganhar a opção de contar com o teto na cor contrastante. Há ainda novas rodas de liga leve. No interior, a pequena minivan passa a ser vendida com estofamento nas cores Premium Beige e Dark Grey. Contando com 3,655 metros de comprimento, 1,620 metro de largura, 1,675 metro de altura e 341 litros de porta-malas, o modelo ainda fica mais seguro ao ser equipado com Hill Hold Assist, quando equipado com câmbio automático. Há ainda airbags frontais, ABS, EBD, alerta de alta velocidade e sensores traseiros de estacionamento. A central multimídia SmartPlay Studio recebe uma tela de 7 polegadas. Na mecânica, a Suzuki apresenta novidades como o Start&Stop. Na mecânica, ele ainda pode ser equipado com um motor 1.0 adaptado ao GNC que gera 57cv e

Suzuki apresenta o novo Baleno na Índia, que passa pela primeira mudança desta geração

Imagem
A Suzuki apresentou oficialmente as primeiras imagens do reestilizado Baleno, que faz sua estreia na Índia. Sendo um dos modelos mais vendidos da Suzuki na Índia, o Baleno ganha novidades visuais de meia-vida desta geração. As mudanças ficam por conta de drásticas alterações na dianteira e na traseira. Visualmente, o Baleno recebe novos faróis mais estilizados e com iluminação em LED, que ficam mais finos e conectados diretamente com a grade dianteira, que também fica mais fina e o logotipo que fica maior. Há um friso cromado na parte inferior da grade dianteira. O para-choque dianteiro também é novo com nova entrada de ar inferior e novos nichos dos faróis de neblina, que também se conectam por meio de um friso, tendo detalhes cromados. Há ainda um novo capô. Nas laterais, o Baleno recebe novas rodas de liga leve, acabamento cromado na parte inferior dos vidros. As versões mais caras ainda terão maçanetas com acabamento cromado. Na traseira, o hatch compacto recebe novas lanternas, qu

Toyota considera trabalhar em um SUV elétrico emergente em conjunto com a Suzuki, na Índia

Imagem
A Toyota confirmou o desenvolvimento de um SUV compacto elétrico, que deve ser apresentado dentro de alguns anos. A informação foi confirmada por meio do site Autocar Índia, destacando que o elétrico será um concorrente de modelos como Hyundai Creta. O SUV ainda terá uma versão Suzuki, que será vendido na Índia como Suzuki-Maruti. Conhecido internamente como YY8, o modelo Suzuki terá um design futurista e deve ser diferente do modelo da Toyota, ou seja, não será um mero rebadge. Apesar de estarem em desenvolvimento para a Índia, muito se acredita que os dois modelos sejam projetos globais, com chances de exportação dos carros para outros mercados. Ambos serão produzidos na unidade de Gujarat, na Índia, fábrica que é da Suzuki. Esse novo SUV deve ter um porte um pouco maior que o Creta, com cerca de 4,20 metros de comprimento e 2,70 metros entre os eixos. O modelo ainda está em criação com uma plataforma modular elétrica (pode ser a e-TNGA?) do tipo skate, com tração dianteira ou nas qu

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior