Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Suzuki

Suzuki apresenta o Alto K10 na Índia, com proposta popular e com câmbio automatizado

Imagem
A Suzuki apresentou na Índia um novo hatch subcompacto, o Alto K10. A novidade chega para ficar acima do Alto 800 e fica abaixo do Wagon R, Celerio e outros. O hatch possui 3,530 metros de comprimento, 2,380 metros entre os eixos, 1,490 metro de largura e 1,520 metros de altura, com dimensões menores que um Renault Kwid e Fiat Mobi. O hatch da Suzuki possui um design até que carismático, que se destaca na dianteira por ter faróis compactos e levemente angulares, tendo ainda uma grade entrada de ar inferior com uma qualidade bem baixa, visivelmente, com grelha que parece um estilo colmeia. O para-choque dianteiro ainda possui um ‘C’ nas extremidades, no próprio desenho do para-choque dianteiro. O capô é relativamente curto quando visto de lateral. O para-lama dianteiro traz repetidores de direção e os painéis das carroceria são bem simples. Há um friso que nasce no para-lama dianteiro e termina na maçaneta da porta traseira, enquanto há um novo friso na parte inferior das portas, com es

Suzuki Jimny sai de linha no Brasil por não conseguir atender as regras do Proconve L7

Imagem
Lá se foram 24 anos de venda do Jimny no mercado brasileiro. A conhecida terceira geração do Jimny chegou importado do Japão no Brasil em 1998 e seguiu em linha até 2003, quando a Suzuki decidiu sair do país. Em 2008, ele voltou a ser importado com o retorno da marca ao nosso país. Em 2012, o já veterano começou a ser produzido em Itumbiara (GO), onde a Suzuki chegou a ter uma fábrica própria para a produção do Jimny, mas logo depois passou a ser produzido em Catalão (GO), com sua produção transferida. Conhecido como um dos 4x4 mais valentes do país, o Jimny não conseguiu sobreviver ao Proconve L7. De acordo com informações, a atualização do seu motor 1.3 16v a gasolina seria muito custosa para a HPE adaptar e seguir com a produção do modelo, que já tinha saído de linha em outros mercados em 2018, quando a marca apresentou o Jimny Sierra, que é a nova geração do compacto – e que segue em linha. O motor do Jimny é o valente 1.3 16v a gasolina que desenvolve 85cv e 11,2kgfm, acoplado a u

Toyota, Suzuki e Daihatsu se unem para criar opções de motores eletrificados para vans

Imagem
As montadoras japonesas parecem estar se unindo para o desenvolvimento eletrificado m conjunto. Enquanto recentemente se criou uma grande aliança entre Toyota, Daihatsu, Subaru e Suzuki para o desenvolvimento de tecnologias para células de hidrogênio, agora Daihatsu, Suzuki e Toyota se uniram para o desenvolvimento de uma gama de comerciais leves equipados com um sistema elétrico para vans comerciais de pequeno e médio porte. Ao que tudo indica, Daihatsu e Suzuki serão responsáveis pelo desenvolvimento dos veículos, enquanto a Toyota entra com o aporte mecânico. Junto das três montadoras está a Commercial Japan Partnership Technologies Corporation (CJPT). Os veículos comerciais são importantes para as empresas que buscam desenvolver soluções de mobilidade urbana eletrificada, uma vez que, no Japão, 60% das vendas de comerciais leves são de vans compactas no país. Modelos compactos ainda chamam bastante atenção dos japoneses. Prefeituras e duas grandes cidades já demonstraram interesse

Suzuki já desenvolve a nova geração do Swift, que chega aos demais mercados em 2023

Imagem
A Suzuki já desenvolve uma nova geração para o Swift, que dve ser lançado em meados de 2023. O hatch que foi apresentado na atual geração em 2016 e reestilizado em 2020 vai receber uma geração inteiramente nova n ano que vem. O modelo já roda com carroceria definitiva e com camuflagem zebrada. A sexta geração do Swift é conhecida internamente como Projeto YED e deve trazer uma mudança visual mais brusca. Isso porque a geração de 2004, 2010 e 2016 vem recebendo uma nova geração mais evolutiva e a nova geração tem tudo para ser mais disruptiva em suas linhas. Desenvolvido a partir da plataforma modular Heartect, a mesma do modelo atual, ela deve ganhar evoluções para receber novos motores híbridos. Ao que parece, o design terá faróis divididos em dois andares, tendo uma grade dianteira maior e com estilo dos atuais modelos da Ford. Na lateral, o formato da carroceria pode se repetir com um estilo bem próximo. No entanto, é no interior que a nova geração do hatch trará os maiores saltos e

'Grand Grand?' Suzuki estuda desenvolver uma versão de sete lugares do novo Grand Vitara

Imagem
A Suzuki apresentou a nova geração do Gran Vitara na Índia e pode estar preparando mais uma novidade para o mercado. Com o fim de linha do S-Cross por lá, a Suzuki pode acabar desenvolvendo uma versão de sete lugares do Grand Vitara. Com um ‘Grand Grand Vitara’, o modelo pode seguir o mesmo caminho de outros concorrentes como o Hyundai Creta e o Alcazar, sua versão de sete lugares. Apesar da versão ainda não estar confirmada, a marca ainda estuda a possibilidade, principalmente depois do sucesso da versão de cinco lugares, que alcançou 40.000 interessados no modelo. Sendo uma das líderes da parceria que deu vida ao Suzuki Grand Vitara e ao Toyota Urban Cruiser Hyryder, a marca japonesa pode acabar dando sinal verde para o desenvolvimento do SUV de sete lugares. Feito a partir da plataforma modular Global C da Suzuki, ele pode ser desenvolvido com o 1.5 16v a gasolina híbrido-leve de 48V (MHEV) com baterias de 6Ah. Ele desenvolve 102cv e 13,7kgfm, acoplado a um câmbio manual de 5 marcha

Suzuki apresenta na Índia o novo Grand Vitara, que chega com duas opções de motor híbrido

Imagem
A Suzuki apresentou oficialmente a nova geração do Grand Vitara na Índia, que substitui o modelo antigo, chamado apenas de Vitara. Apesar de trazer novamente o nome Grand, o novo Grand Vitara é um SUV compacto menor que o novo S-Cross. Irmão de desenvolvimento do Toyota Urban Cruiser Hyryder, ainda não se sabe se o modelo das imagens é realmente a nova geração do Vitara global ou é um modelo feito exclusivamente para a Índia. Além do Sudeste Asiático, a Suzuki apenas confirma que ele será vendido em mercados como a África, o que reforça que não é um modelo global. Visualmente, o novo Grand Vitara traz um design atualizado com a nova identidade visual da marca. Na dianteira, ele se destaca por vir com faróis divididos em dois andares, sendo a parte superior com luzes diurnas DRL em LED e conectada a um friso cromado que traz o logotipo da Suzuki ao centro. Conectado a esse friso está a grade dianteira com elementos verticalmente inclinados e com contorno da grade cromado. O para-choque

Toyota, Daihatsu, Subaru e Suzuki se unem para pesquisar combustíveis sintéticos e hidrogênio

Imagem
A Toyota confirmou a reunião de marcas e empresas para o desenvolvimento da Associação de Pesquisa de Inovação em Biomassa para Combustíveis de Automóveis de Próxima Geração. Se uniram as empresas: ENEOS Corporation (ENEOS), Suzuki Motor Corporation (Suzuki), Subaru Corporation (Subaru), Daihatsu Motor Co. Ltd. (Daihatsu), Toyota Motor Corporation (Toyota) e Toyota Tsusho Corporation (Toyota Tsusho). Essa associação entre as empresas mencionadas vai focar seus estudos em otimizar o processo de produção de combustível. De acordo com as empresas, é crucial fornecer diversas opções de energia para atender às necessidades de muitas regiões e clientes diferentes, a fim de alcançar a neutralidade de carbono. Hidrogênio e combustíveis sintéticos à base de eletricidade de fontes renováveis ​​de energia, bem como bioetanol combustível capaz de reduzir as emissões de CO2 através da fotossíntese em plantas são opções promissoras, e sua eficácia foi confirmada pelo Painel Intergovernamental sobre

Suzuki apresenta a reestilização do Xbee, que ganha mudanças visuais sutis e equipamentos

Imagem
A Suzuki vende um modelo bastante curioso em alguns mercados, como o Japão. Por lá, a marca vende o keicar Xbee, um modelo bem compacto que agora passa por uma mudança de meia-vida. Visualmente, o Xbee ganha mudanças bem sutis em seu design, que ficam mais especificamente pela grade dianteira, com um novo desenho. A grade recebe uma barra cromada dupla que ao centro sustenta o logotipo da marca. Nas laterais, as novidades ficam por conta de novas rodas de liga leve com alumínio, que variam de acordo com cada versão do modelo. Na traseira também não recebe (quase) nenhuma novidade, se não fosse as lanternas agora em LED, mas com mesma iluminação. No interior, as novidades ficam por conta de novas entradas USB do tipo A e C, central multimídia com novos recursos, enquanto os bancos recebem novas opções de cores: entre uma das opções estão os bancos pretos com detalhes em cáqui e marrom com detalhes avermelhados. Ele ainda ganha um novo quadro de instrumentos com uma tela digital de 3,5 p

Suzuki Jimny Long será o nome do modelo de quatro portas e estreia em janeiro de 2023

Imagem
A Suzuki prepara a chegada de uma nova opção de carroceria para o Jimny, a de quatro portas. De acordo com informações, essa opção será batizada de Jimny Long e terá entre 20 a 30 centímetros a mais na relação entre os eixos, fazendo ele chegar aos 2,550 metros, o que também vai influenciar no seu comprimento. Com isso, é possível que ele tenha cerca de 3,85 metros de comprimento. A demora no lançamento da versão de quatro portas, prevista para ser apresentada em 2020, se deu por conta da proximidade do jipe com a sua reestilização, além da própria pandemia ter atrasado a chegada das novidades. A reestilização deve ser breve, com mudanças na grade dianteira, para-choque dianteiro e traseiro. As lanternas ainda ganharão um novo layout. No interior, o Jimny deve receber atualizações na central multimídia e novos grafismos no quadro de instrumentos. A mudança ainda deve deixar o Jimny com um aspecto mais familiar, a fim que deve ter um espaço para cinco ocupantes, além de um porta-malas m

Suzuki vai trazer novidades importadas e com motores híbridos ao Brasil; S-Cross puxa fila

Imagem
A Suzuki já confirmou que vai trazer novos modelos ao mercado brasileiro. Representada pela HPE, assim como a Mitsubishi, a Suzuki "confirma a chegada, em breve, ao mercado brasileiro de novos modelos, com novas tecnologias; a marca está reposicionando seus veículos com a saída de alguns para a chegada de outros", disse a marca em comunicado. O anúncio foi feito ao confirmar o fim de linha dos atuais S-Cross e Vitara. O primeiro modelo que marca a reestruturação da Suzuki no Brasil tem tudo para ser a nova geração do S-Cross, chegando com um sistema híbrido-leve de 48V (MHEV). Visualmente, o novo S-Cross passa a contar com a nova identidade visual da Suzuki, que se destaca pelos faróis com estilo mais retangular e conectado com a grade dianteira, que possui um friso cromado que chega até o logotipo da marca. O para-choque dianteiro ainda possui luzes diurnas DRL em LED e faróis de neblina no mesmo acabamento e uma entrada de ar central inferior que traz um acabamento prateado

Atuais Suzuki Vitara e S-Cross saem de linha no Brasil e esperam por novas gerações híbridas

Imagem
Depois de Citroën e Honda, a Suzuki também deve entrar num processo de reestruturação de portfólio no mercado brasileiro. A marca vendia até o momento, quatro modelos: Jimny, Jimny Sierra, S-Cross e Vitara. Agora, o site da marca confirmou o fim de linha de S-Cross e Vitara – pelo menos da geração atual. Por enquanto, a marca deve continuar em linha com o Jimny Sierra até a chegada de novos modelos. Os dois SUVs compactos cumpriram seu ciclo de vida atual, sendo que o S-Cross inclusive já ganhou uma nova geração no exterior. Já o Vitara se prepara para a chegada de uma nova geração. O S-Cross também era o modelo mais velho dos dois em linha. Lançado em 2015, ele chegou um mês depois de Jeep Renegade, Honda HR-V e Peugeot 2008. Na época ele tinha sido lançado com opção de motor 1.6 16v que entrega 120cv de potência a 6.000rpm, com torque de 15,5kgfm a 4.400 rpm, acoplado a uma transmissão manual de 5 marchas na versão de entrada ou o câmbio automático CVT com 7 posições virtuais nas dem

Suzuki apresenta a nova série especial do Jimny Sierra, a 4Sport Edition, por R$ 181.990

Imagem
A Suzuki apresentou oficialmente uma nova série especial do Jimny Sierra, a 4Sport Edition. Limitada apenas em 100 unidades, o modelo será voltado para o off-road e traz alguns detalhes exclusivos. Se tornando a nova versão topo de linha, o Jimny Sierra 4Sport se diferencia por contar com snorkel na coluna A, que aumenta a sua capacidade de passar por trechos alagados em para 60 centímetros de profundidade, além de novos pneus Pirelli Scorpion MTR com medidas 215/75 R15. De série, ele ainda é equipado com um rockslider tubular pintado de preto fosco, que nada mais é que um estribo lateral, quatro ganchos de reboque pintados em azul, sendo dois na dianteira e dois na traseira, bagageiro de teto em preto fosco e um skidplate preto, com proteção inferior do para-choque dianteiro. O teto do 4Sport também é pintado em preto fosco, assim como os acessórios que compõem o visual do carro. Há ainda adesivos 4Sport com contorno azul nas portas e duas faixas juntas em azul próximo à lateral do ca

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Chevrolet SS poderá ser nosso novo Chevrolet Omega!

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Jeep Compass é oferecido com desconto com CNPJ, que é de 8% em todas as versões

Curiosidades: Quantos BTUs possui o ar-condicionado de um carro?

Ford EcoSport sairá de linha globalmente em 2023, com o fim na produção na Romênia

SsangYong apresenta o Torres e espera que SUV marque recuperação da marca coreana

Lamborghini apresenta o novo Huracán Super Trofeo Evo 2, com evoluções aerodinâmicas e visuais

Curiosidades: Os carros mais vendidos do Brasil em 2003!

Primeiro Caoa Chery, Tiggo 2 sai de linha oficialmente por não atender ao Proconve L7