Postagens

Mostrando postagens com o rótulo RAM

Dodge confirma fim do motor V8 Hellcat para breve; Stellantis visa eletrificação

Imagem
Depois de anos de desenvolvimento e inovações, a Dodge deve sofrer um baque: o fim de uma era com os motores Hellcat. Com motores que chegaram a desenvolver quase 800cv de potência devem deixar de serem produzidos pela Stellantis. Nos últimos anos, a Dodge desenvolveu uma série de modelos com o poderoso motor. O fim dessa era foi confirmada por Tim Kuniskis, CEO da Dodge. Em entrevista ao CNBC, o executivo confirmou que a eletrificação é o lema do grupo, numa marca que ainda não conta com nenhum modelo eletrificado e pior: que não tem um produto moderno. "Os dias do bloco de ferro V8 6.2 supercharger estão contados. E isso também pelos custos, mas a performance que eles produzem seguirá viva" , disse o executivo. Kuniskis ainda não confirmou qual deve ser o futuro da marca Dodge, mas confirmou que os carros do futuro da marca devem contar com motores eletrificados, possivelmente a partir de um V6 Hybrid. "Estou empolgado com o futuro elétrico pois ele nos ajudará a não m

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em janeiro de 2021: Renault Oroch se destaca

Imagem
Assim como a lista dos automóveis, os Comerciais Leves também tiveram mudanças pequenas entre os mais vendidos. A liderança ainda continua com a Fiat Strada, com 9.232 unidades. A Fiat Toro aparece em segundo, bem tranquila, com 5.233 unidades vendidas. O pódio é completo com a Toyota Hilux e suas 3.301 unidades, enquanto a Chevrolet S10 aparece em quarto com 2.520 unidades. A Volkswagen Saveiro caiu para quinta, com 2.497 unidades. Em sexto aparece a Ford Ranger com 1.926 unidades, com Fiat Fiorino em sétimo (1.685), Renault Oroch em oitavo (1.049), Nissan Frontier em nono (815) e Mitsubishi Triton em décimo (596). A RAM 2500 vendeu muito bem com 304 unidades emplacadas. Sentiu falta de dois modelos? Volkswagen Amarok e Chevrolet Montana, que sempre estiveram entre os mais vendidos, fecharam janeiro com 18º e 21º no ranking, com péssimos resultados de vendas. A Amarok fechou com 188 unidades e a Montana conseguiu um resultado ainda pior: 120 unidades. A dupla não vendia tão mal assim

Vaza o calendário de lançamentos da Fiat, Jeep e RAM para a Argentina em 2021

Imagem
Surgiu novas informações sobre o calendário dos próximos lançamentos da ex-FCA na Argentina. As marcas Fiat, Jeep e RAM tiveram o calendário de lançamentos de 2021 vazados e devem indicar algumas coisas para o nosso mercado. Serão 11 novidades das três marcas neste ano por lá. Entre os destaques do calendário estão os modelos Projeto 363, da Fiat, que deve dar vida ao primeiro SUV da Fiat produzido no Brasil, que deve ser lançado na Argentina no quarto trimestre, entre outubro a dezembro. Seu lançamento no Brasil deve ser nesse período ou no final do terceiro trimestre. O carro deve ser produzido em Betim (MG) e deve atrasar sua chegada, que era esperada para o primeiro semestre ainda. O carro deve ser construído sobre a mesma plataforma MP1 de Argo e Cronos e vai ser um dos primeiros Fiat com a nova geração de motores Firefly Turbo, com o 1.0 12v Turbo Flex e câmbio automático CVT. O carro deve ser construído a partir de algumas peças do Argo, sendo o Volkswagen Nivus da Fiat. Outro m

Adeus FCA e PSA: Stellantis é criada oficialmente e se torna o quarto maior grupo do mundo

Imagem
A Stellantis oficialmente está formada. O quarto maior grupo automotivo do mundo foi criado graças a união de FCA e PSA. Ao todo serão 20 empresas sobre a guarda da Stellantis. Entre uma das principais acionistas deve estar a Exor, dona da FCA, que terá uma fatia de 14,4% de participação, seguida pela família Peugeot com 7,2% e o Governo da França com 6,2%, além da Dongfeng com 5,6%. A Stellantis Group ainda confirmou John Elkann como Presidente, tendo Carlos Tavares como CEO e Mike Manley como CEO na América do Norte. Tavares era o CEO da PSA há alguns anos e conseguiu bons resultados e reverteu o desempenho da Opel, que estava operando no negativo há anos nas mãos da GM. Ainda há outros nomes importantes dentro do grupo como Robert Peugeot (vice-presidente), Henri de Castries (diretor independente sênior), Andrea Agnelli, Fiona Clare Cicconi, Nicolas Dufourcq, Ann Frances Godbehere, Wan Ling Martello, Jacques de Saint-Exupéry e Kevin Scott. Com base nos dados de 2019, a Stellantis de

RAM confirma que não tem interesse em oferecer 1500 com motor 3.0 V6 Turbo Diesel

Imagem
Quem esperava por uma 1500 equipada com motor 3.0 V6 Turbo Diesel deve ter se decepcionado. A RAM trouxe a picape ao mercado brasileiro apenas com o motor 5.7 V8 a gasolina, que não é uma opção interessante para alguns consumidores. Lá fora, a 1500 pode ser vendida com o motor 3.0 V6 EcoBlue desenvolve 264cv de potência e torque de 66,36kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas. No momento, a RAM confirmou que não existe plano de trazer a motorização Diesel para a picape em nosso mercado.  “Nós fizemos algumas pesquisas com o público consumidor e notamos um desejo por uma picape de grande porte com motorização gasolina, inclusive até mesmo alguns donos da RAM 2500 também estão adquirindo a RAM 1500 Rebel para um tipo de uso diferente” , explica o Diretor da RAM a América Latina, Breno Kamei.  Para a RAM, a Rebel chega para atender os clientes mais urbanos, que utilizam a picape mais para o lazer que o trabalho. Dessa forma, a marca entende que pode atuar nos “dois mundos” com

RAM 1500 Rebel esgota apenas em 18 horas; primeiras unidades serão entregues em abril

Imagem
A RAM confirmou que a pré-venda da 1500 Rebel começou e esgotou em 18 horas. A picape grande da marca foi vendida numa lote de cem unidades por R$419.990, com os opcionais inclusos. A picape começa a ser entregue no próximo mês de abril, quando ainda passa a ser vendida por R$399.990. A picape começou a ser oferecida em pré-venda às 19h30 do dia 10 de dezembro e foi encerrada no dia 11 de dezembro, as 13h44. A RAM ainda não pretende ter um segundo lote de unidades da 1500 Rebel. “Sabíamos do grande interesse pela 1500 mas não imaginávamos que a pré-venda terminasse tão rápido. O que nos deixa confiantes de que fizemos as escolhas corretas para esse lançamento tão aguardado pelo mercado” , afirma Breno Kamei, Diretor da Marca RAM para a América Latina. A picape conta com 5,929 metros de comprimento, 3,672 metros entre os eixos, 2,084 metros de largura e 2,012 metros de altura. Pesando 2.610kg, a 1500 Rebel possui caçamba com capacidade de 1.200 litros de carga, 610kg de capacidade e car

RAM começa a produzir a 1500 TRX, de 712cv, na fábrica de Michigan, nos Estados Unidos

Imagem
A RAM começou a produção da 1500 TRX no mercado norte-americano. A picape grande passa a ser produzida na unidade de Sterling Heights, Michigan, EUA. A mecânica é composta pelo motor 6.2 V8 Hellcat que desenvolve 712cv de potência com torque de 89,8kgfm, acoplado a um câmbio automático de 8 marchas, desenvolvido pela ZF. O motor é o menos potente da linha Hellcat, por contar com um coletor de admissão e exaustor maiores. A picape deve contar com elementos que a ajudam a andar pelos terrenos mais difíceis e casca grossa, usando aços de alta resistência. De acordo com a RAM, a picape conta com chassi que tem apenas 25% do chassi da picape “convencional”. A RAM confirmou que ela acelera de 0 a 100k/h em 4,5 segundos e possui velocidade máxima de 190km/h. A RAM ainda confirmou que a relação entre os eixos foi aumentada em 2 centímetros para abrir espaço para os enormes pneus 32/65 R18, que possui 89cm de altura. Esse composto foi desenvolvido especificamente para a RAM TRX e são batizados

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em dezembro de 2020: VW Saveiro retoma terceiro lugar

Imagem
A lista dos Comerciais Leves, assim como a dos Automóveis, não teve muitas alterações em dezembro de 2020. A liderança isolada ficou com a Fiat Strada com suas 10.390 unidades, seguida pela Fiat Toro em segundo, com 6.983 unidades. Em terceiro, depois de muitos meses, a Volkswagen Saveiro retornou ao pódio com 3.310 unidades. No entanto, não foi uma posição fácil. A quarta mais vendida, a Toyota Hilux, fechou a apenas três unidades: 3.307 unidades. Em quinto apareceu a Chevrolet S10 com 3.210 unidades. Saveiro, Hilux e S10 ficaram separadas por apenas 100 unidades em dezembro. Em sexto, a Ford Ranger segue isolada com 2.403 unidades, com a Fiat Fiorino mais atrás com 1.827 unidades. A Nissan Frontier que arrancou para uma oitava colocação, com 957 unidades vendidas. Depois de meses amargando resultados péssimos, a Volkswagen Amarok acelerou em dezembro e parece ter voltado à sua normalidade. A picape alemã fechou com 908 unidades vendidas em dezembro, estacionando em nona. A Renault Or

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em novembro de 2020: RAM 2500 cresce e estaciona em 20º

Imagem
Já entre os Comerciais Leves, o mês de novembro deve ser destacado pela RAM 2500, que voltou com um novo lote e fez a picape crescer e estacionar para 20º, com 194 unidades. A Peugeot ainda vendeu bem com o Partner, a veterana multivan que emplacou 204 unidades no mês de novembro. Por fim, o último destaque do mês foi a Chevrolet S10, que novamente conseguiu liderar a lista das picapes médias, além de ter estacionado mais uma vez no pódio. A picape da marca norte-americana vendeu 3.675 unidades contra as 3.048 unidades da Hilux. Neste mesmo mês de novembro, a Toyota reestilizou a sua picape, o que pode indicar a recuperação da sua liderança já no mês de dezembro. Na dianteira da lista está a Fiat Strada, que abriu confortável vantagem para a irmã maior, a Toro. Foram 9.614 unidades para a Strada e 6.611 unidades para a Toro. A Chevrolet S10 e Toyota Hilux ficaram em 3º e 4º, enquanto a Volkswagen Saveiro apareceu em quinto. Fiat Fiorino, Ford Ranger, Mitsubishi L200 Triton, Renault Oro

RAM 1500 inicia regime de pré-venda com motor 5.7 V8 e por R$419.990 em lote inicial de 100 unidades

Imagem
Apresentada no Salão do Automóvel de Detroit de 2018, no início daquele ano, a RAM 1500 enfim desembarcou no mercado brasileiro. O modelo chega ao mercado num lote inicial de 100 unidades, que custam R$419.990. O modelo deve ser vendido com preço de R$399.990, de tabela. A picape chega ao mercado brasileiro mais cara que a própria 2500. Por aqui, a estratégia é oferecer a 1500 como uma opção mais esportiva, vindo apenas na versão Rebel. Ela desembarca no mercado na versão Rebel, que conta com grade dianteira diferenciada, além de novos para-choques dianteiro e traseiro. Além de ter suspensão elevada, a 1500 Rebel possui detalhes em plástico preto por quase toda a carroceria, como nas caixas de roda, para-choque dianteiro e traseiro e apliques laterais. No interior, as novidades são mais expressivas. As portas mais largas e espaço extra para os ocupantes de trás, além de bancos mais confortáveis e porta-objetos mais espaçosos. O desenho do painel é tradicional, mas o nível de tecnologia

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em outubro de 2020: Chevrolet S10 estaciona no pódio

Imagem
Se entre os Automóveis não teve muitas novidades, o destaque de outubro de 2020 ficou por conta dos Comerciais Leves com suas surpresas. Enquanto a Fiat Strada lidera com folga, com 10.068 unidades vendidas mês passado, a Fiat Toro está num confortável segundo lugar com 5.949 unidades, o último lugar do pódio fica para a disputa. Em outubro, ele foi conquistado pela Chevrolet S10 e suas 3.401 unidades. A S10 liderou o segmento de picapes médias depois de muitos meses chegando perto da líder no acumulado do ano. Os resultados vieram após a reestilização da picape, que deu um fôlego extra nas vendas. Em quarto apareceu a Toyota Hilux com 3.120 unidades, três unidades a mais que a Volkswagen Saveiro (3.117 unidades), quinta. Em sexto apareceu a Fiat Fiorino com um dos melhores resultados nos últimos anos, com 2.635 unidades. A Ford Ranger apareceu com 1.700 unidades, isolada em sétimo. Destaque positivo também para o trio composto por Mitsubishi L200 Triton (8º, 1.009 unidades), Nissan Fr

RAM confirma desenvolvimento de picape elétrica para concorrer com Ford e Chevrolet nos EUA

Imagem
Depois de ver se criar um novo segmento nos Estados Unidos, de picapes grandes elétricas, a RAM enfim se pronunciou sobre o desenvolvimento da sua picape elétrica. A informação foi confirmada por meio de uma conferência com Mike Manley, CEO da FCA, que disse que a empresa pretende produzir uma picape eletrificada em um futuro não muito distante. O anúncio já era esperado para acontecer visto a grande investida de marcas tradicionais e startups nesse mercado de picapes elétricas. "Vejo que haverá uma picape RAM eletrificada no mercado e peço a você que fique ligado um pouco, e diremos exatamente quando será" , destacou Manley em pergunta de um analista quanto a picape. O assunto voltou à tona porque em julho, o executivo já tinha dado algumas pistas: "Obviamente, as picapes são um segmento fundamental para nós, e não vamos ficar de fora se houver o perigo de nossa posição ficar diluída no futuro", disse Manley na época. A confirmação do executivo da Fiat-Chrysler apa

Nova RAM 1500 deve chegar ao Brasil em abril de 2021, de acordo com fonte da FCA

Imagem
Com um sucesso tremendo com picapes, a FCA deve contar com mais um modelo no mercado brasileiro. Dessa vez deve ser uma novidade para a RAM, que depois de 15 anos terá mais de um modelo no lineup. A 1500, prometida para ser lançada neste ano, só chega em 2021, com atrasos que podem ser associados com a pandemia do Coronavírus. A picape deve ser lançada em meados de abril de 2021, segundo o Motor1 Brasil . "Ainda vai uns cinco meses de testes de rodagem e homologação" , disse uma das fontes ligada à FCA para o site. Pretendendo roubar as vendas das versões topo de linha de picapes médias, a RAM 1500 deve ser vendida com motor 5.7 V8 a gasolina, que provavelmente possa ser equipado com um motor híbrido-leve de 48V, ainda não definido, e o 3.0 V6 Turbo Diesel EcoBlue. A informação foi revelado por Bruno Kamei, Diretor de Desenvolvimento de Produto da FCA América Latina. Ela deve ser lançada na carroceria Crew Cab e será vendida nas versões Laramie e Rebel. O motor 3.0 V6 EcoBlue

FCA deve produzir seus novos elétricos e híbridos na América do Norte via Canadá

Imagem
A FCA confirmou que deve investir pesado para a produção de modelos eletrificados nos próximos anos. O grupo ítalo-americano confirmou que a unidade de Mirafiori já está produzindo o Fiat 500e e que deve produzir mais carros eletrificados dentro de alguns anos. Além da Itália, a unidade de Windsor, na província de Ontario, no Canadá, deve receber um aporte de US$1,5 bilhão para a produção de carros eletrificados. Por lá, a FCA pretende produzir, além de modelos híbridos plug-in, elétricos. As obras de modernização da unidade da FCA devem iniciar a produção de veículos construídos com base em uma nova plataforma que deve ser apresentada. De acordo com informações de sindicatos locais e pela Agência Reuters , essa plataforma deve ser desenvolvida para carros puramente elétricos e que também deve servir para híbridos. O primeiro modelo com essa base e produzido no Canadá deve ser apresentado em 2025 e a fábrica deve passar por um período de contratação de 2 mil novos funcionários até 2024

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030

Assim como o Bolt, Chevrolet Bolt EUV deve ser vendido no Brasil dentro de alguns meses

Nissan revela teaser do Kicks reestilizado, inicia produção no RJ e manterá versão PcD

Vinda do Renault Kiger ao Brasil depende do sucesso do Nissan Magnite no país

Porsche apresenta o novo 911 GT3 na Europa, equipado com motor 4.0 de 510cv

Land Rover apresenta a linha 2021 do Range Rover Velar com novo motor 3.0 Mild-Hybrid

Ford Argentina terá reflexos com fechamento das fábricas no Brasil; EcoSport virá importado

Volkswagen reajusta os preços do T-Cross, Polo, Virtus, Nivus, Gol, Voyage e Saveiro

Mitsubishi apresenta a nova (e quarta) geração do Outlander nos Estados Unidos