Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Fox e-Mobility

Fox e-Mobility apresenta o Mia 2.0, elétrico que deve ser produzido na Europa em breve

Imagem
Nós repetidamente já falamos como existem várias startups surgindo nos últimos anos. E isso é bom. A eletrificação vem permitindo que o mercado pulverize as opções e a Fox e-Mobility, empresa alemã, apresentou as primeiras imagens do seu primeiro automóvel, batizado de Mia 2.0. E não, o 2.0 não se refere ao motor. Previsto para ser lançado em meados de 2023 na Europa, o elétrico foi vendido entre 2010 a 2014, mas a marca Heuliez acabou falindo. Com isso, a Fox acabou adquirindo os diretos da marca no final de 2020. Agora, retorna com novo investimento e como uma nova marca. Assim como seu antecessor, o subcompacto possui portas de correr nas laterais e com espaço para três ou quatro ocupantes. "Queremos transformar a Fox e-Mobility AG em uma das empresas líderes em veículos elétricos a bateria na Europa. Nós nos concentramos no desenvolvimento e produção de veículos elétricos inovadores, funcionais e acessíveis com um alto fator de diversão para todos os mercados europeus. Estamos

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat confirma que o futuro interior dos seus carros terão inspiração no clássico Lingotto

BYD lança no Brasil promoção para interessados em seus carros durante este mês de junho

Toyota confirma produção do primeiro elétrico nos EUA em 2025, no estado de Kentucky

Lynk & Co revela um novo teaser do Zero, que será o primeiro veículo 100% BEV da marca

Hyundai apresenta oficialmente o Ioniq 5 N, a versão esportiva com motor de 609cv

Hyundai apresenta a linha 2025 de HB20, HB20S, Creta Action e Creta no Brasil com novidades

GWM vai produzir primeiro o Haval H6 na fábrica de Iracemápolis (SP) por alguns motivos

Stellantis investe em Rennes, inaugura fábrica de baterias e fecha parceria com a Vulcan

Fiat lança a linha 2025 de Mobi, Strada, Pulse, Fastback e Fiorino no Brasil com novidades

InMetro confirma que vai cortar autonomia dos carros elétricos em 30% no ciclo PBEV