Postagens

Mostrando postagens com o rótulo JAC

Importados, abril de 2022: vendas caem 7,7% no primeiro quadrimestre; Volvo e Chery lideram

Imagem
A Associação Brasileira das Empresas Importadoras e Fabricantes de Veículos Automotores – Abeifa, confirmou que o mês de abril respondeu por 5.033 unidades vendidas. Foram 1.500 importadas e 3.533 veículos de produção nacional, o que representa que o mês de abril teve um aumento de 2,5% em relação ao mês de março de 2022, quando foram comercializadas 4.911 unidades. Comparado a abril de 2021, a redução é de 14,1%, quando foram vendidas 5.856 veículos. Levando em conta apenas os importados, foram 1.500 unidades vendidas, o que significa alta de 3,3% ante as 1.452 unidades de março de 2022 e redução de 33,2% ante abril de 2021. Entre os modelos de produção nacional, abril registrou 3.533 unidades, um aumento de vendas foi de 2,1% ante as 3.459 unidades do mês anterior e redução de 2,1% em relação a abril de 2021. Com esse desempenho de abril, as marcas associadas à Abeifa fecharam o primeiro quadrimestre com total de 19.304 unidades licenciadas, queda de 7,7% em relação ao primeiro quadr

JAC vai produzir elétricos da VW na China, na fábrica de Anhui, que está em modernização

Imagem
Depois da Volkswagen adquirir uma parte considerável da JAC (50%) em 2020, a marca chinesa deve passar a produzir elétricos da Volkswagen também em suas fábricas na China. A fábrica de Anhui, por exemplo, deve passar por uma expansão e vai passar a produzir modelos da Volkswagen também, desenvolvidos a partir da plataforma modular MEB. Rebatizada de Volkswagen-Anhui, a fábrica vai concluir os processos de renovação ainda neste ano de 2022 e terá uma capacidade de produzir cerca de 350.000 unidades ao ano. Assim, Anhui será a terceira fábrica apta a produzir automóveis com a base MEB, depois das fábricas da VAG, em Foshan e Xangai. A fábrica deve ter um diferencial entre as outras duas que é a fabricação das próprias baterias, tendo uma fábrica de baterias que será erguida ao lado da unidade de Anhui, com capacidade de produzir cerca de 150.000 a 180.000 baterias ao ano. A fábrica ainda terá uma pista de 10km no Campo de Provas, que serão usados para testes dos carros antes de ser entre

Importados, março de 2022: vendas caem quase 17% em relação ao mesmo período do ano passado

Imagem
O ranking dos modelos importados fecharam o mês de março de 2022 com 1.452 unidades de modelos importados, o que representa uma queda de 32,9%. Em relação ao mês de fevereiro, houve um crescimento de 20,9%. No acumulado do ano, a queda é de 35,4%, com 3.887 unidades contra as 6.017 unidades vendidas. Entre os modelos importados mas cuja as marcas produzem nacionalmente, as vendas foram de 3.458 unidades em março, queda de 1,4% em relação ao mês anterior e uma queda de 7,2% em relação ao mesmo período do ano passado. No entanto, no acumulado do ano, as vendas cresceram 13,9%, chegando a 10.297 unidades. Juntos, importados e nacionais, foram 4.910 unidades, das quais 1.452 importadas e 3.458 veículos de produção nacional, anotaram em março último aumento em suas vendas de 4,3% ante fevereiro de 2022, quando foram comercializadas 4.707 unidades. Comparado a março de 2021, no entanto, a queda é de 16,7%: 4.910 unidades contra 5.891 veículos. O ranking das marcas, Kia, Porsche e Volvo fecha

Importados, fevereiro de 2022: vendas crescem em relação a janeiro, mas importados caem

Imagem
As vendas de importados fecharam o mês de fevereiro de 2022 com 4.707 unidades comercializadas, sendo 1.201 importados e 3.506 modelos produzidos nacionalmente. Esse volume representam um crescimento de 3,1% ante janeiro de 2022, quando foram comercializadas 4.567 unidades. Comparado a fevereiro de 2021, a alta é de 10,5%: 4.707 unidades contra 4.258 veículos. Na importação, as 1.201 unidades vendidas significaram queda de 2,7% ante as 1.234 unidades de janeiro de 2022 e redução de 34,9% ante fevereiro de 2021; enquanto na produção nacional – com 3.506 unidades – o aumento de vendas foi de 5,2% ante as 3.333 unidades do mês anterior e alta de 45,2% em relação a fevereiro de 2021. De acordo com João Henrique Garbin de Oliveira, presidente da Abeifa, “na importação, o fortalecimento do real ajudou a estabilização de preços dos carros, o que tranquiliza o consumidor mas, de outra parte, por conta ainda do desabastecimento de insumos, da macroeconomia brasileira com tendência de inflação m

Depois de três anos de mercado, JAC T80 sairá de linha no Brasil; SUV é vendido por R$ 159.990

Imagem
A JAC vai retirar de linha o T80, que deixa de ser oferecido no mercado brasileiro após o fim do estoque atual. O SUV de sete lugares deixou de ser vendido após três anos de mercado. Lançado em 2019, o T80 já contava com uma reestilização na China rodando desde 2020, mas ficou cara a sua adaptação para o nosso mercado. O motivo é que o T80 nunca vendeu bem como seus irmãos e a adaptação do novo motor se tornaria caro demais. Grandalhão, ele mede 4,79 metros de comprimento, 2,75 metros de entre-eixos, 1,90 metro de largura e 1,76 metro de altura, com espaço no porta-malas de 620 litros de capacidade, podendo aumentar para 1.550 litros para rebater os bancos da segunda e terceira fileira. O SUV contava com motor 2.0 Turbo que desenvolve 210cv de potência com torque de 30,6kgfm, acoplado ao câmbio automático de 6 marchas DCT de dupla embreagem. De acordo com a JAC, ele acelerava de 0 a 100km/h em 9,2 segundos e chega a velocidade máxima de 217km/h. Apresentado em junho de 2020 como Jiayue

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em janeiro de 2022: Renault Oroch surpreende em 4º

Imagem
Assim como aconteceu com os automóveis, a lista dos comerciais leves mais vendidos no Brasil em janeiro de 2022 trouxe algumas oscilações interessantes para serem analisadas. A liderança incontestável da Fiat Strada segue com 6.716 unidades e a picape pode caminhar para seu bicampeonato na liderança do mercado. A Fiat Toro recuperou a vice-liderança perdida para a Toyota Hilux na primeira quinzena ao vender 3.293 unidades contra as 2.912 unidades da picape japonesa. A Renault Oroch que foi a surpresa do ranking ao aparecer em quarto, com 1.447 unidades vendidas. Essa é a colocação mais alta que a picape da Renault já chegou no país. Em quinto aparece a Fiat Fiorino com suas 1.343 unidades, seguido de Ford Ranger em sexto com 1.221 unidades, Volkswagen Saveiro caindo para sétimo com 1.180 unidades e a Volkswagen Amarok em oitavo com 954 unidades. Nissan Frontier e Mitsubishi L200 Triton fecharam o Top 10 com 950 e 826 unidades, respectivamente. A Volkswagen Amarok, inclusive, foi a terc

JAC V260 é vendido com desconto de R$ 13 mil, por R$ 129.990, enquanto houver estoque

Imagem
A JAC está vendendo o V260 no mercado brasileiro com condições especiais enquanto houver estoques do VUC. O modelo está à venda com um desconto de R$ 13.000 sobre o seu preço de tabela. Custando R$ 142.990, ele será vendido por R$ 129.990 e com unidades a pronta entrega. "É uma condição especial. Vale ressaltar que a oferta só vai até o fim do estoque", disse Cristian Vieira, Diretor de Vendas da JAC. Vendido em versão única, o V260 conta com concorrentes como o Hyundai HR e Kia Bongo, sendo um Veículo Urbano de Cara (VUC). Lançado em 2017, o modelo é vendido com 4,84 metros de comprimento, 2,47 metros de entre-eixos, 1,75 metro de largura e 1,95 metro de altura, com peso de 1.690kg e tanque de combustível de 65 litros. Oferecido apenas na cor Branco Nevada, ele conta com motor 2.0 Diesel que desenvolve 95cv de potência com torque de 26,5kgfm, acoplado ao câmbio manual de 6 marchas. De série, ele é equipado com ar-condicionado, chave canivete, faróis de neblina, imobilizador,

JAC inicia oficialmente as vendas do e-J7 no Brasil, em versão única por R$ 264.900

Imagem
A JAC iniciou as vendas do e-J7 no mercado brasileiro, depois do sedã ser lançado em regime de pré-venda em novembro do ano passado. Vindo da China, o elétrico possui 4,755 metros de comprimento, 2,760 metros entre os eixos, 1,820 metro de largura e 1,495 metro de altura. O porta-malas tem ótimos 590 litros de capacidade, mas pode chegar aos 1.850 litros de capacidade com os bancos traseiros rebatidos e pesa 1.650kg. Visualmente, o sedã conta com elementos modernos em suas linhas, mas ao mesmo tempo investe em um perfil esportivo. Os faróis são estreitos e tem um para-choque dianteiro de linhas bem limpas e que eliminaram até mesmo a grade dianteira do modelo a combustão, oferecido na China. No lugar a JAC trouxe uma peça lisa e com a entrada do plugue da tomada com superfície diferenciada para dar uma mudada no perfil do carro. Ele possui também um para-choque com abertura de ar inferior igual ao modelo a combustão, mas com uma nova peça vertical nas extremidades do para-choque diante

JAC pode trazer versão mais simples do e-JS1 ao Brasil em 2022, por até R$ 130 mil

Imagem
A JAC não quer perder o posto de ter o elétrico mais acessível do Brasil. Com a confirmação que o Renault Kwid E-Tech Electric será lançado em 2022, a JAC cogita apresentar uma versão mais acessível do e-JS1 no Brasil. "Hoje ele é o nosso modelo mais procurado e só não vendo mais porque a demanda está super alta na China. Lá houve uma redução nos impostos e estão vendendo coisa de 10 mil unidades por mês. Mas eles (chineses) já me prometeram que, a partir de março, vão conseguir me entregar tudo que eu pedir" , afirmou Sérgio Habib, presidente da JAC Motors do Brasil. Outro ponto levantado por Habib foi justamente a versão mais acessível do e-JS1. "Estou pedindo a eles para que lancem uma versão com 200km de autonomia (o carro vendido no Brasil pode rodar até 300km). Assim, eu teria uma bateria menor e poderia vender esse carro na faixa de R$ 120 mil a R$ 130 mil" , destacou Habib em entrevista ao AUTOO . Ele é equipado com um motor elétrico que desenvolve 62cv de p

JAC segue sua ofensiva e lança a iEV750 VIP, para transporte de passageiros, por R$ 479.900

Imagem
A JAC é, de longe, a marca com maior oferta de modelos elétricos em nosso mercado. Atualmente, a marca possui e-JS1, iEV20, e-J7, e-JS4, iEV40, iEV330P, iEV750V, iEV350T e iEV1200T, ou seja, são nove modelos em oferta. E a iEV750V passa a contar com uma nova opção de versão, a Vip, de passageiros. Baseada na iEV750V furgão, a Vip se destaca por contar com um pacote de transformação que custa R$ 60.000, ou seja, faz a van elétrica custar R$ 479.900. Com vendas iniciadas a partir do início de 2022, ela já pode ser vendida em regime de pré-venda. Segundo Sergio Habib, Presidente do Grupo SHC e da JAC, confirmou que a versão de passageiros foi um pedido dos consumidores e fez a JAC fechar uma parceria com a Alpha6 para fazer a transformação das unidades. O trabalho da empresa faz a van se transformar de um modelo de transporte para um van com 13 bancos individuais, com três fileiras de poltronas e a última fileira com quatro ocupantes. A novidade ainda ganhou revestimento nos pisos, latera

Depois de dois anos, JAC iEV20 sai de linha em favor de versão aventureira EXT do e-JS1

Imagem
Lançado em 2019, o JAC iEV20 vai se despedir do nosso mercado neste ano de 2021. O modelo, na verdade, será substituído pelo e-JS1 EXT, que será vendido por R$ 174.900. Lançado na época em nosso mercado por R$ 119.900, o iEV20 era vendido hoje por R$ 169.900, sendo um dos elétricos mais em conta do nosso mercado. A princípio, a JAC disse que o iEV20 não sairia de linha com a chegada do e-JS1, mas parece que os planos mudaram. O elétrico teve 80 unidades emplacadas desde o seu lançamento, sendo a maioria neste ano, quando ele emplacou 48 unidades entre janeiro a outubro deste ano. O iEV20 era uma evolução do J2 (assim como o e-JS1, que é uma evolução do J2 e do iEV20), mas as mudanças visuais bem profundas. O exterior ele fica quase irreconhecível, o interior muda por completo e o nome mantém apenas o “2” de iEV20. Em relação ao J2, o iEV20 chamava a atenção a dianteira totalmente reformulada. Entre os destaques estão para-choque mais elaborado, novos faróis mais harmoniosos, LEDs diurn

JAC lança o e-J7 em regime de pré-venda no Brasil por R$ 259.900; estreia será em janeiro

Imagem
A JAC lançou mais um carro elétrico no mercado brasileiro. Com o novo modelo, a marca chega a quase dez lançamentos elétricos nos últimos anos. O novo modelo em questão é o e-J7, que chega ao Brasil como o primeiro automóvel da marca depois da mudança da marca para utilitários esportivos. Em pré-venda, o sedã será vendido por R$ 259.900 e as entregas começam no primeiro trimestre de 2022. Vindo da China, o elétrico possui 4,755 metros de comprimento, 2,760 metros entre os eixos, 1,820 metro de largura e 1,495 metro de altura. O porta-malas tem ótimos 520 litros de capacidade e pesa 1.650kg. Visualmente, o sedã conta com elementos modernos em suas linhas, mas ao mesmo tempo investe em um perfil esportivo. Os faróis são estreitos e tem um para-choque dianteiro de linhas bem limpas e que eliminaram até mesmo a grade dianteira do modelo a combustão, oferecido na China. No lugar a JAC trouxe uma peça lisa e com a entrada do plugue da tomada com superfície diferenciada para dar uma mudada no

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Scudo chega ao Brasil no 2º semestre, com produção uruguaia e duas opções de motor

NBR é marca brasileira que surge como aposta de buggy e terá fábrica em Pernambuco

Audi lança a linha 2023 de A4 e A5 Sportback com motor híbrido-leve 40 TFSI, de 204cv

BMW lança o Série 3 2022, com novidades nas versões 320i, que estreia por R$267.950

Fiat Scudo será vendido nas mesmas versões de Citroën Jumpy e Peugeot Expert, Cargo e Multi

Stellantis já testa o Fiat Scudo no Brasil; lançamento vai acontecer ainda em 2022

Peugeot 4008 será apresentado em 2022 como um SUV médio cupê com base no novo 308

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado