Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Envision AESC

Mercedes-Benz terá produção do EQS SUV e EQE SUV com baterias da Envision AESC

Imagem
A Mercedes-Benz terá dois novos utilitários esportivos ainda em 2022. Trata-se de EQS SUV e EQE SUV, que serão apresentados dentro de alguns meses. Ambos serão produzidos na unidade de Tuscaloosa, Tennessee, EUA. A fábrica da marca da estrela alemã vai contar com o fornecimento de baterias da Envision. Nos Estados Unidos, a fabricante de baterias possui uma fábrica em Smyrna, Tennessee. Lá, a empresa já produz baterias para o Nissan Leaf, que é produzido no Reino Unido. “A Envision AESC será um grande fornecedor garantindo capacidade para as próximas gerações de nossos produtos Mercedes-EQ construídos nos EUA nos próximos anos. Esta nova cooperação… nos permite garantir suprimentos, tirar proveito de economias de escala e fornecer aos nossos clientes tecnologia de bateria superior.” , disse o Diretor de Tecnologia da Mercedes-Benz, Markus Schaefer, em entrevista ao Automotive News. Além de contar com uma parceria com a Envision AESC, a Mercedes quer erguer uma unidade de baterias nos E

Renault e Nissan terão bateria de 1.000km desenvolvidas em conjunto com a Envision

Imagem
A Renault-Nissan-Mitsubishi já apresentaram um plano em conjunto da Aliança entre as marcas, enquanto Renault Group e Nissan Group já revelaram parte das suas estratégias para carros elétricos. A aliança franco-nipônica contará ainda com o desenvolvimento de uma bateria em parceria com a Envision AESC, que confirmou que trabalha em uma bateria cuja autonomia será em torno dos 1.000km. Para alcançar essa autonomia, a Envision diz que vai trabalhar no número de células nos pacotes de baterias, mas o que influencia no peso. Mais eficientes, as baterias permitirão uma melhora de 30% no tempo de recarga, podendo recuperar uma quantia aceitável em apenas 20 minutos. Responsável pelo fornecimento das baterias dos elétricos da Nissan, essa base também chegará aos modelos da Renault e Mitsubishi quando elétricos. Até 2030, a Envision confirmou que vai conseguir expandir 10 vezes mais a sua demanda atual. As novas baterias serão produzidas na cidade de Ibaraki, na região de Tóquio, no Japão. Por

Renault avança nas parcerias para desenvolvimento de baterias com a Envision e a Verkor

Imagem
A Renault confirmou que deve desenvolver uma série de veículos elétricos dentro de alguns anos. Até 2025, a marca confirmou que deve mais que duplicar a quantidade de elétricos na Europa. Para isso, a francesa confirmou uma parceria para o desenvolvimento de baterias. Isso faz parte do Plano RENAULuTion, que agora se concretiza com parceria com a Envision AESC e a Verkor. A Envision pode ajudar a Renault num plano mais amplo de sua estratégia, podendo construir uma Gigafactory para a produção de baterias num investimento de 2,5 bilhões de euros. A marca é conhecida por ser uma das gigantes do desenvolvimento de tecnologias de baterias e de baterias inteligentes, digitalizadas e de baixas emissões de carbono. Essa nova fábrica deve ser erguida em Douai, justamente onde devem ser produzidos os novos Mégane, R5 e R4. Essa fábrica possui capacidade de produzir cerca de 400.000 unidades ao ano. Com a Verkor, a Renault Group ainda confirmou que deve se tornar uma das principais acionistas da

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

GWM revela imagens e informações do nosso Haval H6, que estreia em breve no Brasil

Nova geração do Dacia Duster continua na Renault como 'linha Adventure' na Austrália

Nissan convoca recall da Frontier 2023, com defeito na fixação do freio traseiro

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Peugeot revela teaser de novidades elétricos em evento na Europa, o 'E-Lion Day'

Ford quer fazer com que seus carros elétricos sejam mais competitivos nos Estados Unidos

Mazda já desenvolve uma nova geração do MX-5, que estreia até o fim do ano que vem

Nem elétrico e muito menos um SUV: Bugatti confirma que não terá nenhum em dez anos