Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Cowin

Cowin Showjet recebe reestilização de meia-vida na China e ganha o sobrenome Pro

Imagem
Depois de ser vendida pela Chery, a Cowin ainda mantém alguns vínculos com a marca que a criou. Ainda apresentou novidades para um dos seus poucos automóveis que são produzidos atualmente, o Showjet (nome que parece mais de algum jet-ski que de um carro), um SUV compacto baseado no Chery Tiggo5X. Desde a sua fundação, em 2014, a Cowin trabalhava com modelos de baixo custo da Chery, e a tentativa não deu certo e em 2018 foi vendida por 2,494 bilhões de renminbi ou cerca de 1,975 milhões de reais. A Chery ainda possui participação na Cowin, com 49% das ações da marca. E isso possibilita que a marca tenha acesso aos carros da sua ex-marca mãe. O Showjet Pro estreia com um design renovado e com linhas mais simples. Na dianteira, o SUV possui uma nova grade dianteira, que se conecta com os faróis. Há ainda um novo para-choque dianteiro, que traz uma grande entrada de ar com detalhes em cromado, que possui um contorno com um acabamento preto e que se conecta com um acabamento preto nas extre

Chery comemora a marca de 9 milhões de carros produzidos desde sua estreia, em 1999

Imagem
A Chery confirmou que comemorou a marca de 9 milhões de unidades produzidas em pouco mais de 21 anos. O primeiro automóvel produzido pela marca foi em 18 de dezembro de 1999, quando um sedã compacto foi produzido na fábrica de Wuhu, na província de Anhui. O modelo Fulwin A11. A produção da Chery na China começou com a compra de ferramental da Ford, o que fez a marca começar a produzir o sedã baseado no Seat Toledo de primeira geração. O modelo usava o motor CAC (China Automotive Corporation), onde o Fulwin (ou Fengyun) começou a ser produzido sob licença da Volkswagen. Depois vieram outros modelos como o Eastar e o Amulet. Logo em seguida a marca apresentou o subcompacto QQ, que fez sua estreia na China em 2003, assim como os novos sedãs. Na época, o QQ fez a Chery se envolver num escândalo com a GM, já que a novidade da marca era uma cópia do hatch. Isso fez a GM proibir que a SAIC fosse parceira da Chery. Depois apareceu o primeiro Tiggo, em 2005, com base no Toyota RAV4 daquela époc

Ex-marca de baixo custo da Chery, Cowin apresenta o Showjet na China, um Tiggo5X rebuscado

Imagem
A Chery é um grupo que conta com muitas marcas além da própria Chery. A gigante asiática conta com marcas como Rely, Qoros, Exeed e outras marcas menores na China. Uma delas era a Cowin, vendida em 2018 para uma nova empresa, mas que nasceu em 2014 na Chery. A Cowin é uma uma marca de baixo custo de onde nascem produtos que já foram apresentados pela Chery mas que na Cowin são apresentados como receitas focadas no baixo custo. A novidade da vez fica por conta do SUV compacto Showjet, o nosso Tiggo5X vendido com mudanças visuais e algumas mudanças mais profundas em seu interior. O Cowin Showjet é produzido na unidade de Yibin, na China, e estreia com um novo design a partir do Tiggo5X. Pelas imagens, o Showjet conta com uma dianteira completamente renovado, que vão desde capô, grade, para-choque dianteiro e faróis renovados. A imagem mostra linhas mais robustas, com destaque para a ampla grade dianteira e pela quase ausência da cor da carroceria nos elementos móveis do design. Visto de

Cowin apresenta o belo X5 Concept no Salão do Automóvel de Xangai, que mostra evolução chinesa

Imagem
Durante cada edição do Salão do Automóvel de Pequim, na China, vemos a evolução dos chineses no quesito design, mostrando que eles também são bons no que fazem. A prova disso é o Cowin X5 Concept, o novo utilitário esportivo da marca de luxo da Chery. O SUV possui um design bastante agressivo e sofisticado, com destaque para os faróis e grade dianteira além das lanternas de LEDs e vidros laterais. Por dentro, o Cowin X5 tem painel de instrumentos analógico-digital e display de multimídia destacado. A alavanca de transmissão é curta. Comenta-se que o Cowin X5 tem 4,50 metros de comprimento e 2,70 de entre-eixos. Os motores da versão de produção devem ser 1.5 ou 2.0 16v, ambos com Turbo. O câmbio será automático de 6 velocidades. Falando em versão de produção, ela deve ser apresentada na China entre 2017 ou 2018, com grande potencial de fazer sucesso em seu mercado local. Ainda não se sabe sobre outros países que possam receber a Cowin.

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior