Postagens

Mostrando postagens com o rótulo BAIC

BAIC revela teaser de novo SUV, o BJ60, que faz sua estreia no Salão de Pequim, na China

Imagem
A BAIC confirmou as primeiras imagens oficiais do seu novo automóvel, que será apresentado no Salão do Automóvel de Pequim, no mês que vem. O novo modelo estreia com a missão de se posicionar entre o BJ40 e o BJ80, sendo mais um utilitário esportivo com pegada mais jipe. Visualmente, suas linhas parrudas o aproximam de um jipe, principalmente pela dianteira que lembra modelos da Jeep e que usa luzes diurnas em LEDs que vão se integrar com a grade dianteira, como mostra a imagem acima, com a grade com três letra ‘U’ ao centro e os faróis nos espaços dos extremos. O para-choque dianteiro ainda vai contar com faróis de neblina horizontais e uma entrada de ar inferior dividida por uma barra na cor da carroceria. Abaixo, ele traz um peito de aço com um acabamento prateado. Visto de perfil, o carro possui um friso cromado na parte inferior das janelas, que termina na coluna D. A traseira terá lanternas compactas e verticais, assim como o estepe pendurado na tampa. O para-choque traseiro poss

BAIC enfim começa a vender o BJ90 na China, depois de dois anos da sua apresentação

Imagem
Apresentado em 2018 na China, o BAIC BJ90 começou a ser vendido só agora no país asiático. Baseado na antiga geração do Mercedes-Benz GLS, o utilitário esportivo chinês começou a ser oferecido pela BAIC depois de um longo processo de pré-venda que resultou na venda de 258 unidades. O BJ90 conta com 3,10 metros os eixos, o BJ90 conta com espaço de apenas cinco ocupantes. Visualmente, fica perceptível que o design é bem para o consumidor chinês, seja pelo excesso de cromados na carroceria como também nas linhas mais retilíneas, oriundas da antiga geração do GLS, quando ainda era batizado de GL e apesentado em 2012. Visualmente, o modelo conta com uma dianteira e uma traseira renovados. A frente conta com novos faróis, mais quadrados, enquanto a grade dianteira lembra de modelos da Jeep, com entradas de ar em “U”, com cinco elementos. Há ainda um novo para-choque dianteiro com linhas mais convencionais e com luzes diurnas de LED no lugar dos faróis de neblina. Nas laterais, o aspecto

Mercedes-Benz investe US$2 bilhões em nova fábrica na China em parceria com a BAIC

Imagem
Depois da Geely adquirir 9,69% das ações da Daimler, a Mercedes-Benz confirmou o investimento numa fábrica em parceria com a BAIC na China. O investimento de US$2 bilhões foi feito para uma expansão e modernização na fábrica de carros da Mercedes em uma apresentação da BAIC na Bolsa de Valores de Hong Kong, na China. Cada uma das empresas investiram 11,9 bilhões de Iuans (US$ 1,88 bilhão) na fábrica. O investimento foi confirmado no mesmo dia em que a Geely afirmou a compra das ações da Daimler. A compra das ações da Daimler coloca o grupo alemão em cheque para firmar uma parceria com a Geely ao invés da BAIC, já que a Mercedes possui parceria com a Renault-Nissan, dona de 3,1% das ações do grupo alemão. O investimento da Mercedes em conjunto com a BAIC coloca a Daimler em situação um tanto quanto delicada no financeiro e segundo um porta-voz da marca das estrelas na China, “é uma decisão da empresa” [investir na BAIC]. "Devido ao caráter do investimento como participação mino

Postagens mais visitadas deste blog

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Porsche Panamera receberá nova geração em 2023 e central antecipa desenho do carro

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos