Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Mahindra

Os 50 Comerciais Leves mais vendidos do Brasil em agosto de 2021: Chevrolet S10 é líder entre as médias

Imagem
Entre os comerciais leves, a lista dos mais vendidos pouco mudou. A liderança ainda se mantém com a Fiat Strada com 9.111 unidades, seguida pela Fiat Toro com 6.685 unidades. Primeiro destaque positivo do mês é a Chevrolet S10, que ficou em terceira no ranking com 4.798 unidades, o melhor resultado da picape nos últimos anos. De quebra, foi o Chevrolet mais vendido do Brasil em agosto e a líder do segmento de picapes médias. Depois, aparece a Toyota Hilux com 4.363 unidades e a Ford Ranger com 2.180 unidades em quinto. Em sequência aparecem Fiat Fiorino, Volkswagen Saveiro, Nissan Frontier, Mitsubishi L200 Triton e Renault Oroch entre as dez mais vendidas. Destaque também para a picape média da Nissan, que emplacou 1.161 unidades. Apesar de não ter vendido mal, a Volkswagen Amarok (909 unidades), fechou na 11º colocação. Depois vem Renault Master, Mercedes-Benz Sprinter, Peugeot Expert e Iveco Daily, todos acima das 400 unidades. Entre estes, o Peugeot Expert foi outro destaque neste m

Mahindra eXUV300 é antecipado em primeira imagem e será vendido a partir de 2023

Imagem
A Mahindra confirmou um investimento para eletrificar a sua linha e já tem feito movimentos para isso. Na Índia, a marca deve apostar em modelos com motores a combustão e elétricos, principalmente porque vê a sua conterrânea e concorrente Tata largar na frente com as tecnologias. O primeiro elétrico da Mahindra será apresentado ainda em 2021 e será a versão elétrica do XUV300, o SUV subcompacto da marca. Chamado de eXUV300, o elétrico só começa a ser vendido em 2023. De acordo com Rajesh Jejurikar, do Grupo Mahindra, destacou que apesar da Mahindra ser a primeira marca a lançar um elétrico na Índia, isso fez outras empresas apostarem na motorização, como a Tata. “Não vemos que o espaço dos veículos elétricos esteja esquentando, já que isso não se reflete nos números. Acreditamos que os veículos elétricos no espaço pessoal levarão entre dois e três anos para recuperar-se” , disse Jejurikar. “O XUV300 será o primeiro SUV a submeter-se à transformação em um EV com um lançamento programado

Mostrando evolução, Mahindra revela o seu novo utilitário esportivo médio, o XUV700

Imagem
A Mahindra apresentou um novo salto de construir seus carros no mercado indiano com a apresentação do XUV 700. O utilitário esportivo é um modelo de porte médio que substitui o veterano XUV 500, que já tinha marcado o salto de qualidade anterior da marca. O XUV 700 deve ser oferecido com opções de 5 e 7 lugares e na Índia ele deve concorrer com alguns outros utilitários esportivos como MG Hector, Skoda Kushaq, Tata Safari e outros. O desenvolvimento do XUV 700 perpasse também pela criação de um novo logotipo da marca, que exprime a nova identidade visual da marca indiana. Visualmente, o carro se destaca por contar com uma dianteira bem mais moderna, apesar de lembrar bastante o design visto nos últimos carros da Renault. Ele possui faróis dianteiros retangulares que possuem um apêndice que parece formar uma vírgula. A grade dianteira possui elementos verticais cromados e o para-choque dianteiro conta com uma entrada de ar inferior que é conectada com o acabamento plástico dos faróis de

Mahindra Bolero Neo é apresentado na Índia como substituto do TUV 300 e ganha reestilização

Imagem
Vendido até então como TUV 300, a Mahindra rebatizou o seu modelo, para Bolero Neo. Lançado em 2015, o utilitário esportivo recebe mudanças de meia-vida com um design mais moderno, apesar das suas linhas quadradas terem sido mantidas. Usando a mesma do Scorpio e Thar, o Bolero Neo possui 3,995 metros de comprimento, 2,680 metros entre os eixos, 1,795 metro de largura e 1,817 metro de altura. As principais mudanças são vistas na sua dianteira, que se destaca por trazer novos faróis dianteiros mais afilados e com LEDs diurnos e uma nova grade dianteira, que possui seis frisos cromados verticais. Há ainda um novo para-choque dianteiro que traz novos faróis de neblina, que passam a ser menores e nas extremidades do para-choque. Os faróis de neblina se interligam à uma entrada de ar inferior, enquanto os para-lamas dianteiros também são novos. Nas laterais, o Bolero Neo traz um friso na altura das maçanetas e novas rodas de liga leve, de 15 polegadas. A Mahindra não revelou imagens da trase

Jeep vai processar a Mahindra, agora por conta do Thar e a proximidade com o Wrangler

Imagem
A Stellantis confirmou que deve processar novamente a Mahindra por conta do Thar, seu novo jipe que novamente é a cara do Jeep Wrangler, da geração anterior. Na Austrália, a Jeep foi a justiça entrar com um pedido para a Mahindra não lançar o modelo por lá, alegando que se trata de um clone do antigo Wangler. Em audiência, os advogados da Mahindra confirmaram e tentaram minimizar as semelhanças entre os modelos e a Jeep foi rápida ao argumentar as provas que os modelos são idênticos. Além disso, a Jeep foi rápida ao tomar conhecimento de que a Mahindra atestava o modelo na Austrália e que já tinha até mesmo um perfil para os interessados no modelo, como que fosse abrir um regime de pré-venda pelo carro. A Jeep ainda pediu judicialmente para a Mahindra que a informe com antecedência de 90 dias sobre os seus movimentos em relação ao Thar no país. Essa não é a primeira vez que Jeep e Mahindra se enfrentam nos tribunais por clone. Ano passado, a indiana sofreu um outro processo que envolvi

Ford e Mahindra oficializam o fim total da parceria e do desenvolvimento de projetos

Imagem
A Ford e a Mahindra confirmaram que devem encerrar todo o tipo de parceria que chegou a ser planejada por ambas as marcas. De acordo com informações, a joint-venture foi cancelada quase que de última hora. Na Índia, ainda se tinha a impressão de que a Mahindra pudesse assumir as operações da Ford, encerrando o desenvolvimento de novos modelos, assim como também não devem compartilhar plataformas e motores, segundo informações do Autocar Índia . A decisão foi tomada depois de um rumor de que o EcoSport indiano pudesse receber o novo motor 1.2 Turbo de injeção direta de combustível e desenvolvido pela SsangYong. Os quatro projetos que estavam em andamento pela marca também foram encerrado já no início deste ano. Os modelos em questão eram um SUV subcompacto, um SUV compacto e dois SUVs médios, sendo um convencional e um com perfil mais cupê. Em fevereiro deste ano, a informação era que o desenvolvimento destes novos modelos estavam congelados. O SUV subcompacto, conhecido internamente co

Ford congela os projetos desenvolvidos pela Mahindra e não plano B na Índia

Imagem
Depois de cancelar o desenvolvimento de quatro novos utilitários esportivos que seriam desenvolvidos em parceria com a Mahindra, a Ford ainda não deu maiores informações de como a marca deve apostar sua permanência no mercado indiano. De acordo com a Agência Reuters, a decisão foi tomada para que a Ford possa trabalhar numa nova estratégia comercial para a Índia. “As opções podem incluir trabalhar em um novo tipo de parceria com a Mahindra ou encerrar completamente a aliança e os veículos relacionados” , disse uma das fontes para a Reuters . A Ford ainda deve achar alguma saída que traga mais lucratividade, ou seja, não deve continuar apostando em modelos mais acessíveis, tanto que a linha Figo, Figo Sedan e Aspire pode estar com os dias contados. Entre os projetos que estavam listados, estavam: um SUV subcompacto, conhecido internamente como Projeto BX745 e teria cerca de 4 metros de comprimento e seria um substituto da linha Ka/Figo, com porte do atual EcoSport. Informações davam con

Mahindra Roxor poderá voltar a ser feito nos EUA, mas FCA pode entrar com novo processo

Imagem
A Mahindra confirmou que pode voltar a produzir o Roxor nos Estados Unidos, depois do modelo ser barrado de ser vendido por lá após perder a ação movida pela FCA, por ser uma cópia do Jeep Wrangler. O modelo foi reestilizado e perdeu a cara do modelo da Jeep, como já tinha mostrado as primeiras imagens de patente do modelo, vazadas em setembro do ano passado. O Roxor deve receber novos faróis e grade dianteiras conectados, enquanto ele conta ainda com uma grade dianteira inferior e o para-choque preto. Visto de frente, o modelo parece lembrar um trator. Mecanicamente, o Roxor é equipado com um motor 2.5 Diesel que desenvolve 62cv de potência e torque de 19,5kgfm, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas e a tração 4x4. A tração possui uma caixa de transferência 4x4 de duas velocidades, eixos completamente flutuantes com engrenagens 5.38:1, freios a disco e tambor, além de rodas de 16 polegadas. Simples, o Roxor possui uma capacidade de carga de 1.583kg na sua parte traseira ou poder ca

Ford Figo, Figo Sedan e Aspire deveriam usar novo motor da Mahindra na Índia, mas fim do acordo põe tudo em risco

Imagem
Após o fim da Ford e Mahindra na Índia, a marca indiana assinou um acordo para oferecer motores para a linha de compactos da Ford lá, composto por Figo, Figo Sedan e Aspire. Segundo o site Cartoq, a linha Figo (hatch e sedã) e o Aspire era certo de receber um novo motor Mahindra por lá ainda em 2021. Esse novo motor em questão é o 1.2 12v Turbo que desenvolve 130cv de potência com torque de 23,4kgfm, acoplado a um câmbio automático. Atualmente os compactos são vendidos apenas com o motor 1.2 que desenvolve 98cv de potência. Esse novo motor 1.2 Turbo passaria por um ajuste para desenvolver menos, entre 110cv a 120cv de potência, assim como de torque. Ainda sem futuro definido, Figo, Figo Sedan e Aspire devem seguir em linha na Índia e ainda não se sabe como deve ficar a vida dos compactos após o fim da parceria com a Mahindra. A questão dos novos motores ainda passou a ser uma incógnita, mas se a parceria foi cancelada, não se tem muitas esperanças da linha Figo receber os motores Turbo

Surge primeira imagem de um SUV da Ford que foi criado em parceria com a Mahindra, na Índia

Imagem
Criada em 2018, a parceria entre Ford e Mahindra começaria a ter os seus primeiros modelos desenvolvidos entre 2021 e 2022. Com o fim da parceria e o fechamento das fábricas brasileiras, a Ford abortou todos os projetos que chegou a desenvolver com a Mahindra. Um desses modelos seria o novo EcoSport, que aparenta ser o modelo das imagens. Em foto vazada pelo Autocar Índia, o projeto já aparentava estar em fase final de desenvolvimento com a Mahindra. O modelo da imagem ainda contava com a nova identidade visual da Ford, com uma nova grade dianteira conectada aos faróis, com a grade mais ampla. O modelo ainda teria faróis de neblina posicionados na vertical e com luzes em LED. Os modelos desenvolvidos pela parceria da Ford com a Mahindra ainda teriam mais um SUV médio (que seria uma nova geração do Territory) e um SUV médio com perfil cupê. Seriam quatro modelos que seriam compartilhados com a Mahindra. Todos os oito modelos compartilhariam a mesma plataforma e a base mecânica, mas cada

Ford e Mahindra desistem da parceria de última hora, na Índia; joint-venture faria novos SUVs

Imagem
A Ford confirmou que a joint-venture com a Mahindra não deu certo. O estreitamento das relações entre a marca norte-americana com a indiana acabou não tendo o resultado esperado por ambas. Havia a expectativa em torno da criação de uma joint-venture para uma nova empresa com participação de 49% da Ford e 51% da Mahindra, o que faria a marca indiana controlar a operação indiana da Ford. No entanto, a Ford desistiu do acordo e todos os projetos quem pareciam estar em desenvolvimento foram abortados. De acordo com a agência Automotive News Europe , a Ford decidiu manter o controle da sua operação indiana em razão dos efeitos da pandemia do Coronavírus. Com isso, ambas empresas decidiram encerrar a parceria, alegando mudanças estratégicas de prioridades de alocação de capital diante do cenário econômico atual, dos últimos 15 meses. "A economia global e o ambiente de negócios não são os mesmos de outubro do ano passado. O prazo para finalizar a joint-venture entre as empresas era 31 de

Surge novas informações sobre o desenvolvimento dos modelos da Ford e Mahindra, na Índia

Imagem
A Ford pode desenvolver uma nova geração dos modelos EcoSport, Ka e Ka Sedan com a Mahindra. Calma, isso ainda não aconteceu. Mas pode ser bem provável. Isso porque a parceria assinada entre as duas empresas prevê o desenvolvimento compartilhado de modelos, principalmente de plataformas e motores. O acordo previa inicialmente o desenvolvimento de utilitários esportivos em conjunto, sendo um compactos e dois médios. Vale lembrar também que a Ford vendeu a maioria das ações da sua operação indiana para a Mahindra, ou seja, os indianos podem acabar desenvolvendo uma nova geração de outros modelos que são comercializados por lá, como o Figo, conhecido aqui como Ka. A Mahindra confirmou recentemente que tem planos de desenvolver seis novos modelos para a Ford, em um ano e meio. Na Ford, isso deve resultar, primeiramente, no SUV compacto (Projeto B745) e um SUV médio (Projeto CX757). O primeiro deve ser desenvolvido sobre uma plataforma com tração dianteira e integral e comprimento na casa d

Ford deve ter uma versão da minivan da Mahindra, a Marazzo, com motor 2.2 Diesel, na Índia

Imagem
A Ford desenvolve novos modelos em parceria com a Mahindra, na Índia. De acordo com informações com o Autocar Índia, a Ford deve ter um modelo baseado na Mahindra Marazzo. Ambos devem compartilhar a mesma linha de montagem de Nashik, na Índia. Esse novo projeto deve ser adicional ao do desenvolvimento compartilhado de uma nova linha de utilitários esportivos. O modelo da Ford deve ser criado especialmente para o mercado indiano. Esse modelo da marca norte-americana não deve ser apenas um rebadge, tendo uma carroceria e design externo e interno que serão diferentes. Até mesmo em questão de tecnologias, porque o modelo da Ford deve ser equipado com a central multimídia SYNC4. A minivan da Mahindra, a Marazzo, conta com 4,585 metros de comprimento, 1,866 metro de largura e 1,774 metro de altura. O modelo da Ford deve ter uma semelhança com essas proporções. Na Índia, a minivan indiana conta com motores 1.5 D15 diesel que desenvolve 125cv e 30kgfm de torque, acoplado ao câmbio manual de 6

Mahindra comemora o sucesso do novo Thar na Índia; entregas começam em novembro

Imagem
Apresentado recentemente no mercado indiano com uma segunda geração, a Mahindra comemora o resultado de vendas do seu jipe, o Thar. O modelo passa a contar com uma nova geração por inteiro, ele manteve um certo parentesco, ou melhor, inspiração, no Jeep Wrangler. De acordo com a Mahindra, o modelo recebeu cerca de 10 mil pedidos. Isso em poucos dias, isso porque suas vendas iniciaram no dia 2 de outubro na Índia. O modelo ainda foi oferecido em 18 cidades primeiramente. Em todo o país, a Mahindra já recebeu cerca de 36 mil solicitações de informações sobre o modelo. Na Índia, suas entregas começam a partir do dia 1º de novembro. Produzido em Nashik, o modelo deve começar a ser entregue para os seus primeiros consumidores, que entraram com um pedido de pré-venda. Na Índia, o modelo deve ser vendido nas versões AX e LX. A primeira delas é focada no off-road, ou seja, no uso extremo e possui teto de lona, removível e com barras anticapotamento. O acabamento interno é mais rústico e possui

Sucessor do Ford EcoSport será desenhado pelo estúdio Pininfarina e estreia na Índia em 2021

Imagem
A parceria entre a Ford e a Mahindra deve render alguns bons frutos na Índia. Um deles deve ser o substituto do EcoSport por lá, que deve fazer companhia a dois outros novos utilitários esportivos. Será um SUV subcompacto, um compacto e um médio, com desenvolvimento focado para mercados emergentes, como a Índia. De acordo com informações obtidas pelo site Autocar Índia , o sucessor do EcoSport deve ser desenhado pelo estúdio italiano Pininfarina, que foi contratado para desenvolver o design dos modelos da Ford. Os novos modelos são conhecidos como BX744, para o modelo subcompacto, que terá até 4 metros de comprimento. O sucessor do EcoSport no mercado indiano é conhecido como BX745 e será um modelo compacto, que terá cerca de 4,30 metros de comprimento. O terceiro modelo é um SUV médio que é conhecido internamente com Projeto Black ou BX755. Esse modelo deve ser a ponte entre o EcoSport e o Territory. O novo EcoSport deve ser construído na plataforma B3, mas modificações para manter o

Mahindra Roxor ganha um novo design nos Estados Unidos; modelo vazou em registros

Imagem
Depois de sofrer um processo da Jeep, a Mahindra se viu obrigada a interromper as vendas do Roxor nos Estados Unidos. Por lá, o modelo deve receber um novo design, que deve distanciar o modelo com o clássico CJ5 da Jeep. A Mahindra poderia muito bem ter fechado as portas nos EUA e sair do mercado, mas vai mudar o design do seu fora-de-estrada, conforme revelou imagens de patente do seu modelo. Além de rever o modelo por teaser, a Mahindra registrou o modelo em patente que mostra com uma dianteira completamente renovada, a fim de retomar a produção do modelo nos EUA e voltar a vender legalmente o carro. Por lá, ele receber novos faróis e grade dianteiras conectados, enquanto ele conta ainda com uma grade dianteira inferior e o para-choque preto. Visto de frente, o modelo parece lembrar um trator. Mecanicamente, o Roxor é equipado com um motor 2.5 Diesel que desenvolve 62cv de potência e torque de 19,5kgfm, acoplado a um câmbio manual de 5 marchas e a tração 4x4. A tração possui uma caix

Mahindra a REE Automotive devem desenvolver plataformas e assinam memorando de parceria

Imagem
A Mahindra deve desenvolver novos modelos elétricos dentro de alguns anos. Para isso, a marca deve desenvolver plataformas para esses carros. A Índia deve se tornar um importante mercado para os carros elétricos dentro de alguns anos e a Mahindra percebeu esse movimento. A marca assinou um memorando de entendimento com a startup REE Automotive. A marca israelense é responsável pelo desenvolvimento e fabricação de carros elétricos. Por enquanto ainda não se sabe quais são os planos das duas marcas, mas tudo indica que a REE esteja interessada no desenvolvimento de um chassi monocasco modular, que deve acomodar todas as opções mecânicas e os elementos principais de chassi. Quem deve financiar esse projeto deve ser a Mahindra, que também deve contribuir com o apoio tecnológico. A REE deve ser uma empresa que deve ter capacidade de produção de 200.000 a 250.000 unidades anuais dos seus modelos elétricos durante os próximos anos, um volume de vendas que ainda pode ter algum adicional. A Mah

Mahindra apresenta a nova geração do Thar na Índia, que mantém proximidade com Jeep

Imagem
A Mahindra apresentou a nova geração do Thar na Índia. Sim, o mesmo jipe que nos Estados Unidos é vendido como Roxor e que foi proibido de ser vendido por lá, por se parecer muito com o Jeep Wrangler. Aí a Mahindra desenvolver uma nova geração e... continua parecido demais com um Wrangler. Agora, o modelo indiano foi inspirado na antiga geração do modelo da Jeep mas não será vendido na América do Norte. Na Índia, o modelo deve ser vendido nas versões AX e LX. A primeira delas é focada no off-road, ou seja, no uso extremo e possui teto de lona, removível e com barras anticapotamento. O acabamento interno é mais rústico e possui elementos em que possam ser lavados. Já a versão LX se destaca por contar com foco no lazer e conforto, com bancos traseiros, sistema de som no teto e cabine fechada, além de trazer uma central multimídia. Visualmente, o carro passa a ser vendido com piscas integrados ao para-lamas dianteiro, de design abaulado, faróis circulares, grade preta, para-choque e prote

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790

Novo Honda Civic Si é apresentado nos Estados Unidos só como sedã e com motor de 203cv

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022