Postagens

Mostrando postagens com o rótulo INPI

Jeep Gladiator é registrada no INPI e deve ser lançado até final do ano que vem

Imagem
A Jeep seguiu a estratégia de oferecer todos os modelos de sua gama no Brasil. Apresentada no Salão de Los Angeles, em novembro passado, a Gladiator deve vir ao mercado brasileiro em breve, mesmo que isso representa um valor limitado de vendas. A Jeep registrou no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), o nome “Gladiador” no último dia 28 de novembro. Considerada um modelo de nicho no Brasil, a Gladiator seria vendida aqui somente com motor 3.0 V6 Turbo Diesel, associado ao câmbio automático de 8 marchas. Esse motor desenvolve 263cv de potência e 61,1kgfm de torque. Por aqui, ela pode ser vendida nas mesmas versões do Wrangler, Sport e Rubicon. A Jeep destaca diversos itens para o fora-de-estrada, como diferencial traseiro blocante, barra estabilizadora desconectável e pneus de 33", entre outros itens. Entre os itens de série para conectividade, a Gladiator conta com central multimídia Uconnect com tela de 7" ou 8,4" e painel de instrumentos com tela de

Depois de anos de espera pelo Mustang, Ford patenteia F-150 no INPI e abre chance para picape

Imagem
Depois de confirmar o Mustang no mercado brasileiro, outro modelo que chama muita atenção dos consumidores da Ford no Brasil é a picape F-150. A picape grande, aqui, competiria com a RAM 2500 e teve algumas peças registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). O pedido de registro da montadora americana compreende vários itens que fazem parte do veículo, entre eles faróis, grade, lanternas, para-choques, rodas, para-brisa, entre outros. Revelado pelo G1, a Ford disse que “não comenta especulações e lançamentos futuros”. A negativa era óbvia, mas precisamos lembrar que nem sempre tudo que é patenteado se torna realidade. Até alguns anos, a Ford vendia a F-250 no nosso mercado. Por aqui, a F-150 poderia ser vendida com motores 3.3 ou 3.5 V6 Cyclone, além do 5.0 V8 Coyote, além dos ecológicos 2.7 V6 EcoBoost e 3.5 V6, de 330cv e 370cv respectivamente. Aqui, a picape já seria bem aceita com o motor 3.0 V6 Power Stroke Diesel que desenvolve 254cv e 61kgfm, acoplado a

Honda registra no INPI a nova geração do Civic Coupé e a inusitada Fit Shuttle, station wagon do Fit

Imagem
A Honda registrou no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial as patentes do Civic Coupé e por incrível que pareça, da Fit Shuttle. Ainda não há dados para que ambos sejam vendidos no Brasil, mas o registro de patente é meio caminho andado. O Civic Coupé é o que tem mais chances de se tornar realidade, vindo na futura versão Si em meados de 2017. A presença de registros no INPI não significa que o veículo venha a ser vendido no Brasil e muitas vezes as fabricantes registram as patentes por segurança, seja por plágio ou um outro imprevisto, como é o caso da Fit Shuttle, que nunca foi cogitada para o nosso mercado. Por aqui ela concorreria indiretamente com o irmão HR-V, além de ser um erro a Honda apostar num segmento que vem definhando com o passar dos anos. Segundo a revista CARRO, que divulgou os detalhes do INPI, ao entrar em contato com a marca japonesa, disse que "não entra em detalhes sobre futuros lançamentos". A minivan é vendida especialmente em mercados

Postagens mais visitadas deste blog

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Chevrolet lança a linha 2022 da S10, com duas opções de motor Flex; parte de R$156.890

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Volkswagen revela mais informações sobre a linha ID e VAG terá nova bateria

Chery convoca recall de Arrizo5, Tiggo5X e Tiggo7 no Brasil com defeito no motor 1.5 Turbo

Citroën "C2 AirCross/C3/C3 Sporty" deve ser apresentado no próximo dia 20 de maio

Citroën confirma fim de linha de C3, AirCross e C4 Lounge; trio sai do site da marca

Lançado há quatro anos, Seat Ibiza também ganha reestilização de meia-vida na Europa

Chevrolet comemora a marca de 150.000 unidades do Cruze, produzidos na Argentina

Volkswagen Up! aumenta o time de compactos fora de linha, depois de 7 anos no mercado