Postagens

Mostrando postagens com o rótulo INPI

Jeep Gladiator é registrada no INPI e deve ser lançado até final do ano que vem

Imagem
A Jeep seguiu a estratégia de oferecer todos os modelos de sua gama no Brasil. Apresentada no Salão de Los Angeles, em novembro passado, a Gladiator deve vir ao mercado brasileiro em breve, mesmo que isso representa um valor limitado de vendas. A Jeep registrou no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual), o nome “Gladiador” no último dia 28 de novembro. Considerada um modelo de nicho no Brasil, a Gladiator seria vendida aqui somente com motor 3.0 V6 Turbo Diesel, associado ao câmbio automático de 8 marchas. Esse motor desenvolve 263cv de potência e 61,1kgfm de torque. Por aqui, ela pode ser vendida nas mesmas versões do Wrangler, Sport e Rubicon. A Jeep destaca diversos itens para o fora-de-estrada, como diferencial traseiro blocante, barra estabilizadora desconectável e pneus de 33", entre outros itens. Entre os itens de série para conectividade, a Gladiator conta com central multimídia Uconnect com tela de 7" ou 8,4" e painel de instrumentos com tela de

Depois de anos de espera pelo Mustang, Ford patenteia F-150 no INPI e abre chance para picape

Imagem
Depois de confirmar o Mustang no mercado brasileiro, outro modelo que chama muita atenção dos consumidores da Ford no Brasil é a picape F-150. A picape grande, aqui, competiria com a RAM 2500 e teve algumas peças registradas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial). O pedido de registro da montadora americana compreende vários itens que fazem parte do veículo, entre eles faróis, grade, lanternas, para-choques, rodas, para-brisa, entre outros. Revelado pelo G1, a Ford disse que “não comenta especulações e lançamentos futuros”. A negativa era óbvia, mas precisamos lembrar que nem sempre tudo que é patenteado se torna realidade. Até alguns anos, a Ford vendia a F-250 no nosso mercado. Por aqui, a F-150 poderia ser vendida com motores 3.3 ou 3.5 V6 Cyclone, além do 5.0 V8 Coyote, além dos ecológicos 2.7 V6 EcoBoost e 3.5 V6, de 330cv e 370cv respectivamente. Aqui, a picape já seria bem aceita com o motor 3.0 V6 Power Stroke Diesel que desenvolve 254cv e 61kgfm, acoplado a

Honda registra no INPI a nova geração do Civic Coupé e a inusitada Fit Shuttle, station wagon do Fit

Imagem
A Honda registrou no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial as patentes do Civic Coupé e por incrível que pareça, da Fit Shuttle. Ainda não há dados para que ambos sejam vendidos no Brasil, mas o registro de patente é meio caminho andado. O Civic Coupé é o que tem mais chances de se tornar realidade, vindo na futura versão Si em meados de 2017. A presença de registros no INPI não significa que o veículo venha a ser vendido no Brasil e muitas vezes as fabricantes registram as patentes por segurança, seja por plágio ou um outro imprevisto, como é o caso da Fit Shuttle, que nunca foi cogitada para o nosso mercado. Por aqui ela concorreria indiretamente com o irmão HR-V, além de ser um erro a Honda apostar num segmento que vem definhando com o passar dos anos. Segundo a revista CARRO, que divulgou os detalhes do INPI, ao entrar em contato com a marca japonesa, disse que "não entra em detalhes sobre futuros lançamentos". A minivan é vendida especialmente em mercados

Postagens mais visitadas deste blog

Chevrolet Tracker PcD volta a ser vendido em breve, mas com mudanças de conteúdo

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Ferrari confirma desenvolvimento e lançamento do primeiro elétrico até 2030

Reestilização do Volkswagen Jetta chega até 2022, com o inédito motor 1.5 TSI

Volkswagen não vê chances em desenvolver modelos com a tecnologia do hidrogênio

Novo Citroën C3 Sporty deverá ser lançado em outubro no Brasil, antes da Índia

Volkswagen deve receber pedidos pelo up! até final de abril e produção vai até fim de maio

VAG pode vender ações da Porsche para custear processo de eletrificação do grupo?

Ford Figo pode ter dado os primeiros indícios do fim de linha também na Índia

Nova Chevrolet Spin não deve ser baseada no Orlando, como era estipulado