Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Proton

Proton apresenta oficialmente o X50 na Malásia, o primo irmão do Geely Biyue

Imagem
A Proton revelou mais informações de novos modelos na Malásia. O marca malaia trouxe o X50, um SUV compacto que deve colocar a marca num segmento onde ainda não atuava por lá. O modelo é basicamente o clone malaio do Geely Biyue/Coolray, também conhecido como código SX11. Desenvolvido sobre a plataforma BMA, a mesma CMA da Volvo, mas para carros do segmento “B”, o Proton X50 conta com o motor 1.5 12v Turbo da Volvo, que desenvolve 177cv de potência e 26kgfm, acoplado ao câmbio automático de 6 velocidades. Ele mede 4,33 metros de comprimento e 2,70 metros de entre-eixos, medidas que o colocam para concorrer com SUVs compactos. No exterior, as novidades ficam por conta apenas de novos logotipos, na grade dianteira, centro das rodas e na tampa do porta-malas. No interior, há apenas um novo logotipo no volante. Visualmente, ele conta com painel horizontal com aberturas de ar retangulares e uma tela widescreen independente, enquanto o controle de ar-condicionado fica posicionado abaixo. Há

Proton apresenta o seu utilitário esportivo na Malásia, o X70, desenvolvido sobre o Geely BoYue

Imagem
Vendido desde 2015 na China como Geely BoYue, a Proton decidiu aumentar o leque de opções e revelou o X70, seu utilitário esportivo com base no modelo da Geely. Ele deve ser produzido na unidade de Subang Jaya, na Malásia. Contando com 50% das ações da Proton, não seria difícil para a Geely ceder o seu utilitário esportivo para ser vendido em outros países da Ásia. O SUV se destaca pelo seu design bonito e que marca uma nova fase da Geely e pode fazer o mesmo dentro da Proton. Entre os destaques visuais estão os faróis espichados na dianteira, grade com elementos cromados, vincos marcantes no capô e nas laterais, abundante área envidraçada e lanternas elevadas com iluminação em LED. O utilitário foi projetado pelo designer Peter Horbury, que trabalhou em todas as marcas da Premier Automotive Ford Group, ou seja, Jaguar e Land Rover, Aston Martin e Volvo, antes da venda para o Grupo Geely, o que deve trazer uma melhora significativa ao design da marca chinesa. Não foi revelado qual

Proton continua seu projeto de expansão comercial e terá fábrica no Paquistão

Imagem
Crescendo na Ásia, a Proton confirmou o interesse de erguer uma fábrica no Paquistão. A malaia segue destinando recursos para sua expansão comercial. Com participação acionária da Geely, a Proton anunciou a construção de uma importante planta de montagem de veículos no Paquistão, um dos centros industriais que estará em operação em curto prazo. A fábrica deve começar a operar já em 2020 e possivelmente a cidade escolhida para a produção seja a cidade paquistanesa de Karachi. Com essa unidade, a Proton deve alcançar mais mercados asiáticos, deixando de produzir apenas na Malásia. A fábrica será erguida pela Alhaj Automotive, o distribuidor oficial da Proton no Paquistão. O investimento inicial para a construção desse centro de montagem alcança os 26 milhões de euros. A Proton confirma que a produção começa no segundo semestre de 2020, com kits enviados a partir da Malásia. Lá, a marca deve produzir o sedã compacto Saga. Recentemente a Proton chegou à China, graças à parceria com a G

Geely se torna dona majoritária da Proton e Lotus em 49,9% e 51% das ações e "salva" as duas empresas

Imagem
A Lotus e a Proton agora tem nova dona. A chinesa Geely acaba de adquirir 49,9% da empresa malaia e 51% da empresa britânica, ou seja, se torna a controladora oficial das duas marcas. Dona da Volvo e da empresa que produz os táxi para Londres, a Geely comprará o controle acionário da marca britânica de carros esportivos da Lotus, que não andava muito bem das pernas. A concretização do negócio foi confirmada neste última quarta-feira, 24. Após vários rumores que a Lotus seria vendida ou entraria em falência, a gigante chinesa adquiriu os 51% da Lotus da DRB-Hicom, deixando pra trás a PSA, que também se interessava no negócio. O restante das ações pertence à Etika Automotive, um outro braço da DRB-HIcom. A Geely, ao adquirir a Proton e a Lotus, confirmou que deve melhorar os números de vendas e ajudar no desenvolvimento de novos produtos. "O acordo lança as bases para um grande plano de négócios tanto para a Geely Holding quanto para a Proton e a Lotus, que poderão explorar siner

Com dificuldades financeiras, donas da Lotus pode vender a marca inglesa, que volta a ter futuro incerto

Imagem
A Lotus pode estar sendo vendida. A marca inglesa de baixas vendas pode perder o investimento da china Proton, sua proprietária desde 2011. A empresa que controla a Lotus e a Proton, a DRM-Hicom, vem enfrentando dificuldades financeiras e pode vender ambas as marcas para se recuperar. O negócio é uma tentativa para salvar a malaia Proton, mas pode deixar a Lotus à própria sorte. Além da venda, a Proton tenta parcerias com cerca de 20 marcas para manter a fabricante funcionando. Suzuki, Renault e Peugeot confirmaram que trabalham numa resposta à Proton, mas não falaram sobre que decisão será tomada. A ajuda de US$365 milhões (quase R$ 1,2bilhão) do governo da Malásia também pode ser crucial para a Proton superar a crise. Caso isso se confirme, a Lotus pode voltar à fase sombria financeiramente antes de ser adquirida pela DRM-Hicom. A compra da Lotus ainda compromete o desenvolvimento de novos modelos, como a nova geração do Elise, que já se encontra em desenvolvimento. Fonte: Jo

Malaia Proton apresenta a nova geração de seu sedã Persona, que fica menor e decai de categoria

Imagem
A malaia Proton tem crescido nos últimos anos. A empresa passou a ter seus próprios carros e a lançar modelos com design mais convincente, o que deve ajudar no seu crescimento e a possibilidade de chegada a novos mercados. Na última semana a empresa apresentou o novo Persona, seu sedã compacto baseado no hatch Iriz e que substitui o sedã médio lançado em 2007 com o mesmo nome. Agora ele ficou bem menor que os 4,47 metros de comprimento e 2,60 metros de entre-eixos da primeira geração com a realocação de categoria. Com 4,38 metros de comprimento, 1,72m de largura, 1,55m de altura e 2,55 metros de entre-eixos, o Persona conta com um bom porta-malas de 510 litros. O seu design se destaca por suas linhas agressivas na dianteira que contrasta com o equilíbrio da traseira, com linhas mais arredondadas. Por dentro, o Novo Persona destaca a multimídia elevada no painel, junto aos difusores de ar centrais, tendo ainda instrumentação compacta e volante multifuncional. Na mecânica, o Persona c

Proton apresenta o Extrema, seu primeiro utilitário esportivo da marca malaia, com um belo design

Imagem
A Proton ainda não tem participação mundial em diversos mercados, mas aos poucos mas mostrando sua força com automóveis melhores e mais bem desenhados. O Extrema é um exemplo disso. Além de ser o primeiro SUV da marca malaia, o Extrema apresenta um novo face-family da marca. O modelo já foi visto em testes e agora aparece um catálogo com imagens e detalhes. Apesar de parecer pronto, só chegará ao mesmo daqui há um ano. Na dianteira, o Extrema pode lembrar um Honda HR-V, enquanto a traseira apresenta um design ousado, mas que não chega a ser feio. A foto do interior mostra apenas os bancos de couro, que parecem ser de boa qualidade. Entre os destaques do SUV da Malásia, o Extrema conta com faróis de xênon com LEDs diurnos, detalhes cromados e faróis de neblina. De porte compacto, o Proton Extrema deverá ter rodas com aro de 19" polegadas e o motor será um 1.5 16v Turbo com e injeção direta de combustível, que entrega 180cv de potência e torque de 25,5 kgfm. Sobre o câmbio a Prot

Postagens mais visitadas deste blog

Nova geração da Ford Ranger é vista novamente em flagrante que revela mais da dianteira

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Peugeot inicia pré-produção do SUV cupê 4008 na Europa, na fábrica de Mulhouse, na França

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

BYD também testa o D1 no Brasil, que pode ser o quinto lançamento da marca para 2022

Nova geração do BMW Série 3 chega em 2025, com opção de motor puramente elétrico

Jeep Renegade 2023 não vai ganhar novo painel, mas terá novo volante e cluster digital

Chevrolet Onix ainda tem complicações com a produção para atender a demanda do cliente