Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Lucid

Lucid quer vender 100 mil unidades do Air no Oriente Médio; sedã vai à Europa neste ano

Imagem
A Lucid confirmou detalhes da sua expansão para outros mercados. Mesmo com a redução na expectativa da produção em 2022 por conta da crise dos semicondutores, a marca já planeja chegar a dois novos mercados: o Oriente Médio e a Europa. O velho continente europeu será o primeiro a receber o sedã, que será vendido primeiro com a versão Dream Edition. “A expansão para a Europa e a decisão de oferecer o Lucid Air Dream Edition neste mercado servem para fortalecer a posição da Lucid como marca global e apoia ainda mais nossa missão de elevar os padrões da indústria de veículos elétricos” , disse Zak Edson, Vice-Presidente de Vendas e Serviço da Lucid. O sedã começa a desembarcar na Europa no final de 2022 e logo em 2023 começa a ser enviada as versões mais simples como a Pure, Touring e Grand Touring.  Na Europa, o Dream Edition terá autonomia em torno dos 900km, no ciclo WLTP.  Até o momento, está confirmada a ida do sedã para mercados como a Alemanha, Holanda, Suíça e Noruega. A primeira

Lucid está pronta para expandir para a Europa, Oriente Médio e China entre 2022 e 2023

Imagem
A Lucid confirmou que quer expandir seu mercado para outros continentes. Além da América do Norte, sua terra natal, a Lucid deve chegar na Europa e também no Oriente Médio. Neste último, inclusive, a marca planeja ter a sua segunda fábrica. A Lucid já busca mercados no Reino Unido e trabalha para fazer com que os carros tenham volante no lado direito, podendo ser apresentado já no final deste ano de 2022. Em 2023, a Lucid quer chegar na China, mas provavelmente com a exportação a partir dos Estados Unidos. De acordo com um Porta-Voz da Lucid, a marca chega à Europa e ao Oriente Médio, em junho ou julho de 2022, enquanto a China é aposta para 2023. Na Europa, a Lucid começa a atender pela Alemanha, Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Islândia, Itália, Mônaco, Holanda, Espanha, Suécia, Suíça e Noruega. O Reino Unido também receberá os carros da marca, mas esse último acontece no final de 2022, com entregas em meados de 2023. A notícia boa vem logo depois da marca anunciar que vai pre

Lucid Air ganha versão Grand Touring Performance, equipado com motor EV de 1.065cv

Imagem
A Lucid apresentou as primeiras imagens do Air com a versão Grand Touring Performance, a topo de linha do sedã elétrico. A novidade chega ao mercado norte-americano com o motor mais forte, de 1.065cv de potência. De acordo com a Lucid, essa versão acelera de 0 a 100km/h em 2,6 segundos! Contando com autonomia de 718km, ele possui um carregamento ultrarrápido, podendo ser carregador em estações de recarga DC de 350kW, que recupera 483km de autonomia em 21 minutos. A bateria possui tensão de 924V, que é a mais alta entre os veículos elétricos de produção em série. “O Lucid Air Grand Touring Performance responde à forte demanda que continuamos vendo por versões de alto desempenho do Lucid Air. A notável velocidade com que somos capazes de conceber e levar este modelo ao mercado só é possível devido ao alto grau de integração vertical da Lucid e à produção interna de nosso trem de força EV proprietário e tecnologia de bateria.” , disse Peter Rawlinson, CEO e CTO do Lucid Group. Equipado ap

Arábia Saudita confirma a segunda fábrica da Lucid, a ser erguida na cidade de Abdullah

Imagem
Depois de surgir como rumor, a Arábia Saudita confirmou que a Lucid terá uma nova fábrica, sediada em seu país. A fábrica será construída no Oriente Médio para a produção do sedã Air e futuramente do seu primeiro utilitário esportivo, conhecido como Gravity. A Arábia Saudita confirmou que a fábrica será erguida a partir de um plano de desenvolvimento e diversificação energética do país, sendo que até 2030 é esperado que as vendas de carros 0km por lá já respondam por 30% das vendas. A fábrica ainda contará com um acordo com o Ministério de Investimentos da Arábia Saudita e com o Fundo de Desenvolvimento Industrial da Arábia Saudita para a construção da fábrica. “Estamos entusiasmados em apresentar os veículos elétricos mais avançados do mundo [na Arábia Saudita]” , disse o CEO da Lucid, Peter Rawlinson. Além da fábrica, a Lucid vai contar com um plano de transição elétrica proposto pelo governo que também vai levar em conta os postos de recarga para os carros. A fábrica será erguida na

Lucid diminui capacidade produtiva para 2022 por conta da crise dos semicondutores

Imagem
A Lucid iniciou a produção do Air no mês de novembro do ano passado, mas a sua produção deve continuar em marcha lenta. De acordo com o comunicado revelado pela marca, a produção deve ser reduzida drasticamente para 2022, por conta da falta de componentes para a sua fabricação. Segundo Peter Rawlinson, CEO da Lucid, disse que ainda tem muitos pontos que precisam ser debatidos para que os preços das ações não sejam afetadas. Em 2022, a Lucid estimava produzir cerca de 20.000 unidades do sedã. Agora, a produção deve cair entre 30% a 40%, ou seja, a produção em 2022 será entre 12.000 a 14.000 unidades. “Olhando para o futuro, estamos atualizando nossas perspectivas para a produção de 2022 para uma faixa de 12.000 a 14.000 veículos. Isso reflete os desafios extraordinários da cadeia de suprimentos e logística que encontramos e nosso foco incansável em fornecer produtos da mais alta qualidade. Continuamos confiantes em nossa capacidade de capturar as tremendas oportunidades à frente, dada n

Arábia Saudita quer fábrica da Lucid e duas cidades disputam unidade fabril até 2026

Imagem
A Lucid confirmou que quer expandir globalmente a sua presença, depois de apresentar o Air no ano de 2020. Vale lembrar que recentemente a Lucid recebeu uma injeção de ânimo (dinheiro) oriundos da Arábia Saudita, com o Fundo de Investimento Público. Desde então, cresce os rumores de que a Lucid possa erguer uma fábrica por lá. A nova fábrica só deve ser erguida entre 2025 a 2026, de acordo com informações do Automotive News. A fábrica pode ser construída a partir de uma joint-venture, o que diminui o peso do investimento por meio de uma empresa startup, como a Lucid. "Agora que estamos produzindo e vendendo carros com sucesso nos EUA, nossa atenção está voltada para esta fábrica aqui" [Arábia Saudita], destacou Andrew Liveris, Presidente da Lucid. A cidade escolhida ainda não foi definida, mas pode ser Jeddah, próxima ao Mar Vermelho. Se não for Jeddah existe a chance de ser em Neom, uma cidade nova no noroeste da Arábia Saudita. O foco da Lucid no momento, é a expansão come

Lucid começou a entregar as primeiras unidades do Air aos seus donos no último dia 30/10

Imagem
A Lucid começou as entregas das primeiras unidades do Air no último dia 30 de novembro nos Estados Unidos. O sedã elétrico teve suas primeiras unidades entregues após a produção começar em Casa Blanca, no final do mês de setembro. O sedã elétrico começou a ser entregue nas versões Dream Edition Performance e Dream Edition Range. O Lucid Air terá uma produção em fase inicial, por enquanto, com cerca de 520 unidades que serão produzidas só na versão Dream, até ganhar certo ritmo de produção a partir de 2022. Com mais de 13 mil unidades na fila de espera, a maioria das versões são Grand Touring, Touring e Pure. O Touring e o Grand Touring devem ser lançados em 2021, com autonomia de 653km no primeiro e 832km no segundo. Essas duas devem ser as versões mais vendidas do sedã. O Touring deve desenvolver 620cv de potência e o Grand Touring deve entregar cerca de 800cv. O sedã começou a ser produzido na fábrica de Casa Grande, no Arizona, Estados Unidos. Atualmente o Air é detentor do recorde

Lucid inicia a produção em série do Air na fábrica de Casa Grande, nos Estados Unidos

Imagem
A Lucid começou a produção em série do Air no mercado norte-americano. O sedã começou a ser produzido na fábrica de Casa Grande, no Arizona, Estados Unidos. As primeiras unidades produzidas são da versão Dream Edition, que teve alguns proprietários levados para conhecer as fábricas da Lucid, como a Advanced Manufacturing Plant (AMP-1) e a Lucid Powertrain Manufacturing (LPM-1). "Os primeiros sedãs elétricos de luxo Lucid Air com qualidade para o cliente saíram da linha de montagem hoje durante o evento em AMP-1, que incluiu uma cerimônia de inauguração da fábrica com o governador do Arizona, Doug Ducey. O governador Ducey se juntou a outros legisladores e convidou os convidados para destacar o trabalho local da Lucid criação e desenvolvimento econômico, aumento da pegada de manufatura de alta tecnologia e planos para expansão futura no estado. As instalações de fabricação da Lucid no Arizona devem gerar uma produção econômica projetada (direta, indireta e induzida) de US$ 9 bilhõe

Lucid Air quebra recorde de autonomia e chega aos 836km no ciclo EPA nos Estados Unidos

Imagem
O Lucid Air quebrou um novo recorde com o seu sedã Air. Trata-se do recorde de maior autonomia de um carro elétrico. O sedã chegou à marca de 836km, superando a autonomia do Tesla Model S. Vale lembrar que a autonomia é no ciclo EPA, o mais rigoroso dos padrões de avaliação. O antigo recorde era do Tesla Model S com seus 643km na versão Long Range Plus. O Lucid Air ainda possui mais autonomia que o Mercedes-Benz EQS, registrado com seus 770km de autonomia no ciclo WLTP, europeu. A Lucid ainda testou por conta própria a autonomia para ou comprovar os resultados obtidos no EPA ou provar que sua autonomia é superior. Nessa ação foram convocados um jornalista automotivo e o CEO da Lucid, Peter Rawlison. O resultado foi que os sedãs tiveram média de autonomia de 804km, ou seja, dentro da média da autonomia testada pelo órgão equivalente ao nosso InMetro. "Estou muito satisfeito que nosso Lucid Air Dream Edition Range tenha sido oficialmente homologado pela EPA com um alcance de 520 mil

Lucid apresenta Air com a versão Dream Edition e vai ter focos: autonomia ou desempenho

Imagem
A Lucid confirmou que o seu sedã Air já está em produção e deve ser vendido com algumas novidades. De acordo com a marca norte-americana, o Air deve ser vendido com duas opções de perfil: o primeiro prioriza o desempenho e o segundo prioriza a autonomia. A versão focada em desempenho será batizada de Dream Edition Performance e a Dream Edition Range, na qual prevalece a autonomia. Os dois perfis são da versão Dream Edition, fazendo o sedã desenvolver 1.125cv de potência com 102kgfm de torque. Com esses dois motores, ele vai acelerar de 0 a 100km/h em 2,5 segundos e chega à velocidade máxima de 270km/h com autonomia de 724km no perfil Performance. Já a versão Dream Edition Range ficará com 945cv de potência, mas em compensação poderá contar com uma autonomia que cresce até os 832km. O carro é desenvolvido com uma arquitetura elétrica de 924V junto de baterias de 113kWh. No entanto, o Air só deve começar a ser vendido com as versões Touring e Grand Touring, tabeladas em US$95.000 (R$503.

Lucid inicia pré-produção do Air na fábrica de Casa Blanca, nos Estados Unidos

Imagem
A Lucid confirmou o início da pré-produção do Air na fábrica de Casa Blanca, Arizona, Estados Unidos. A fábrica, também conhecida como AMP-1, começou a produção do sedã que deve se destacar por conta do seu desempenho, conforto, eficiência, aerodinâmica, autonomia, condução autônoma e outras qualidades destacadas pela Lucid. De acordo com a marca, o Air deve ser produzido com uma certa automação, contando com uma menor quantidade de funcionários na unidade. No início deste ano, a Lucid confirmou que conseguiu um investimento bilionário da Arábia Saudita. Esse capital foi fundamental para a construção da fábrica nos EUA. "A Lucid arrecadou mais de US$ 1 bilhão em 2018, um investimento que estava condicionado à criação de uma fábrica pela empresa na Arábia Saudita. A Lucid está em negociações com o fundo soberano da Arábia Saudita para construir uma fábrica de veículos elétricos perto da cidade de Jeddah, no Mar Vermelho." , disse a empresa em comunicado. O Air deve ser vendido

Lucid deve ter uma fábrica na Arábia Saudita e surgem novas informações sobre a unidade

Imagem
A Lucid confirmou que deve expandir a sua gama de automóveis nos próximos anos, com opções mais acessíveis. Ao que tudo indica, a marca deve seguir os mesmos passos que a Tesla passou. Além de planejar uma nova fábrica na Arábia Saudita, que deve ajudar no processo de expansão da marca. Segundo informações da Agência Bloomberg, a Lucid pode criar um Fundo de Investimento Público (PIF) juntamente com seus investidores. De acordo com o The Wall StreetJournal , essas conversas ocorrem desde meados de 2018. No entanto, o jornal ainda destaca que a Arábia Saudita não possui nenhuma experiência com o mundo dos elétricos, até porque o país sempre sobreviveu de petróleo. Além disso, o país parece estar com reputação manchada no mundo com o mandato de morte ao jornalista Jamal Ahmad Khashoggi, em 2018. As conversas com a Lucid ocorrem no mesmo ano, quando a marca se aproximou do país. Nesse caso, a Lucid não tem muita escolha porque a fábrica seria financiada pelo PIF da Arábia Saudita. Desde 2

Surgem as primeiras imagens de patente do Lucid Gravity, que estreia até 2023

Imagem
Depois de revelar o Lucid Air, a Lucid deve apresentar dentro de alguns anos o seu segundo modelo, o Gravity. O primeiro SUV da marca deve começar a ser vendido em 2023, mas deve ser revelado entre o final deste ano e o início de 2022. O carro deve ser bem antecipado ao Gravity Concept e surgiram as primeiras imagens de patente do SUV, pelo usuário Evonthego, do Lucid Forum . As imagens foram registradas no European Union Intellectual Property Office, o EUIPO. O Lucid Gravity deve ser tão eficiente quanto o sedã, contando com novas tecnologias que ainda desconhecemos por seu lançamento ainda estar distante. O utilitário esportivo deve ser bem grande em suas dimensões, mas até o momento pouco se sabe sobre as especificações. O carro deve ser apresentado primeiramente como conceito, tendo a versão de produção apresentada em meados de 2023. Até lá, a Lucid deve oferecer apenas o sedã Air. O novo modelo deve acompanhar o sedã em ritmo de performance e eficiência, com chances de ser apresen

Lucid confirma desenvolvimento de um sedã menor para concorrer com Tesla Model 3

Imagem
A Lucid enfim deve começar a demonstrar um futuro mais definido. A marca apresentou o Air e desenvolve o utilitário esportivo batizado de Gravity. Além desses dois, a Lucid deve investir em modelos elétricos menores. A marca confirmou que já trabalha no desenvolvimento de um sedã abaixo do Air, de acordo com o que Peter Rawlinson, CEO da Lucid, a marca trabalha num rival para o Tesla Model 3. Esse novo carro deve ser apresentado em meados de 2024, no mais tardar em 2025. A estratégia é basicamente a mesma de novas empresas de carros elétricos. Começar com carros de maior valor agregado e passar a apostar em modelos mais acessíveis. A marca terá produção na cidade de Casa Blanca, Arizona, Estados Unidos, onde a Lucid conseguiu um investimento bilionário da Arábia Saudita. Esse capital foi fundamental para a construção da fábrica nos EUA. Há chances ainda da Lucid ter uma segunda fábrica, já pensando na sua expansão, com fruto de um investimento de US$360 bilhões, de acordo com fontes li

Lucid revela informações de sua fábrica no Arizona, que começa a produção em abril

Imagem
A Lucid revelou as primeiras informações sobre a sua fábrica instalada no Arizona, um dos estados dos Estados Unidos. De acordo com o CEO da Lucid Motors, Peter Rawlinson, e o Vice-Presidente de Produção, Peter Hochholdinger, inauguraram a unidade que deve começar a produção do sedã elétrico Air. A fábrica do Arizona foi batizada de Lucid AMP-1, de Advanced Manufacturing Plant – 1, que fica localizada na cidade de Casa Grande, no Arizona. A primeira fábrica da Lucid foi construída como uma fábrica para a produção de carros puramente elétricos, sendo a primeira de quatro fases planejadas para o Air. O carro entra em produção oficialmente a partir do segundo trimestre de 2021. A Lucid terá uma capacidade inicial de 34 mil unidades produzidas, que pode ser elevada para cerca de 90 mil unidades. A fábrica deve ser erguida em quatro fases. Aprimeira começa no segundo trimestre, e no final das quagro fases poderá chegar a marca de 400.000 unidades ao ano. Considerada uma empresa startup para

Lucid deve chegar à Europa no primeiro semestre de 2022, com o sedã elétrico Air

Imagem
Após se apresentar para o mercado norte-americano, a Lucid deve começar a vender seus carros na Europa a partir de 2022. Tentando atingir a mesma meta que a Tesla, a Lucid deve atrair a atenção de uma nova leva de consumidor ávidos por carros elétricos. A marca apenas confirmou que deve vender seus carros por lá no ano que vem, no primeiro semestre, sem estipular datas de apresentação mais definitivas. Nos EUA, o modelo começou a ser vendido no final do ano passado, mas as entregas devem começar apenas no segundo trimestre de 2021, entre abril a junho. O Lucid Air deve ser vendido com preços que começam em US$79.995. Na cotação atual do Dólar em nosso mercado, que está nas alturas, o Lucid Air poderia ser vendido por R$423.973, sem contar impostos de importação. No entanto, o Air só deve começar a ser vendido com as versões Touring e Grand Touring, tabeladas em US$95.000 (R$503.500) e US$139.000 (R$736.700), respectivamente. A versão topo de linha, Dream Edition, que começa a ser vendi

Postagens mais visitadas deste blog

Chery desenvolve a chegada do eQ1 ao mercado brasileiro, candidato a elétrico mais barato

Renault vai trazer 1º lote de 500 unidades do Kwid E-Tech Electric a partir de agosto

Volkswagen desenvolve um Polo Hybrid com motor eTSI, que chega na reestilização

Volvo abre pré-venda do novo XC40 Recharge Electric P6, com motor de 231cv, por R$ 309.950

Surgem projeções de como pode ficar o Renault 'StepWay', que estreia no Brasil em 2023

Chery fecha fábrica de Jacareí (SP) até 2025, quando retoma produzindo híbridos e elétricos

Com fechamento da fábrica, Chery Tiggo 3X sai de linha e Arrizo 6 virá importado da China

Site confirma a escolha da Fiat para o nome do SUV oriundo do Projeto 376: Fastback

Jeep confirma o lançamento da Gladiator para breve no Brasil; picape terá motor 3.6 V6

Kia Soul ganha reestilização nesta terceira geração e traz mais tecnologia, no exterior