Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Estoque

Menos de um ano em linha, Chery Tiggo 3X está quase esgotado nas concessionárias

Imagem
Depois de ter saído de linha no primeiro semestre deste ano, o carro mais acessível da Chery, o Tiggo 3X, já tem poucas unidades em estoque. De acordo com informações apuradas pela revista Autoesporte, o modelo está praticamente esgotado. As últimas unidades à venda são da versão topo de linha, a Pro, que era a mais completa. Algumas concessionárias vendem o SUV subcompacto com o mesmo preço de tabela enquanto que outras o desconto pode ser de R$ 6.700. O Tiggo 3X foi lançado em maio do ano passado e saiu de linha em meados de abril deste ano, ou seja, as vendas não completaram nem um ano. Evolução do Tiggo 2, o Tiggo 3X era o primeiro Chery a vir com motor 1.0 12v Turbo Flex, que desenvolve 102/98cv de potência com torque de 17,1/16,8kgfm, acoplado a um câmbio automático CVT, que simula 9 marchas. Segundo a marca, ele acelera de 0 a 100km/h em 14,2 segundos. Ele deve contar com os modos de condução Eco e Sport. Em 2021, a Chery vendeu 4.676 unidades vendidas e outras 3.469 unidades no

Atual Volkswagen Tiguan esgota e modelo reestilizado é esperado para o início de 2022

Imagem
Depois da chegada do Taos no Brasil, a Volkswagen retirou de linha as versões mais simples de Tiguan e Jetta no Brasil. O SUV médio de sete lugares passou a ser vendido apenas na versão R-Line, topo de linha. Agora, a Volkswagen confirmou que chegou ao fim o estoque do Tiguan atual e que o modelo reestilizado deve ser apresentado em 2022. Importado do México, o estoque do modelo atual está em últimas unidades – e as vendas já sinalizam isso. Vendido por R$ 236.090, o Tiguan vai ser reestilizado no primeiro semestre de 2022. Espera-se que ele seja equipado com pelo menos duas versões, para concorrer com o Jeep Commander, mas só com o motor 2.0 TSI de 230cv e 37,7kgfm, acoplado a um câmbio automatizado de dupla embreagem DSG, de 7 marchas e tração integral 4MOTION. Visualmente, a reestilização fará o Tiguan ter uma nova grade frontal, que passa a ser maior que o modelo anterior e que se inspira nos últimos lançamentos de utilitários esportivos da marca. Há ainda um capô com novos vincos

Volkswagen confirma que Amarok V6 está em falta e estoque deve ser normalizado

Imagem
Depois de resultados baixos em janeiro e fevereiro, a Volkswagen confirmou que a Amarok V6 está em falta. Depois do resultado pífio de 26 emplacamentos da picape em fevereiro, a Volkswagen confirmou que tinha dado férias coletivas na fábrica de General Pacheco, na Argentina. As férias foram prolongadas até a metade de janeiro, o que prejudicou bastante o estoque da picape no país (tanto com motor 2.0 como V6). A quantidade de estoque deve ser estabelecida dos meses de março e abril. As baixas nas vendas da picape vieram depois de do sucesso da Amarok V6 de 258cv, onde “as primeiras 400 unidades disponíveis para pré-reserva foram vendidas em somente 18 minutos. Na sequência, foram colocados à venda mais três lotes com 200 unidades cada e todos foram vendidos também em questão de minutos. Com isso, em menos de um mês a Volkswagen do Brasil vendeu as 1.000 unidades iniciais que tinha à disposição” . A picape tinha um motor 3.0 V6 TDI que desenvolvia 225cv de potência e 56,1kgfm de torque,

Postagens mais visitadas deste blog

Fiat Egea é o nome oficial do sedã médio da Fiat que deve ser apresentado oficialmente e pode chegar ao Brasil!

GWM revela imagens e informações do nosso Haval H6, que estreia em breve no Brasil

Nova geração do Dacia Duster continua na Renault como 'linha Adventure' na Austrália

Nissan convoca recall da Frontier 2023, com defeito na fixação do freio traseiro

Prevista para 2023, a nova geração do BMW i8 pode ser totalmente elétrica

BMW revela detalhes da sua bateria cilíndrica, que estará nos carros com base Neue Klasse

Peugeot revela teaser de novidades elétricos em evento na Europa, o 'E-Lion Day'

Ford quer fazer com que seus carros elétricos sejam mais competitivos nos Estados Unidos

Mazda já desenvolve uma nova geração do MX-5, que estreia até o fim do ano que vem

Nem elétrico e muito menos um SUV: Bugatti confirma que não terá nenhum em dez anos