Postagens

Mostrando postagens com o rótulo Centro de Desenvolvimento

Volkswagen define Brasil como Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de bicombustíveis

Imagem
A Volkswagen confirmou novas informações sobre o desenvolvimento do Centro de Desenvolvimento de Biocombustível no Brasil. Com isso, a América do Sul deve ganhar o Centro de Pesquisa & Desenvolvimento no Brasil, voltando principalmente para o estudo de soluções tecnológicas que são baseadas no Etanol e até mesmo outros Biocombustíveis que serão criados para atender mercados emergentes, visto que a infraestrutura de carros elétricos seria caro para investir no momento. “Sediar aqui no Brasil o novo Centro de P&D para etanol e outros biocombustíveis nos coloca em evidência no mundo Volkswagen. Poder liderar, desenvolver e exportar soluções tecnológicas a partir do uso da energia limpa dos biocombustíveis se caracteriza como uma estratégia complementar às motorizações elétrica, híbrida e à combustão a mercados emergentes é um reconhecimento enorme para a operação na América Latina. Vamos atuar em parceria com Governo, universidades e a agroindústria para que possamos trabalhar com

Subaru aposta em novos elétricos e terá Centro de Pesquisa & Desenvolvimento específico

Imagem
Graças a parceria com a Toyota, a Subaru confirmou que deve focar em mais modelos elétricos para os próximos anos. Além do Solterra, a marca deve desenvolver novos carros. O Solterra ainda não foi apresentado, mas deve ser o irmão de criação do Toyota bZ4X. De acordo com informações que foram apuradas pelo site Automotive News , a Subaru deve ter um Centro Técnico de Pesquisa & Desenvolvimento de sete andares em sua sede no Japão, próximo de Tóquio, que começa a operar em 2024. Esse centro terá a missão de ordenar o lançamento dos carros elétricos. Isso deve fazer com que a marca possa ter mais agilidade para criar os seus elétricos, além de tornar a operação mais flexível, adaptando-se às mudanças do mercado. A nipônica ainda confirmou o investimento de US$272 milhões na construção do prédio. O investimento fará a marca criar 2.800 novos empregos e a japonesa busca um novo Diretor de Tecnologia, que possui uma pessoa habilitada para: “criar uma organização que seja adequada para o

Novo Fiat Punto deve ser lançado em 2023, com base CMP e terá opção de motor elétrico

Imagem
A Stellantis confirmou o desenvolvimento de uma nova geração para o Fiat Punto, que deve ser apresentado em 2023. A nova geração do hatch compacto deve ficar acima do 500 e do Panda, sendo um primo do novo Peugeot 208 e Opel Corsa. Fora do mercado europeu desde 2018, o Punto deve retornar cinco anos depois e a confirmação do seu retorno foi confirmado por Carlos Tavares, CEO da Stellantis. Novas informações de um novo Punto deve ter mais informações entre o final de 2021 e o começo de 2022. Visualmente, ele deve contar com um design parecido com o do nosso Argo e até mesmo com o do Tipo. O modelo deve ter seu retorno facilitado por conta da fusão que originou a Stellantis, sendo desenvolvido a partir da plataforma CMP, que deve servir de base para a maioria dos veículos da nova empresa. Com a plataforma e tamanhos similares a Corsa e 208, a Fiat deve oferecer o novo Punto com a mesma mecânica dos modelos. Na mecânica, tanto o Corsa como o 208 contam com três opções de motor: o 1.2 Pure

Volkswagen deve criar Centro de Pesquisa & Desenvolvimento de Híbridos Flex no Brasil

Imagem
A Volkswagen confirmou que deve inaugurar um Centro de Pesquisa & Desenvolvimento no Brasil para estudos e desenvolvimento de motores com Etanol e outros biocombustíveis do mundo. Destinado com a pretensão de se manter firme com a sua energia renovável e diminuir as emissões de carbono na atmosfera, a Volkswagen deve apostar em motores híbridos abastecidos com Etanol no Brasil, por exemplo. As tecnologias criadas no Brasil podem, inclusive, serem adotadas em outros países onde a eletrificação ainda é um problema por conta da falta de infraestrutura. "Sediar aqui no Brasil o novo Centro de P&D para etanol e outros biocombustíveis nos coloca em evidência no mundo Volkswagen. Poder liderar, desenvolver e exportar soluções tecnológicas a partir do uso da energia limpa dos biocombustíveis se caracteriza como uma estratégia complementar às motorizações elétrica, híbrida e à combustão a mercados emergentes é um reconhecimento enorme para a operação na América Latina. Vamos atuar

Land Rover confirma que desenvolve um Defender Hydrogen, que estreia até 2025 na Europa

Imagem
A Land Rover confirmou que pode desenvolver novidades para o mercado europeu em breve. Além de opções de motores híbridos, a Land Rover deve criar modelos com células de combustível de hidrogênio. A marca confirmou que estaria trabalhando em um modelo com este tipo de motor para o Defender, que deve começar a rodar em testes no final deste ano, no Reino Unido. A pesquisa está sendo feita para criar uma opção eletrificada do utilitário esportivo com emissão zero e que não seja um elétrico. O desenvolvimento deste novo tipo de mecânica dentro da Land Rover deve fazer parte do plano Project Zeus, financiado pelo Centro de Propulsão Avançado, financiado pelo governo. Ainda não se tem informações sobre o desenvolvimento ou dados mecânicos deste Defender, mas ele deve ter dois tanques de hidrogênio de alta pressão flanqueando de uma bateria para a célula de combustível, que terá a tecnologia de recuperação de energia durante a frenagem. Este novo motor ainda seria localizado no lugar do moto

Projeto brasileiro, Ford EcoSport poderá ganhar nova geração no exterior; Ka pode ganhar substituto

Imagem
Enquanto decidiu fechar suas fábricas no Brasil, com as unidades de Camaçari (BA) e Taubaté (SP), a Ford cancelou o desenvolvimento das novas gerações dos modelos que seriam produzidos em Camaçari, como a nova geração do EcoSport e o substituto do Ka. Apesar de saírem de linha no mercado brasileiro, isso não significa que os projetos brasileiros não recebam uma sequência no exterior. Na Índia, a Ford vende o Ka e o Ka Sedan como Figo, Figo Sedan e existe uma versão sedã encurtada, chamada de Aspire. Já o EcoSport se tornou um modelo global nessa segunda geração, sendo que era produzido no Brasil mas também na Romênia, Índia e China. O fim da produção da linha Ka podem ser substituídas por um novo modelo na Índia, com uma nova geração do Figo. Além disso, aqui ele seria substituído por um SUV subcompacto, com cerca de 4 metros de comprimento. Já o EcoSport, sem sua terceira geração seria responsável por mudar a imagem do modelo por completo, sendo que ele enfim perderia o estepe pendura

Entre os projetos que foram abortados pela Ford, estariam os novos EcoSport e Territory nacionais

Imagem
A Ford parece ter desistido de produzir modelos que poderiam mudar o seu cenário no mercado brasileiro. Se a operação brasileira dava prejuízos, também é verdade que a fábrica de Camaçari (BA) não via novidades desde 2014, quando se apresentou Ka e Ka Sedan. Nesses sete anos sem nenhum outro modelo sendo produzido na fábrica, a marca definhou no mercado. Agora, surgiram algumas informações sobre os novos modelos que seriam produzidos em Camaçari. Os trabalhos no Centro de Desenvolvimento de Produto da Ford na Bahia davam conta dos substitutos de EcoSport e Territory. Além desses dois, o Territory ainda ganharia uma versão cupê nessa nova geração e a linha Ka seria substituída por um SUV subcompacto, com porte do atual EcoSport. Informações davam conta de que o Ka deveria viver alguns meses a mais e que a sua mudança visual já teria sido descartada. Mesmo assim, a Ford teria dois outros modelos de volume: EcoSport e o novo Territory, que seria nacionalizado em uma nova geração. O design

Chery deve investir em um Centro de Desenvolvimento Tecnológico e Pesquisa em Jacareí (SP)

Imagem
A Chery confirmou uma parceria entre a Prefeitura de Jacareí (SP) e o Parque Tecnológico de São José dos Campos (SP) para a criação de um Centro de Desenvolvimento Tecnológico (CDT) Automotivo em Jacareí, onde a Chery possui uma fábrica. Por lá, as operações devem começar ainda neste mês de janeiro, sendo o primeiro polo dedicado ao desenvolvimento de novas tecnologias e formação de empreendedores na cadeia produtiva no Vale do Paraíba. “Queremos transformar a cidade de Jacareí num celeiro de talentos. No CDT, serão realizados cursos e workshops, entre outros programas de capacitação e aperfeiçoamento profissional para atender às demandas e perspectivas do setor automotivo. Dessa forma, vamos contribuir ainda mais para o desenvolvimento da região” , afirma CEO da CAOA CHERY, Marcio Alfonso. O CDT representa a união do Grupo CAOA com o Parque Tecnológico de São José dos Campos, a fim de promover a inovação. Conta com o apoio da Prefeitura de Jacareí, que deve ser o incentivador de pesqu

Volkswagen do Brasil desenvolve carros protótipos, com a plataforma MQB-A0, para a Skoda

Imagem
A área de Protótipos da Volkswagen do Brasil concluiu o projeto da construção de veículos de suas marcas em outros países. Com isso, a operação brasileira da Volkswagen está ajudando no desenvolvimento de modelos da Skoda, como parte da criação de modelos para o mercado internacional. Os estudos estão baseados na plataforma modular MQB-A0, trabalho que teve início no final de 2018, envolvendo áreas da empresa como Manufatura, Qualidade e Logística Central das fábricas de São Bernardo do Campo (SP) e São José dos Pinhais (PR), que produzem carros com a plataforma. Desse total foram construídos veículos, carrocerias e plataformas, em parte dos projetos dos carros com mão direita. As ações criadas pelo time fomentaram a redução de tempo e custos de produção. “Todos os envolvidos nesse projeto estiveram comprometidos em manter o cronograma de construção e exportação dos veículos, mesmo com as dificuldades enfrentadas com a pandemia do novo coranavírus. Nós, da Volkswagen do Brasil, consegu

Geely cria Centro de Pesquisa & Desenvolvimento em Frankfurt, na Europa

Imagem
Depois das japonesas e sul-coreanas, as chinesas começam a investir mais em mercados como a Europa. A Geely estabeleceu o seu primeiro Centro de Desenvolvimento na Alemanha, anunciando sua chegada à cidade de Rüsselsheim, inaugurado pela Geely Auto Technical Deutschland (GATD), onde a marca asiática estabelecerá ao longo dos próximos anos um total de 300 engenheiros e especialistas em tecnologia. O novo Centro P&D da Geely na Alemanha deve ficar responsável pela produção de novas tecnologias que serão utilizadas nos próximos modelos elétricos do grupo chinês, especialmente os carros premium da grupo, como a Lynk&Co. O Centro de Pesquisa & Desenvolvimento ainda deve complementar as ações em andamento com outras instalações que a empresa asiática possui em outras regiões, como a Geely Reserch Institute em Hangzhou, na China. A Geely confirma que o centro de Frankfurt deve ficar em comando da própria Geely – e não de grupos de engenharia e pesquisas para a marca. A informa

Nos próximos anos, CAOA poderá ajudar Chery em desenvolvimentos e design

Imagem
Em processo de mudança em sua imagem no Brasil, a Chery já apresentou quatro lançamentos em pouco mais de um ano e meio desde que a CAOA assumiu o controle da operação brasileira. Desde então, a marca chinesa cresceu nas vendas e enfim coloca em prática seu plano de expansão comercial. Pretendendo chegar ao Top Ten no Brasil até 2022, a Chery ainda confirmou que pode desenvolver carros para a marca e que pode dar “toques” nos design dos carros desenvolvidos na China. A informação foi revelada no Salão do Automóvel de Xangai, na China, onde o G1 Auto Esporte conversou com executivos do grupo brasileiro. Segundo Marcio Alfonso, presidente da CAOA Chery, a cooperação entre a filial brasileira e a chinesa deve ser intensificada nos próximos anos. “A próxima fase [da parceria] vai valer desde o desenho dos carros. As demandas dos clientes são diferentes” , disse Alfonso. Isso deve reforçar a equipe brasileira de design, que conta atualmente com 105 engenheiros. Segundo o executivo, o p

Volkswagen e JAC se unem na China e inauguram Centro de Pesquisa e Desenvolvimento

Imagem
Depois de apresentar a marca Sol, filha da parceria de JAC e Volkswagen, as marcas mãe selaram na China a inauguração do seu novo Centro de Pesquisa e Desenvolvimento especial para carros elétricos. A unidade foi construída na cidade de Hefei, na província de Anhui. Na cerimônia estavam presentes Song Guoquan, secretário do Comitê Municipal de Hefei; Jochem Heizmann, presidente e CEO do Volkswagen Group China; An Jin, presidente da JAC; Dr Christian Vollmer, VP de Produção e Logística da SEAT, e Dr Matthias Rabe, VP de P+D da SEAT, participaram juntamente com outros representantes do governo local e representantes dos acionistas da JAC Volkswagen, da cerimônia que também foi assistida por investidores e representantes dos funcionários. “Essa primeira pedra na construção do centro de P+D é outro grande passo na história da JAC Volkswagen. Eletrificar e dotar de inteligência são os passos-chave para a transformação que está atravessando a indústria automobilística. Com o sólido apoio

Volkswagen ainda estuda dar sinal verde para Atlas Tanoak Concept, apresentada em abril

Imagem
Apresentada como conceito no Salão do Automóvel de Nova York, a Atlas Tanoak Concept foi uma das grandes surpresas do evento nova-iorquino. Desenvolvida sobre a mesma plataforma modular do Golf, ela pode se tornar a primeira picape grande da Volkswagen a ser desenvolvida, de quebra, ser a primeira picape desse porte feita sobre plataforma e não chassi. Na época de sua apresentação, o CEO da Volkswagen América do Norte, Hinrich Woebcken, tinha confirmado que seria mais um competidor para o segmento, mas parece que o tempo gerou uma dúvida sobre esse desenvolvimento. Segundo o Autocar , a Volkswagen estuda a viabilidade de desenvolver a Tanoak. “A Atlas Tanoak se encaixa bem na marca, porque nós queremos mais clientes nos EUA, mas é algo que precisamos olhar com cuidado. É um segmento muito patriota, no qual as fabricantes americanas dominam” , disse Woebcken à publicação inglesa. Se em abril ela era dada como certa e agora gera dúvidas entre o alto escalão da Volkswagen, talvez seja

Volkswagen deve investir R$11,5 bilhões para desenvolver a nova geração Golf em Wolfsburg, na Alemanha

Imagem
A Volkswagen confirmou o investimento maciço de R$, bilhões para o desenvolvimento da oitava geração do Golf na Europa. Com o início do desenvolvimento da oitava geração, o médio alemão terá investimento de US$3,5 bilhões destinados a fábrica de Wolfsburg, sendo parte do investimento para um novo centro de design junto ao centro de desenvolvimento. O Golf deve manter a plataforma modular MQB que estreou com ele na sétima geração, mas deve ficar mais leve e espaçoso. Outra novidade fica a cargo da mecânica com motores com sistema de híbrido leve de 48V, além de novas versões híbridas e elétricas do hatch e sua família. No interior, todas as versões devem aderir ao quadro de instrumentos com tela em TFT e deve ter uma melhora no acabamento e na lista de itens de série. Por fim, as versões GTI, GTE e R devem ficar mais potentes. A nova geração é esperada para 2019 na Alemanha. O investimento para a fábrica na véspera da reunião anual de operações em Wolfsburg. Este aporte financeiro se

Nova geração do Renault Megane Sedan deve ser lançado em 2018 e francesa já inicia o seu desenvolvimento

Imagem
A Renault está trazendo boas novidades para o mercado brasileiro. Depois dos novos motores SCe, a marca francesa deve começar a trazer mais automóveis da sua linha europeia, tanto que o Captur e o Koleos marcam essa mudança e ambos chegam em 2017. O Kwid também deve ser lançado em 2017 e apesar de ser um automóvel emergente, também é um legítimo Renault. Tanto que as novas gerações de Sandero, Logan, Duster e Oroch devem ser tocados de modo independente no Brasil, Rússia e Índia. Os modelos da Dacia transvestidos de Renault devem ter design exclusivo. Assim que teve detalhes da segunda geração do Duster, que já adota a nova filosofia da Renault em ter um modelo diferente do modelo europeu, o site Autos Segredos revelou que a Renault começou a trabalhar no desenvolvimento de um novo sedã que é conhecido internamente como LJC, que chega ao mercado brasileiro em meados de 2018. A única saída seria o Megane Sedan, para substituir o Fluence entre os sedãs médios, com produção na Argentin

Hyundai terá Centro de Pesquisa e Desenvolvimento na fábrica de Piracicaba (SP) para desenvolver motores flex!

Imagem
A Hyundai deve começar a erguer o seu primeiro Centro de Pesquisa e Desenvolvimento na América do Sul, localizado na cidade de Piracicaba (SP), de onde a Hyundai já tem a fábrica que produz os compactos HB20 e HB20S. Com presença de diversas autoridades, ontem ocorreu o lançamento da pedra fundamental do Centro P&D, que se torna o quinto laboratório da montadora no mundo, ao lado de Coréia do Sul, Estados Unidos, Japão e Alemanha. No Brasil ele terá objetivo viabilizar o desenvolvimento de motores com tecnologia flex. Com previsão de operação para o segundo semestre de 2016 e investimentos de R$100 milhões, o Centro P&D atende aos pedidos do Inovar-Auto, regime automotivo do governo. O local tem como principal objetivo desenvolver tecnologias voltadas para o Brasil, amplamente dominado pelos motores flex, por isso, contará com laboratórios para teste de desempenho e durabilidade de motores, redução de emissões e melhoria da eficiência energética e da partida de motores em ba

Ford investe em centro de desenvolvimento e quer um sedã premium para ser rival de Honda City na Índia!

Imagem
Ainda não se sabe o quanto que a Ford deve investir na Índia. O mercado emergente ajudou o Brasil no projeto de Ka e Ka+ e deve investir em um centro de desenvolvimento milionário para um centro de pesquisa e desenvolvimento. Segundo o jornal Economic Times, a cidade de Chennai deve receber investimentos da Ford. O primeiro alvo desse novo centro de desenvolvimento da Ford deve ser o Honda City. Vendido no Brasil desde 2009, o City consegue vender muito bem na Índia e pode chegar a outros mercados (o Brasil muito dificilmente, uma vez que Ka+, New Fiesta Sedan e Focus Sedan agrupam o "bolo de sedãs" da Ford). Sobre o novo sedã ainda é muito cedo para falar, mas o projeto é conhecido por B500. O Ford Escort das fotos, vendido na Índia, pode ser a base do novo sedã e além do City, quer concorrer como Suzuki Ciaz. O lançamento deve ocorrer em meados de 2018, acompanhado de um monovolume. Esse novo centro de desenvolvimento deve projetar futuros modelos da Ford. Até agora, Eve

Postagens mais visitadas deste blog

Jeep Compass possui fila de espera até 2022 pra algumas versões por falta de semicondutores

Último Troller T4 produzido será vendido por R$ 299.990; unidade está localizada em Natal (RN)

Chery Arrizo 6 Pro terá condições especiais no seu mês de lançamento, para financiamento

Sem nenhum emplacamento, Jeep Commander já possui longa fila de espera de até 6 meses

Curiosidades: por que o disco de freio parece com ferrugem mesmo sendo novo?

Lifan apresenta as primeiras novidades, agora no controle da Geely Group, e retoma produção

Ford testa novas versões para a Ranger na Argentina, como a FX4; será que vem pra cá?

Fiat Pulse Abarth está em desenvolvimento e será apresentado em 2022, de acordo revista

Nova geração do Audi A4 será apresentada em 2023 e será geração de transição para o elétrico

Com lançamento para amanhã, Fiat Pulse Impetus T200 aparece custando R$ 125.790